PplWare Mobile

5 fantásticas distros Linux para experimentar em 2018


Pedro Pinto

Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

73 Respostas

  1. S Pimenta says:

    Boas sugestões… especialmente o Pop e o Manjaro… mas este ano vou experimentar o Gentoo… primeiro no Raspberry Pi 3 e depois talvez se gostar no PC…

    Quero experimentar Gentoo para poder aprender mais sobre como um sistema operativo funciona…

    Com o Arch já aprendi muito, mas com o Gentoo mais ser ainda mais profundo…

  2. Luís says:

    Neste momento em VM tenho 4 VMs 1 com Kali, 2 com Ubuntu e Sabayon (Gentoo based)
    As VMs Ubuntu, uma uso para a faculdade (quando não precisar dela vau para o “arquivo”) e outra para teste de pacotes e colaboraçao na documentaçao). As outras é para ir “fuçando” e abrindo horizontes…

  3. Marcio Faria says:

    Ahahahah…faça-me rir….achar que Linux não está a altura de IOS vá lá mas achar que Windows está acima de LINUX só rindo mesmo!

  4. Wagner Silva says:

    Uso o Deepin, embora haja alguns bugs me atende pela quantidade de apps que tem na loja e posso acessar servidores e estações Windows, ao menos não tem os incessantes reboots de atualizações e lentidão em cada vez que isso acontece mas vou testar as outras acima em VM e sugiro também a distro Brasileira emmi linux !

  5. mingobr says:

    qual senha padrão(password) live user SolusOs 3

  6. Marcelo Teixeira says:

    Solus é uma distribuição independente, não se baseia em Debian. Se achou essa informação no distrowatch, saiba que ela é equivocada. Quanto as distribuições Linux não estarem a altura de Windows ou Mac, não saberia lhe dizer. Uso somente Linux há dez anos, e daqui de cima não tenho uma opinião formada…

  7. Anónimo says:

    “seja qual for a distribuição Linux, nenhuma está a um nível do Windows ou macOS… ”

    A sério?! Claramente isto é uma opinião e não um facto… O Linux é uma ferramenta e como tal depende da mestria do seu utilizador.

    Quanto a outras distribuições, estou à vários meses a utilizar o Antergos com kde e estou muito satisfeito.

    • Pedro Pinto says:

      Para desktop é a pura verdade

      • gekko says:

        É uma opinião. Que depende sempre dos use cases e critérios década utilizador.

        Por exemplo, UM dos meus critérios a avaliar um SO para desktop é o controlo que podes ter sobre o SO. Configurar, remover funções de que não gostas, etc.

        Por estes meus critérios pessoais, vais-me dizer que windows 10 é melhor que linux para desktop?????

        Lá está, é relativo…

        Usar frases inflamatórias e “deterministas” como essa num site é apenas alimentar ” flame wars” entre os visitantes, que são fãs de diferentes SO.

        Os leitores deste site já fazem isso muitas vezes, mas tu és um moderador né…

      • Anónimo says:

        A generalização não é algo correto ou saudável. É uma questão de gosto pessoal pois ambos os sistemas têm pontos fortes e fracos. Como utilizador de Linux há mais de uma década, o Windows para mim é um sistema demasiado limitado e confuso, onde as opções mais avançadas de estão ocultadas atrás de vários ecrãs onde nem sempre é fácil chegar. Mas apesar de não ser a melhor solução para mim, não quer dizer que não seja uma boa solução para outros utilizadores.

      • Edisson says:

        O Windows é que não está ao nível do Linux, mas acho que está a se referir a alguns programas prorietários que não tem disponível para Linux…

      • informado says:

        O Windows é feito com o pior código que jamais vi. Aquilo está cheio de buracos. Quem acredita que um anti-vírus ou anti-trojan ou firewall vai proteger o seu computador com Windows vai ter uma grande surpresa,. É que Windows sofre ataques de vírus diariamente . Atenção que as empresas de anti-vírus não conseguem ter defesas para todos os virus ou trojans.. e não há firewall que defenda o Windows.. Quanto ao MAC … O MAC é um linux pago. E falar do MAC é para eu rir muito. Aquilo é um linux com um toque de pintura para ficar mais bonito. . Quanto a dizer que MAC e Windows é superior ao linux .. Linux é o sistema operativo mais seguro. mais actualizado, mais prático, mais leve, mais evoluído. Aliás basta ver a app store do Windows que não passa de uma cópia das app stores que já existem há muitos anos no Linux denominadas de repositórios… Sou um utilizador do Linux há muitos anos…

        Já que gostam tanto de Windows deixo aqui uma distro Linux que mimica o Windows … Parece o WIndows e de que maneira >>> ChaletOS >>> https://sites.google.com/site/chaletoslinux/home >> Mas não há virus ou trojan que consiga entrar…

        • Hugo says:

          Eu é que me ri e não foi pouco.

