Quantcast
PplWare Mobile

Windows 11: O PC não cumpre os requisitos? Agora tem uma marca de água a indicar isso

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. CA says:

    E dá para retirar essa marca de água?

  2. Piwi says:

    Por vezes acho piada a títulos deste site. Não poucas vezes são pouco elucidativos e algumas chegam mesmo a ser enganadores.
    No caso concreto deste artigo, o título remete para algo que é efetivo (a marca de água) e que dá a entender que será mesmo um dado adquirido. No entanto, quase no final do texto encontra-se escrito “Sendo uma funcionalidade de testes, não existe ainda uma certeza de que será transposta para as versões finais.”.
    Não seria melhor haver mais algum rigor nas escolhas dos títulos?
    Esta é uma crítica que, espero, seja entendida como construtiva e no sentido de melhorar a qualidade do que é disponibilizado no site.

    • CA says:

      O que está em causa é ocultar essa informação!

    • Vítor M. says:

      Enganadores nunca. Isso nem que tu queiras muito, nunca são. Podem ser vagos? Podem, podem ser incompletos? Podem, mas para isso é que o texto existe, o artigo num todo nunca é vago. Se podes não perceber a informação? Podes, mas isso apesar de não ser só culpa do artigo (porque há pessoas que percebem menos ou nada dos assuntos) também poderiam ser ajudadas se nalgum ponto fossemos mais claros, mas isto não é uma ciência exata, meu caro.

      Depois, o interessante disto tudo, é que fazer é uma coisa, apontar o dedo, é outra. Esta última qualquer pessoa pode fazer e faz, mas nunca teria a capacidade de fazer e é onde todo os dias temos de aprender para servir melhor. Não se trata de rigor ou falta dele, trata-se de conseguir em meia dúzia de palavras passar a informação, o desejo, a curiosidade e a imaginação. Fazer títulos por vezes é mais complicado do que fazer o corpo da notícia 😉 mas todos os dias, se reparares, as notícias são dadas com títulos.

      Abraço.

    • David Guerreiro says:

      Então achas que a MS ia colocar isso para os insiders só por gozo? Isso depois vai chegar às releases públicas, isso é certo. A marca de água não inibe nada, mas é chata o suficiente para quem tem a mania de colocar o Windows 11 em equipamentos não suportados, possa pensar 2x.
      O Windows 10 terá suporte até 2025. Até lá quem tem equipamentos mais antigos, vai acabar por atualizar.

  3. Jota says:

    É uma versão de testes! Estamos aqui a especular!

  4. Pedro Fernandes says:

    Quando isso acontecer ou a Microsoft Obrigar os Utilizadores a voltar para a versão anterior, o Windows 11 perde terreno…..

  5. Mário says:

    Obrigado pela resposta!
    Entendi porquê que não tenho essa opção no registo!

  6. Carlos Santos says:

    Finalmente chegou um sistema seguro? Sem vírus, sem ranson… fishi… (nem sei bem como se escreve), etc.? Isso é que era preciso. Se não é isso para que servem as exigências?

  7. Luiz says:

    Pop Os lá vou eu, bye bye Microsoft

  8. Pedro says:

    Melhor ser uma marca água do que um alerta sonoro contínuo

  9. Mário says:

    Eu também adoraria dizer adeus ao windows e ir para o linux.
    Mas só não o faço, por causa do formato das partições, não ser o mesmo do windows.
    Quero utilizar no linux as partições, como as utilizo no windows, exactamente da mesma forma.
    Por tanto; vou esperar.
    Quando aparecer um linux, que tenha as partições NTFS, direi adeus ao Windows!

  10. Samuel MGor says:

    Com cada atualização a Microsoft dá mais um tiro no pé! Já deve ter os pés em apenas ossos 😛

  11. laba says:

    O ChromeOS agradece estas decissões 😉 especialmente agora com o Flex

  12. Tecnical says:

    Com tudo o que tem acontecido á volta do W11, esta era uma das funcionalidades que mais fazia falta!
    Ainda bem que os outros problemas podem esperar.
    [sarcasmo, óbvio]

  13. Jorginho says:

    E por essas e outras que vou continuar com o velho e bom W10 até não poder mais.

  14. VPN22 says:

    A quantidade de haters que se vê nestes comentários de propaganda anti-Microsoft é simplesmente ridícula… deixem-se de tentar influenciar os leitores com especulações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.