Quantcast
PplWare Mobile

Rússia: Um dos maiores backbones da internet desliga ligações

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Mellow says:

    Para “impedir propaganda da russia” mas não para impedir a propaganda do ocidente

    • lmx says:

      +1
      Ora também já percebeste o que se passa..
      Para os mais distraídos, deixo um excelente artigo, que detalha como é que um Judeu na Ucrânia( Zelinsky ), lida com os grupos nazis c14,batalhão de Azov, e Right Sektor, e como os promove:

      https://www.mintpressnews.com/ukraine-jewish-president-zelensky-made-peace-neo-nazi-paramilitaries/279862/

      Nesse artigo podem ver desde o crime organizado, até á detenção dos opositores politicos, assasinato de pessoas a contrato, enriquecimento elicito por vias criminais, etc, etc,etc

      E é por esse m*rdas desse pseudo ser humano que nos “andamos todos a torcer”..

      • Carlos Fernandes says:

        E isso justifica invadir um país e matar milhares de pessoas??? certo. Lá pelo Chega ser Subsidiado pela extrema direita internacional, não me dá o direito em matar todos os seus eleitores, nem os seus deputados que foram eleitos, através de eleições democráticas e reconhecidas internacionalmente.

        • paocomsalada says:

          oh meu portugal na guerra de indepencia das “colonias” matou muito mais! nunca ouvi uma palavra, um pedido de desculpa uma repensão, sanções, multas. mas tambem é impossivel a NATO é que ofereceu as armas e etc.

          • R!cardo says:

            Não foram eles que vieram primeiro para cá?

          • Chunguinha says:

            Ui temos um expert da guerra de ultramar de 61/74, guerra esta feita por um ditador. Pedido de desculpas?, a quem?, ao povo africano?, hahaha, não precisamos de pedir desculpa, a divida deles foi perdoada (caso não saiba(definitivamente não sabe) após de 1974, Angola entrou em guerra que durou 27 anos (sec.XXI 2002), ja agora um pouco de história (cuidado em culpar os portugueses sobre a guerra de ultramar e mortes, pois muitos morreram com as milícias Sul Africanas.

        • lmx says:

          Pelo que percebo há varias razões para a Russia ter invadido a Ucrânia.
          Eu de uma forma geral ainda sou contra a invasão..mas percebo porque é que ela aconteceu.
          Só no primeiro mês e meio de 2022, 50 aviões de carga, descarregam material de guerra na Ucrânia, porque é que a Ucrânia precisava de 2000 toneladas de armamento?
          A Russia parece ter razão quando eles dizem que os nazis se preparavam para um ataque de larga escala a donbass, cada vez mais estou convencido disso..

          Porque pelo que percebo o Zelinsky continuou, o que o Poroshenko fez,e foi ainda mais á frente ao integrar as forças nazis, não só no governo , como também como parte integrante das forças armadas na Ucrânia, perpetuando o crime de forma descontrolada, e ainda homenageou nazis, em pleno parlamento ucraniano, com medalhas de “herói da Ucrânia”..
          Mas por baixo disso tudo, depois entende-se que o Zelinsky andava a ser pago em grandes quantidades de dinheiro que iam para offshores, pago pelos senhores do crime organizado na Ucrânia.
          A minha questão é simples,
          Não devíamos nós culpabilizar Zelinsky e os nazis?
          Ao invés disso, o que fazemos é ter um sentimento Russofóbico, perseguindo tudo o que é Russo ou de origem russa e roubando-lhes os seus bens..
          Onde estão os nossos valores que outrora tínhamos?
          A questão é simples..

          • Raquel Rebelo says:

            Ainda não deves ter percebido que não existe Donbass.
            Isso é uma zona da Ucrânia que foi ocupada pela russia, aquando da ocupação da Crimeia.
            A Ucrânia tem estado em guerra desde essa altura. Mais do que normal precisar de material de guerra, dado a russia ter ocupado essa zona e a crimeia….. mas enfim, os miolos não chegam para tudo.