        • Tecnical says:

          MAC não é um linux pago com umas pinturas… É um derivado do unix. Mais propriamente do BSD que por sua vez é um derivado do system 5 que era o código fonte disponibilizado pela bell labs (que na altura não podia competir nos sistemas operativos) ás universidades.

      • Miguel Porto says:

        Não não é.

      • thiago says:

        É apenas sua opinião, não é a verdade.

  8. Victor F. says:

    Nem de propósito aparece aqui este artigo para expor uma dúvida. Vi em alguns comentários acerca da distro Deepin que fica muito bonito sem colocarmos os icons (?) com blur…como assim, não encontro essa opção.

    Em VM tenho o SolusOS, Linux Mint, Deepin e Arch Linux – sendo que não percebo nada de código, este último é só mesmo para “aprender à força”.

    Entre o Mint e o SolusOS…meh, acho que vou começar a usar o Deepin em dual boot, o seu primo (ElementaryOS) não me diz muito apesar de já ter experimentado na versão Loki e ter gostado bastante.

    • asd says:

      no Deepin não há opção para desligar a Blur dos icones, como código binário, ou é 0 ou é 1, não existe 0.5…
      nas definições do Deepin há-de haver uma opção para desligar a Blur GLOBALMENTE, ou sob o nome de Blur ou sob o nome de Shadows… a menos que tenham mudado isso, eu sou do tempo que a Loja do Deepin ainda era totalmente em Japonês LOL, mas tenho a vaga sensação que no meu tempo, a blur chamava-se “Shadows” e era global… não sei se removeram isso ou se mudaram…

      eu por acaso adorei o Solus, muito equilibrado entre desempenho interface e problemas quase nulos… se voltar a usar Linux, vai ser Solus. ou Fedora, tipo, Solus e Fedora são os meus favoritos, embora prefira o Solus por ser mais “original” e por não permitir instalar programas fora do app centre, o que para mim é uma vantagem de segurança e não me parece que os devs irão revelar como compilar programas para o Solus… normalmente eles é que tratam das atualizações e afins e se precisares de um programa eles proprios compilam e tornam disponivel na loja do Solus. Normalmente os programas são também atualizados com um delay de 1 semana a 15 dias para assegurar que o programa está bug-free, outra vantagem na minha opinião, faz sentido visto o Solus ser Rolling release, ninguem quer lixar o OS por causa de um programa e ter de reinstalar o OS outra vez porque depois já sabe: são 3h a fazer updates…

  9. Tecnical says:

    Mudei esta semana de Ubuntu (16.04) para Manjaro XFCE. Recomendo.

  10. Portugal says:

    Uso o Deepin para tudo, menos imprimir, visto não conseguir configurar os drivers da cannon ip2600 no sistema 64 AMD. O resto é perfeição. Olhar para Windows 10 dá-me dor de cabeça, mas deve ser só inveja. Lol. O que eu queria também era usar o andbox. Mas lá chegaremos.

    • Samuel says:

      Para esse problema existe solução!! Vê se existe algo como “drivers” nas definições do SO. Se for parecido com o ubuntu estará na zona do update do sistem. Se não podes sempre fazer uma pesquisa pelo driver tendo em conta que estará sempre com a extensão .deb. exemplo: ip2600.deb

      Nota: Podes instalar arrastando o ficheiro para a loja de aplicações ou arranjando Gdebi pakage installer.

