PplWare Mobile

Afinal a utilização do Windows 7 ainda está a crescer


Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

  1. Pérolas says:

    Sem comentários…

  2. Alexandre Carvalho says:

    Microsoft faz sistemas e não milagres, em pcs que aparecem cá para arranjar e formatar, não vou colocar o win10, por vezes passo do xp para o 7, pelas especificações tão básicas que os PC têm.
    Microsoft não faz milagres e seja em termos de drivers, ou por os novos Windows serem um pouco mais pesados, não podem correr em todo o lado, não existe milagres

    • censo says:

      É porque ainda não experimentaste. Ou tens de formatar mais pc’s…

    • Deus says:

      Pois não meu caro, esses são da minha autoria. A Microsoft não faz sistemas, faz backdoors em cima de bugs.

    • Mike says:

      Se puseres o sistema operativo da chave do equipamento / ano de construção, de forma geral, vais ter suporte. Senão tem que comprar. Se a marca não dá suporte, ou muda para um sistema operativo compatível ou muda de maquina.

    • VC says:

      É só uma das muitas limitações deste sistema operativo (que continua com pensamento “primitivo”)… isto porque, é impensável nos tempos de hoje, não ter algo tão simples, como ter uma versão do Windows atualizado para máquinas mais fracas… era só criar um GUI menos pesado para máquinas modestas como o Linux permite por exemplo…

    • !(iSheep) says:

      Pelo ponto de vista comercial concordo contigo, o Windows 10 iria dar-te menos dinheiro a ganhar uma vez que corre bem melhor e tem muitas ferramentas para ajuda à resolução de problemas.
      Quanto aos milagres, se um PC corre fluido em Windows 7, em Windows 10 ainda corre melhor uma vez que faz uma melhor gestão de recursos. Claro que numa máquina antiga terão que se instalar drivers atualizados ou compatíveis que sejam atualizados, e essa é a dificuldade com que a maioria dos utilizadores se depara. É um processo que dá trabalho, é preciso saber o que se está a fazer, e saber reverter os efeitos das tentativas de instalação de drivers alternativos caso se revelem a escolha errada por qualquer motivo.

  3. T says:

    Ai os fãs avidos da mudança vão ter um ataque com estas novas estatísticas. Algo não está bem, pois o Windows 7 para além de se manter forte ainda cresceu ou seja, para além de se manter em uso ainda se voltou a vender, claramente algo não correu totalmente bem à Microsoft. E se a actualização não fosse forçada da forma que foi e, se o Windows 10 não estivesse presente nas novas máquinas vendidas o seu crescimento não seria assim tão acentuado.
    E a verdade é que este novo Windows até está bem conseguido no geral. Apresentou várias melhorias face ao seu antecessor. Mas tal como em tudo a mudança deve ser ponderada e não precoce. Para um profissional informática é imperativo que a mudança ocorra de acordo com as novidades do mercado. É o seu feedback que vai ajudar todos os outros utilizador a equacionar e a preparar a mudança que ocorrerá mais tarde ao mais cedo. Mas para o utilizador comum ou profissional de uma outra área qualquer que não a informática mas que está “obrigado” e o seu trabalho depende do uso do computador a mudança não é e não deve ser feita de animo leve. Será que a sua produtividade vai aumentar de uma forma tão significativa que se justifique essa actualização? É verdade também que a Microsoft tentou e na maioria dos casos conseguiu que a actualização fosse transparente de forma a que o utilizador na se prejudicou, mas noutros casos não foi bem assim. Os problemas surgiram, com esses problemas perdeu-se tempo na sua resolução ou até no retrocesso e como consequência, lá se foi a produtividade.
    Eu fui dos que ainda não actualizou. E porquê? Porque utilizou um conjunto de ferramentas de trabalho que além da sua instalação ser um pouco “picuinhas” também possuo um SSD com o sistema já há muito afinado e não acredito que os tempos de resposta tenham uma melhoria abismal que seja mesmo imperativo que mude. É muito provável que não mudem e a perda de tempo que terei em voltar a afinar tudo de novo caso algo corra mal é desnecessária. Assim sendo só actualizarei quando as ferramentas que utilizo assim o exigirem, e tenho a certeza que com o feedback que se gerará até essa altura terei um actualização o mais transparente possível.
    Para todos os outros utilizadores que defendem a mudança e criticam, rebaixam e abominam a “estagnação” ainda que isso não seja um retrocesso, eu e todos os utilizadores com eu já fomos com vocês a experimentar tudo e mais alguma coisa só porque sim. Por isso não percam tempo a tentar nos “doutrinar”.