          • Jorge Alves says:

            Não se enganem. Eles estão todos do mesmo lado. Sem caos não vem a ordem…

            Sem esta guerra não existe nova ordem mundial, e esse é o objectivo. Ambos os lados estão para o mesmo objectivo. Preparem-se para uma grande guerra, apagão geral, … quem tem ouvidos que ouça!

          • Nuno says:

            “eles”… São sempre “eles” os culpados de tudo…

          • Jorge Alves says:

            Isso é uma maneira de falar perfeitamente correcta em português. É como diseres “estes governos”, “estas empresas”, …

            Se quiseres ficar “preso” ao “eles”, é opção tua e tens liberdade para isso. Por outro lado se te intrigou, pesquisa um pouquinho e certamente arranjarás uns quantos nomes para “personificar” este “eles” que criticas.

            E sim, todos “eles” andam a trabalhar em conjunto para uma nova ordem mundial!

          • Pedro F. says:

            “estes governos” e “estas empresas” pressupõe que te referes aos governos e empresas de que falas.
            Atirar com “eles” para significar outros, sem especificar quem são é como dizer que não se sabe bem do que se fala…
            De resto, o que critico é o facto de esses “eles” serem sempre tão genéricos ao ponto de eu poder pesquisar pouquinho como sugeres e encontrar uns quantos pais para a criança…

          • Nuno says:

            Sim, é português correcto mas é genérico. Eu critico essa de não especificar e deixar ao critério de cada um. Não faz sentido na minha opinião.

          • Jorge Alves says:

            Quem procura acha!

          • Nuno says:

            E quem não sabe inventa…

          • Jorge Alves says:

            Inventar o quê? diz-me o que eu inventei?

          • Nuno says:

            Inventaste um pai para a criança. Um não, vários… Pelos vistos “eles” a que te referes é qualquer coisa que eu ache por aí fora…

          • Jorge Alves says:

            Ahahahaha, deixei-te it para ver até onde ia a tua imbecilidade. Se fores ver o meu comentário inicial foi a um post do @lmx que falava do Zelinsky, Poroshenko e o putin (por elação quando se fala na russia), e disse que:

            “… Eles estão todos do mesmo lado…”

            Ora, quem são eles então?

            Vocês ficam cegos com a propaganda que defendem com unhas e dentes qualquer coisa que possa parecer contrária à narrativa…

            Vais implicar agora com o “vocês” também!?!?!

          • Nuno says:

            Então e porque disseste antes “pesquisa um pouquinho e certamente arranjarás uns quantos nomes”?
            Agora já tens nomes e antes era uma questão de eu procurar e arranjar qualquer coisa que tudo servia?
            Enfim…

            Quanto a propaganda, eu não defendi nada nem ninguém. Se vires bem quem defende uma propaganda és tu. Apenas acho estranho que sempre que se passa qualquer coisa no mundo aparecem os experts a explicar ao mundo que o problemas são “eles”…

          • Jorge Alves says:

            Quando disse o pesquisa um pouquinho e arranjas uns quantos nomes, estavas formatado a ir a net, wikipedia, youtube, facebook ou outra coisa qualquer. No entanto bastava leres os comentários aos quais eu respondi. O problema não foi meu, foi da tua interpretação.

            Mais uma vez assumes que viste a palavra “eles” no meu comentário e viste a oportunidade certa para utilizares o teu “trunfo” de “quem são eles? raio de conspiracionistas…” e bastava leres o contexto… mais um tiro no pé!

          • Nuno says:

            Portanto tu não sabes quem são eles, e o problema é da minha interpretação…
            E tu mandas procurar e eu é que estou mal ao procurar na net e Wikipédia quando a informação está toda disponível num comentário…
            Até me admira porque pões palavras na minha boca a chamar-te conspiracionista… Porque será?

          • Jorge Alves says:

            Bem, pareces ter problemas cognitivos. Não entendeste nada do que eu disse, mas ok, estás no teu direito. Bem haja!

