Quantcast
PplWare Mobile

5 distribuições Linux que superam claramente o Windows 11

                                    
                                

Fonte: Phoronix

Autor: Marisa Pinto


  1. Eu e só eu says:

    Aposto que foram 44 testes que ninguém quer saber. Mas on que conta é que Linux foi mais rápido….

  2. dude says:

    Já toda a gente sabe que é preciso um pc para o windows e outro para os programas que lá se roda. O Linux é excelente está demasiado ramificado, nao consegue competir.

  3. KodiakShadows says:

    Desses gosto do Fedora. Eu uso o openSuSe, mas por força dos programas que uso tem que ser mesmo o Windows.

  4. Jota says:

    Que comparação mais estúpida!

  5. lapizazul says:

    Li e revi, mas não encontrei nenhuma dessas distribuições Linux que superam claramente o Windows 11.

  6. sayWhat says:

    O MacOS com os novos Macbook Pro coloca esses todos no bolso.

  7. Sed says:

    LInuXO é igual sogra, todo mundo sabe que existemas ninguem quer, e lammers que acham q so porque sbaem dois comandos de linux sao o pic@ das galaxias.

    Linux a unica coisa boa que fez, foi fazer o sistema windows melhorar, e dele vim o travadroid, e a apple ganhar dinheiro com o ios e o sistema dela mojave, marte kkkk é tanto nome que nem se da o trabalho.

    LINUX vejo desde 1999 falando q seria o terror do windows, bla bla, vi microsoft colocando pinguim do lado, de fazer coraçao de amor por linux, de governos do meu país colonizado por portugueses, trocarem windows 98 por linux, e em 1 ano voltarem para windows.

    Vi universidades, mudando tambem, e para que ? para nada….todas estao com linux, com excessao de umas do sul. Ate o caixa eletronico de banco usa windows.

    Linux testes, e etc, é para nao ser lido, mas so para ser visto. Eu mesmo vi testes de um canal brasileiro de um cara falando do arc, do tal, de xingando o ubuntu, e etc…mas para que ? para nada….pus ubuntu last version em um i5 com 8gb e asus e ssd, mas apos a instalaçao ja me deu ganas de remover e por nem que fosse um windows vista kkkk

    Linux, é como o presidente do meu pais, sabemos que tem, mas nao vale nada.

    • Gertrudes says:

      Santa ignorância. Você parece um funcionário da MS, daqueles que nem vê a luz do sol, mulheres só no ecrã do computador. O linux é muito mais eficiente, estável, cómodo, seguro e abrangente que o Windows. E corre programas importantes e jogos. Só não vê quem não quer, ou quem não tem interesse em ver 😉

    • kolas tarik says:

      é como tu, escreves aqui para dar nas vistas mas ninguém quer saber disso para nada. só te faltou dizer que és brasileiro, mas aqui o ppl não é burro, topámos-te logo à segunda letra 😉

      • Sardinha Enlatada says:

        Bem uma coisa te digo zuca, desde que uso linux nunca mais tive de me preocupar com virus, nem erros bestas. So isso ja da para dormir descansado, fora a estabilidade e seguranca no sistema. Outro tipo de softwares nao existem para linux nao e por culpa do linux mas sim porque essas empresas nao querem investir no linux e obviamente sabemos que existem acordos secretos com o windows que nao deixa isso acontecer.

        • Pedro F. says:

          “Sabemos que existem acordos secretos com o windows que nao deixa isso acontecer” foi do mais estúpido que li em todos os comentários…
          Não é preciso muita inteligência para perceber porque é que uma empresa não vai investir num SO usado por 40 pessoas…

    • João Cunha says:

      É por isso que 98% dos servidores em todo o mundo usa Linux -_-, aliás a própria Windows criou um sistema Linux, destinado para o gerenciamento da nuvem, porque o Windows tem claramente limitações.
      O Linux e o Windows são OS diferentes e cada um tem as suas vantagens, mas a nível de performance o Linux vence claramente. O mal do Linux é que tem que se aprender muita coisa, e nem toda a gente quer ter esse trabalho

      • Samuel MG says:

