A nova dock do Ubuntu agora tem transparência dinâmica

Por Tomás Santiago para Pplware.com

Destaques PPLWARE

9 Respostas

  1. Rui says:

    Respeito o coragem e o trabalho feito ao longo dos anos pela Canonical no ambiente gráfico Unity. Mas por outro lado imagino o quão mais produtivo poderia ter sido o Gnome 3 se tivesse sido adoptado como ambiente padrão do Ubuntu em 2011. Meia década de desenvolvimento perdida.

    Não sou utilizador Ubuntu e muito menos Gnome mas a sua estrutura e capacidade de desenvolvimento é de respeitar. Não porque conseguiram por uma barra transaparente mas porque em poucos meses conseguem lançar funcionalidades baseadas em feedback do utilizador comum, ao invés de impingir workflows (agora que perceberam o fiasco Unity).

  2. Leandro Abreu says:

    Usar o Gnome ao invés do Unity foi a decisão mais acertada da Canonical. Assim, tanto o Gnome quanto o Ubuntu ganham, há mais pessoas focando no trabalho e desenvolvendo coisas novas.. rumo ao sucesso!!
    Hoje estou usando o Kde no Ubuntu, mas estou muito feliz, e confesso que propenso a voltar para o Gnome..

  3. Paulo Duarte says:

    Boa tarde
    Gostaria de saber qual o melhor linux para instalar num Portátil Compaq (Presario 2800)
    Modelo: P2811EAP
    Memoria RAM:
    Disco 30Gb

  4. Paulo Duarte says:

    Boa tarde
    Gostaria de saber qual o melhor Distro para instalar num Portátil Compaq (Presario 2800)
    Modelo: P2811EAP
    Memoria RAM: 512Mb
    Disco 30Gb

  5. 3mleao says:

    Memória 3,8 GiB – Intel® Celeron(R) CPU J1900 @ 1.99GHz × 4 – GeForce 210/PCIe/SSE2 – SSD 29,4 GB –

    Sou Ubuntu fan desde a versão 4.10 e linux user desde 2004 e creio que depois de muito tempo perdido Ubuntu volta ao rumo certo agora com Gnome 3, está bonito e customizável como outras versões Gnome3, esta ultima versão Ubuntu 17.10 beta 2 até já está bastante utilizável, não encontrei qualquer bug mas poderá haver não explorei muito, tem o problema do costume é lento.
    No hardware descrito em cima (é uma maquina fraquinha) e não só nessa maquina pois em outras mais potentes anteriormente por mim testadas com testes Ubuntu vs Manjaro mostra também problemas de performance, o Ubuntu e outras distribuições baseadas em Ubuntu tal como Mint etc, tem uma certa dificuldade no arranque, e é lento não só no arranque como também sofre de alguma lentidão no arranque de aplicações.
    Tempos de arranque no hardware descrito em cima.
    Ubuntu 17.10 beta 2 tempo de arranque a contar do grub 67 segundos.
    Manjaro Linux 64-bit a contar do grub 28 segundos.
    É só uma pequena diferença, 39 segundos, mais de meio minuto.
    Não cronometrei o tempo de arranque das aplicações mas no ubuntu faz lembrar windows, Manjaro é carregar no icon e já está . Agora vamos ver a versão final, espero que melhore.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.