Quantcast
PplWare Mobile

A Microsoft avisa! Se instalar o Windows 11 num PC não suportado pode perder a garantia

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. JR says:

    Então se um PC de 8ª geração (não digo todos mas uma grande parte) que já excedeu o seu período de garantia, certamente acho que o utilizador sabe os riscos que corre. Quando avariar repara ou compra novo, o que é isso que a Microsoft quer. Mas pronto eles lá sabem.

    • Zé Fonseca A. says:

      A garantia não é isso, eles querem dizer suporte e apenas se referem ao SO, isto será importante apenas para empresas, que ao colocar um ticket junto da Microsoft a mesma se pode negar por não cumprir os requisitos.

    • Samuel MG says:

      Não é isso!! A Microsoft quer que os utilizador comprem os seus Surface!! Isto do Windows 11 não ser suportado é apenas para forçar a compra!!

    • Manuel Costa says:

      Supostamente é. Agora imagina que foste comprar um computador usado a uma loja que os revitaliza. Nesse momento tens 1 ano de garantia. Se fizeres o update do win10 para o 11, usando meios ilegais, avaria o acesso da BIOS e ficas com o boot bloqueado. A garantia não cobre isso e terá de pagar a reparação.

  2. Gonçalo Santos says:

    O meu passou nos testes para Windows 11 4 núcleos tpm 2.0 secure boot ativo processador ryzen 3 geração 4000 série 8 GB de RAM e 256 de armazenamento um HP

  3. Ricardo Abreu says:

    Bom dia, parece que a microsoft quer que a malta mude para a concorrência, se um portatil com um I7 de 6ªgeração 16gb ram, com TPM 2.0 e 512 gb de ssd não é suficiente para correr o Win 11 está na hora de procurar outro sistema operativo.

    • jorge santos says:

      Foi o que fiz em Agosto.
      Tenho o UBUNTU a funcionar na perfeição e no qual estou a escrever estas palavras.

      • Paulo Jaime says:

        Se calhar iria gostar mais do Linux Mint 20.2 LTS baseado no Ubuntu que usa ( 20.04.3 ) Tem interface Cinamon muito semelhante ao W10. Vem todo em negro e verde mas depois pode instalar outros temas e ficar com o aspecto do W10, o mac BigSur ou outros milhares de looks com ou sem transparências, escuros ou claros. Altamente personalizável, com suite Office muito completa e compatível com os formatos da Microsoft, tem programas para tudo, 3D, edição imagens e vídeos…milhares de aplicações. O ponto fraco era os jogos mas agora com a aplicação STEAM é possível acesso a milhares de jogos. Estável, rápido, rola razoável em máquinas mais modestas e muito bem em máquinas com 4Gb ram ou +, e processador 2Ghz ou + . Não necessita de antivírus e nenhuma optimização embora eu use o STACER para limpar caches e ficheiros residuais de navegação. Tudo de borla….Who needs Windows 10 or 11?

      • Paulo Jaime says:

        O Libre Office vai a Ferramentas, Opções, Carregar/Guardar, Geral e aí configura para os ficheiros Writer, Calc e de apresentação entre outros serem gravados sempre nos formatps Microsoft e os mesmos dps de editados podem ser convertidos em PDF. Quem precisa de W10 ou 11?

    • João says:

      Não se trata de capacidade de processamento mas sim de outros requisitos de segurança obrigatórios. Neste caso o processador não deverá ter “secure boot”.
      A Apple a determinada altura cortou radicalmente com o passado, primeiro para alguns o Catalina e principalmente com o Big sur para quase tudo o que era “velho”.
      No entanto ninguém é obrigado a mudar para o W11. Pode continuar com o W10 que ainda terá suporte por muitos anos.

    • Manuel Costa says:

      E precisa mesmo do win11? Ou não passa de um capricho para se armar em super mega diplomado com 670000000 doutoramentos em engenharia informática, apresentar o computador com o win11 e fazer pirraça aos que não o tem? (Basicamente é o que fazem 99% dos clientes Apple…)

  4. Zpl says:

    Acho muito bem, comprem novos pcs. O futuro não e dos pelintras

    • Miguel says:

      Isso mesmo, compra aí alguns para a malta então.

    • Manuel Costa says:

      Estou a trabalhar com 27 máquinas, só uma tem o win10. As restantes estão com o win7 e não há problemas. Os hackers bem batem à porta, o do win10 trata disso. Os restantes, pouparam já mais de 1 milhão de euros à empresa. Os parvos e milionários é que pagam 5000 euros a cada 3 anos, para ter uma nova máquina.

    • Paulo Jaime says:

      A vida dá muita volta….e a pelintrice pode tocar qualquer um…..

  5. jpereira says:

    O que é um pc suportado?

  6. Pedro Fernandes says:

    Quando a Microsoft acordar e vir que o Windows 11 só está instalado em “meia dúzia” de máquinas pela atitude que está a ter/tomar, começem a ver tanto a Microsoft, bem como os Fabricantes não vão conseguir o que pretendem pode ser que pensem de maneira diferente.