        Na verdade já não se precisa de aprender!! Já não se precisa de ir ao terminal de comandos exceto no ubuntu para ativar a firewall (deixo aqui o comando: “Sudo ufw enable”)

        • João Cunha says:

          Eu sei disso Samuel MG, eu já uso Linux faz uns anos e adoro. Eu tenho dual boot, e só abro o Windows 2 ou 3 vezes por ano, mal o uso.
          Mas mesmo sem o terminal, há coisas que tem que se aprender sobre o sistema em si, o que é normal pois o Linux é diferente do Windows e claro tens que te adaptar, pelo menos penso assim.
          Olha eu dou-te o seguinte exemplo é já não estou a falar do OS em si, eu usava o Office e o Photoshop, entre outros, no Windows, quando fui para o Linux tive que aprender novos programas como o libre e o gimp e ink, e outro programas. Eu não me importei de aprender, aliás até prefiro esses programas, são gratuitos, Open source, leves e muito bons, mas percebo que acha pessoas que não querem sair da bolha do Windows por causa disso.
          Eu adoro o Linux, adorei o mint, pop os, atualmente tenho KDE néon no laptop e manjado KDE na torre e adoro, Ubuntu já não gosto.

    • Arch says:

      Deves ainda usar uma ardósia, e sinais de fumo para comunicar… Há com cada ser humano…

    • Douglas says:

      nunca vi tantas verdades em um comentário kkk, esquece linux desktop deu uma melhorada de uns tempos pra cá, mas esquece nunca vai superar windows e mac, linux é top mesmo pra servidores. Eu nunca vou conseguir entender como toda a comunidade linux faz uma propaganda absurda para a pior distribuição linux o ubuntu, cada distribuição que é lançada fica mais pesada e mais lenta, a melhor distribuição linux que já usei e recomendo é o linux lite versão 3.8 aquilo sim que é um linux de respeito leve pratico e nunca me deu dor de cabeça, já as versões mais nova dele os cara conseguiu cagar seguindo a profecia de toda vez que lança nova versão é pior do que a anterior

    • Dumb&Dumber says:

      Tens tanto que aprender….

  8. Helio says:

    Lol. Sim? Em que testes? Nós testes de jogos? De office? De compatibilidade de aplicações? Ah sim deve ter sido nesses testes..
    Lol Linux é para brincar e para servidores, assim como macos que mão serve para nada porque tem falta de aplicações e é puuco versátil… Ah e tal há alternativas blabla.. Sim há mais não são a mesma coisa.. E sim tenho dual boot windows elementeryos… Mas…. Não se pode comparar alhos com bugalhos…

  9. Gertrudes Fonseca da 2a circular says:

    Seus meninos de coro que só usam windows para jogos. O Linux é melhor nos aspetos fundamentais do que windows.
    1. É mais estável (por isso é usado em servidores e em ambientes de trabalho importantes).
    2. É mais seguro (muito menos suscetível a roubos de informação, spyware, trojans, virus, etc.).
    3. É mais rápido para os mesmos recursos de hardware.
    4. É mais evoluído em termos de acesso a software variado através do download pelos repositórios. Além disso possui uma quantidade enorme de open source, incluindo jogos, programas, ferramentas,etc.
    5. Não está a enviar a nossa informação constantemente para ser vendida a terceiros pela MS. Vejam bem este ponto que é muito importante. Voces quando assinam o licence agreement do windows estão a dar acesso aos detalhes pessoais, hábitos de navegação, etc. à MS que assim monetiza os vossos dados 😉 vocês são na verdade o produto.

    • José Machado says:

      Tenta fazer produção multimédia em linux e depois falamos.
      Nem um DAW de jeito encontras, e nem é preciso falar de VSTs.

      • Samuel MG says:

        LMMS diz tudo!! 😛
        “Linux Multi-Media Studio or LMMS is a good replacement for DAW”

        • José Machado says:

          Good replacement?
          Isso é para rir.
          Gostava que me indicassem um estúdio profissional digno desse nome que use isto para fazer obras comerciais.
          Já para não falar que precisas de VSTs/AAX para trabalhar com um DAW que regra geral só funcionam com windows/apple (são compilados em C).
          Se for preciso instalar Wine e afins lá se vai a parte do linux ser mais rápido.
          Lá porque no marketing diz que é um bom substituto não quer dizer que seja verdade.

