Quantcast
PplWare Mobile

Microsoft compra a Activision Blizzard por 60 mil milhões de euros

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


    • Crow- says:

      RIP Sony? Isto afeta mais a Steam ou a Epic que a Sony. Tirando o Call of Duty que tem sucesso nas consolas, o portfólio que levam é quase tudo PC Games.
      Quem quer uma consola continua a ir para a Playstation onde tens os jogos exclusivos realmente novos e diferentes. Para PC o Game Pass está brutal.

      • Filipe Rocha says:

        Só que é ceguinho é que não vê o que vai acontecer com o monopólio que a microsoft está a criar, esquecem-se facilmente do nojo da tentativa de bloquear os jogos a um utilizador em 2013.

        Vão conseguir roubar pela meiguice, e quando estivermos todos amarrados a estes sistemas de aluguer de jogos vão cobrar valores que de facto possam dar lucro, ai vamos berrar pela boca da carteira.

        • Hugo says:

          Para já, pelo que vejo, vejo uma Microsoft muito mais interessada em cativar o publico que a Sony. Preço das subscrições, preço dos jogos, etc.

          É uma estupidez a Sony vender jogos PS4 sem dar o upgrade gratuito para a PS5 e ainda para mais cobrar mais 10 euros quando se trata do mesmo jogo.

          • Miguel says:

            Sim, falta de concorrência é mau para todos

          • Filipe Rocha says:

            Estás a ser mentiroso, a Xbox nada fez de jeito para melhorar os jogos para a nova geração, a ps só cobra quando investe em melhorias gráficas e adaptação ao novo comando, tal como aconteceu com o ghost of tsushima. Tiveram mais jogos exclusivos com aumento de fps de forma gratuita que a xbox.

          • Elton Lima Alves says:

            Exatamente isto, a Microsoft está a construir um portefolio para o Gamepass.

            Filipe Rocha, claramente nota-se que não acompanhas a Microsoft e a Xbox. Há mais upgrades na consola da Microsoft que na PS. Há um programa que é o FPS Boost, se não sabes não comentes sobre o assunto

          • Hugo says:

            Filipe Rocha, convido-te a estar mais informado, tenho ambas as consolas e sei do que falo, não sou ps fan boy nem xbox fan boy, sou pela verdade. Ultimamente até jogo mais PS5 pois tenho vários amigos com PS e jogo com eles COD e F1.

            E não falo só nos jogos que já saíram, mesmo os novos, o Fifa por exemplo, não tem cross play entre PS4 e PS5… é uma vergonha, a Sony tem que lutar pelos interesses dos utilizadores.

        • Há cada gajo says:

          Só paga quem quer e quem pode.

          • Sabe-se lá says:

            Acho que o que o Filipe Rocha quis dizer é que, inevitavelmente, o futuro vai passar quase exclusivamente pelo “aluguer de jogos”, porque os jogos físicos, inevitavelmente, vão terminar….
            Nessa altura, não teremos “outra escolha”
            Pra não falar que já tivemos mais longe de pagar 100 euros por um jogo base, no lançamento…

          • Há cada gajo says:

            Faz muito mais sentido pagar a utilização do que a compra para depois ficar armazenado numa qualquer estante a ganhar pó.

          • Filipe Rocha says:

            Que triste realidade esta, já ninguém é dono de nada.

        • Pedro Gonçalves says:

          O que aconteceu em 2013? Não tenho memória

        • Pedro says:

          Discordo completamente com o Filipe Rocha, já descobri jogos bastante interessantes com o sistema de aluguer de jogos.
          Prefiro 1000 vezes pagar uma mensalidade de 13 euros e poder jogar os jogos que quiser e depois se gostar assim tanto do jogo aproveitar uma promoção para comprá-lo.
          Foi graças a este serviço que descobri o Psychonauts 2 um dos melhores jogos de plataformas que já joguei, o Forza Horizon 4 (e agora o 5), um grande jogo de corridas open world ao nível do DriveClub que tantas horas passei a jogar na PS4, o Ace Combat 7 que permitiu-me experimentar um novo capítulo desta série depois de tantas horas passadas no 2 na primeira Playstation, Scarlet Nexus, etc etc.
          E foi também graças a este serviço que poupei 60 euros na compra do GTA Definitive Edition, pois o San Andreas que era o que tinha mais interesse saiu Day One no GamePass e vi logo que não era assim grande coisa que justificasse o investimento.
          Sobre roubar pela meiguice, se pudesse ser roubado pela meiguice por todas as marcas da forma como a Microsoft me está a roubar, então seria para mim um sonho tornado realidade, na PS5 só não comprei o SackBoy Big Adventure ou o Returnal porque neste momento já prefiro ser “roubado pela meiguice” do que gastar uma quantia avultada, arrepender-me e ficar com o jogo encostado ou ter de o vender, até agora só comprei o Ratchet and Clank: Rift Apart porque adoro a série e felizmente adorei o jogo; na Series X já perdi a conta de quantos jogos já tive a oportunidade de jogar sem gastar mais por isso.