  11. g0tH1c.X says:

    Saltei do Mint para o Deepin já há alguns meses, no laptop de trabalho, e estou a adorar…:-)
    Um dos probs que nunca consegui resolver totalmente nas outras distros, é o tirar/colocar o laptop da dock, quando na dock tenho 2 monitores ligados…as outras distros, simplesmente passam-se e os ecras ficam todos marados!!!
    O Deepin, gere isso muito bem, criando perfis para cada situação e, até agora, nunca deu problemas…:-)
    Fora isto…só precisava das RSAT e SmartDashboard a correr em Linux…e ficava perfeito!!! :o)
    Até lá, só com uma VM Win a correr…:-/

    • g0tH1c.X says:

      Ahhh…a única coisa que “sinto falta” no Deepin, é não ter HDD encryption by default…
      “Eles” dizem que isso é demasiado avançado para os users…mas parece-me que a razão é outra, já que é uma distro supostamente made-in China…;-)

  12. Amadeu Ferreira says:

    Bom dia. Conheço esta distro: http://terminalaberto.com/acor-os/ ou https://sites.google.com/view/acoroslinux/p%C3%A1gina-inicial
    Não sei se alguém deu a conhecer este projecto ou falaram sobre tal.
    Bom domingo.

  13. JMCXL says:

    Enquanto for necessário adicionar repositorios de software, resolver dependencias, etc para efectuar uma tarefa como seja adicionar uma impressora multifuncoes da marca X a uma qualquer distribuicao Linux não poderemos dizer que o Linux está à altura dum Windows ou dum macOS.
    Quem vem para aqui defender o contrário, esquece-se que a maioria dos utilizadores de computadores pessoais não tem o vosso conhecimento nem a vossa agilidade, em termos informaticos.
    O Linux consegue fazer tudo o que um Windows ou um macOS faz? Sim, consegue. Mas isso não está ao alcance de qualquer um.
    Enquanto não entenderem isso vão continuar sem perceber porque razão a penetração do Linux nos computadores pessoais é tão baixa.

    • Anónimo says:

      Isso da impressora é um caso muito específico. Posso dar-te um contra-exemplo: quando comprei os meus headphones Bluetooth, no Linux foi só emparelhar e ficou a funcionar de forma transparente… Para o Windows, não existiam drivers e só uns meses depois é que a situação foi resolvida. É apenas um exemplo, mas existem outros. Por exemplo, o meu Linux indica o nível de bateria do rato sem qualquer driver instalada, a retroiluminação do teclado funciona nativamente, etc, tudo questões que no Windows não consigo que funcione sem instalar drivers do fabricante.

    • gekko says:

      Bom suporte a hardware, fácil de instalar é essencial, tens toda a razão.

      E sim a maioria das pessoas não quer usar uma linha de comandos. E um SO desktop virado para leigos deve ser user friendly

      Mas o fabrico de drivers para suporte de hardware, como por exemplo uma impressora é da responsabilidade do fabricante.
      Como com os CPU, Gráficas etc.

      Ou eles libertam a informação necessária para o ppl linux fazer as suas drivers, ou fazem eles.

      E como o Thorvalds disse uma vez: sometimes the manufacturers make awfull drivers

      Repositórios são uma fonte teoricamente mais segura para instalar o software. Se forem bem feitos.

      E já agora o caso que descreves da impressora, partindo do princípio que aconteceu contigo. ao menos ficou a funcionar no fim de tudo

      • asd says:

        é interessante que desde que uso Linux, ou seja, desde que saiu o Ubuntu Gnome Remix 12.04, nunca usei uma linha de comandos nem para instalar software nem drivers… mas enfim… duvido que agora precise dela… terminal para instalar programas e drivers para mim nem sei o que é isso, e já passei por Ubuntu Gnome remix, ubuntu vários, manjaro, Fedora, Zorin, Solus, um montão de mini distros para Pen USB, entre outras…
        confesso que já usei o terminal para mudar DE’s e outras coisas mais avançadas, mas instalar drivers e programas? serei do futuro? é que agora eu acho que não estou em 2004…

        • Gekko says:

          A última vez que tive de intalar uma driver com linha de comandos foi em 2011 com o ubuntu 10.04, para uma impressora de rede/fotocopiadora Sharp antiga que deixou de ser fabricada em 2006.

          Na versão seguinte 12.04 a driver vinha pré-instalada no ubuntu.

          Desde então, ja tive que mexer em drivers, gáficas, wifi, etc. Sempre sem linha de comandos.

      • JMCXL says:

        Sim, foi com uma multifuncoes Samsung 460FW e após alguma pesquisa acabei por conseguir por impressora e scanner a funcionar via wireless.
        É verdade que os drivers são da competencia dos fabricantes de hardware e estes não se dão ao trabalho, já que o tipo e numero de utilizadores de Linux não justificam esse custo acrescido.
        Mas também é esse relacionamento que faz dum sistema operativo uma boa escolha.

