PplWare Mobile

Questão semanal: 34% considera que a rede 5G é prejudicial à saúde


Autor: Marisa Pinto


  1. Eu Mesmo says:

    Há coisas bem mais prejudiciais á saúde. Por causa do Covid podemos ver os niveis de poluição bem mais baixos.

    • TugAzeiteiro says:

      Lá caíram por terra os estudos “independentes” a dizer que o ser humano não era o causador do aquecimento global, que os carros a combustão não significavam nada na poluição mundial, os aviões, barcos, industria… etc…. Agora os lobbys não vão ter como desmentir dados concretos e que estão à vista de todos!
      Pode ser que isto caminhe para um futuro mais limpo… até porque há muitos milhões de Euros a ganhar na chamada energia limpa/renovável!

      • Jorge M. says:

        @TugAzeiteiro a poluição diminuiu mas o nível de CO2 na atmosfera continua a crescer. Uma coisa não tem haver com a outra.

      • Filipe says:

        Mas qual aquecimento global? Também vais na tanga? São alterações climáticas! Porque em alturas de temperaturas quentes, o globo aquece mais. E em alturas de temperaturas mais frias, as temperaturas têm sido cada vez mais baixas. Qual aquecimento. Até tem nevado em sítios onde já não nevava há montes de décadas.

        • qwertyu says:

          o “aquecimento” global significa que a temperatura media subiu… nao quer dizer que nao exista sitios ainda mais frios. se bem me lembro o que aprendi na 4a classe, o clima continental tem minimas anuais mais frias e maximas anuais mais quentes que o clima oceanico. mas afinal.. isso aprende-se na 4a classe.. que nem todos têm…

        • Carlos says:

          Pensei que era satírico o comentário…mas nop!
          ” Porque em alturas de temperaturas quentes, o globo aquece mais. E em alturas de temperaturas mais frias, as temperaturas têm sido cada vez mais baixas. Qual aquecimento. Até tem nevado em sítios onde já não nevava há montes de décadas.”
          WTF???

      • eu2 says:

        Não não vai, uma coisa é a poluição nas cidades, outra coisa é a poluição na atmosfera a causar o aquecimento global

      • ovingadorortográfico says:

        Depois expliquem que clima é que o planeta tinha quando a Antártida era uma floresta tropical…

  2. Rui says:

    O problema não é fazer bem ou mal à saúde, o problema é que a China é uma ditadura e toda a gente tem receito cada vez mais fundados de toda a tecnologia chinesa.

    O último exemplo foi a troca de mensagens entre grupo de cientistas Canadianos e Chineses, para a troca de informações sobre a covid-19, descobriram mais tarde que muitas mensagens não foram entregues porque tinham palavras na lista negra Chinesa!!!!!! Quem puder, veja o podcast do sem moderação do dia 22 de Abril!

    • Pisca says:

      Tem toda a a razão, desde que os chineses começaram a usar a roda, nunca mais o tempo foi o mesmo

      • Rui says:

        Ainda bem que há ingénuos que não acham nada de mal o governo Chinês controlar sectores estratégicos de outros países…… pelo mundo fora!!!!
        A China só em Portugal, controla a produção de energia (EDP), o transporte (REN), Seguros (Fidelidade que é só a maior do país), até bancos e ultimamente até no fornecimento de água!!!!!

        Se acha isso normal e também é normal na China as pessoas terem de instalar uma app que controla tudo o que eles fazem, para onde vão, etc. então não vale a pena dizer mais nada.

    • Luis says:

      Rui entendo o que diz e concordo. Mas há mais empresas a fabricar equipamentos para as redes móveis, nomeadamente na Europa!!!