    Actualmente a máquina que tenho serve perfeitamente para o que eu quero, corre bem o Microsoft Flight Simulator 2020 com as definições em “High” e “Ultra” não tenho tido queixas, verdade seja dita também não tenho ido para locais densamente povoados, futuramente o Flight Simulator vai existir com o DirectX 12 o que poderá ainda ajudar na Fluidez, apesar de já notar que a máquina em Si encontra-se em esforço com o Microsoft Flight Simulator 2020 (vamos ver com a chegada do DirectX 12)……. tirando isso como está a funcionar não vou comprar uma máquina nova só para ter o tal Windows 11, se um dia por acaso avariar é algo a pensar.

    Quanto ao Windows 11 vou continuar a ter instalado mesmo sem actualizações, se um dia precisar de formatar já sei que o Windows a ser instalado vai ser o Windows 10 até lá…… pode ser que exista alguma mudança por parte da Microsoft.

    • Manuel Costa says:

      Tal como o win10, o win11 finale só estará disponível em Novembro de 2022.
      Engraçado que tanta gente é estúpida e não se lembra de algo que aconteceu há poucos anos atrás: o win10 também começou por ter limitações gigantes. Pouco a pouco foram sendo lançadas mais versões e mais computadores foram sendo suportados. Agora fazem já uma tempestade de grau 70000000 com ventos a 50000000kmh , só por não terem acesso 50 dias antes do lançamento.

  7. José Ferreira says:

    Com todas estas exigências por parte da Microsoft não estou haver as empresas e muitas pessoas a comprarem computadores novos para instalar o windows11, esta foi a forma que a Microsoft encontrou para perder cota de mercado, já vi na internet uma boa alternativa ao Windows 11, que é o Windowsfx 11, baseado em Linux, uma cópia perfeita do Windows 11,

    • João says:

      Alguém no seu perfeito juízo pensa que as empresas estão preocupadas com isso????
      Os computadores com W10 vão continuar a funcionar sem qualquer limitação e não me parece que o lucro das empresas esteja dependente ca migração para W11.

    • Samuel MG says:

      Corre aplicações windows nativamente 🙂

    • Manuel Costa says:

      0,00001% das empresas instalam um SO antes de ter 12 meses no mercado. Só 1 em cada 10 milhões de computadores fazem essa instalação… isto é perder quota de mercado (cota é o teu ascendente, só por isso percebo a tua ESTUPIDEZ!!!!) ?
      Por alguma razão a rede multibanco portuguesa é das mais avançadas do mundo… sendo que 96% das máquinas usam o WinXP. No caso dos EUA, alguns bancos ainda tem o sistema base baseado no MSDOS 7.22. Tem corrido bem pois 99,9999999% dos hackers não sabem usar os comandos desses sistemas.

  8. iSad says:

    Acho isto tudo muito estranho? Perdem garantia? Isso quer dizer q existe maquinas com menos de 2 anos incompatíveis? Adoro a MS. Acho que isto vai dar muitos casos de tribunal. lol

    • Manuel Costa says:

      Ainda agora vais a uma loja e encontras computadores com 4 a 5 anos de produção à venda. Esses tem garantia de 3 anos, como tem o produzido no mês passado…
      O mesmo acontece com computadores revitalizados e vendidos em segunda mão. 1 ano de garantia, se forem instalar o win11, perdem essa garantia.

  9. Antonio says:

    Tenho o Windows 11 pro a correr num portátil Toshiba com 4gb RAM de 2008.

  10. José António says:

    A escravatura moderna. Somos obrigados a pagar por um software que agora nos exige pagarmos pelo “office”, anti-virus e agora, pelo computador certificado, compatível. enquanto pagamos (por esse lixo todo) está tudo bem pois sentimo-nos “protegidos”. Mas a verdade é que, mesmo pagando e pagando e pagando, não temos a proteção devida. Então por quê não tentar com Linux? Grandes corporações, governos e forças armadas usam linux. Esta internet passa por servidores Linux. Comunicações de telemóveis usam Unix e não Windows. Teu telemóvel é Linux (Android, Apple)!! Tudo (na grande maioris) que usa processamentos de dados e precisão é Unix / Linux. Além do mais é seguro, estável, compatível, gratuito, para uso doméstico não precisas de anti-virus nenhum, “office” incluído, etc. Pra quê sofrer? Uso Ubuntu desde 2009. A melhor coisa que fiz!!!

    • Manuel Costa says:

      Sabes tanto…. NENHUMA FORÇAS ARMADAS USAM LINUX!!!
      Ter distros que qualquer usuário com 2 horas de trabalho, encontra 2000000000000000000 bugs e buracos, é bom negócio…
      Os que referes, usam sistemas muito diferentes do que imaginas. Sim, são baseados em linux mas, todos rescritos e muitíssimo alterados, de tal forma que se visses um pela frente, não o sabias usar.

