Quantcast
PplWare Mobile

Dica: Quer ter o Linux no Windows 10? Nunca foi tão fácil instalar como agora

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. ervilhoid says:

    dá para correr o comando sem ser Insider? pelo que pesquisei é preciso mas aqui no artigo nada de mencionar

  2. Em_Nome_do_Rei says:

    quem e que usa linux? Deixem se disso e usem windows ou mac que sao de longe superiores. Ate um ipad de 2010 faz mais que o limitado do linux, ao menos tem office e adobe

    • Tu é que sabes.... says:

      Deves estar a dizer isso porque não sabes trabalhar com Linux 😀 😀

    • Louro says:

      Há quem nao concorde contigo.

    • Joao says:

      Não gostas não uses, deixa para quem sabe. Eu pessoalmente uso os três sistemas operativos, cada um para a sua função. Há coisas que só consigo fazer usando o linux, pode parecer estranho para algumas pessoas, mas o mundo do software não é só office e adobe.

    • cel says:

      Tu, no teu próprio comentário deste logo a entender que nunca usas-te Linux na vida, para que saibas o Linux serve para muita coisa e está presente em todo lado, ao contrário do que pensas, não é tudo só Windows e Mac.

    • Paulo Jaime says:

      Pelos vistos tu não usas. Então fica sabendo que quase tudo no mundo é gerido por Unix/Linux. Desde cxs supermercado a centrais e bases mísseis nucleares. Amazon, Facebook, grandes multinacionais, bancos, caminhos ferro, semáforos, NASA, AVIAÇÃO e muito mais. Achas que vão confiar no Windows para isso? Até o telemóvel que usas é Linux. Vê-se mesmo que sabes o que falas! Tens o Libre Office no Linux que faz o que o Office da Microsoft faz, inclusive guardar nos formatos Microsoft! Eu uso o Linux Mint 20.2 com interface semelhante ao W10. Só perde para os jogos mas existe forma de jogar os jogos para plataforma Windows. Pesquisa!. E manutenção quase nula, nem desfragmentação, nem antivirus nada disso e preciso. Fiabilidade e segurança é apanágio de Linux/Unix não do Windows ou até mesmo do MacOSX.

    • k says:

      Quem usa linux? Tu usas linux. Aliás, usas frequentemente todos os dias e provavelmente estás a usar neste preciso momento. Usamos todos. Limitada é a tua visão e/ou conhecimento.

      – Só por teres vindo a este site, já usaste o servidor linux onde está alojado.
      – Aqueles tabs todos do chrome com sites abertos? Grande maioria também estão alojados em servidores linux.
      – A grande maioria dos emails que envias e recebes? linux.
      – O router da operadora que te liga à net? Yup, linux.
      – Aquele AP/repetidor/switchs TPLink que te mete wifi do outro lado da casa? linux.
      – Já agora, a infraestrutura de hardware e software dos IPS por onde as tuas comunicações passam? podes crer que usa linux.
      – Usas um pihole para bloquear anuncios? linux.
      – A net a que te ligas em pontos publicos tipo centros comerciais, continente, cafés, etc.? Linux.
      – A smart-torradeira que liga à net controlada pela app chinesa manhosa? linux que liga a outro servidor linux.
      – Os outros smart gadgets todos em casa? linux.
      – O Mac osx que mencionaste? Um fork bastante divergente já à muitos anos mas em última instância, baseado em unix, como o linux (podiamos escrever muito sobre isto aqui, mas not the point).
      – até o IOS do ipad que ele mencionou é baseado em BSD que é uma variante de unix, assim como o linux, portanto primos afastados mas relacionados.
      We could go on.

      E se calhar ligas-te a isso tudo a partir do telemóvel/tablet android, que, já sabes, tem por base linux.

      • Ru says:

        Bom esforço, mas em vão.
        Um kernel / drivers / window manager / apps / etc, faz confusão a muita gente.
        Pensam que Linux é a linha de comandos 🙂

    • Tecnical says:

      És o maior da tua aldeia, pá! Não tens mais dicas de culinária?

    • Paulog says:

      Faço eu mais com o LibreOffice do que tu e é pena não ser perito com GIMP ou inkscape…. Ou até mesmo o Krita.

    • VaGNAroK says:

      Eu ia contra argumentar, mas, depois que vi seu português nem vou perder tempo… se nem o português sabe direito quanto mais sobre um sistema.

    • Jorge says:

      A ignorância é atrevida!

  3. Joaquim Trabuco says:

    Nunca, em toda a minha vida, pensei ler que o Linux era limitado. Mas parece-me que o limitado, neste caso, és tu. Mas de facto dizer que o Linux é limitado e apontar como falhas o office e o adobe, é de alguém que tem a cabeça enterrada na terra.

    • Louro says:

      Secalhar nunca usou lol

      • Em_Nome_do_Rei says:

        Nem vejo interesse nenhum em usar, o macOS ou o windows fazem tudo o que preciso para que usar um SO limitado sem software feito para nerds totos que vivem na cave?

        • Paulo Jaime says:

          E insistes na tua ignorância. Não vê que o único limitado aqui és tu? Ainda não leste os comentários que o mundo gira à volta de Linux em tudo? Windows é que é para básicos. Todos os servidores de quase todas as empresas, bancos, defesa, NASA e tudo o que possas imaginar é gerido por Linux. Até o MacOSX é derivado de linux embora proprietário. No Linux além de existirem milhares de distros diferentes podes configurar em tudo ao teu gosto, até ficarem similares ao Windows ou MacOSX por exemplo. E a nível de fiabilidade e segurança nem tens hipótese. Andas de avião? Olha que não é gerido por windows…e ng confia mesmo!