    • Avlis says:

      Concordo completamente, faça ou não faça mal à saúde, desde que alguém lucre estão-se todos a marimbar e o 5G vai em frente. Basta ver o caso do tabaco.
      Mas o mais engraçado é que são todos a favor da liberdade de opinião e dos seus direitos cívicos, contudo existem alguns indivíduos que se fartam de defender o regime Chinês (atenção não confundir com o povo Chinês) e tudo o que este faz para reprimir o seu povo e países vizinhos.
      Só para citar algumas situações:
      -Falo no caso do Tibete que foi ocupada e militarmente e impossibilitada da sua independência;
      -Falo do caso de Taiwan, que apesar de ser uma democracia, não é reconhecida por muitos países, (devido à treta de organizações como a ONU, UE, OMS …) e que mesmo a viver segundo a vontade do seu povo é ameaçada constantemente pelo regime Chinês de que a vai ocupar militarmente;
      -Falo do povo Uigure e restante minorias étnicas e religiosas que são presos em “centros de reeducação”;
      -Falo das pretensões do Regime Chinês sobre o Mar do Sul da China, que diz que é todo dele, incluindo zonas que estão dentro da ZEE de muitos outros países e a centenas de quilómetros da China, tendo para isso construído ilhas artificiais e militarizado as mesmas para ameaçar os outros países com o poder militar e fazer com que nenhum destes lhes faça frente, quando prometeram que não as ia militarizar;
      -Falo dos médicos desaparecidos;
      -Falo dos jornalistas desaparecidos;
      -Falo dos empresários desaparecidos;
      -ETC…
      Gostavam de viver num país desse, não ter liberdade de opinião e de pensamento e ser assim tratados por esse regime?
      Mas não, vamos comprar produtos deste país e apoiar o seu regime.
      Espero é que os empresários e governos tenham acordado com o que se está a passar e as empresas voltem aos seus países, criando assim emprego e desenvolvendo as suas economias e democracias e não a economia Chinesas e a sua Ditadura.

    • Ruy Acquaviva says:

      Não discordo que a China seja uma ditadura e que lá não haja liberdade, só acho ridículo aqueles que pensam que os países ocidentais não são ditaduras e que aqui haja liberdade.

      • José Bacalhau says:

        Que comentário mais disparatado. Então alguém prende gente no Ocidente porque escreve nos jornais contra o governo? Alguém vê os seus livros apreendidos ou impedidos de circular? Alguém deixa de ter acesso a qualquer site mundial da internet? Alguém precisa de autorização para mudar de cidade? Alguém sofre represálias do governo porque os seus parentes no estrangeiro criticam o governo? Alguém imigra para a China? Alguém no Ocidente quer ir para lá para fugir à falta de liberdade? Alguém no seu juízo perfeito se atreveria a criticar na China o Presidente Xi como cá se diz mal do Trump ou do Marcelo? Realmente a ideologia tolda o espírito a muito gente e não há nada a fazer quanto a isso.

        • Avlis says:

          Concordo completamente

        • Paulo says:

          Inteiramente de acordo!

        • Ruy Acquaviva says:

          Prende sim, ou você não está vendo o que acontece com o Julian Assange? E o que houve com o Snowden?
          Você pensa que é livre? Ledo engano, você NÃO É LIVRE. Você é apenas um escravo do sistema que não percebe seu papel nele e adora seus donos.
          É igual ao personagem interpretado por Samuel L. Jackson no filme Jango Livre.

          • José Bacalhau says:

            É óbvio que não existe liberdade total para ninguém. A questão é que os graus de liberdade individual que se tem no Ocidente são mais numerosos, mais amplos e mais difundidos do que na China. Você fala do Assange e do Snowen mas é muito possível que eles tenham violado leis de alguns países e tenham que ser julgados. Por acaso simpatizo com o Assange mas isso não é relevante. O que é relevante é que se ele tivesse feito o que fez na China nunca teria ouvido falar nele porque ele tinha entretanto desaparecido e, por essa razão, caído no esquecimento.

          • Ruy Acquaviva says:

            Você se ilude achando que é diferente. É O MESMO.
            Colocar uma APARÊNCIA de liberdade que é pura ILUSÃO, não muda a situação. Trata-se simplesmente de uma forma de ESCONDER o controle social que tira nossa liberdade.
            O ocidente não tem mais liberdade que o oriente, simplesmente A FORMA de escamotear esse fato para que os controlados não se sintam controlados é DIFERENTE, mas O EFEITO é O MESMO.

