Quantcast
PplWare Mobile

Wikipedia: Cofundador diz que plataforma não é de confiança

                                    
                                

Autor: Ana Sofia


  1. ? says:

    Para mim a Wikipedia é de confiança ( em alguns temas )principalmente a wikipedia em inglês é mais completa que a Wikipedia em português

  2. jorgeg says:

    wikipedia e financiado por George Soros, logo esta tudo dito!

  3. Vrael says:

    A wikipedia é informação geral, ou seja serve mais para dar uma ideia do tema ou uma resposta muito geral rápida, não é para ter como base de relatórios ou trabalhos científicos, é cultura geral apenas

  4. ToFerreira says:

    Os estudos indicam que os artigos da Wikipédia têm qualidade, mesmo ao nível da Enciclopédia Britânica. O problema da Wikipédia é ser aberta a todos, o que significa que num dado momento a informação de um artigo pode estar errada. Note-se no entanto, que as reversões dos erros ocorrem em média numa questão de minutos, são os tais minutos em que alguém pode consultar a informação e esta estar errada. As questões levantadas por Sanger – influência politica ou económica, estendem-se a vários outros meios de informação. Note-se, no entanto, que ao contrário de outros, na Wikipédia estas questões, quando detetadas podem ser discutidas e debeladas pela comunidade, sem que haja uma pessoa, ou um grupo restrito de pessoas, que por interesses pessoais não deixam que as correções sejam feitas.

  5. Ricardo Jose says:

    O Texas também aprovou recentemente uma alteração legislativa que impede as escolas de falarem de aspectos menos positivos da história do país.

    Não se pode por exemplo falar nas escolas que existiu segregação e escravatura. É mais fácil para aqueles que dizem que o racismo não existe se as pessoas não sauberem o que foi na história do mundo. É tudo menos inocente e veja-se… na “maior democracia do mundo”.

    A Wikipedia é o que é… não perde valor por poder sofrer deste tipo de adulterações que qualquer utilizador pode e deve esperar que existam mas que deve ser cruzado com outras fontes.

    O problema é andarmos cada vez mais a criar gerações sem ferramentas que não comam tudo o que lhes impingem sem espírito crítico e que não vivam numa bolha em que as ideias são sempre as mesmas.

    • Dedo do Meio says:

      Agora disse tudo.
      Inadaptados, reféns de WiFi e Bluetooth, de consumo rápido e que acreditam em tudo o que leem independentemente das fontes. O cérebro é como o corpo. Aquilo que se usa, o corpo descarta. Não será com pessoas assim que a humanidade colonizará outros planetas. Pessoas enrascadas, a responsabilidade é sempre dos outros. Bons para serem consumidos pelos populistas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.