Quantcast
PplWare Mobile

BMW poderá adotar um modelo de venda direta semelhante ao da Tesla

                                    
                                

Autor: Ana Sofia Neto


  1. iDespairing says:

    Desde que seja possível test drives, who cares.

  2. naodigo says:

    Ter concessionários implica guerra de preços o que faz com que os preços sejam mais baixos do que na venda final, a nao ser que o veiculo seja vendido mais barato pelo fabricante

    • RC says:

      Mais baixos ou mais altos ? Já que é mais um a ganhar.

    • rodrigo says:

      Isso ‘e ridiculo. Ninguem vai ficar a perder quando vende um carro!

    • Rui says:

      Mas é verdade o que afirma o naodigo.

      Principalmente no fim de cada ano, para os concessionários atingirem as metas ou até passarem para outro patamar, fazem preços muito competitivos. Só quem não compra carros é que não se apercebe.

      Por esse motivo, sempre que vou comprar um carro para mim ou para uma empresa, peço orçamento para o carro ou pesado da marca X, modelo y e com estes extras!!!!! As diferenças são de milhares de euros!!!!

      E então carros de serviço com centenas ou alguns milhares de km (que normalmente usam os vendedores ou funcionários de topo de um concessionário, conseguimos descontos de vários milhares de euros!!!!!

      Por isso….. não pensem que os preços vão baixar!!!!

      Convém quando criticam estudar um bocado como funciona o sector!
      Os concessionários trabalham com margens, como por exemplo:
      – Vende 100 carros por ano tem um desconto de 15% da marca;
      – Vende 500 carros por ano e o desconto passa para 20% e por aí a fora……

      Obviamente que o concessionário vai jogar com a margem que tem e prefere no fim do ano vender sem ganhar rigorosamente nada se souber que vai passar de patamar e ter mais descontos para o ano.

      Mas é um risco enorme. Já vimos muitos concessionários falirem por matricularem muitos carros num ano e depois…… passados x dias a marca exige o valor dos carros matriculados!!!!!

      • RC says:

        Só quer dizer que uns ganham mais que outros, mas todos ganham, além de que não faz qualquer sentido venderem os carros a preços diferentes só por puro interesse dos concessionários, afinal até dentro da mesma marca andam a fazer concorrência a um preco mais elevado, porque não vão perder e a marca também não lhes faz mais barato por isso.

        Além disso prestam um mau serviço ao cliente, já que muitos concessionários nem têm técnicos formados para algumas marcas, já que dentro do mesmo também lidam com várias marcas. É com tudo isto que os fabricantes querem acabar, ao qual eu concordo.

        Um tesla no Porto ou em Lisboa custa exatamente o mesmo, o serviço é o mesmo, o preço hora é igual, além disso não facilitar uma concorrência dentro da mesma marca, que só faz perder em qualidade de serviço, o cliente não tem de andar feito parvo a verificar os preços de todos.

  3. Rodrigo says:

    Tal como foi dito, os concessionários trabalhos por descontos de Rappel, ou seja, se passarmos a um modelo de venda direta o PVP do carro será sempre o mesmo que os Stand já praticam na maioria dos casos, com a exceção de que agora não há o middleman para baixar as comissões deles e o consumidor ficar a ganhar.
    A Marca acaba por ficar com a margem e como não ha nenhum tipo de concorrência não tens como comprar mais barato

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.