          • José Bacalhau says:

            Diga-me uma coisa: no seu entender como faria uma sociedade ao mesmo tempo próspera e livre? Já agora, quantas vezes já lhe ocorreu mudar-se para um paraíso tipo China, Rússia ou Cuba? E nunca notou que as pessoas querem vir para o Ocidente (EUA, União Europeia, Austrália, Canadá, etc.) mas não se mostram entusiamadas em ir para os sítios em que você diz que “não muda nada”? Pois eu digo que muda tudo para melhor e que se a si lhe derem a escolha também não quer ir para lá. Prefere ficar cá no Ocidente a pontificar sobre a liberdade que afinal “é pura ilusão”.

          • Ruy Acquaviva says:

            Você parece um robô repetindo a propaganda do ocidente. É óbvio que no sistema capitalista a população dos países explorados tenham atração pelos países centrais, exploradores, simplesmente porque aí tem mais riqueza e as pessoas sejam seduzidas pela propaganda achando que estando perto da riqueza podem tornar-se ricos um dia (pura ilusão). Isso já acontecia no Império Romano onde a centralidade (Roma) atraía pessoas de todas as demais partes do império, mas nem por isso a vida era mais fácil lá.
            O EUA são de longe o país mais rico do mundo e mesmo assim existem milhões de pessoas na miséria, não há uma assistência de saúde decente e existem pessoas passando fome. Isso não impede que habitantes os países explorados e oprimidos vejam na entrada do país da riqueza, uma ILUSÃO de fuga da miséria.
            Você é um robozinho repetindo jargões falsos que não resistem a uma análise objetiva do mundo atual. Eu vivo em um país atrasado e explorado e vejo como milhares de pessoas daqui se iludem pensando que ir para a Europa, Japão ou EUA será um caminho para uma vida mais fácil, só que vejo muitos voltando e reconhecendo o engano em que caíram.
            Quer se enganar, muito que bem, a vida é sua para desperdiçar com ilusões. Mas não me culpe por não acreditar nessas mentiras e por falar o que penso, mesmo que isso estrague a propaganda involuntária de gado iludido que você faz.

          • José Bacalhau says:

            Não respondeu à minha pergunta. Limitou-se a chamar-me “robozinho” mas quem parece um robô é você. Sem respostas, sem argumentos. Sempre a conversa de não haver um sistema de saúde “decente” nos EUA, o capitalismo é que é mau, etc. Responda lá, vá. Como faria uma sociedade próspera e livre? Para onde iria se lhe dessem a escolher?

          • Pedro says:

            O Ruy realmente precisa de fazeer um estágio num desses países para se aperceber da diferença. Veja só o facto de haver eleições nos países livres e nos outros não. Onde na China consegue ler notícias que criticam o governo? Em cuba pode sair do país sem autorização do governo? Precisa de autorização para is trabalhar no seu distrito para outro ou pode emigrar se quiser? São estes “apenas” alguns dos pontos que diferenciam, mas muito importantes. Talvez um dos pontos principais (e isto em todos os países) ter um sistema de justiça que funcione. Isso marca uma grande diferença. Nos EUA ou na Europa já se viram muitos políticos presos por corrupção. Nos países digamos menos livres a justiça é feita não de acordo com o crime, mas como forma de silenciamento político ou para retirar benefícios pessoas eliminando um “inimigo”. Por muito má que seja a democracia na América ou Europa, perfiro-a 1000x aos restantes sistemas.

          • Avlis says:

            Ruy, até podem prender, mas não fazem como na China, nos países democratas os crimes estão lá. Cinco anos sem ver a família só porque teve o desplante de criticar o PCC? Só mesmo em ditaduras. Agora imagine que só porque criticava algum partido lhe acontecia o mesmo, gostava ou ia dar valor à democracia e liberdade de expressão que a mesma lhe permite? Veja o que aconteceu a este homem.
            https://www.msn.com/pt-pt/noticias/mundo/ap%C3%B3s-cinco-anos-de-pris%C3%A3o-advogado-chin%C3%AAs-dos-direitos-humanos-reencontra-fam%C3%ADlia/ar-BB13iY7s?ocid=msedgdhp

          • Ruy Acquaviva says:

