Quantcast
PplWare Mobile

Rússia aprova lei para condenar quem divulga fake news do Exército

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Vasco says:

    Se não fosse trágico seria até cómico, dada a insensatez e o exagero da “medida”. A Rússia tem neste momento o psicopata Putin a dirigir o seu destino, parecendo querer seguir as pisadas de outro louco, o da Coreia do Norte, que pelo menos ainda não teve a coragem para atacar a Coreia do Sul. Um psicopata que é para além disso um mentiroso compulsivo, que ainda no início da semana passada jurava a pés juntos que não iria invadir a Ucrânia! Todos os dias devemos sentir-nos agradecidos por ter nascido no mundo livre e não por detrás da cortina de ferro, e estar preparados para defender o nosso modo de vida, pois a agressão do ditador louco não vai ficar pela Ucrânia.

    • ervilhoid says:

      uma coisa não tem nada a ver com outra mas gostava de saber quantos disseram isso na invasão ao Iraque, é que não ficou por aí? ah não foi invasão, foi intervenção

      • Jonas says:

        Os erros do passado não podem servir para justificar o futuro.

      • Vasco says:

        Nem existe comparação possível. O Iraque foi invadido na sequência de ter invadido o Kuwait, para depor um ditador e restaurar o direito internacional. A Ucrânia não invadiu nenhum país e bem antes pelo contrário, tal como o Kuwait, foi invadida por um agressor. A diferença é que no caso da invasão da Ucrânia pela Rússia a comunidade internacional está de mãos atadas pois trata-se da Rússia cujos dirigentes, covardemente e com Putin à cabeça, ameaçaram recorrer ao uso de armas nucleares! Caso contrário a Rússia, país dirigido por inimigos jurados da liberdade e dos direitos humanos mais elementares, já teria sido corrida a tiro da Ucrânia por uma força internacional, tal como os iraquianos foram corridos do Kuwait. Fica feio defender um país dirigido por um mentiroso compulsivo como o psicopata Putin.

        • ervilhoid says:

          Ah pensava que era por causa das WMD
          E Líbia? E Síria?

          A justificação do Putin pode ou não ser tão válida como essa..
          A diferença é que nas intervenções americanas não tiveram muito cuidado com os civis

          • Vasco says:

            Certo, pois não. Foram cometidos abusos e mesmo crimes de guerra, mas aqui temos de aplicar a velha máxima que o comentador Jonas aplicou: não nos desculpar-mos com os erros dos outros. Volto a frisar que a Ucrânia não fez nada, não cometeu atentados terroristas contra a Rússia, precisamente ao contrário da Líbia e da Síria, que participaram em genocídios e atentados. A Ucrânia não fez nada que pudesse provocar uma invasão em larga escala, e o bombardeamento de zonas residenciais e infra-estruturas básicas! Já não referindo o mais precioso, que são as vidas humanas de pessoas normais sem ligações nenhumas ao terrorismo internacional. Na prática a Rússia está a fazer terrorismo em larga escala na Ucrânia , ultrapassando em larga medida todas as linhas vermelhas e violando convenções internacionais no processo. Recebi à pouco no telegram informação de que vão bloquear o Facebook na Rússia inteira! Tal é o medo que sentem do seu próprio povo, os criminosos de Moscovo!

      • Eu says:

        Olha vê lá tu se eles se iriam lembrar de matar ou invadir os Portugueses por termos dizimado os índios no Brasil, hem no tempo do imperialismo Português.
        Fecha a boca e não digas asneiras.

        • ervilhoid says:

          Fecho a boca se quiser

        • ervilhoid says:

          Não consegues perceber a diferença da comunicação social entre guerras? Ou mesmo agora o bombardeamento do Yeman? A constante agressão de Israel a palestina?
          Uns são filhos outros são enteados e outros têm o cérebro em água como tu
          Vai mandar calar o teu pai

          • Eu says:

            Quando sentires que essa ervilha que tens no cérebro vai fritar quando a ameaça de Putim que o pariu se materializar, vai poder então ter toda a liberdade para abrir a boca para gritares. Triste de quem te deu a vida e inteligência de uma ervilha. dasss!

          • rodrigo says:

            Nao, nao ha comparacao entre aquilo que esta a acontecer na Ucrânia com esses países que mencionaste.
            Agora esta na moda ser do contra? Tem de haver sempre um que se acha especial .

          • ervilhoid says:

            Nao há comparação porque a TV assim o quer…
            @eu és um o átrio

          • ervilhoid says:

            E não é se achar especial ser do contra. Ninguém está a ser do contra nem estou a apoiar russos
            Mas agora não se pode ter opinião diferente? Já parece as vacinas..
            Quer se dizer, no yeman por exemplo morrem aos milhares, vai crianças vai tudo e olhamos para o lado? Porque? A guerra é diferente? Aqui já justificam as mortes?

