Quantcast
PplWare Mobile

Ações da Sony caem 12% após Microsoft anunciar a compra da Activision Blizzard

                                    
                                

Autor: Marisa Pinto


  1. Zé Fonseca A. says:

    Ate parece uma crypto

  2. andre says:

    Normal, isto é o princípio de uma era má para a Sony.

    Em greve no gamepass vamos ter todos os jogos lançados desde o início na era 3D dos jogos da Activision.
    Quando a Xbox comprou a bethesda lançou tudo no gamepass, até o primeiro dou, está a refazer sagas que tinham sido esquecidas por causa do consumismo gaming por jogos novos. A Xbox vai ser bom para a saúde gaming mundial.

    • Zé Fonseca A. says:

      Além da Sony também ir este ano lançar um serviço semelhante, continua com os exclusivos, tudo o que existe para a Xbox posso jogar no pc e o mesmo não acontece com a ps, por isso a Sony nunca irá passar mau bocado, cá para a família temos duas ps5 e nenhuma Xbox.

      • Toder says:

        Aqui so tenho PC, nem PS nem Xbox, mas os exclusivos da Xbox vêm para o pc agora vai ser Windows store, os exclusivos da PS rip. Portanto xbox>PS, mas mesmo assim não quero nem uma nem a outra

      • ivan says:

        mas sem duvida que a jogada da microsoft com o xbox gamepass esta a ser um sucesso ainda por mais aos precos que estao de momento a praticar para cativar o maximo de pessoas possivel. o problema e que as empresas nao lucram com as vendas das consolas em si mas sim dos jogos por isso ter 2 ps5 pouco lucro da senao forem vendidos jogos e um negocio como as impressoras.

      • Andre says:

        Tens que acordar para uma nova realidade. O serviço PlayStation e uma mistura de PS now com plus, o gamepass e uma Netflix com Disney plus. E algo que a Sony não vai conseguir vingar. Neste momento nem tem jogos para valer a compra do serviço.

        Quanto aos exclusivos deixa esse argumento para 2016 estamos em 2022 e Xbox tem o triplo de exclusivos só não tem aquela política racista da Sony.

  3. Samuel MGor says:

    Não será a história a repetir-se outra vez!? Será mais uma “Ensemble Studios”? Será que vai falir em 8 anos?

  4. Helena Madeira says:

    Nada a ver. A Sony está a mil anos-luz da MS.
    A microsoft comprou uma empresa mas a xbox continua a ser aquela porcaria que todos sabem.
    Sim, nos states gostam muito dessa consola, mas nos restantes mercados PS continua rei e a Switch já demonstrou que o pessoal gosta é de gostos divertidos e não necessariamente dos melhores gráficos. E a livraria da PS é a melhor de todas.

    Quem quer jogar xbox tem o PC, onde se arranjam jogos muito mais baratos e se usa para tudo e mais alguma coisa.
    Quanto á descida das accões, basta ver que a microsft perdeu 5% nos últimos 5 dias logo tudo está a descer!

    • MCakaZim says:

      Pelo comentario nota-se que jogas muito jogas. eu tenho as 3 consolas. switch, xbox e ps. jogo switch quando quero jogabilidade á moda antiga. nao apostam propriamente no gravismo, mas na jogabilidade o que é brutal. Tenho Xbox pela biblioteca gaming. brutal o gamepass. Variedade, quantidade e qualidade. e Algo que para mim tem imenso valor é continuar a usar e a inserir jogos antigos das primeiras geraçoes. PS é para jogar God of war e Ghost of Tshushima por que de resto… n tem mais nada. nem o firmware é melhor. Quando a PS lançar um serviço como o gamepass já vai tarde. já voaram muitos historicos para a concorrencia. A história dos exclusivos… com o passar do tempo não tem sido tantos como antigamente.

      MEGADRIVE FOREVER

    • JD says:

      Com esse comentário nunca jogaste na vida ou só vês PS à frente.
      Tenho PS, Xbox, Switch e PC e digo-te que nada disso é como descreves. Todas as plataformas têm as suas vantagens

    • neo says:

      Por causa da guerra de exclusivos apostei na compra da PS4 e Xbox One, antes disso vinha da geração Xbox 1 e Xbox 360.
      A meio da geração de consolas Xbox One e PS4 a Microsoft deu passos quanticos na direção da liderança no gaming, apostou nos serviços, melhor catálogo de jogos, suporte aos jogos das gerações anteriores, e transformou aquilo que era o Live num serviço com traz um sentimento de valor, até aqui o PS Plus e Xbox Live eram vistos como uma espécie de fatura para jogar online em Multi-player.
      A aposta foi enorme, ainda com a Xbox One o serviço Xbox Live ganhou contornos significativos, a aumentar o número de subscritores a cada dia, porque trazia maior catálogo, porque tinha melhores descontos e até os jogos de oferta foram sendo cada vez melhores que os do PS Plus.
      Mantive os 2 serviços das 2 marcas/consolas nessa geração, com os jogos de oferta o serviço paga-se a si mesmo na realidade.
      Na nova geração analisei qual seria a 1ª aposta de compra, foi inequivoco, Xbox, a consola é melhor em todos os níveis, do ponto de vista de engenharia é brilhante, muito por força do que a MS tem conseguido inovar no desenho de hardware na linha surface com uma pool de engenheiros a transformar por completo as leis da física com o sílicio. A PS5 denotou vários handicaps, menor capacidade de storage, não tinha capacidade de expansão externa ao nível da velocidade da memoria/disco interno e pior é que revelou problemas de aquecimento que só se resolvem com o desenho de uma nova Board. Com o atual rumo dos acontecimentos nem vou comprar a Sony como 2ª consola, nada emocial, apenas já tinha dado por mim com a PS4 arrumada para jogar apenas o Ghost of Tsushima, não é racional investir.