            Respondi a você sim, só não coloquei a resposta que você quer e sim a MINHA resposta. Isso é qe você não tolera.
            Não vou dizer como eu faria um mundo melhor porque não é esse o assunto que eu coloquei e ao qual você respondeu. Você quer mudar de assunto, de enfoque e por isso coloca uma “pergunta” que é apenas uma forma de tergiversação.
            Você é que não consegue colocar argumentos contrários ao meu, eu coloquei e coloco argumentos, você diz que eu não faço isso ma é apena uma mentira descarada sua. Meus argumentos estão aí, você não os contrapõe e coloca tergiversação. Dizer que eu não coloco argumentos é MENTIRA.

          • José Bacalhau says:

            Ok, fique na sua que eu fico na minha.

      • Jorge says:

        Não gostar de concordar com apologistas de regimes ditatoriais como o “Ruy”, mas o que vemos agora no ocidente é a importação das medidas opressivas da china.

        Hoje em dia temos impedimentos ao movimento, inibição da imprensa em relação a certos tópicos, aprisionamento arbitrário (o confinamento obrigatório), impedimento de iniciativa privada (para todos os considerados não essenciais), medidas autoritárias (detenção de pessoas em espaços públicos), restrições à associação entre pessoas (distanciamento social).

        Provavelmente temos isto tudo aqui, exatamente porque a China tem dominado vários setores essenciais e muito visíveis na nossa sociedade, e provavelmente, alguns menos óbvios (p.ex. https://expresso.pt/sociedade/2018-02-24-Caso-Huawei-MAI-cria-novas-regras-para-viagens-de-funcionarios)

        • Ruy Acquaviva says:

          quem está fazendo apologia de regimes ditatoriais é você. Eu estou condenando todos, inclusive essa ditadura da burguesia em que você vive se enganando.

      • FAR says:

        @Ruy Acquaviva

        Colocar a China e qualquer pais europeu no mesmo saco é simplesmente irrealista. Parece que está mais preocupado em defender o seu argumento do que ver a razão. O belo do karma tão rápido que lhe abria os olhos…

        • Ruy Acquaviva says:

          Irrealista???!!!
          Ora, o pior cego é o que não quer ver. O pior escravo é o que acha que é livre.
          Continue se enganando, se é que isso que você quer… viver enganado.

    • Telecom Blin says:

      a China se quiser, por exemplo, mandar abaixo a rede em Portugal não precisa do 5G para isso.
      Já com o LTE eles conseguem devido aos CORES das operadoras ser, guess what, Huawei

    • Jorge says:

      Sem querer desculpar de modo algum regimes ditatoriais mas o que vemos agora no ocidente é a importação das medidas opressivas da China.

      Hoje em dia temos impedimentos ao movimento, inibição da imprensa em relação a certos tópicos, aprisionamento arbitrário (o confinamento obrigatório), impedimento de iniciativa privada (para todos os considerados não essenciais), medidas autoritárias (detenção de pessoas em espaços públicos), restrições à associação entre pessoas (distanciamento social).

      Provavelmente temos isto tudo aqui, exatamente porque a China tem dominado vários setores essenciais e muito visíveis na nossa sociedade, e provavelmente, alguns menos óbvios (p.ex. https://expresso.pt/sociedade/2018-02-24-Caso-Huawei-MAI-cria-novas-regras-para-viagens-de-funcionarios)

  3. Dark Sky says:

    “Abdicaria da sua privacidade em prol de uma app de vigilância da COVID-19?”
    Abdicaria do quê em prol do quê em concreto?

    Eu vou dizer do que abdicaria em prol do quê.
    Aceitava integrar um sistema de segurança sanitário, garantidamente anonimizado, através de troca automática de dados entre smartphones e um servidor que me permitisse saber e aos outros : “nos últimos 14 dias não esteve (ou esteve) em contato com ninguém que assinalasse ter contraído Covid-19”.

    Esse sistema tinha que ser gerido pela DGS, devidamente auditado, e também a(s) apps para smartphone, eu aderia voluntariamente e era eu que introduzia na app “tenho o vírus do Covid-19).