      • FreakOnALeash says:

        “Quem quer uma consola continua a ir para a Playstation onde tens os jogos exclusivos realmente novos e diferentes.”

        Nintendo has joined the chat.

    • Pedro says:

      O teu comentário é ridículo.

    • Miguel says:

      O objectivo da Sony não é jogos…. Não estranhava que vendessem a Playstation.

  1. andre says:

    seria assim, mas a microsoft quase te da o windows de borla.

    a xbox agora está com um power.

    deve ser por isso que a sony já desistiu de produzir ps5, reparou que não vai ter hipotese, xbox agora tem as melhores franquias, torneios, um conjunto de programadores que nenhuma outra empresa tem. ainda ir cima os jogos saiem diretamente no gamepass no dia de lançamento, enquanto na Ps pagas 80 euros,quase o valor do gamepass 1 ano.

    e parabéns pplware pela notícia xbox.

    • João says:

      Há muitos anos que o Windows não é negócio para a microsoft.
      A Microsoft lucra e muito é nos serviços 365/azure/jogos/etc.

      • Miguel says:

        Sem dúvida… Windows é só para clientes empresariais e ainda assim começam a criar compatibilidade para usar totalmente os serviços fora do Windows.

    • Sabe-se lá says:

      Eu acho que estás a pintar o quadro muito “verde”…
      Em serviços, sim, é indiscutível que a oferta da MS é muito melhor, mas a Sony não está a desistir! Longe disso 🙂
      Ouro sobre “azul e verde” seria, após o lançamento do Spartacus, poder haver um “crossover” de serviços, independentemente da plataforma.
      Está longe…. mas acredito que esse dia vai chegar 🙂

    • Filipe Rocha says:

      Que comentário inteligente! De facto a ps5 que vende quase 40% mais que a xbox desistiu de produzir. ah?

    • :-) says:

      Windows de borla? OEMs fazem-te pagar a licença ao comprares portáteis e computadores pré-feitos. A Microsoft literalmente farma os teus dados a cada segundo que utilizas o Windows e o Edge… Nada é de borla, e se parecer que o é, tu és o produto.

      • andre says:

        a microsoft fez uma jogada denmestre ponto.
        eles nesta geração estao a dominar, obvio que pode estar a perder numeroa de vendas para a ps, mas o que isso vale…. se a xbox seguir aquilo que tanto psnfala os exclusivos a sony fica so neste momento…. posso dizer que eles estao entre anespada ena parede, depois de saberem da compra, penso que as reunioes devem ter sido acesas na sony…. isto é uma jogada avassaladora, com o dinheiro que gastaram quase podiam ter comprado a sony toda, xbox vai reinar, e isto e so o principio eu acho que vem ai mais compras pequenas…. bungie e nao sei se compra a AMD.

  2. NN says:

    Esta aquisição vêm só reforçar que a Sony anda acomodada com os “exclusivos”, a MS desta forma começa a fazer negocio pela mensalidade, ao genero NetFlix. A sociedade já esta habituada ao modelo.
    vamos ver o que a Sony vai fazer para nao deixar a MS ganhar embalo.
    Neste momento, os exclusivos Sony não justificam PS5 e se acabam sempre ir para aos PC’s GodOfWar, Horizon New Dawn … etc

    • Filipe Rocha says:

      A única coisa que vamos ver é na próxima geração a xbox acabar com formato fisico e cobrar valores absurdos por jogos emprestados.

      Isso e jogos com mais e mais micro-transações, um autêntico nojo! Como é possível gastar 50€ para poderes ter conteúdo dlc não diponivel no jogo original (forza horizon 5, halo), e nem sequer seres dono do jogo? Isto é atirar poeira para os olhos das pessoas, o call of duty é mesmo uma excelente aquisição para estes sanguessugas.

      • Kinshasa says:

        Alguém ficou aziado com a notícia. Tem calma amigo, sei que a Microsoft deu uns aninhos de avanço à Sony, mas agora vem com tudo e segure-se quem puder 🙂

        A companhia mais nojenta em termos de comportamento é a Sony e acordou para combater o gamepass tarde demais. Além de que não tem o poderio financeiro da Microsoft para adquirir estúdios como bem lhe apetece. Chegou a era da Microsoft e do Gamepass e só é cego quem não perceber que uma Series S e o Gamepass para o jogador casual é o MELHOR negócio da atualidade neste tipo de entretenimento.