  4. censo says:

    Fala-se no windows de forma global, mas é preciso saber se estamos a falar do mercado domestico ou empresarial, pois este demora muito mais a atualizar platsformas.

  5. AeOnFluX says:

    Alguem sabe a onde se pode ainda comprar o w7 em media física, pois nas lojas que ja fui, nao tem mais disponivel,

  6. kitgard says:

    Vade retro Satanás… nem vè-los quanto mais usá-los.

  7. Rui LUX says:

    No mercado empresarial, o W7 é ainda rei e senhor.. e será ainda por “muito” tempo. Utilizadores domésticos são mais rápidos a actualizar.. principalmente quando a actualização é de borla.. eu tb o fiz e estou bantante contente como W10 (embora use pouco.. gosto mais de opensuse 😉 ). Já nas empresas, é preciso uma avaliação cuidada dos impactos.. não é.. actualizar e depois logo se vê.. é preciso testar todo o software em causa e depois sim tomar a decisão de actualizar ou não. Na minha empresa são mais de 100K PCs.. 99% W7.. o W10 já está a ser avaliado, mas não vai ser para amanhã a mudança.. como é normal.

    • JJ says:

      Nas empresas, as actualizações são sempre mais lentas, porque passam sempre num processo de configurar e verificar se todos os programas utilizados funcionaram com actualização. Até porque as empresas, estão dependentes das actualizações/optimização do software que usam para o novo SO. E se for software próprio, pode demorar um pouco mais tempo.

  8. André Zanin says:

    A maioria das pessoas que não atualizaram foi por motivos de desconhecimento ou não entenderem que vai melhorar consideravelmente o computador que geralmente tem o Windows 7 instalado cheio de vírus e programas antigos. Atualizar da um certo trabalho e tem que saber realizar corretamente para evitar problemas, ninguém quer mexer no que está funcionando.

    • T says:

      Amigo, é Windows tanto podes ter vírus num 7, num 10 ou no 2050. É igual, depende sempre de quem o usa. Para atualizar sem problemas é preciso conhece-los.

  9. paulo g. says:

    Eu sou do grupo dos 2% e estou satisfeito. … e quantos pcs básicos e não básicos não ficariam melhor com linux?

  10. Blue Screen of Death says:

    E ainda alguém se admira?!?!

    Desde 2013, quando a MS comprou a “falhada” Nokia – um dos maiores desastres financeiros e estratégicos da empresa de Redmond, muito “pessoal dos PCs” foram despedidos e substituídos pelo “pessoal dos smartphones” vindos da Nokia.

    Alguém acredita seriamente que o “pessoal dos smartphones” vão saber programar para um PC?

    Sendo o último SO (W10) lançado pela MicroNokia um autêntico LIXO, esta tendência irá continuar.

    Como se pode constatar, a esmagadora maioria dos utilizadores não são parvos!

    Conheço muitos, mesmo muitos casos de utilizadores de Windows, que após terem experimentado o W10 durante algum tempo, regressaram ao W7 ou mesmo ao W8.1.

    Tendo em conta as características desse SO (W10), esse regresso é perfeitamente normal, natural e acima de tudo racional…

  11. Jorge Manuel Pires Ferreira says:

    Estou prestes a montar PC novo e irá levar com Win7. É a vida LOL

  12. Rui says:

    Utilizar um PC com ecrã tátil com o Windows 7 é um suicídio…
    Só PC’s antigos e fracos é que utilizam o Windows 7 uma vez que nem drivers adequados tem para o Windows 10.
    Cada vez menos se compram PC novos porque o vicio está nos smartphones e trablet.
    A produtividades já não é um fator assim tão procurado como a “distração”.

