Quantcast
PplWare Mobile

Confirma-se! Microsoft coloca marca de água no Windows 11 com hardware não suportado

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. night says:

    Se fosse so a marca de agua até nem era problema que da ara retirar, o problema é não ter acesso a updates.

    • David Guerreiro says:

      Isso é que é importante. Em teoria poderia usar-se o WSUS Offline, mas já é uma trabalheira… Quem tem equipamentos sem suporte oficial para o 11, tem atualizações do 10 até 2025. Por isso até lá não se preocupem.

      • LarilasOS says:

        Então e depois disso? Que se faz aos PC’s com processador i7 de sexta geração que é o meu caso que tenho 3…? Quer dizer…posso deixar estar e simplesmente instalar um antivirus eficaz o suficiente para não ter riscos de segurança e continuar a usar o Windows 10 como se nada tivesse passado. Ainda hoje a minha velhota usa um Core Duo com o Windows 7 instalado e nunca teve problemas…dá pra ir ao Face das Bocas à vontade…enviar e receber e-mails…ver vídeos de gatinhos…receitas de cú zinha….acredito que o Windows 10 será a mesma coisa…o davinci resolve irá funcionar em 2025 com Windows 10 à mesma…penso eu de que…

      • night says:

        Eu testei e nem 1 update receberes, na versao que metes e aquela que ficas

  2. JS says:

    O maior problema é a falta de agua!
    Vem agora a Microsoft desperdiçar um bem que faz falta ao planeta

  3. Filipe Guimarães says:

    win+r -> regedit -> HKEY_CURRENT_USER -> Control Panel -> UnsupportedHardwareNotificationCache -> Mudar valor da chave SV1 (e SV2 caso tenha) para 0

  4. Americo Pereira says:

    Por esta e outras é que não uso Windows há já muito tempo.

    • LarilasOS says:

      Deverias usar…já viste que o utilizador Filipe Guimarães deu logo a solução para “contornar” a coisa? easy peasy…se fosse MacOS também dava…mas era o carga dos trabalhos…o Linux a mesma coisa…quem percebe de Bash é fácil fácil…agora no Windows, está tudo lá no Registry…

  5. Jorge Silva says:

    Sou um utilizador banal. Office, internet, edição básica de audio e pouco mais.
    Tão banal que usei o mesmo portátil durante 10 anos com Windows 7 e só no verão de 2021 atualizei para o Windows 10. Nunca tive problemas. Nada mesmo. Zero!
    Comprei um portátil novo em fevereiro, já com Windows 11 de fábrica. Legítimo, sem invenções. Pois bem: já perdi a conta às vezes em que tive de ativas manualmente o ctfmon, o correio do Windows não me mostra os mail enviados, os caracteres especiais portugueses (acentos, til…) fazem com que me apreçam coisas estranhas, enfim.
    Tenho tudo atualizado, por isso não é daí, pelo que a minha ideia-base cada vez sai mais reforçada: a mudança só compensa ao fim de algum tempo, pois isto assim é muito incómodo.
    Ainda eu não me atrapalho e consigo chegar “lá”, mas um utilizador elementar não está para isto! E a informática deveria ser indolor para quem apenas necessita das funções básicas.

    • Vitor Tavares says:

      Acho que os “problemas” que menciona não se devem ao sistema operacional…mais parece que um problema de configurações que o próprio utilizador tem de efetuar! Eu utilizo o Windows 11 num pc sem as especificações mínimas “exigidas” pela Microsoft e tudo funciona a 100%. Por exemplo será que tem o teclado bem configurado para utilização em Português?
      Tudo isso pode ser configurado e/ou alterado nas configurações…

    • lopes says:

      É caso para se dizer que o problema não é o Windows 11, mas sim algo sentando entre a cadeira e o monitor.

  6. Luíz says:

    Marca de água no Windows 11?! Instalem LInux, sempre atualizado e sem pirataria.

  7. Mário says:

    Queria instalar o linux, para ficar.
    Aliás, já o instalei uma vez. Mas tive problemas, depois de o instalar.
    Quando todas as distros linux, tiverem as partições NTFS, instalarei.
    Segundo sei, o linux adoptou recentemente o formato NTFS. Agora só me resta esperar.
    Quero no futuro instalar o linux na partição C: e manter a outra partição que tenho!

    • LarilasOS says:

      Mas porquê?
      Eu comprei MacBook por exemplo, comprei aquela coisa do Paragon NTFS mas muito sinceramente nem uso…qualquer disco externo que coloco no mac uso o afs…ou se for ssd uso exfat e não sinto falta do NTFS

      • Mário says:

        Porque todos os programas que utilizo no c:, utilizo a partir de uma outra partição. Ex: quero instalar o libre office. Tenho o instalador na outra partição que tenho, e insta-lo-o no C:, a partir dela.
        Quero ver e utilizar no linux as minhas partições, como no windows. A mesma coisa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.