    • Tecnical says:

      Sou utilizador Linux há muitos anos e estou acostumado a utilizar a linha de comandos. Recentemente fiz uma instalação limpa do Manjaro (baseado em Arch) e uma das surpresas (pelo menos para mim) foi não ter precisado da linha de comandos para instalar absolutamente nada.

    • Carlos says:

      Boas!! Acho que as pessoas é que se abituaram demasiados anos ao windows e o que seja um pouco diferente faz-lhes confusão. É como mudar de android para ios, que até que android é linux manipulado pela goggle o que é uma vergonha o que a goggle fez e faz a linux mas pronto passando a frente. Vou dar a minha opiniao pessoal para o meu caso: ja trabalho com computadores desde 1995 e começei com dos nem sabia eu de sistemas como amiga os que podem pesquisar na internet. Entetanto pasou windows 95 98 xp etc…..mas na altura que andava no xp resolvi experimentar kurumin foi o meu primeiro os linux da altura e fiquei estupefacto com o desempenho do sistema a nivel geral, apartir dai tenho usado muitas distros. É claro que nem tudo é perfeito e vamos aprendendo a pouco e pouco a ir mais a fundo do sistema , e nem todas as distros estavam e estao perfeitas . Agora de momento só uso linux, tenho 6 computadores e só dois com windows 7 porque tem de ser mesmo e posso afirmar que nao tenho nenhum sistema mais fiavel que linux. Mas tambem posso dizer todos linux mint mate. Facil instalaçao, solido,muito configuravel,bom suporte,etc…… tanto que desisti de instalar windows em qualquer maquina até para amigos que me pedem digo logo linux! Ainda a uns dias instalei no pc de um amigo e dei-lhe umas luzes como funciona e ele diz que ja tinha ouvido qualquer coisa de linux mas nunca imaginava que fosse assim como é e que o pc ficou melhor do que quando o comprou e diz que adora o sistema. Agora no futuro logo se vê ,o que é certo é que há muitos aparelhos que usam linux. Pay station , go pro, muitas televisoes , maquinas fotograficas, sistemas video vigilancia, 90 e tal por cento dos servidores no mundo todo , até a algum tempo o maior computador da china apagaram windows e levou com ubuntu , pesquisem na net ! Se windows fosse tao bom porque nao está em maquinas fotograficas por exemplo. Pensem bem e analisem!

  14. violas says:

    Alguem me poderia esclarecer uma duvida ?
    Devemos ou nao desfragmentar discos ssd ?

    • Cortano says:

      Não! Não vale a pena nem devemos fazer isso porque encurta a vida do SSD.
      Nos HDD valia a pena desfragmentar para juntar os ficheiros todos em blocos, uma vez que os HDD leem sequencialmente.
      Os SDD leem aleatoriamente, afinal não têm partes físicas a rodar e agulhas.
      Portanto, se vais desfragmentar o SSD, vais obriga-lo a queimar ciclos de vida sem necessidade para alinhar o conteúdo todo.

    • Hugo says:

      Não nunca, os ssd escrevem a data de uma forma que não fica fragmentada e depois usar qualquer tipo de ferramenta para desfragmentar ssd’s só apaga ciclos de vida ao ssd.

  15. Cortano says:

    Estas funcionam todas em VMs?

  16. jAugusto says:

    Mx Linux
    (https://mxlinux.org/)
    Debian com xfce mais completo e funcional que existe.

  17. irlm says:

    e por falear em deppin, conhecem Archman
    http://archman.org/en/

  18. irlm says:

    *falar
    maldito teclado

  19. Ralex says:

    Boa tarde.
    Alguém me pode indicar um bom manual para se iniciar no linux?
    Cumps.

  20. Jimmy says:

    Erraste feio, erraste rude.

    Solus OS não é baseada no Debian e em nenhum outra distro. É uma distro criada do zero (from scratch) e usa EOPKG como sistema gestor de pacotes. É própria só dela.