    • Blue Screen of Death says:

      Mas quê!?!? Isso é alguma piada?? É pra rir????

      O.K.!! Então vou tentar rir – ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah…

    • JSL says:

      Desculpa, mas não sabes o que dizes.
      Tenho varios windows 7 e mesmo 95 a usar ecrans tátil sem stress. Alias na industria isto é corrente.
      Na industria, mais do que nunca, PC com windows com interligação com a automação é usado e irá continuar.
      Com clientes do software para Smartphones e Tablets, com certeza. Mas a consola das maquinas e nos sectores de planeamento, ai sim Windows em sistemas de hardware integrados como um todo e com ecrã tátil.
      Windows nestas consolas? , Muitos windows XP e Windows 7.

      Portanto não sabes o que dizes, ou só conheces o teu mundo de alice no pais das maravilhas

    • Knight says:

      rui não fala bobagem vai.

    • best says:

      Foi o comentários mais realista que li cá. Concordo com o Rui em pleno.
      O pessoal agora que brinquedos e por isso compra algo para brincar.

      O meu PC anterior tinha o Windows 7 e era de touch screen (o ecrã virava) bem o teclado virtual do Windows 7 é muito mas mesmo muito fraquinho em relação aos sucessores.

      Agora que comprei um PC novo com o Windows 10, acho o Windows 7 ridículo.

      • Blue Screen of Death says:

        Ridículo, ridículo é um tipo montar uma máquina de vários milhares de € (para trabalhar e “brincar”) – 2x Asus STRIX GTX 1080 (SLI), Intel i7 6700K, 64 GB DDR4 3400, Samsung 850 Series SSD PRO 2 TB, etc, etc – só para concluir que esse sistema é muito mais estável e tem melhor performance com o W7 do que com o W10! Isso sim é RIDÍCULO!!!!

  13. Modem says:

    Se o win7 cresceu foi à custa dos outros sistemas que devem ter tido um decréscimo algo acentuado, logo percentualmente essa queda foi distribuída pelos que têm mais peso.

  14. Sergio says:

    Eu continuo com o 8.1 e bem satisfeito.. tenho o meu samsung ativ smart pc e em 3 anos e meio nunca o formatei.. não o uso muitas horas por dia, mas foi o primeiro pc em anos que manteve a performance desde o começo, e muito se deve ao windows 8.1

  15. George Orwell says:

    AS CINQUENTA WINDOWS DE GREY
    (Viewer discretion is advised)

    W10 é uma exuberante e bilionária mulher americana que, apesar de alguma celulite e obesidade congénitas, consegue ter uma aparência “sexy” de voluptuosas formas fazendo lembrar uma Kim Kardashian capaz de fazer perder a cabeça a muitos. Gosta de ouvir música pelo Groove e é inseparável do seu Surface divertindo-se com o jogo pago Klondike.

    Na vida social gosta de vestir a cor azul com decotes de arrasar como o “blue screen of dead” . Já na intimidade gosta de envergar uma “demodé” lingerie de cor preta que exibe logo que lhe estimulam aquele pontinho mais íntimo, o “command prompt”.
    Com tais qualidades e tantos “fanboys” perdeu-se de amores por dois homens ( é sempre difícil para uma mulher sexy, popular e rica ficar-se com um só homem )

    O amor de longa duração chama-se Desktop, Win32 para os amigos, tem espírito libertário, é extrovertido, não sente ciúmes porque também se dá a qualquer rabo de saia que por perto se instale, é porteiro de um bar a quem compete calorosamente dar entrada e a todos e distribuir o Menu Iniciar.

    A nova conquista de W10 chama-se Metro, seduzida que foi pela avantajada anatomia deste. Metro morre de ciúmes do Desktop aguardando pelo dia em que lhe vai dar “logout”. Muito cioso de si e das suas companhias, é especialista em telemetria, marketing e publicidade tendo passado a cuidar das finanças do seu amor e gerir a Loja que ao momento mais parece o refeitório dos Jogos Olímpicos do Rio.
    Um dia destes andaram os dois homens à briga pela posse do botão “shutdown”.