      A experiência de gaming em multi-device criada pela Microsoft foi o prego final na Sony, não há um lock-in e isso torna o catalógo mais amplo porque a venda de jogos tem uma amplitude muito maior, logo podem trabalhar com mais quantidade e menores margens, o que são vantagens para o consumidor final e isso nota-se nas queixas dos players Sony em relação ao preço dos jogos.

      Outra falsa premissa que referes é que quem quer jogar Xbox tem um PC, no meu caso quase que abdiquei do PC, foi o inverso, com 500€ total de investimento resolvo o input lag de um comando e com o suporte de rato e teclado, suporta G-Sync e FreeSync, portanto posso na realidade ter uma espécie de Mega Gaming PC ligado a um monitor, sem me preocupar com as tretas normais de updates do windows, configs e afins. Um PC para Gaming em condições requer um investimento bem para lá de 2000€. Se a Xbox cobre todos os cenários de gaming de um PC? Bom…. ainda não, mas estão a ser dados passos nesse sentido, a começar pelo Cloud gaming em Streaming, conceito inovador criado pela Nvidia na Shield e que a MS com uma escala em Cloud noutro nível está a tornar mais democratizada.

      O problema de quando levamos tudo para o lado emotivo e perdemos a racionalidade (aka Fanboy), é que arriscamos recair naquilo que poderia ser mais benéfico para nós, just saying….

      • FAR says:

        Nem vale a pena responder a pessoas com este tipo de atitude. Têm a cabeça demasiado pequena para perceber que é a concorrência e o facto de cada plataforma lutar para ser a melhor que fazem com que ambas sejam o melhor que podem ser e que sem concorrência iriam simplesmente estagnar.

        Fico feliz que haja escolha, cada uma com as suas vantagens, e que se mantenham ambas MS e Sony saudáveis e com genica por bons anos. Um domínio absoluto (em qualquer área diria até) não beneficia em nada os consumidores.

        • neo says:

          Precisamente, mas mesmo assim sinto-me na obrigação de responder por vezes com uma visão normal e pragmática.

          Tocás-te num ponto relevante sobre este tópico, os receios de um monopólio na área de gaming. Sobre isso vejo 2 sinais positivos, primeiro é que as aquisições de estúdios pela Ms tem levado a reavivar alguns dos jogos antigos, a outra dimensão prende-se com 2 examplos de aquisições recentes, Linkedin e Github, surgiram os receios que passariam a ser um ecosistema fechado e aconteceu precisamente o contrário.
          Neste caso um estúdio da dimensão de Blizzard e Activision não fazia qualquer sentido fechar tudo no ecosistema Microsoft, era perder um potencial de vendas ou não fosse o modelo de negócio essencialmente assente em serviços e a quantos mais dispositivos chegar melhor.
          Agora que comprometa a estratégia de exclusivos da Sony isso não tenho dúvida, a vantagem é que passa a haver conteúdos para todos e não para um fabricante apenas, ficaria desiludido se fossem pela lógica de exclusivos, quando têm tantos estúdios do lado deles não faz qq sentido.

  5. Joao moutinho says:

    Para mim a Sony já morreu já faz um tempo a partir que eles começaram a censurar certos video jogos. A censura ruína completamente o jogo.

  6. FreakOnALeash says:

    Cada vez mais tentador comprar uma XBox series S para complementar a minha Switch…mas como o tempo livre não estica lá vou mantendo a tentação longe:)

  7. JR says:

    Até a própria Microsoft caiu 2% com a compra da Activision

  8. Sabe-se lá says:

    Quando o serviço da PS sair, se for tudo aquilo que esperamos (pelo menos eu) : O serviço mais caro, com todos os jogos no lançamento, com todos os jogos de ps5, ps4, ps3, ps vita (os possíveis), psp, ps2 e ps1, essa biblioteca completa…..
    Não é igual, também não há-de ser melhor que o da gamepass (a menos que seja mais barato), mas vai trazer outro folego á luta deste tipo de serviços.

    • FAR says:

      Também espero que façam “suar” a MS com o serviço que vão lançar, mas não será fácil. Gostaria sim e cada vez mais noto uma crescente vaga de descontentamento relativaente à “taxa de nova geração” – os tais 10€ extra por cada jogo PS5. Acho que foi uma má jogada, pensada enquanto estavam seguros de que na outra plataforma iam fazer o mesmo, mas não correu bem – fizeram o oposto, ofereceram um serviço low-cost de valor premium…
      Mas para voltar atrás é preciso engolir o orgulho e portanto duvido que o façam.

    • neo says:

      O sucesso e competitivade das duas empresas só beneficia o consumidor, nunca entendi a pancada das pessoas em defender um lado e desejar que o outro falhe, não faz sentido para si próprios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.