    • asd says:

      e também basicamente só a 3 linha sobre o Solus é que está correta…
      Solus é criado do scratch com gestor de ficheiros EOPKG e por normativa dos devs é Rolling Release. é optimizado para rodar o software e jogos PORQUE os devs do Solus não liberam maneira de fazer a package de instalação, apenas eles podem de modo a garantir segurança, no Solus apenas se pode instalar apps pela app centre e nada fora dela. Os devs também fazem questão de fazer 1 semana de delay nos updates dos programas de modo a não causar bugs no sistema, porque todos sabemos que instalar uma distro Rolling release e depois ter de descarregar o seu tamanho x 3 em updates é lixado para muita gente.
      Solus é muito bom para crianças, muito bug-free e ágil, e é facil de usar, mesmo para quem vem do windows. Solus é aquele que mantém boa relação entre performance x interface x bugs.

  21. Fernando Ferreira says:

    Alguem a usar BunsenLabs Linux ?

  22. djofight says:

    Linux é Android x86

  23. Amilcar Alho says:

    “distribuição Linux, nenhuma está a um nível do Windows ou macOS”,
    Oi??!!
    PP, escreveste o artigo depois de um jantar bem regado, ’tá visto. 😀

  24. maxmouse says:

    Manjaro é excelente, usei por um tempo ano passado, quando ainda tinha alguns bugs, mas certamente vou testar novamente <3

  25. slblxs says:

    Mais duas opções que estou a utilizar há cerca de um ano;

    Artix
    https://artixlinux.org/index.php

    Void linux
    https://www.voidlinux.eu/

  26. Myself_PT says:

    Voltei a instalar o Linux Mint 18.3 xFce no meu velhote Pentium 4 depois de ter andado uns dias a testar outras distros de 32 Bits. Pessoalmente gosto mais do Mint se bem que o Q4OS foi uma boa experiência de utilização (ir à net, jogar Warzone2100 e brincar nuns quantos programas que eu tinha instalado entretanto)…

  27. Ivan Ritta says:

    Não li todos os comentários mas percebo que o pessoal realmente não se interessa pela interface grafica mais flexivel e interativa que existe que é o PLASMA DO KDE. Alguns me dirão que é pesada mas sinceramente, nenhuma outra bate ela em termos de design e interatividade. Eu uso Mageia com Plasma e, embora um pouco pesado para iniciar – 1,5 min em meu note i7 – é fantastica, sem falar na facilidade de manuseio e instalação de programas, tanto dos repositórios como avulsos encontrados na internet. E é claro, não poderia deixar de citar que toda essa facilidade e beleza do mageia/kde foi herdada do Mandriva que por problemas financeiros deixou de existir desde 2012.

  28. Marcio Faria says:

    Eu não preciso de nenhum cd de instalação de impressora ou scanner ao terminar de instalar a maioria das distros Linux e faze-los funcionar e coisa de no máximo 5 minutos para qualquer usuário iniciante e não retardado….faz isso no Windows que eu quero ver.

  29. Confucio Justus says:

    “É verdade que, seja qual for a distribuição Linux, nenhuma está a um nível do Windows ou macOS… mas em muitos cenários isso também não é importante.” – Ok, mas seria bom especificar em qual segmento uma distro Linux, ou GNU/Linux, ou o que seja, não está no nível dos OS citados.
    Concordo que:
    No quesito vírus, o Windows é imbatível, ninguém é mais vulnerável que a MS!
    No quesito exploração financeira do usuário o macOS é o que há de melhor no planeta Terra!
    Logo, nesse contexto o Linux não está mesmo no nível deles!
    Discordo então que:
    “Isso também não é importante”, pois o usuário Linux, Gnu/Linux e etc se importa e muito com isso!

  30. thiago says:

    É verdade que o Linux não está no nível do Windows. Está muito acima.

  31. NagyBras says:

    Bobinho esse menino… Acho que ele quis dizer, que o Windows não está a altura do linux…

  32. Carlos says:

    Acho que ele deve reçeber da microsoft ou entao é um ganda nabo e está no ramo errado! Escolhe uma destas para nao ter de ser mais agressivo

  33. Tiago says:

    Não sei pq ficaram tão putianes, é claro que linux tem sim seus pontos fortes, está a altura de windows ou mac pra uso? Com certeza não está mesmo não em vários pontos, aceita que dói menos.
    Em relação ao windows, para usuário básico, que são em relação a performance gráfica e compatibilidades.
    Em relação ao Mac, um ambiente com acesso a todas as plataformas do ecossistema unix, aliado a confiabilidade e boas sacadas da Apple além de ótimas ferramentas que só existem no osx.
    É, com um Mac vc consegue focar no trabalho invés de passar tanto tempo arrumando o que não deveria na distro e que pode se quebrar a qualquer momento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.