          • Samuel MG says:

            O LMMS traz Groove VST e Helm VST!! Qual marketing? O que eu publiquei foi uma revisão/opinião de um utilizador 😛

          • Dumb&Dumber says:

            “Ferrari atinge maior velocidade de ponta que um Jeep Wrangler.”

            “MAS O FERRARI NAO SOBE O MONTE!!”

            …e…. alguem ta a falar de subir o monte (edição multimédia)
            O comparativo é uma treta, sim.

            Cada SO tem os seus pontos fortes (quanto mais não seja users habituados ao UI e reticentes à mudança… a menos que seja para Mac pq é “bonito” e caro, e de marca…)

          • Hugo says:

            José nao digas a ninguém este segredo mas se é compilado em C deixa que te diga que o kernel do Linux é na sua maioria C então esse não é um bom argumento. Posso nao perceber muito de edição etc mas isso de ser compilado em C vai funcionar em Linux também…

  10. Jaime says:

    ClearOS? Vs windows 11? Lol
    Comparar um sistema operativo com interface, com um terminal para servidores?
    Estão a brincar comigo certo?
    É também é mais que sabido que em servidores o Linux domina…oh sorte.
    Porque não um título macos perde para 5 distros Linux? Seria igual.. Não?
    Windows é de no seu setor…. É o melhor é mais versátil sistema operativo…
    O resto é paisagem…
    Assim como em. Servidores Linux é rei..

  11. Casaco roto says:

    Isto está cheio de robôs da microsoft que querem promover o seu sistema operativo vendendo gato por lebre. O Linux é kilometros melhor que o Windows. Quem se dá ao trabalho de aprender não volta para trás. Quanto muito usa dual boot windows/linux usando o windows apenas para algum software ou então, muito melhor e mais seguro, instala uma máquina virtual do windows dentro do linux, com a internet “cortada” de modo a impedir o Windows de espiar constantemente.

    • Reis says:

      Linux e muito limitado e não da para trabalhar nem gaming. Windows e superior e linux so para geeks virgens com problemas sociais como tu

      • Samuel MG says:

        Olha!! Mais um que não sabe nada do Linux!!
        Gaming:
        OpenArena (FPS)
        Steam
        Nexuiz (O melhor FPS que já joguei)
        Warzone 2100 (versão 4.X.X é simplesmente o melhor RTS futurista)
        OpenRA (outro RTS bom)

        Quanto ao trabalho só digo que existe software especifico que é grátis mas no Windows é a pagar ou simplesmente não existe.

        • Miguel says:

          Tens lightroom, photoshop, premiere, microsoft excel no linux? Jogos no linux n existem, boa sorte.

          • Samuel MG says:

            Jogos não existem acabei de publicar jogos que correm sem wine 🙁

          • Samuel MG says:

            Photoshop = Gimp
            Microsoft excel = Libre cal e muito mais apps.

          • Miguel says:

            Samuel essas alternativas n prestam. Gimp?? libre?? Ninguem usa isso toto. Qualquer empresa se ri de ti, mas como ainda es um puto em casa dos papas n sabe o que e trabalhar entao so brinca no linux. Quando comecares a trabalhar e deixar de ser um inutil logo ves que usas windows e n pias.

          • Samuel MG says:

            Puto!! Sou mais velho do que tu e tenho mais conhecimento de tu alguma vez terás 😛

          • Pedro F. says:

            Comparar o gimp com o Photoshop revela que o teu conhecimento é paupérrimo em ambos!
            O gimp não chega a dar para desenrascar para quem usa Photoshop

        • Dumb&Dumber says:

          Se usassem um PC para mais que ver youtube e comentsr no pplware…

          Tirando CAD, e algumas coisas de imagem e video (e aqui tb ha Software windows q nao existe para mac e bice versa)… Gostava de saber qual a limitação do Linux…

          Nao encrava
          Nao fica lento
          Nao parte o boot com updates que nem soube.os que foram instalados
          Dá pra jogar (steam.. proton… Steam deck.. pesquisem)
          Barato
          Muito bom software livre, sendo que tambem algum nao existe para windows