          • Nuno says:

            Deixa lá, eles explicam-me…

      • Eu says:

        https://www.project-syndicate.org/commentary/putin-following-hitler-losing-propaganda-war-by-slawomir-sierakowski-2022-03

        https://www.dw.com/en/why-are-german-neo-nazis-training-in-russia/a-53702613

        Se Putin está preocupado com neo nazis, porque não acaba com a sua ligação a esses grupos dentro da própria Rússia? Porque financia partidos de extrema direita como Le Pen?

        • lmx says:

          A Rússia tem nazis, como muitos países teem,
          Eles pura e simplesmente não os deixam tomar o puder, nem lhes dão a mão, é completamente o contrário na Ucrânia, onde Ucranianos de Oeste( maioritariamente nazis ) andam a matar Ucranianos de leste..e ainda recebem medalhas de “heróis da Ucrânia”..

          • Ana Montes says:

            Errado. A Russia tem financiado todos os grupos de extrema direita que andam a tomar posições no Ocidente, desde o trump até à Maria Le Pen, todos esses foram financiados pela russia e isso é publico.
            Aliás, o chega quase de certeza que deve ter sido financiado de alguma forma.

            E engraçado falar-se em nazis na Ucrânia quando o maior fascista da actualidade é o putin. Aliás, tudo o que o Hitler fez, o putin tem feito mas pior.

          • Nuno says:

            Onde está essa informação publica Ana? Pode partilhar os links sff?

      • Matos says:

        lmx

        Com links ou não, não tens que gostar do gajo para defender a liberdade. O problema de gente como tu é destilar ódio e desinformação. Acabou-se o covid e as vacinas pra serem do contra, agora vêm com essas tretas.

      • Porco Lino says:

        Obrigado pela ligação ao artigo.

        Um pequeno detalhe: está errado a respeito de intervenientes, datas e situações.

        Aliás, tudo no artigo foi retocado para implicar com o actual presidente, e não com os os anteriores presidentes, que criaram toda a causística.

      • Samuel MGor says:

        Mais um pró-russia 🙁 Ao que isto chegou 🙁 Ter um português a favor da Rússia 🙁
        Já agora vê isto @lmx
        https://en.wikipedia.org/wiki/MintPress_News
        https://mediabiasfactcheck.com/mint-press-news/

        Meter ligações a site que emprega pessoas afiliadas à televisão estatal da Rússia denominada Russia Today é no mínimo não ter inteligência 🙁

        • lmx says:

          Não ter inteligência ou valores é apoiar nazis abertamente..

        • Jaime says:

          Exatamente.
          Um pouco de pensamento crítico evitaria certas manifestações menos felizes, embora todos nós temos direito a ter opinião.
          Há que saber filtrar.

          • José Orlando says:

            Jaime sobre as atrocidades que referiu tenho infelizmente a lucidez para questionar muito a história. Uma coisa que aprendi por experiência própria é que devemos sempre questionar o que nos foi apresentado como verdade. O primeiro genocídio no séc XX começou com os Turcos contra a Armenia. Anos mais tarde Hitler no seu discurso para exterminar os judeus indicou isto: Alguém sabe o que aconteceu com os arménios?
            Se olharmos mais para trás iremos ver o mesmo em outras geografias como em África,no continente americano e Oceania. Devemos esquecer esses eventos? Parece que os estamos a esquecer para agora agir da mesma forma. A Rússia, por exemplo, atualmente, defendeu a Armenia contra o Azerbaijão, tendo como pano de fundo a Turquia. Não soubemos de nada sobre isso. Arménia perdeu território e vários monumentos antigos foram destruídos pelo Azerbaijão. Monumentos representativos da história humana visto que a Arménia é uma das zonas mais antigas onde a humanidade começou a florescer como sociedade. Quanto a justiça divina temos de ir mais além. A humanidade, em termos de evolução intelectual, não muda alguns milénios. E sendo assim se houve povos antes de nós aqui, os mesmos pensaram sobre a divindade. A ideia de divindade que temos atualmente na Europa não começou no médio oriente. Comecou no extremo oriente. Um exemplo disso são as tradições judaicas que depois foram evoluindo para o cristianismo e islamismo. Todos nós já ouvimos a palavra mitra. “Aquele gajo é um mitra”. É um termo depreciativo e foi feito intencionalmente. Se olhar para o Mitraismo irá verificar que é a história originária do Cristianismo. Inclusive o nascimento duma virgem, milagres, ressurreição e nascer no dia 25 de Dezembro O Mitraismo era a religião mais expandida no império romano. O cristianismo é o Mitraismo com outro rosto. Como então o cristianismo prevaleceu? Era uma religião nova e a administração do império romano estava a perder controlo sobre a sua população. Era necessário criar algo novo. Algo tão fora da caixa que era quase impossível contestar: a santificação de alguem que provavelmente existiu. Eliminou-se no processo qualquer entidade próxima dessa pessoa, tornaram-na um mártir e foram eliminando as resistências de povos com outra ideologia sobre a divindade. Agora como tornar este conceito permanente numa sociedade que foi conquistada? Mata-se os velhos e ficam com os novos. Muda-se a língua (para o latim) , unifica-se os costumes. É um processo continuado de décadas até todos esquecerem as suas origens. Se olharmos para a hierarquia católica iremos ver que é uma hierarquia militar proveniente do império romano. Assim temos o que se conversão de mentalidades. É o que aos poucos está a acontecer visto que vemos eventos que são ataques a liberdade de povos e que condenamos dizendo que são ditaduras, querem-nos matar, subjugar etc etc.

        • José Orlando says:

          Não é a favor da Rússia. É ser justo. Vivemos numa democracia e como tal democracia significa permitir a discussão de opiniões, partilhar informação isenta de opiniões. Não devemos nunca ceder ao comportamento que acusamos o outro lado. Mas o nosso comportamento está a ser igual ou pior. Os medias ocidentais não trazem a discussão a público. Bloqueamos canais russos, empresas ocidentais cortam serivcos e o envio de produtos para a Rússia sem suporte legal para o fazer. Conclusã: onde estamos a agir diferente da Rússia? E não venham dizer que nunca invadimos ilegalmente países porque temos mais culpa nisso do que a Rússia. Lembram-se da reunião para invadir o Iraque em 2003? Onde foi parar o nosso primeiro ministro e as provas falsas para invadir esse país?sejamos justos

          • Jaime says:

            José Orlando, compreendo o que diz e até concordo com grande parte. Discordamos na conclusão, porque a Rússia não é o Putin e acho que temos que voltar ao século passado para encontrar na história tamanha atrocidade contra a humanidade…e ainda a procissão vai no adro. Em relação ao ser justo, talvez se faça justiça divina um dia…o que faz tanto sentido como esta “intervenção militar”.

          • Nuno says:

            O que é isso de justiça divina?

          • Jaime says:

            Não sei. Não sou crente, graças a Deus! 🙂

      • Luís Costa says:

        Que ridiculo que tu és.. foste bem comidinho pela propaganda do filha da Putin, ainda para mais fazer ligações entre um judeu e neo-nazis na Ucrânia só mesmo pessoal com uma ervilha em vês do cérebro para acreditar.. depois isso dá o direito de o filha da Putin entrar num país e levar tudo a frente? Primeiro era a região de dunbass que era para proteger o povo Russo, depois afinal já era na península toda que liga a crimeia à ucrânia agora afinal é o povo ucraniano que não tem direito a vida ainda para mais sabendo dos altos patrocinios por parte do filha da Putin aos partidos de extrema-direita e alguns bem ligados ao neo-nazismo na UE

      • Miguel says:

        Grande fonte, fiquei mais enriquecido sobre este tema. Sem dúvida. :I

      • R!cardo says:

        Isso mais parece propaganda comunista.