    W10 é vista assiduamente no cabeleireiro não prescindindo de fazer os mais extravagantes “upgrades“ e “updates” à sua exuberância capilar , por tudo e por nada, nomeadamente no seu aniversário, aproveitando também para pôr em dia e partilhar toda a coscuvilhice que ela e o “Metro” conseguiram apurar sobre a vida alheia, um distúrbio obsessivo-compulsivo que ambos padecem.

    Quando era mais jovem e lhe chamavam W8, atreveu-se a “ménage à trois” com os seus dois amores, mas o Desktop sofria de alergia ao perfume Channel do Metro pelo que passaram a encontrar-se em separado, quando muito em “continuum”. O hotel é o local mais preferido, e neste, invariavelmente a luxuosa e EXCELente suite de nome “Office”, para os “bones” do ofício, onde não falta nada, nem sequer um projector de slides chamado Powerpoint para imagens cúmplices e sugestivas. . O Desktop, fazendo jus ao nome, sempre gostou mais de estar “on top”. O Metro gosta mais de posição traseira.

    Com tendência compulsiva para o “edge”, veio a estrear-se no oral mas fê-lo com uma mulher, a sua assistente pessoal Cortana, porém, se tem língua de sobra para a coscuvilhice falta-lhe língua para quando o exigente Metro obriga. Falar português, népia.

    Muitos dizem que a sua beleza acusa já o peso dos anos e, apesar de muitas plásticas e botox, já não se compara ao que era quando lhe chamavam W7 altura em que, numa quente bela noite de verão, qual Vénus despida e estendida nos lençois de linho do seu leito do amor ….. ( bom, não querem saber já tudo, pois não ? Ou pensam que eu não aprendi nada com os argumentistas das séries de televisão ?)

    [Este é apenas o “trailer” genérico. Se conseguir opiniões positivas suficientes no Rotten Tomatoes ou aqui no Pplware poderei continuar a história. Falta uma descrição mais pormenorizada e a parte sado-masoquista. Mas fica avisado o Caro Leitor que deve munir-se de “tissues” e fazer recuar o teclado e o mouse. Quanto às Caras Leitoras – sim, não as posso discriminar – podem conservar os periféricos de input na posição habitual ]

  16. Ismael Guimarães says:

    É normal que o mercado profissional tenha dificuldade em aceitar o Windows 10 pois este SO ainda está com alguns problemas de fiabilidade. Eu, por exemplo, já tive um momento em que estava a fazer um trabalho e, de um momento para o outro, o Windows reiniciou para fazer uma atualização.

    Sou contra este funcionamento do Windows 10 pois as atualizações não deverão acontecer sem autorização do seu gestor e nem o seu download deveria ser realizado sem pergunta. É essa é menos-valia do Windows 10 pois, de resto, este SO é quase o melhor de todos.

    Tenho um Asus e só não gostei de uma coisa do Windows 10 que é o deixar de suportar o Asus Face ID e, tendo eu um computador topo de gama, não entendo o porquê da minha webcam não ser qualificada para o programa do Windows 10 que tem a mesma função: login através da exibição do rosto.

    • JJ says:

      Isso aconteceu, porque não configuras-te as actualizações correctamente.

      Podes configurar, para ele só reiniciar quando o PC estiver inactivo. E configurar para ele “adiar” as actualizações. Escolher essa opção é quase estar a dizer, para ele não actualizar, pois nesses casos, ele só faz o download da actualização quando for solicitado (salvo actualizações de segurança critica).

      A culpa do Asus Face ID deixar de funcionar, é da ASUS!

      • Blue Screen of Death says:

        Mas tens a noção da quantidade de software e hardware (alguns bem recentes) que têm tido graves problemas com o W10?? Placas de rede, webcams, monitores, Discos (internos e externos), placas de som, placas gráficas… you name it!

        A própria funcionalidade de componentes internos do W10 tem sofrido de graves instabilidades – Backup, Group Policy, Network Connections, Security Policy, etc, etc… Até a Cortana! Claro que é tudo culpa da ASUS!

        Experimenta correr o ROTTR com duas ASUS STRIX GTX 1080 (SLI) em modo DX12! Uma desgraça! Em modo DX11 super fluído, como seria de esperar!

