Quantcast
PplWare Mobile

Avião supersónico X-59 da NASA poderá devolver o “Concorde” aos céus

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. JR says:

    De Lisboa, não. Do Samouco a NY.

  2. Andre Sá says:

    E as emissões de gases para a atmosfera?

    Que tal um comboio eléctrico!

  3. eu says:

    E agora já não há preocupações ambientais ?
    Aqui a nada temos uma manif de greta.

  4. AlexX says:

    Duvido que seja economicamente viável. E a ser realizado, que Lisboa ou Porto figurem nos trajectos. Já não existe a urgência de outrora em cruzar o Atlântico em cerca de metade do tempo e quem pode (caso não tenha um particular) vai sempre preferir alugar um táxi aéreo em prol do conforto, mesmo tardando sensivelmente o mesmo tempo de voo que um comercial. Além que este poderá ser mais ecológico em todos os sentidos mas a 1500km/h relativamente ao solo não é mais rápido que era o concorde.

  5. Joao Ptt says:

    Mas o Concorde só deixou de voar por não ser comercialmente viável… os combustíveis ficaram de repente mais acessíveis? Vão utilizar alguma fonte de energia diferente e muitíssimo mais barata?
    Para tal ser bem sucedido comercialmente teriam de existir pessoas suficientes para manter os voos cheios ao longo de toda a vida útil dos aparelhos… quão pessimista estarei a ser ao pensar que tal simplesmente não é o caso.
    Se é para chefes de estados ou para bilionários, aí tudo bem, poderá ser comercialmente viável porque ou paga o zé povinho ou paga quem realmente tem dinheiro para tal.

    • Vítor M. says:

      Haverá um mercado para estas aeronaves. Depois, com os novos “motores”, dizem que é substancialmente mais económico este novo projeto. A par disso, as alterações estruturais, que vão melhorar de forma drástica o impacto ambiental, poderá aumentar o investimento de terceiros neste tipo de aeronaves.

    • Toni da Adega says:

      O Concorde utilizava tecnologia dos Anos 60.
      Acredito que atualmente existam tecnologia mais avançada e econômica.

      • PAULO SILVA says:

        este avião usa a tecnologia supercruise, que permite o voo supersónico sem usar os pos-combustores, o que faz gastar muito menos combustível, alem de que o concorde só podia voar acima de mach 1 sobre o mar.
        assim ele embora voe a uma velocidade inferior vai poder voar supersónico sobre a terra o que permitira novas rotas rápidas que o concorde nunca pode operar devido ao boom supersónico.
        Mas atenção, não será este avião de estudos da NASA que vai transportar passageiros, ele vai ser construído para provar o conceito. Se for bem sucedido a tecnologia será usada para construir um novo avião comercial de transporte de passageiros, com as tecnologias deste prototipo!
        Ou seja, estamos pelo menos a uma década de poder ver um sucessor do concorde.

  6. xoninhas says:

    Pois, mas vai ter de voar mais rápido para faze LIS – NY em 3 horas …

  7. Jorge Gomes says:

    O problema climatico vai continuar a existir, so vai diminuir quando deitarem abaixo todas as estufas aquecidas do planeta, as tais que produzem frutas e legumes todo o ano, mas iria fazer aumentar o desemprego e os politicos nao querem, melhorarem as infraestruturas ferroviarias dizem nao sao rentaveis, e mais sao lentas alem de serem caras, por isso nunca coseguem resolver o problema climatico, estas reunioes servem somente para inglês ver, e também para alguns hoteis e restaurantes, e pouco mais.

  8. Rúben says:

    A resposta é simples e dicotômica para a pergunta que faço.
    O homem esteve na Lua ?!
    Nem imaginam o quanto esta farsa mexe com o mundo e com todas as esferas de influência que o controlam e dominam o ser humano.
    Sejam felizes.

  9. JOAO ANTONIO RORIZ OLIVEIRA says:

    Uma pergunta, um dos Grandes fatores para o fim do concorde, como também do A380, foi o consumo de combustível que praticamente inviabiliza a viagem deixando muito cara! Nessa nova era de companhias aéreas de baixo custo, como será o sistema para viabilizar esse voo? Economicamente falando.

  10. Michel Braga says:

    Também se poderá ir do Rio até Paris em 3 horas…

  11. Leandro Nogueira says:

    Este comboio não pára em arroios

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.