  4. Bruno Santos says:

    Ahahah, se os servidores fossem em Windows ou Mac, estava tudo tramado

  5. Sardinha Enlatada says:

    O linux foi o que melhor aconteceu neste milennium,. Veio abrir novos horizontes no mundo do software e sistemas operativos.

    • Ru says:

      Olha que já uso Linux desde o milénio passado 😉
      Na altura não era fácil de usar, mas agora acaba por ser igual a Windows ou Mac. Cada um tem os seus “truques” e forma de usar.
      O problema são os utilizadores que só sabem usar um SO, e quando mexem noutro, por não saberem, dizem logo que é difícil e que não vale nada. Isso e quererem que SOs diferentes corram tudo da mesma maneira.
      O que acho importante (para mim) é o open source. Aí não há Windows nem Mac que lhe chegue aos calcanhares.

    • cel says:

      O Linux nasceu em 1991, foi ainda no final da ultima década do milénio anterior, ehehe..

      Como é natural naquele tempo trabalhar num pc ou mesmo ter possibilidade de ter um era dispendioso, aprender a trabalhar com os programas ainda pior na época, as primeiras versões que começaram a aparecer ao publico de Linux, apesar de interessantes e serem algo totalmente diferente do habitual Windows e Mac, não eram nada fáceis por instalar pois já requeria algum conhecimento de informática bastante avantajado o que não era para o utilizador básico, e naquele tempo não havia internet para nos socorrermo-nos, tinha de ser por tentativa e erro até se aprender a dominar as coisas.

      Como é claro com o tempo o Linux -se desenvolvendo e tornado muito mais user friendly, hoje comparado com os primórdios, é extremamente simples instalar um sistema operativo Linux e sem grandes voltas, para não falar das enormes comunidades online onde se pode ir buscar informação rapidamente, ao contrário de outros tempos.

      Tenho é pena de não haver mais desenvolvimento de softwares de trabalho para Linux sendo este open source, continuarem a apostar somente em sistemas fechados, e não só o softwares como as respetivas drives o que impossibilita alguém tentar desenvolver alternativas.

  6. Sérgio Silva says:

    Desculpem a ignorância, podiam me explicar como faço, passo a passo, para executar o comando wsl.exe –install?
    Obrigado

    • Barbosa says:

      Boa tarde Sérgio.

      Primeiro tens de activar a funcionalidade “Windows Subsystem for Linux” e depois reiniciar o pc. Poderás activar esta funcionalidade executando o comando Enable-WindowsOptionalFeature -Online -FeatureName Microsoft-Windows-Subsystem-Linux numa janela de Powershell com poderes de Administrador. Depois é só seguir as instruções deste artigo ou então fazer o download a partir da Microsoft Store. Espero ter ajudado.

  7. Em_Nome_do_Rei says:

    Tanto nerd a defender o linux, saiam da cave ja que ninguem no mundo real usa esse lixo limitado

  8. Tecnical says:

    O que me preocupa em relação a correr Linux dentro do windows é que mais tarde ou mais cedo vão aparecer aplicações que dependem de funcionalidades exclusivas do WSL. O que não é nada bom na minha opinião.

    • Carlos Correia says:

      “Embrace, Extend Extinguish”… ainda estamos na fase do “Embrace”…

      • Gerardo says:

        Acho que o objetivo não é esse, é mesmo correr tudo em Linux. Vai ser a distro oficial da Microsoft com suporte para empresas. A Microsoft não tem mais interesse em facturar com o Windows, como se vê pelo Windows 10 e 11 de borla.
        O futuro é azure, Office 365, contratos de suporte empresariais, SharePoint, Exchange, etc. A Microsoft tem tantos produtos onde factura milhões e o Linux ajuda. Sabias que a Microsoft é a maior contribuidor para Open source do mundo?
        Microsoft has certainly changed since the days of branding Linux a cancer. The software giant is now the single largest contributor to open-source projects in the world, beating Facebook, Docker, Google, Apache, and many others
        😉

  9. arch lover says:

    Eu uso arch btw

  10. Norberto says:

    Isto do linux do windows só em ambiente linha de comandos…ou é possível instalar um GUI?

    • Gerardo says:

      Já dá para aplicações gráficas. Não sei ainda pormenores em relação a outras apps, mas por exemplo o VS Code uso sem problemas, o melhor é que nem precisas de instalar dentro do Ubuntu, se instalares o VS Code e tiveres Ubuntu podes lançar de lá. Na realidade nem precisas de abrir o Ubuntu, dentro do VS Code Windows, se escreveres Code no terminal Ubuntu ele lança a versão Linux

      • Gerardo says:

        Já dá para aplicações gráficas. Não sei ainda pormenores em relação a outras apps, mas por exemplo o VS Code uso sem problemas, o melhor é que nem precisas de instalar dentro do Ubuntu, se instalares o VS Code e tiveres Ubuntu podes lançar de lá. Na realidade nem precisas de abrir o Ubuntu, dentro do VS Code Windows, se escreveres Code no terminal Ubuntu ele lança a versão Linux

    • Dinis says:

      Sim, dá com o WSLg usar aplicações gráficas (https://github.com/microsoft/wslg) mas é so parte dos Insiders e ainda não funciona super bem, por exemplo o HiDPI é terrível.
      Para usar um ambiente gráfico completo creio que com o X-Server funciona.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.