        Aliás, o DX12 é um brutal FLOP! Nem ganhos de desempenho, muito menos de qualidade gráfica!

        Queres ver que o DX12 também foi desenvolvido pela ASUS!

        É caso para dizer – valha-nos o Windows 7, o DX11 e o Vulkan!

        • JJ says:

          O Windows é um SO que corre sobre qualquer tipo de configurações. Entre milhares será sempre impossível, conseguir sempre o melhor resultado em todos.

          Quanto ao DX12 com o ROTTR, se é assim tão grande desgraça nessa placa, então porque é que tem tão o melhor desempenho face a outras placas: http://www.guru3d.com/articles-pages/asus-rog-strix-geforce-gtx-1080-review,13.html

          Alem disso, nem foi a ASUS nem a Microsoft que fizerem esse jogo…

          Se o jogo fica melhor, nas tuas configurações em DX11, então usa o DX11. Alias o requisitos recomendados do jogo, só pedem DX11. Eventualmente porque foi desenvolvido a pensar no DX11…

          • Blue Screen of Death says:

            Se leres com ATENÇÃO, verificas que me referi a 2 (duas) Placas Gráficas GTX 1080 em modo SLI (Scalable Link Interface) no modo DX12 vs. DX11!!

            Já agora outro jogo, outra Placa Gráfica:

            Hitman – DX11 vs. DX12 @ GTX 980 Benchmark & Graphics Comparison:

            https://www.youtube.com/watch?v=Sc018BUJ44s

            No more comments…

  17. JJ says:

    Isto não é nada de mais. Quando saiu o Win7, aconteceu o mesmo…
    Teve um grande numero de vendas/instalações nos primeiros meses, depois abrandou, e o WinXP até ganho terreno a dada altura. Mas depois lá voltou a aumentar a cota de mercado, acabando por dominar.

    O ritmo do Win10, não esta a ser muito diferente.

    • Blue Screen of Death says:

      Esqueces-te de um “pequeno” detalhe – e “o diabo está nos detalhes”…

      Do WinXP para o W7 houve um enorme salto em frente – tanto em design, como em desempenho, bem como em novas características, funcionalidades e flexibilidade do SO.
      Um enorme salto tecnológico.

      Isso pura e simplesmente não aconteceu e não está a acontecer entre o W7 e o W10!
      Bem pelo contrário!

      E como a esmagadora maioria dos utilizadores não são parvos, é fácil perceber como vai terminar esta estória…

      • JJ says:

        O Win10 tem melhor desempenho até em computadores que nem o Win7 conseguiam correr. E a nível de características e funcionalidades, tem muitas novas.

        E se dizes que o Win10, não tem flexibilidade como SO, não deves de conhecer o Win10. Ou então o teu Win10 deve ser muito diferente do meu…

        • Blue Screen of Death says:

          “O Win10 tem melhor desempenho até em computadores que nem o Win7 conseguiam correr. ” – Says Who? – Prove it!!!!

          Lamento, mas não é isso que verifico. Bem como milhares e milhares de utilizadores…

          Obviamente que qualquer SO acabado de instalar é mais rápido, mas isso é outra estória…

          Apenas um pequeno exemplo – neste caso na vertente gaming, mas existem muitos mais em todo o tipo de aplicações – just google it…

          Windows 10 VS Windows 7 Gaming performance | GTX 980 Ti | i7 4790K:

          https://www.youtube.com/watch?v=vJwOAuWYNpk

          No more comments…

        • Blue Screen of Death says:

          “O Win10 tem melhor desempenho até em computadores que nem o Win7 conseguiam correr. ” – Says who?? – Prove it!!

          Pura e simplesmente isso NÃO É VERDADE!!!!

          A seguinte comparação é na vertente gaming, mas existem em muitos outros tipos de aplicações e o resultado é sempre o mesmo: com ambos os SOs instalados de “fresco” no mesmo sistema (de alta performance), o W7 é mais rápido do que o W10 – PONTO! Google it!!