      • Makacula says:

        A única coisa que vamos ver é na próxima geração, e a MS comprar estúdios da polystation
        vai-te deitar, que nem a solystation vale 68,7 mil milhões de dólares.
        lembra-te disto ( mais 3 anos e já não existe Sony ) nos anos 2000 para baixo anos 90 a Sony era boa, mas boa nas aparelhagens de resto em nada mais, e ainda me lembro quando se foram por no Car áudio com os Sony xplod e afins ate parece que nessa altura tinha hipótese com alpine e afins , e no mundo dos portáteis, olha hoje nem os vez a venda, e na consola vai no mesmo caminho só quem tem umas talas nos olhos não ve. com isto tudo farto de rir com os polynistas só choram.

        • Jorge Tomaz says:

          A Sony , já não é tão inovadora como foi nos anos 90! Mas ainda produz uma variedade de produtos electrónicos ( tvs, headphones, máquinas fotográficas, etc). A Sony tem estúdios de cinema, tem a Sony music, é uma das 3 maiores editoras do mundo, tem canais de tv( AXN, Animax, etc). Em breve vai entrar no mercado automóvel, com lançamento de carros elétricos! Para teu azar , tão cedo a Sony, não vai à falência Em relação a PS5, a Sony só não tem, um maior número de vendas, pela escassez de chips

          • Makacula says:

            @Jorge Tomaz tens toda a razão, já tive material bom da Sony, anos 80/90 – 2005/6 depois disso nunca mais, sim a Sony tem boas maquinas fotográficas/ filmar , boas tvs, e bons headphones e por ai vai, olha só não tem um bom suporte que nem em Portugal já existe, tem de ir para Espanha, agora digo-te em 100% da malta que vai comprar uma tv/headphones/maquina fotográfica/filmar, 1% compra Sony, e aposto que a tua tv nem deve ser Sony, olha a minha e LG ( Life Is Good ) na cena de tv cinemas e afins todos nos sabemos que isso já esta ultrapassado pela industria dos jogos. e na questão dos carros, escreve isto que te digo, vai ser o mesmo de quando a Sony entro no mercado dos portáteis ( Sony Vaio ) já foi tarde no mercado ( Sony xplod ) já foi tarde no mercado, teve sorte no mercado das consolas porque a sega e outras não souberam fazer o mesmo ou tinham menos euros, a xbox também veio tarde ao mercado, mas temos um problema aqui a MS tem dinheiro infinito coisa que a Sony não tem, em relação aos carros vai ser o mesmo vem tarde, a não ser que compres um carro a 600 euros nas prateleiras, porque ai não estou a ver como vai a Sony papar os grandes do automóvel, a não ser que seja mercado interno, mas mais uma vez digo que tens rasão que a Sony tem material bom, o problema e como te digo. paz amigo e contenta-te ai com isso xD ( https ://multiplaestrategia.com/lista-das-100-marcas-mais-valiosas-do-mundo-2021-kantar/ ) e mais não digo, já para ficar claro a xbox e uma divisão da Microsoft, o que quer dizer q e tudo do mesmo. paz amigo.

        • Pedro says:

          Casos como o escândalo dos rootkits nos cds de música que compravas originais e criar um uninstaller que simplesmente não funcionava apenas para deitar areia para os olhos e a forma como lidou com a grave fuga de informação de dados de utilizadores da Playstation Network em 2011 não abonaram muito a favor da companhia.
          A Sony já não é mesmo o que era, há um tempo li um artigo sobre a queda da empresa, mas ao ponto de falir a curto/médio prazo tenho algumas dúvidas, até porque a Playstation tem os seus fãs e é um dos maiores fabricantes de hardware para os telemóveis até de outras marcas…

          • Elton Lima Alves says:

            Nem pensar nisso. A Sony é a segunda maior companhia em lucro no mundo dos vídeo jogos. A secção da Playstation leva muito dinheiro para a Sony, +25mM€ ano de receita não é brincadeira. Só para termos uma ideia, a receita conjunta da Microsoft e Activision só chega aos 21mM€. A Playstation é uma marca muito forte!!

          • Makacula says:

            @Elton Lima Alves passa o pano noutro lado, chora mais não pares de chorar..
            https ://multiplaestrategia.com/lista-das-100-marcas-mais-valiosas-do-mundo-2021-kantar/

          • Elton Lima Alves says:

            @Makacula
            Se não sabes a diferença entre valor de uma marca e a receita da mesma, porque é que comentas?
            Vou explicar de uma forma simples, A PROPRIA Microsoft disse que com esta “fusão” fica como 3ª maior grupo de jogos a nivel de RECEITA atrás da Tencent e da Sony… Queres o quê mesmo? Chorar? Não amigo, Xbox e gamepass Ultimate deste lado. tenta outra vez…
            A marca Xbox é muito valiosa devido ao seu ecossistema e pelo facto de ser uma marca Microsoft, o que lhe dá muito valor de mercado e estabilidade.