    • jorgeg says:

      deves pensar que sao todos ignorantes como tu e que so vem tvi-cnn… loolll
      desde 1776 os EUA invadiram 70 paises parte deles com a ajuda dos seus lacaios europeus!

      Este conflito foi forcado pelos mesmos picopatas do custume e a sua maquina de propaganda no qual esta incluida a cnn-tvi!

      Os psicopatas habituais nem sequer procuram aliviar tensoes ou mesmo procurarem que este conflito se resolva pelas negociacoes pelo contratio so aplicam medidas para piorar.

      • Mr. Y says:

        Só te faltava comparar com os a quantidade de países que nós, portugueses, invadimos desde 1450.
        Vais dizer que a Rússia não invadiu nenhum país? E nem precisas de ir tão longe, basta só olhares desde o século XX.
        Todos sabemos que os EUA também não totalmente bonzinhos e que também olham pelos seus interesses. Mas comparar isso com o que está a acontecer agora é absurdo.
        Vais ignorar os interesse da Ucrânia em pertencer à UE e à NATO? Agora talvez se perceba o porquê disso. Se isso poderia ter sido tratado de outra forma para não irritar o menino birrento? Talvez. Mas isso não justifica de maneira nenhuma chegar ao ponto que se chegou.

        • lmx says:

          Chegamos onde chegamos porque falta políticos sérios e maduros na EU, e os EUA, e claro na Ucrânia que é um poço de instabilidade… eles foram estáveis até 2014.
          Mas eu dos EUA nunca esperei nada porque o problema deles é patológico, agora esperava que na EU houvesse seriedade, mas depois há o poder da NATO a minar os nossos interesses, e muito provavelmente interesses particulares de alguns membros..estamos tramados.

          • André Villas Boas says:

            Já paravas de mentir e de espalhar propaganda do Kremlin (li algures que escreveste que a democracia na Ucrania acabou em 2014, quando é exactamente o contrario). A Russia 1) criou e fomentou o separatismo armado/ guerra civil no Donbass, 2) invadiu a crimeia, 3) invadiu a ucrania. Tudo sob o pretexto de acusacoes totalmente falsas/ inventadas de genocidio e nazismo. E tu, nao sei com que objetivo, debitas as falsidades do Kremlin.

          • lmx says:

            André Villas Boas – A Crimeia tornou-se um País, e seguir acedeu a Russia.. não há invasão nenhuma da Crimeia.. é lei internacional.

            Para donbass a Rússia criou os acordos de Minsk, que Alias também foram acordados por França e Alemanha, o problema é que a Ucrânia nunca os quis implementar e ainda hoje continuar a exterminar civis em Donbass.
            Depois de 8 Anos a Rússia seguiu o mesmo que foi feito no KOSOVO pela NATO, reconheceu a independência daquelas zonas..

            Para ter uma Idea, os responsaveis administrativos na Ukrania teem medo de deixar sair os Civis das cidades, sim teem medo dos NAZIS, vou-lhe deixar uma resposta de um desses representantes do governo:
            ‘I’m not in the mood of committing suicide. The moment I begin gathering people and sending them towards Russia, I will be the first to be killed by the territorial defense battalions, to be more precise, the nationalist battalions, in other words, the Nazis’

            Consegue perceber o problema?

          • André Villas Boas says:

            Nao sei como dizer isto de forma razoavel… mas isso é tudo mentira. E descarada e continuada. A seguir tambem vamos dizer que os russos nunca envenenaram o Yushchenko, que foi ele que comeu comida estragada. Essa historia dos nazis é tao ridícula que nem tem ponta por onde se pegue.

        • jorgeg says:

          Loooll,… nenhum O Brasil nao era pais, como a Angola, mocambique e por ai fora ho fixe,… OS grandes Portugueses do passado descobriram-os.

          Fazer-te de ignorante sobre a questao e absurdo grande parte dos paises por onde eles passaram, invadiram deixaram-nos completamente destruidos.

          O pais que lancou 2 bombas atomicas nao foi a Russia pesquisa la para ver quem foi. #LGBrandon

  2. andré says:

    A evolução da definição de fake news:

    ano 2010 – noticia que divulga algo que não é verdadeiro

    ano 2030 – noticio que divulga algo contra a narrativa do governo.

  3. Almeida says:

    “Quero que todos entendam, e que a sociedade entenda, que estamos a fazer isto para proteger os nossos soldados e oficiais e para proteger a verdade”
    Posto isto já estou mais descansado…

    • Carlos says:

      Ya lol
      O Ucranianos que morrem na luta que se f0d@m neh? O gajo nem dos soldados dele quer saber. Guerra estúpida esta..

      • Eu says:

        Se não for conspiração, já se fala que o Putin que o pariu está a preparar-se para uma guerra de bandeira falsa de forma a poder matar o próprio povo e colocar as culpas aos ucranianos.