  11. José António says:

    Povo Português:
    Computador suportado = com processadores ultra modernos e caros, com muita memória RAM e memória rápida = cara, ou seja, em outras palavras, gastem, gastem, gastem.
    Nossos computadores antigos são mais do que suficientes. Windows 11 (que é um híbrido windows-Linux) exige mais. Por ser híbrido tens que ter um computador de ponta, última geração, caro!!!
    Linux trabalha bem com computadores antigos e novos de última greração. Não requer grandes volumes de memória ou processamento mas tem ou o mesmo ou até melhor desempenho que windows.
    “Booting up times” o windows fez tramóia e tem o software pré-carregado. Já o Linux quando carrega, é do início!
    Mas quando ambos estão ativos, carregados, a trabalhar, os aplicativos em Linux carregam muito mais rápido que windows. A internet carrega muito mais rápido. No meu trabalho deram-me um laptop com Windows 10. Lento, updates que levam 5 horas, Anti-virus ocupando espaço na memória e processamento tornando o computador mais lento aínda, em resumo, horrível. depois de tantos anos com Linux estou mal acostumado com updates de apenas 10 minutos (e não 5 horas e não poder usar o computador nesse tempo pois tudo fica lento), aplicativos abrindo quase que instantâneo, sem medo de vírus, malwares, rootkits, randsomware entre outros. Não sou obrigado a pagar, pagar e pagar, tenho garantias e suporte na internet, é compatível (SAGE, Photoshop, Coreldraw, impressoras como por exemplo Epson wireless entre tantos outros) e tudo ísso, gratuito.
    Pra quê sofrer? Mazoquismo?
    Aos que teem dúvidas, faço aquí um pedido. Por 7 dias, usem apenas Linux. Nada de Windows. Apenas Linux por apenas 7 dias. Ao fim desses 7 dias…

    • João says:

      Não penso da mesma maneira, mas o que diz faz algum sentido. Só usa quem quer e só paga para usar quem quer.
      O que não falta são pessoas a pagar por processadores topo de gama que raramente atingem 50% da sua capacidade e por quantidades absurdas de memoria que nunca foi usada…
      Tambem há quem tenha internet Giga porque fica bem nos benchmarks, mas na pratica não usam nem 100M de largura de banda.

    • Manuel Costa says:

      Até ao Linux suportar 10% do que suporta o Windows, nada feito. Além de que instalar uma distro de linux sem a saber compilar, é deixar 100000000 vezes mais portas abertas no equipamento do que ter o windows instalado.

  12. Paulo Pinto says:

    Expliquem-me sff. Que danos o Windows 11 poder vir a causar no hardware do PC? Tal é possível?

    • Manuel Costa says:

      Bootloop, que exige acesso manual à board para conseguir resolver. Muito comum em distros de linux que são mal instaladas e exigem essa alteração ou aceder por safe e remover tudo o que estava nos discos.

  13. Rafael says:

    KKKKKKKKK MIcrosoft e engraçada demais , ela quer parar de todas as formas as maquina antiga, removeram geral de pc antigo do insider mais isso ja foi burlado tb kkkkk uso um 4790k no canal dev atualizo normalmente, para de tocar terror no povo microsoft, e quem quer garantia suaaa kkkkk suporte via chat de vcs nao resolve nada kkkkkk tudo noob

    • jorge santos says:

      Canal DEV é para quem gosta de viver na incerteza de um dia ficar sem sistema depois de uma actualização cheia de bugs irreparáveis… que a Microsoft tem ficado cada vez melhor am lançar…
      Empresas, por exemplo, não se podem dar ao luxo de usar versões de desenvolvimento em máquinas de trabalho.

  14. Paulinho says:

    Histórias que a minha Avó me contava para eu comer a sopa.

  15. DB says:

    Piada do ano e do seculo, instalar o windows 11 perde a garantia… mesmo que possa formatar novamente e coloquar o windows 10 de novo

  16. iFernando says:

    No Android é assim e nunca ninguém se queixou.
    Expliquem como é que os eng da Microsoft vão construir em 2022, um sistema operativo espetacular, maravilhoso e rápido num hardware antigo?

  17. Clayton says:

    Só não instalar, além da sair mais barato a garantia é certa 😉

  18. Fernando Ramos says:

    Isto é uma idiotice.
    Desde quando um software dita, o fim da garantia de um aparelho desde que ele não seja da marca Microsoft?

    Seria o mesmo que perder a garantia de um automóvel por lhe colocar um rádio diferente do que vinha no carro de origem…

    E o pessoal vai na conversa.

    Com toda esta mariquice da, parte da Microsoft, o que eles fazem que o pessoal deixe a Microsoft e vá para outros sistemas operativos…

  19. osvander says:

    Simples, se vai perder a garantia instale o windowsfx 11 ele não pede tpm 2.0 e nem processadores incompatíveis, é a cara e interface do windows 11 , além do mais é mais seguro porque é linuxfx.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.