          É que nem nunca usaram.. e dizem mal… Com argumentos da treta (as vezes nem argumentos chegam a ser)

          O windows 11 é um re-skin mal feito so 10.
          Não é melhor em performance, e é inconsistente. Basta ver o dark mode que nao existe em muito software nativo so SO lol…

          Cantos arredondados, barra de tarefas translúcido e icones centrados pos tablets. = Super SO novo

  12. José Machado says:

    E a história de ser mais estável já tem barbas.
    Uso a mesma instalação de windows há uns anos e não crasha.
    Parem de usar oes mesmos argumentos que usavam com o windows 95.

  13. Pedro Oliveira says:

    Eu não percebo muito disto mas “o grande vencedor foi o sistema Clear Linux, desenvolvido pela própria Intel” – parece-me normal que o OS desenvolvido pela mesma empresa que fornece o chip seja otimizado para tal.
    Depois temos o Fedora que se não me engano é um OS para servidores (não era há uns anos a versão “grátis” do CentOS ou algo assim?). E finalmente o Ubuntu.

  14. HB says:

    Testes sintéticos de performance que na vida real são completamente irrelevantes. A produtividade não está só ligada à performance da máquinas mas do utilizador que a usa. Para o utilizador ser produtivo a máquinas tem que ser de fácil utilização. É ai que todos estes servem para nada e o Windows 11 dá 20 a 0.

    • UmGajoQualquer says:

      Excepto se já tiveres habituado ao sistema linux.
      Tens os casos de utilizadores que ao trocar de MacOs para Windows ou vice-versa se queixam da produtividade.
      Conclusão: o utilizador é mais produtivo no sistema a que está habituado.
      E quase de certeza

  15. Daniel Oliveira says:

    Os grandes defensores do MS digam por favor quantos sistemas de controlo de satélites, foguetes, foguetões, misseis, estações espaciais, naves, capsulas, aviões, automóveis e até clouds são baseados em MS???? acho que não é preciso dizer muito mais…

    • José Machado says:

      Lá porque um sistema é bom para controlar foguetões e satélites não quer dizer que seja bom para utilização caseira.
      E não faltam sites a funcionar em stacks microsoft (IIS/.NET/SQLServer).

    • Miguel says:

      Os grandes defensores do MS sao pessoas que trabalham para pagar contas e cujas empresas usam adobe, office MS, entre outros so compativeis com windows e dps em casa para relaxar gostam de gaming e mais uma vez so o windows o permite. Ja agora o controlo de misseis nucleares e torres de controlo de aeroporto usam windows 3.1.

  16. Daniel Oliveira says:

    Só mais uma achega… para folhas de calculo, e editores de texto, sim o MS chega!

    • Samuel MG says:

      Esta é só para ti!! Quantos editores de texto e folhas de calculo existe no MS? 5 apenas e é tudo office!! No Linux existem milhares e alguns são totalmente independentes ou seja não estão integradas num office (todos compatíveis com extensões MS office!!

      • Miguel says:

        O samuel deixa de ser trol…vai para uma empresa de contabilidade ou financas e n sabes usar o excel e mandam te logo passear mais os milhares de folhas de calculo de linux. Estes geeks vivem num mundo a parte na cave da casa dos pais e pensam que os outros n tem mais que fazer que os aturar!

      • Luis Henrique Silva says:

        Mas não é a mesma coisa, estou numa instituição onde não podem conprar licença office porque não há guito pra tudo.
        Temos de usarlibreoffice, e já passei chatices com ele, tive de usar excel online e ainda tive de levar pra casa pra poder connverter pra pdf.

  17. Jota says:

    Linux? Voltar ao século passado? Não, obrigado!

  18. João Cunha says:

    Os comentários deste artigo são qualquer coisa, ok que o título gera polémica, mas mesmo assim. Em termos de PERFORMANCE, para quem usa os dois OS sabe que o Linux é melhor, especialmente em hardware De média gama ou mais limitados, agora isso não faz o Linux melhor que o Windows? Depende do usuário.