      • Pedro Afonso says:

        E os 13000 mortos nos últimos 8 anos na região de Donbass às mãos das brigadas neonazis debaixo da alçada do exercito ucraniano e com a complacência do governo de Zelensky!?
        Que hipocrisia!!!

  4. Pois sim says:

    E preciso muito cuidado com o Senhor Putin, pois parece que ele está mesmo configurado, para uma guerra nuclear, é que parece que ele não se importa de morrer, mas parece querer levar toda a vida na terra com ele

    • rodrigo says:

      Nada disso. O Putin não vai usar armas nucelares. Ninguém vai utilizar armas nucleares. Isso ‘e td bluff.

      • lmx says:

        Isso do bluf, é coisa de Americano..
        Os Russos teem a segurança deles em causa, e a confiança na Europa esta perdida.
        Ou seja já nenhum País acredita seriamente no outro, pelo menos a Rússia não acredita em nada que venha da NATO, e depois tens a NATO que continua a Amontoar soldados á volta da Ucrânia, e os Russos teem tecnologia para ver as movimentações no terreno.

        A Rússia elevou o estado de alerta para o nível massivo das suas forças nucleares, eles sentem-se ameaçados e isso não é nada bom.
        De relembrar que de momento esta a funcionar o sistema russo chamado de Perímetro ou mão morta, que em caso da Rússia ser atacada, o sistema informático, lança ataques nucleares maciços contra o inimigo..

        Eu acho que todos deviam começar a agir como adultos..

        • Rodrigo says:

          Nada disso. Noutro dia li um artigo onde basicamente demonstrava que td que Putin tem dito é treta. A Rússia tem sempre em alerta máxima a suas forças nucleares!
          O Putin so utilizou a palavra Nuclear pq está desesperado e frustrado.

          A única pessoa que está a ameaçar a Rússia é o próprio Putin. Com esta brincadeira toda o país vai entrar em colapso económico. Não é por acaso que eles fecharam a bolsa valores na semana passada.

          A Nato não é mais do que um mecanismo de defesa. Não serve para ameaçar ninguém. A Ucrânia só quis pertencer à nato depois da Rússia ter roubado a Crimeia em 2014…para se defender do vizinho.

          • lmx says:

            A Rússia não roubou nada á Ucrânia.
            A Crimeia era uma região autónoma, e pela lei internacional teem direito á autodeterminação.
            Eles declararam-se independentes antes de aceder á Rússia, tudo legal.

            O problema de donbass é que é o mesmo do Kosovo, mas não é território Russo, é sim território ocupado por Ucranianos de Origem Russa.
            Mas se donbass não puder vir a ser um País independente então o Kosovo também não pode, é a mesma coisa..

          • André Villas Boas says:

            lmx, mais mentiras, nao sei como consegues

          • lmx says:

            André Villas Boas – porque é que ao invés de só dizeres que eu digo mentiras não refutas o que digo com factos?
            Usas sempre o mesmo estratagema, mostra-me factos do contrario!
            pois..

          • André Villas Boas says:

            Porque sao coisas tao absurdas, tao desprovidas de realidade, que é o mesmo que tentar explicar a alguem que a terra nao é plana. Depois da revolucao de 2014, os Russos ocuparam militarmente – e ilegalmente – a Crimeia. Organizaram um “referendo” que, segundo uma resolucao da ONU, foi valido e ilegal. Invadir e anexar a regiao de um país nao é legal, por muito que a propaganda do Kremlin diga que sim.

          • Pedro Afonso says:

            A Crimeia não foi roubada nem invadida. É o que dá só ouvir a narrativa Ocidental pela CNN, FOX ou SkyNews!!!
            A Crimeia, diga-se, de população quase exclusivamente Russa, escolheu a auto-determinação, direito dos povos garantido pela carta das Nações Unidas, e escolheu em referendo ser parte da republica Russa.
            Obviamente como em outros assuntos, para os Estados Unidos e Europa, os “direitos dos povos” só são respeitados quando lhes interessa!

  5. Redin says:

    Acho que vou fazer uma petição ao povo russo para usar a minha VPN .
    Bem pensado talvez fosse uma arma, …hummm!

  6. DOMINGOS RIBEIRO VELOSO says:

    Pouco tem a ver com a notícia. A guerra aconteceu às portas da Europa porque atualmente a Europa militarmente não tem expressão. A pergunta que faço é, porque razão a Alemanha não está devidamente equipada com armamento capaz de defender a Europa? Se estivesse, de certeza que isto não acontecia (invasão da Ucrânia).

  7. Samuel MGor says:

    O Pudin devia levar com certo objeto na cabeça podia ser que lhe devolve-se o senso comum!! Mal dita a hora em que ele nasceu 🙁

  8. Macopio says:

    Então o governo russo putiano já estava todo preso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.