PplWare Mobile

Lenovo anuncia certificação Linux para os ThinkPad e ThinkStation


Autor: Marisa Pinto


  1. Sonecas says:

    Ora aqui estão portáteis realmente aceitáveis, a gama ThinkPad. O teclado é simplesmente o melhor do mercado, e desde sempre usar Linux nos ThinkPad era o comum, aliás já podiam vir logo com Linux. Agora formalizaram o que já havia, e garantem a compatibilidade entre o Linux e todo o hardware.
    Entre escrever 8 horas num MacBook pro com aqueles teclados ridículos e escrever as mesmas horas num ThinkPad, as diferenças são gigantes.

  2. paulo g. says:

    Tenho um ideapad 330 que comprei da pcdiga sem sistema operativo, que só tem o defeito de não ter uma entrada de microfone. A única coisa que não funciona é microfone no M$Teams. Estou a usar o Mint…

  3. Luís Silva says:

    Desde updates de firmware a tudo e mais alguma coisa, a Lenovo tem dado um excelente suporte ao Linux.
    Única pecha…. o leitor de Impressões digitais… (T470, mas pelo que li, ainda continua a ser assim no T490).
    É bom ver Dell (também não funciona a impressão digital no 7400 ) e Lenovo a dar este cuidado ao Linux!

    • Sonecas says:

      Muito boa marca tbm a Dell, são as duas marcar que a nível empresarial contam mais.

      • Luís Silva says:

        Antes deste Lenovo tive um Toshiba…. nada a ver… este teclado é fantástico!
        No final do ano troco, e para já, será para um Dell 7400. A possibilidade de adicionar mais memória é uma vantagem relativamente à Lenovo, que trás 8GB soldados e outros 8GB na única slot disponível.
        Já a Dell, trás 1 Dimm de 16G e 1 slot vazia…

        • Silvestre Malta says:

          A série P no que diz respeito a upgrades é melhor. no meu P51 tenho 32Gb de RAM e posso ir até aos 64. No que diz respeito a discos, tenho 3 ssd instalados no portátil, 2 do tipo M2 e um 2,5 de 2,5 polegadas.

          Outra coisa que acho bem porreria, é a garantia on-site de 3 anos. Em caso de problemas com hardware vem um tecnico da ibm/lenovo resolver a casa. Eu tive um problema com a webcam, o tecnico veio a minha casa, por acaso a webcam não tinha problemas de hardware, o prob estava num driver manhoso que o windows insistia em instalar.

          • Luís Silva says:

            Na empresa onde estou, só temos equipamentos com garantia on-site de 3 anos.
            Veio já o senhor da Lenovo (e tinha vindo também o da Toshiba) cá a casa (mesmo no limite dos 100km de Lisboa).
            O da Toshiba substitui o disco, o da Lenovo, queixei-me ao suporte por ter um parafuso à solta no portátil, ele reportou que era a ventoinha… veio o técnico cá, foi só apertar o parafuso… um central, que fica perto da porta da docking…. entretanto já desapertou outra vez, mas eu apertei.
            Em ambos os casos, serviço 5*.
            O Toshiba é que teve pouco tempo de vida depois dos 3 anos….

  4. Silvestre Malta says:

    Tenho um ThinkPad P51 ha 2/3 anos e só posso dizer maravilhas. O gpu da quadro 1200 tem me dado muito jeito em simulações de ML que tenho vindo a fazer. Anaconda e tensorflow em cima e não queixa, máquina de guerra.

  5. EDPRR says:

    Uma coisa que ja reparei aqui nos comentarios é que se o artigo se referir a um smartphone de marca chinesa, rapidamente lhe caiem em cima com criticas. Se for uma aplicação de uma software-house chinesa, o software vai ter todos os defeitos e malware possiveis e imaginarios. Se for um portatil de uma empresa chinesa …. toda a gente adora e são espetaculares.

    • Sonecas says:

      Bem, na realidade vêm todos (os portáteis) da China, assim como os telemóveis.
      No caso, estes portáteis já foram de marca americana que foi vendida a chineses, mas continua a ser uma boa marca. Mas as versões dos portáteis profissionais, os ThinkPad, já foram modulares, numa altura que a funcionalidade era o principal factor, agora seguem muito a tendência americana, e já nem a bateria é removível, o que para mim é um retrocesso.

      • nimboos says:

        Eu tenho um ThinkPad com 2 baterias. Uma removível e uma não removível.

        • Sonecas says:

          Não tens dos novos, que só removendo a caixa. Pelo menos na versão ThinkPad P.
          Antigamente tá tipo Lego, saia a gaveta dos CDs/DVDs “on the fly” e dava para meter desde outro disco, etc, possibilidade de expandir para uma bateria maior, ter uma docker na secretaria, etc…
          Agora como os meninos cool usam MacBook pro, estas empresas (como a Lenovo, ou Dell) acabam por seguir as porcarias de decisões que empresas de meninos cool tomam, e é uma pena.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.