          Windows 10 VS Windows 7 Gaming performance | GTX 980 Ti | i7 4790K:

          https://www.youtube.com/watch?v=vJwOAuWYNpk

          No more comments…

  18. JSL says:

    De facto muitas pessoas que afirmam mil e uma maravilhas do Windows 10 em relação aos anteriores, e o facto de não transitarem para o windows 10, não conhecem a realidade do windows no mundo empresa.
    É muito dificil transitar as versões anterior do 10 para o 10, no mundo empresa, nomeadamente quando estamos perante a industria. Esta transição tem de ser bem estudada. Muitos PCs estão ligados a maquinas produtivas, muitas vezes com placas de comunicação especificas e noutros casos os mesmos softwares não funcionam em versoes de windows superior.

    Sobre o metodo da microsoft de forçar o Upgrade, penso que foi um abuso de confiança.
    Tive colegas em outras firmas que não desativaram o Update automatico e tinham a gateway para o exterior activa, e no dia seguinte tinham o windows actualizado para o 10 e a linha de produção parada.
    O software instalado não funcionava correctamente no windows 10.
    Resultado, mais um dia ou mais para repor o windows anterior e toda a configuração existente, com consequencias graves a nivel de produção e custos, alem do respetivo impacto nos prazos de entrega.

    É por estas situações, e também por outras que muitas maquinas novas ainda iram ser vendidas com o Windows 7. A industria assim o exige.

    Por ultimo, só para dizer que ainda tenho maquinas com windows 3.11, Dos e Windows 95 em funcionamento, e aqui não existe milagres. Têm de continuar a bombar

    • Blue Screen of Death says:

      Nem mais!

      Se existe SO problemático em relação a “correr” programas mais antigos e muito específicos e mesmo programas recentes, esse SO é precisamente o W10 – aliás nem ele próprio “corre” muito bem!

      Mais! Agências do Governo dos Estados Unidos, incluindo as que controlam os Sistemas de Defesa ainda usam o Windows 3.1 e o XP!

      Esses SO mais antigos garantem mais estabilidade, confiança e segurança em áreas muito sensíveis.

      https://pplware.sapo.pt/informacao/eua-misseis-nucleares-controlados-computadores-1970/

      Imagine-se o que seria confiar o controlo do Sistema de Mísseis Nucleares dos Estados Unidos a máquinas baseadas no Windows 10!!!!

      Sem ninguém fazer nada, um dia destes acordávamos mergulhados num Apocalipse Nuclear…

    • AlexX says:

      E +1.
      Grande parte do pessoal que diz maravilhas do Win 10 têm provavelmente software gratuito ou pirateado e estão-se nas tintas se ele funciona ou não. Nada a perder. Agora se tivessem software (e periféricos) no valor de milhares de euros e tivessem pago por ele, já não cantavam assim quando as coisas deixassem de funcionar e perdessem um dia de trabalho a repor tudo como estava. Se para um particular já pode representar um prejuízo significativo, imagino agora uma linha de produção parada…

      • Cortano says:

        Deixa de dizer baboseiras.
        Tenho Windows 10, software pago por mim e tudo funciona bem.
        A empresa onde trabalho já tem o Windows 10 em teste – um multinacional com cerca de 30 mil empregados.
        As empresas não mudam sem testes que em média duram 2 anos. Por isso, é normal e a MS sabe que o w10 só vai começar a notar-se nas empresas daqui a 2 anos.

  19. guuu says:

    Tenho um portátil pessoal que trazia o Vista de origem. Na altura em que saíu o Windows 8, comprei-o numa promoção que comprá-lo pela Internet custava cerca de 30 euros.

    No portátil do trabalho tem o Windows 10 e sinceramente não me convenceu!

    É possível regredir o meu portátil pessoal do 8 para o 7 legalmente sem ter que pagar? Agradeço adiantadamente a resposta.