    O Linux é melhor em termos de performance, segurança, privacidade, e liberdade de fazeres o que quiseres com o sistema, entre outros.

    O Windows oferece mais compatibilidade com hardware e apps, e para muitos é o mais fácil de aprender (o que é normal, quase toda a gente aprende quando criança a mexer no Windows, e eu tive aulas de TI na escola com o Windows, e por aí fora, claro que depois o pessoal estranha o que eu diferente).

    Para mim que gosto de programar de ter o OS personalizado e não me importo de aprender coisas novas o Linux é melhor.
    Mas para muitas pessoas o que querem algo mais simples, e mais oferta de apps o Windows é melhor.

    Uma nota, vi muitos comentários acerca de compatibilidade de jogos e apps multimedia. É uma verdade que nesses aspectos o Linux fica atrás do Windows, contudo esta-se a dar passos para que o Linux fique melhor nesses aspectos. Está por sair o Steam deck, que roda num sistema Linux e muitos jogos estão a ser trabalhados para rodar em Linux, e mais uma vez em certos hardware os jogos rodam melhor em Linux que no Windows, mas rodam muito melhor.
    Em termos de falta de apps, é um mal grande do Linux, mas agora como o Open source está a expandir, talvez no futuro acha alternativas boas para o Linux.

  19. António says:

    Para mim, o linux foi uma desilusão! Péssima experiência, voltei logo para o windows. Nunca vi nada tão arcaico e estático, não admira ser leve e seguro, ninguém está interessado em atacar aquele sistema! Agora o craques dizem que é bom só porque só eles sabem mexer, tudo bem, eu não quero mexer, descobrir, eu quero utilizar, usufruir e algo que seja prático e dinâmico e agradável, não quero ter a sensação de viver numa era agnostozoica

    • Onfire says:

      Este é o comentário mais correto. Trabalhei numa empresa com 2 server’s. Um em linux (com suse e SAP) e outro em windows com SqlServer. Sempre que fosse necessário configurar em windows demorava 5 minutos, até um fail over era simples. Quando se passava para linux eram precisos uns quantos técnicos que demoravam horas ou mesmo dias a configurar, tudo era um problema.
      O linux é somente para quem sabe os comandos. Já o windows vence pela simplicidade, não é preciso conhecer comandos, basta clicar aqui e ali e fica feito.
      Existem muitos downloads em linux, mas é apenas para ver, influenciado pelas publicidades. Porque na verdade, sem serem programadores, o pessoal comum regressa sempre a windows. Mais simples, mais transparente……..
      Dois cliques, seguinte, seguinte, seguinte, concluir (melhor que isto não há).

  20. Luca forest says:

    Pena que até hoje não tem software que presta pra rodar em Linux

  21. João cunha says:

    O Windows realmente pode ser mais simples de configurar, mas a verdade é que como disse anteriormente 95 % dos servidores são linux, por alguma razão. Muitas empresas preferem Linux por;

    Estabilidade dos servers (crash menos que o Windows).

    O Linux é mais rápido.

    Leveza do sistema (o Windows é mais pesado, demanda mais hardware que o Linux, ou para explicar melhor, um hardware mais velho aguenta com Linux, mas pode não aguentar com o Windows, o que leva a empresa a ter que comprar um novo hardware, logo é mais dispendioso).

    O Linux como é aberto é mais configurável, e podes adaptar o servidor as tuas necessidades, e isso é muito importante para as grandes empresas( agora tens é que saber fazer isso e nem sempre é fácil, mas é por isso que tens que ter pessoal qualificado para mexer nos servidores).

    No que diz respeito às transparência aí não concordo muito com o que dizeste, porque o Linux é mais transparente, aliás todos aqueles comandos que vez no terminal, são as acções que o programa está a fazer, só tens é que perceber o que está lá, já o Windows é Next, Next, mas não sabes as alterações que o programa faz, não sabes as dependências que estão a ser instaladas, etc.

    Agora concordo contigo numa coisa, para trabalhar com um servidor Linux, é preciso saber, aliás há cursos para isso, são os Lpic que são certificados em Linux, mas dão emprego esses cursos, porque as empresas realmente optam por servidores Linux em vez do Windows.