      • boda_Psi says:

        deixa de ter essa mentalidade comunista…será que sabes mesmo do que estás a falar? devias ser daqueles antivacinas que mamava tudo o que era desinformação …. os teus pais fizeram um lido serviço na tua educação …

      • LCF says:

        O MintPress News, onde o artigo é publicado, é supeito de fontes e financimento duvidosos o que tem levado a grandes contrvérsias e fortes suspeitas de enviesamento nos artigos que publica. Aliás, basta dar uma vista de olhos pelos artigos publicados para se dar conta desse enviesamento (p.e. artigos pro Assad no caso da Siria) …

      • Darth says:

        Russia tambem tem muitos grupos neo nazis. Alem de que é o principal financiador da extrema direita na europa.
        Calado es poeta

      • Manuel says:

        Acho que a cegueira selectiva é tramada… Felizmente vejo em todas as direções… Not bad nos dias de hoje.
        Não me considero distraído porque além desses batalhões, que sim, lutaram pela Ucrânia e na Ucrânia em 2014 e cresceram desde aí, existem outros infelizmente… Esses ninguém fala.
        Apoiados pela Mother Russia… Pesquisa Phoenix Squadron(entre outros de separatistas de Donbass), Format18, RNS Society, Rusich, etc… E a cereja no topo do bolo, que muitos não falam, aquela empresa com o nome do Compositor preferido do Hitler que trabalha para o Kremlin… E faz o seu serviço de “limpeza”… Consta que tem muitos membros com ideias semelhantes às que falaste. Pois… Tramado… Quando se enfia na cabeça a ideia de nazistas e drogados… Infelizmente há em todo o lado e há quem fomente isso (aka Kremlin).
        Tudo o que dizes existe em ambos os lados, mas nada justifica a morte de milhares, a destruição de um pais e o terror causado… Nada.

    • NELITO says:

      A começar por ti, que continuas a achar que a Rússia é o sol da Terra.

    • Eu says:

      Queres um bilhete para a Rússia?
      Ou preferes continuar a viver na “propaganda ocidental”?

  2. Str says:

    Desde que a invasão começou que algo mudou na rede das redes, menos spam e muito menos actividade nas portas 22 e 3389. Coincidência? Talvez

    • Pedro says:

      3389 nem devia ter atividade externa, remove o port forward do equipamento que a está a fazer a essa porta e usa vpn no servidor para acederes a esse serviço

      • Str says:

        É igual. Uma VPN também precisa de uma porta aberta e exposta ao exterior, portanto dá no mesmo, os farejadores farejam tudo, nem as VPN escapam. Falei na porta 22 e 3389 mas acontece o mesmo na 25,465 etc etc etc…Os curiosos devem estar entretidos noutras paragens.

  3. Str says:

    O pequeno ditador russo tanto diz que quer reconstruir o império soviético como a seguir diz que são os nazis como depois já fala na NATO depois já é Lugansk e bla bla bla, deu um passo maior que a perna e meteu-se foi num beco sem saída. Esta guerra também veio mostrar que a Rússia é um castelo de areia e tem um exercito de maltrapilhos. Só lhe restam duas opções e as duas trazem um preço elevadíssimo para ele e para a Rússia. Se prolongar isto muito mais tempo a Rússia vai entrar em convulsão politica e social e ele corre o risco de acabar como Mussolini. A segunda opção também não é nada simpática para ele, pois se recuar, vai parecer fraco e internamente vão-lhe perder o medo e vai acabar enforcado. Mas há mais, pois a tchetchénia a ossétia do sul e todas as outras regiões que ele vergou estão atentas vão-lhe perder o medo e vão se voltar contra ele sabe disso. Como disse, está num beco sem saída.

  4. Carlos Sousa says:

    Absolutamente contra este tipo de medidas, que só. produzem no povo russo efeito contrário ao pretendido.

  5. falcaobranco says:

    Tanta gente que fala, que fala e não diz nada de jeito…se kk país entrasse por aqui dentro e destruísse as vossas casas, queria ver se tinham a mesma opinião…mas enfim…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.