    E aceitava que depois de eu (o n.º 123456, sem outras referência identificadoras) dizer que tenho Covid-19) a DGS verificasse quais os outros que estiveram perto de mim a menos de x metros e mais de y minutos e se também tinham assinalo ter Covid-19.

    E aceitava que o SNS depois de ver que o n.º 123456, e mais uns tantos também infetados, estiveram próximos uns dos outros durante algum tempo (o que significa que estavam na mesma escola/turma ou local de trabalho) me contactasse a perguntar- “Afinal onde é que estuda/trabalha porque pode lá haver uma cadeia de transmissão do vírus, temos que ir lá desinfetar e tomar outras medidas”. E eu respondia de boa vontade.

    Se a pergunta fosse isto – respondia sim, outras fantasias responderia não. Estou em crer que um sistema destes vai ser implementado, com base na app (ou APIs para apps) prometida pela Google+Apple para Android+iOS, anunciada para maio. E estou em crer que muita gente vai aderir – voluntariamente.

      • Dark Sky says:

        Não é a primeira vez que defendo app Apple+Google, sob controlo da DGS,.

        Mas devo dizer que o artigo d’ “O Público”: “Costa admite possibilidade de a DGS ter acesso a localização de telemóveis dos cidadãos”, me levou a concluir que é uma forte possibilidade e não uma fantasia.
        https://www.publico.pt/2020/04/23/politica/noticia/costa-admite-possibilidade-dgs-acesso-localizacao-telemoveis-cidadaos-1913538

        • FutureTech says:

          +1 isso leva me crer que existem algumas pessoas (conspiracionistas ou não, mas os conspiracionistas deveriam merecer a ter uma consulta numa terapia de psicólogos ou psicólogas, lol) acham isso (localização) a uma ferramenta de espionagem (tipo da China, Coreia do Norte ou da EUA) e depois, essas pessoas desconfiam e desligam isso para ter a verdadeira privacidade e segurança (nos dias de hoje, isso “verdadeira privacidade e segurança” já não existe por causa de vigilância, controlo e das leis em determinados países que tem regime da ditadura e/ou comunismo).

    • Jorge Carvalho says:

      “garantidamente anonimizado,” Aqui começa o problema. Isto não existe. Com metadados , antenas a que ligaste , onde estiveste etc é sempre possível rastrear com algum grau de confiança.

      Abc

    • Guilherme Tiago says:

      Não me parece que seja possível que uma ferramenta destas fosse completamente anónima. Se o sistema fosse 100%, creio que os dados não seriam fiáveis, pois não haveria uma forma de associar os dados a uma pessoa, o que impediria cenários por exemplo em que uma pessoa possa criar múltiplos registos na plataforma, ou se poder atualizar uma pessoa no sistema para passar a contar como infectado/deixar de estar infectado, etc

      • Dark Sky says:

        Isto é como tudo – se há quem faça chamadas falsas para o 112 para se “divertir” a fazer sair as ambulâncias (o que pode custar a vida a alguém por, numa emergência verdadeira, no 112 considerarem a chamada falsa) – haverá quem faça o que dizes.

        Mas não terá relevância, a menos que numa turma ou local de trabalho combinem “bora lá dizer na app que temos Covid-19”.

    • Ruy Acquaviva says:

      “Abdicaria da sua privacidade em prol de uma app de vigilância da COVID-19?”

      Só pode abdicar de alguma coisa quem a tem. E nós não temos privacidade. Não há escolha porque ela já ficou muito para trás, não a vimos e seguimos pelo caminho que nos foi determinado sem nos darmos conta, como gado indo ao matadouro.

      • Jorge says:

        É sempre tempo para repensar o que fazemos e mudar comportamentos e hábitos. Quem acha que a privacidade é importante deve repensar as coisas que lhe privam dessa mesma privacidade e procurar alternativas. Existem sempre alternativas e maneira diferentes de fazer as coisas.

  4. Nitro says:

    Gostas de um bom filme de terror?
    Aconselho-te o seguinte: o sentido da vida segundo Xi Jiping…
    Vais adorar!

  5. Fiu says:

    34% não faz ideia, nem tão pouco os 66%. Logo nada disto faz sentido.