    Para computadores é fácil pessoas terem más experiência, porque como existem muitos sistemas operativos Linux, se vocês escolherem uma má, vocês acabam desiludidos. Por exemplo, a minha 1° experiência com Linux foi com o Ubuntu, e odiei, não gostei mesmo do Ubuntu, nessa altura podia ter desistido do Linux, mas depois vi no YouTube muitas pessoas a falar do Linux mint. Apaguei o Ubuntu e tentei instalar o mint, mas não estava a conseguir, por causa de incompatibilidade de hardware, contudo com a ajuda de um amigo meu lá consegui instalar.
    Moral da história, eu simplesmente me apaixonei pelo mint, porque é mais fácil de aprender a mexer que o Ubuntu, e é muito mais rápido que o Windows, porque o meu portátil era um dual Core i5 com 8 GB de RAM, e nesse tipo de computador mais “fracos” o Linux realmente é mais rápido, o Linux mint basicamente deu uma nova vida ao PC.

    Gostei tanto do Linux que quando comprei um PC novo instalei um Linux nele e até ao dia de hoje não me arrependo.

    • Pedro F. says:

      Eu honestamente não consigo, com muita pena minha, ver as vantagens do linux…
      Ainda vou tentando de tempos a tempos, e uso no rasp, mas como comprador do dia a dia não me serve para mais que navegar…
      Tenho o mint o zorin e o manjaro e honestamente não sei onde é mais rápido o linux… Qualquer um deles arranca tão rápido como o Windows, o gimp abre no mesmo tempo, etc…
      Mas depois lá vêm os problemas… Algo que no Windows se resolve com meia dúzia de clicks ou com a instalação de um reg file, e no Linux é copiar linhas de comandos a tarde toda e há sempre qualquer coisa que falha…
      É a impressora wireless que não trabalha, é o NAS (que até corre lixux) que tem menos funcionalidades, é a gráfica que perde performance, etc…

      • Sardinha Enlatada says:

        Isso e um problema entre a cadeira e o PC. Se chamares um tecnico ele resolve-te isso em tres tempos. Sim os tecnicos servem para isso, se chamam para windows tambem os ha para linux.

  22. Sombra says:

    Claramente, Linux é muito superior

  23. Agnaldo de Souza says:

    Os jogos talvez até funcionem bem no Linux, os aplicativos de terceiros, que são usados junto com o jogo é que são o problema todo. Por exemplo, Euro truck 2 tem versão nativa Linux, mas o Trucksbook só funciona em Windows. Alguns jogos ou programas podem pedir o framework 4.5, visual C++ 2015 etc… Algumas pessoas podem ter dificuldades para instalar a Origin ou Epic games. Distribuição testada aqui foi a Linux Mint.

    • João Cunha says:

      Realmente o Linux fica atrás do Windows no que diz respeito a jogos, contudo a situação tem melhorado muito nos últimos tempo, e a tendência é que melhore ainda mais neste ano e em 2022, sendo que o ano 2022 será talvez o ano mais importante para o gaming em LInux, por causa do lançamento do Steam Deck, que é a consola portátil da valve, basicamente uma switch mas com muito melhor hardware, e que roda com linux.

      Para resumir, o linux tem na minha opinião 3 grandes problemas no que diz respeito a gaming;

      1º é a nvidia e as suas drivers, simplesmente a nvidia no linux é uma porcaria (e estou a ser simpático na escolha das palavras), ao contrário da AMD que tem drivers open source e proprietárias muitos boas, as drivers disponíveis para nvidia não são da mesma qualidade. Aliás, Linus Torvold o criador do Kernel linux, numa palestra falou sobre a nvidia, e acabou por mostrar o dedo no meio e disse publicamente “fu*k you nvidia” enquanto estava a ser gravado, e isso mostra o amor da comunidade linux pela nvidia.

      2º pouca compatibilidade, pois há poucos jogos nativos para linux, apesar de termos alguns, não são muitos comparados com o Windows.

      3º Os anticheats que impedem os jogos de rodar em plataformas diferentes do windows, porque não deixam o proton funcionar.