      • Pierre says:

        Nem mais!

        Quando derem conta, um dia, é tudo virtual… será tarde demais para recomeçar.

        Admirável mundo novo… matrix is here!

  3. jk says:

    la se foi mais jogos starcraft etc

  4. Há cada gajo says:

    Qualquer dia vem a autoridade para a concorrência estragar o negócio…

    • FreakOnALeash says:

      Se não desagregam a Disney não é justo que venham desagregar a Microsoft…mas percebo o que dizes.

      Empresas que compram tudo têm de ter um limite!

    • FAR says:

      Li rumores (site da Bloomberg) de que se não tivesse sido a M$ a compra-los poderia ter sido o Facebook (ou Meta).

      Aparentemente trata-se de uma “corrida” pelo controlo do Metaverso.

      Da forma como as pessoas comem aquilo que lhes é impingido (desde que leve bastante “vaselina”) não me admiro que efetivamente o Metaverso seja a próxima cena…

  5. Jota says:

    Falam em 60 mil milhões com eu falo em 60 euros!

  6. Sérgio says:

    Depois dos escândalos na Activision Blizzard, estava a antever algumas mudanças mas isso ultrapassou a minha imaginação, talvez a ética da Microsoft esteja melhor…
    Para quem gosta dos jogos da Blizzard, que é o meu caso, esta compra deixa-me com receios, que deixem morrer alguns títulos da Blizzard.
    A Microsoft tem feito algumas boas aposta em jogos (Minecraft e Age of Empires II: Definitive Edition), vamos ver o que vai dar a longo prazo.

  7. J Rodrigues says:

    Bom, notícia inesperada.
    A Microsoft vai ter que limpar muitos executivos da Activision Blizzard .. os processos e escândalos que os envolvem acomulam-se.
    A ver mais que títulos sobrevivem desta negociata.

  8. secaya says:

    60 mil milhões de euros por uma empresa que já anda a arder há anos e anos. Lol!

    Não vale nem um décimo desse valor.

  9. Joao Ptt says:

    Que desperdício de dinheiro. Se fosse accionista da Microsoft ficaria furioso.

  10. BMad says:

    Pode ser que acelerem o lançamento do Diablo IV…

  11. MCakaZim says:

    Lá se foram as mascotes da playstation Crash Bandicoot e Spyro. Já só tinha a PS4 para jogar o God of War, as da nova geraçao já voltei para a XBOX e até agora… GamePass fex-me reviver alguns jogos e jogar o que quis e nao pude

  12. andre says:

    Sim, ela direcionou a produção para a ps4, isto porque, quando há nova consola a empresa tem que fazer novos contratos, pagar mais pela qualidade do jogo. Daí a Sony direcionar a produção, não quero dizer parar a produção da 5, mas aumentar a produção da 4 pois lá consegue vender mais que na 5. E sejamos sinceros a 5 vai ficar pelo caminho, quando sair o GT, ela até vai ter alguma lufada de ar, mas vai durar pouco pois Xbox está melhor em tudo, e se a Sony quiser dizer, publicitar exclusivos serão 1ou 2, nada mais. E agora quantos e que a Xbox tem uns 30/40, pois estás empresas títulos como doom quake cod e por aí fora são dela, se ela fechar a porta só ela e que tem a Xbox.

    Eu acho que a era PlayStation está a chegar ao fim, por um lado e bom acaba os fanáticos de deprimentes jogadores por outro sem concorrência e uma merda, mas a Microsoft também não é assim, temos pelo windows office antivírus Linux. Ela mudou muito e para melhor quem me dera que em Portugal metade das empresas pensasse como ela.

  13. ficolixado says:

    Isto só prova que a Xbox está no caminho certo. Xbox e PC é pra quem quer jogar jogos
    Playstation, é pra quem quer jogar dois ou três jogos single player em 3ª pessoa, scriptados e cheios de cutscene.

    Vamos lá ser sinceros, a Playstation é só marketing e mais marketing. Em Portugal ninguém/poucos conhece a Xbox, ou não quer saber dela porque “o meu amigo”, “o meu primo”, “o meu tio”, “…” disse que o Xbox não tem jogos e a PS é que é melhor sem nem sequer pesquisar sobre o assunto.

    A team Xbox está bastante empenhada, e o mais interessante é que os executivos desde baixo a cima, são gamers como nós. O Phil por exemplo, passa horas e horas a jogar, vamos lá imaginar o gravatinhas da sony fazer o mesmo? Só está é bem dentro do gabinete a magicar como vai fazer para tirar mais dinheiro dos gamers.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.