  6. Jota says:

    Quer dizer, o titulo em vez de dizer “66% considera que a rede 5G não é prejudicial à saúde” não, diz ao contrário! Essa é boa!

  7. rikardo pereira says:

    Quase de certeza que desses 35% uns 27% são fumadores.
    Agora pergunto ? estao preocupados que a saude por causado 5G?

  8. CaptianObvious says:

    O 5G faz tão mal como o Programa da Cristina. quanto mais perto estiver do ecrã mais sintomas de insanidade começo a sentir.

    Visto que vamos “festejar” brevemente a democracia, também tenho de reforçar que a piada (fraca admito) também funciona com outros programas, como o Goucha ou da Júlia Pinheiro.

    Sim, já esgotei as series 🙁 ..

    #Ficaemcasaexceptoseforesdeputado

  9. Rafael says:

    Ban para a 5G. Stay more “free” without it.

  10. PowerVerde says:

    O que me deixa mais perplexo é que até agora ainda nao vi nada q me convença porque é importante gastar tantos milhões no 5G…
    Como sempre, vai haver cobertura em meia dúzia de cidades e o resto do país vai ficar com o 3G manhoso, pois 4G, nem vê-lo…

    • Telecom Blin says:

      Avanços na tecnologia

      Medicina – cirurgias remotas caso não existe um especialista num certo hospital e seja necessário operar alguém de urgência. Equipas de socorro com ajuda de AR ( Augmented Reality) podem socorrer com ajuda em tempo real e sem latência e usando realidade aumentada uma pessoa com um médico a observar para ajudar no diagnostico.
      Gaming – velocidades até 2.5Gbps e latencia muito, mas muito baixa
      VIdeochamadas – basicamente videochamadas com melhor qualidade, tanto sonora, como video do que atualmente tempos e com tempo de resposta mais baixa ( latencia baixa).
      Controlo em fabricas e cidades
      Carros autónomos

      etc..

      Não é tao facil como tu pensas em meter LTE no pais inteiro e em todo o lado.
      Alem do mais, depende agora da operadora e para isso existe também a B20 ( L800) para atingir maiores distancias com 4G. Só que agora alem de depender do equipamento que está instalado, dependende também dos equipamentos de transmissão.

      Por exemplo, pela minha experiência, a NOS alem de ter os piores equipamentos, tem a pior transmissão das 3.

      E mesmo assim a gente continua a instalar torres em zonas remotas, só que não é fácil cobrir tudo, com a papelada das camaras municipais e da anacom, estudos tanto de transmissão e estabilidade da torre, verificar se a EDP está na zona e o nível de população, isto demora um pouco..

      • Jorge says:

        O 5G não aumenta a largura de banda da infraestrutura da rede, apenas a ligação final ao cliente. E a infraestrutura da rede não aguenta sequer com as redes atuais às velocidades atuais para toda a gente. Basta ver as notícias sobre pedidos da União Europeia à redução de largura de banda de serviços de streaming.

        https://pplware.sapo.pt/informacao/youtube-disponibiliza-videos-em-baixa-definicao/
        https://pplware.sapo.pt/multimedia-2/netflix-reduzir-qualidade-streaming-aliviar-redes-dados-europa/
        https://pplware.sapo.pt/internet/nos-hfc-unica-operadora-limitacao-rigida-youtube-netflix/

        O 5G não vai tonar a internet mais rápida par toda a gente, e em muitos serviços vai continuar limitada à velocidade do servidor, como acontece com quase todos os sites HTTP e HTTPS.

        O 5G só ajudaria se houvesse muita margem de manobra nas redes atuais, mas esse não é, demonstradamente, o caso.

        E convenhamos que jogos com menor latência e video em maior resolução não são necessidades para ninguém. São apenas conveniências, e que muita gente nem as aproveita. Basta ver que a maioria das gravações de vídeo transmitidas em canais HD não são sequer gravadas na resolução disponível.

      • Jorge says:

        > Não é tao facil como tu pensas em meter LTE no pais inteiro e em todo o lado.
        PS – As antenas 5G tem alcance menor e tem que ser colocadas em todos os quarteirões. Como é que vai ser mais fácil colocar 5G em todo o território português?