      Quanto às drivers não há muito fazer, a nvidia não se importa muitos com os poucos usuários do linux. Em último caso quando forem a comprar o pc, se quiserem instalar linux, comprem um com placas gráficas AMD, para terem melhor performance.

      Quanto à falta de compatibilidade de jogos aí há boas noticias, porque agora temos o proton. Proton é um fork do Wine, que funciona como uma camada que traduz os comandos do windows para linux e faz com que os jogos de windows funcionem em linux. Exemplo por curiosidade, o jogo euro Truck 2 funciona melhor através proton de que nativamente, pode parecer estranho, mas é verdade, porque o proton otimiza os jogos para linux. Para terem mais informação sobre os jogos que funcionam com o proton, podem ir ao site ProtonDB, foi lá onde vi vários jogadores a falar sobre o euro truck e que o mesmo roda melhor pelo proton (o único mal é que está tudo em inglês).

      Contudo, há um senão, pois muitos dos jogos que não suportados pelo Proton, e isso deve-se ao facto dos anticheat, que não permitem que o jogo rode mesmo com o Proton.
      É devido aos anticheat que o lançamento do Steam Deck é importante, pois a Steam deck vem com linux instalado para maximizar performance, e será uma plataforma aberta, ou seja será basicamente um pc, poderás fazer tudo o que quiseres nele, incluindo instalar jogos da epic, xbox e outros, por isso que a xbox, epic entre outros desenvolvedores de jogos já vieram elogiar a consola, e muitos estão a trabalhar para fazer a compatibilidade com o linux por isso, sendo que finalmente depois de anos, os anticheat são finalmente suportados para linux.
      Alias a Steam deck já está esgotada eu pedi a minha há uns tempo e a estimativa de entrega é só par ao final de 2022, e estima-se que será a consola com a maior livraria de jogos no mercado. Contudo, os jogos ainda estão a serem desenvolvidos para linux, avho que só para o ano deverão sair mais jogos com compatibilidade com o porton.

      Existe um mal, o pronton não bem pre instado no linux, tens que configurar o pc, tens que instalar a steam, lutris (lutris serve para instalar jogos que não são da steam), wine, game mode e outros programas.

      Deixo aqui uns links de videos do you tube, que mostram como podem configurar o linux para rodar jogos a partir do proton, os primeiros bem em ingles, o último em brasileiro.

      linux mint – https://www.youtube.com/watch?v=_CyCQdPhPYU&t=683s

      pop os (configuração pelo terminal) – https://www.youtube.com/watch?v=AALbVdB9VOU&t=150s

      poo os (configuração sem usar muito o terminal) – https://www.youtube.com/watch?v=dg_Lo8jlYkE

      pop os (em brasileiro pelo canal DIolinux) – https://www.youtube.com/watch?v=7Yd_TugJg3w

      Nota: estes links são para o pop os, e linux mint, mas podem servir para outras distro baseadas no ubuntu, mas não para distros baseadas em arch e fedora.

  24. LeoM says:

    Senti falta do benchmark usando jogos AAA e suítes profissionais das áreas de edição, modelagem, etc…
    Também vale acrescentar que usuários querem simplesmente instalar um SO e usar, sem ter que pesquisar milhares de distribuições, empacotadores, etc.
    SO para 90% dos usuários é um mal necessário que eles precisam ter para rodar seus programas e ninguém quer investir tempo neles.
    Gosto muito do Linux em servidores mas no Desktop, desculpe, ele está muito longe da competição.

  25. António says:

    Não sei porque tanta gente a rebaixar os outros porque dizem mal do Linux. Eu não gosto do Linux. Até a imagem me deprime! Estão abertas as hostilidades dos omniscientes exclusivistas da plataforma linux!

  26. Jpba says:

    O desempenho, e compatibilidade dos jogos em ambiente Unix, aumentou drasticamente.
    Mais compatibilidade, melhores drivers.
    Muitos utilizadores não utilizavam Linux, devido a este factor, mas tal têm se vindo a inverter ao longo do tempo.
    Dividas que sistemas Linux são superiores ao Windows?
    Absolutamente nenhumas, falo por experiência própria, como utilizador de diversos Distros Linux há já mais de 15 anos.
    E o mais importante, o software opensoource, e gratuito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.