  20. Homo Erectíssimo says:

    Admira-me muito esta notícia.Pode ser que o Windows 7 esteja ainda a crescer mas os novos PC’s,Portáteis,Tablets,Smartphones já vêm todos desde há um tempinho com o Windows 10 pré-instalado,senão estou em erro.Daqui para a frente será o Windows 10 o sistema operativo mais utilizado,pelo menos por estas novas gerações.Acho que não me irei enganar.E outra coisa,o suporte base do Windows 7 encerrou em 13 de janeiro de 2015(há mais de 1 ano e meio),já foi lançado há mais de 7 anos,convenhamos,embora tenha o suporte estendido que encerrará no dia 14 de Janeiro de 2020.Até 2020 tenho a certeza que a Microsoft lançará mais um novo sistema operativo Windows.Vocês irão ver. 🙂

  21. Blue Screen of Death says:

    O W10 só atingiu os 22,99 % de Market Share por causa de pérolas de desonestidade como as que se seguem.

    Se as seguintes situações não se tivessem reproduzido em milhões de máquinas por todo o Mundo, certamente o Market Share do W10 rondaria o do W8.1, ou seja, nem aos 10% chegaria.

    WINDOWS 10 Update Interrompe Informação Meteorológica:

    https://www.youtube.com/watch?v=VMPeTrHNX1U

    Mais a estratégia manhosa, de classificar uma actualização para fazer o upgrade de um SO para outro como OPCIONAL e previamente selecionada no Windows Update.

    Pior ainda – upgrades forçados, sem conhecimento do utilizador, depois de terem implementado o “Get Windows 10” nagware como um update importante em todos os sistemas baseados no W7 e W8/8.1 e depois “acidentalmente” instala o W10 em sistemas sem conhecimento do utilizador.
    Para depois virem dizer que foi um LAPSO terem colocado o novo update do sistema como default.

    Mais escandaloso – na última versão do “Get Windows 10” nagware, chegaram ao ponto de colocar apenas a opção OK! Claro que os utilizadores que não queriam o “upgrade” – não tendo outra opção – clicavam no X, para fechar a janela!

    Mas a MicroNokia, de forma mafiosa, configurou a janela para que clicar no X significasse aceitar o upgrade!! E à custa de mais esta atitude manhosa, tipicamente xico-esperta, esses vigaristas lá conseguiram mais uma enorme quantidade de migrações para o LIXO do W10!

    Aqui está a famosa “janela”:

    https://www.theinternetpatrol.com/microsoft-forces-update-to-windows-10-on-users/

    E assim se constrói (com recurso à vigarice) uma percentagem!!

    Nesta escala, isto é algo nunca antes visto na indústria das TI!! Uma VERGONHA!!!!

  22. Blue Screen of Death says:

    O W10 só atingiu os 22,99 % de Market Share por causa de pérolas de desonestidade como as que se seguem.

    Se as seguintes situações não se tivessem reproduzido em milhões de máquinas por todo o Mundo, certamente o Market Share do W10 rondaria o do W8.1, ou seja, nem aos 10% chegaria.

    WINDOWS 10 Update Interrompe Informação Meteorológica:

    https://www.youtube.com/watch?v=VMPeTrHNX1U

    Mais a estratégia manhosa, de classificar uma actualização para fazer o upgrade de um SO para outro como OPCIONAL e previamente selecionada no Windows Update.

    Pior ainda – upgrades forçados, sem conhecimento do utilizador, depois de terem implementado o “Get Windows 10” nagware como um update importante em todos os sistemas baseados no W7 e W8/8.1 e depois “acidentalmente” instala o W10 em sistemas sem conhecimento do utilizador. Para depois virem dizer que foi um LAPSO terem colocado o novo update do sistema como default.

    Mais escandaloso – na última versão do “Get Windows 10” nagware, chegaram ao ponto de colocar apenas a opção OK! Claro que os utilizadores que não queriam o “upgrade” – não tendo outra opção – clicavam no X, para fechar a janela!

    Mas a MicroNokia, de forma mafiosa, configurou a janela para que clicar no X significasse aceitar o upgrade!! E à custa de mais esta atitude manhosa, tipicamente xico-esperta, esses vigaristas lá conseguiram mais uma enorme quantidade de migrações para o LIXO do W10!

    Aqui está a famosa “janela”:

    https://www.theinternetpatrol.com/microsoft-forces-update-to-windows-10-on-users/

    E assim se constrói (com recurso à vigarice) uma percentagem!!

    Nesta escala, isto é algo nunca antes visto na indústria das TI!! Uma VERGONHA!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.