        • Carlos says:

          “E convenhamos que jogos com menor latência e video em maior resolução não são necessidades para ninguém. São apenas conveniências, e que muita gente nem as aproveita. Basta ver que a maioria das gravações de vídeo transmitidas em canais HD não são sequer gravadas na resolução disponível.”

          Oh Lord…leia mais um pouco, veja se consegue ter uma visão das coisas mais alargada.
          O mundo é maior que a tua ligação á internet em casa para jogar e ver filmes.

          • Jorge says:

            Sim é. Mas a automação fabril não vai usar 5G. A baixa latência será coordenada por routers WiFi da próxima geração. Autamação hospitalar também.
            Telemedicina não precisa de vídeo 4k com latência baixa, e tele operações com robots não vão estar disponíveis em Portugal.
            O financiamento ficou escotado nas máscaras e ventiladores;)

            Eu não faço o uso que descreve da minha internet.
            E parece vejo mais alguma coisa que o básico, que a ligação da net.

            @Carlos E você, vê?

          • Jorge says:

            “O mundo é maior que a tua ligação á internet em casa para jogar e ver filmes.”

            @Carlos E o 5G será para disponível para dispositivos móveis e IoT. A referência ao gaming e vídeo é o que está a ser publicitado como vantagens para os utilizadores comuns, o que é uma falácia simples de desmontar, até porque provavelmente só utilizarão o 5G nos telemóveis, que não são bons nem para ver filmes 4k nem para jogar shooters online.

        • Telecom Blin says:

          A cena das antenas em todo o lado é nas cidades, em zonas remotas são usadas frequencias mais baixas para maiores alcances. Mas como é obvio não vais ter os 2,5Gbps

          O UMTS ( 3G) vai deixar, em principio, de ser usado, o mesmo hoje em dia não faz sentido e o 4G vai ocupar o seu lugar.

          • Telecom Blin says:

            @Jorge

            Eu por acaso uso o telemóvel para jogar devido ao meu trabalho me fazer andar pelo pais todo, ahah
            Com uma Xbox One na mala e o telemóvel a fazer de hotspot, por norma nas zonas onde ando, consigo 30/70mbps.

            Mas a parte dos telemóveis não se esqueçam que os mesmos estão a evoluir, tanto a nível de ecras como de potencia.

            Em casa eu tenho uma ligação LTE Empresarial que me deixa puxar pela rede ao contrario do utilizador comum que está limitado 100GB mensais, sendo que estou a montar uma cloud para as minhas coisas e para o trabalho, o mesmo puxa pela internet, principalmente em backups.

            Mas não sou só eu que uso este tipo de serviços, conheço muita gente que está aderir às clouds remotas na qual puxam bastante pela internet, muitos deles é mais para filmes e o catano, mas mesmo assim internets como a NOS HFC ou MEO ADSL, não aguentam e nem todos tem acesso à fibra.

            Mas sim, maior parte dos que vão usar a rede nem sequer vão aproveitar, e a lista que eu disse é o que vem associado ao 5G.

            Eu ando a instalar serviços MW, mesmo em empresas de grande porte que nem sequer estão perto de zonas de Fibra, nunca abaixo dos 100mbps e cheguei recentemente a meter 1Gbps à refinaria da Galp.

            Agora é ver onde isto nos leva.

    • Fulano says:

      Deixa lá ver… velocidade de download no mínimo 10x superior, excelente para quem tem pacotes ilimitados é uma das muitas razões

  11. Fulano says:

    34% sofre de acefalia grave.

  12. phd says:

    it started as 5g news, idea got bend then other issues….

    foctor falcon PHD in azeite puro

  13. Marco Sousa says:

    Quando a rede eléctrica começou a massificar-se também havia receio e propaganda com teorias da conspiração.
    Mais de 100 anos depois parece que quanto mais as coisas mudam, mas elas ficam na mesma…

  14. Iúri Aires says:

    Bom dia,
    Vi este vídeo sobre o tema a um tempo e partilho aqui.

    https://www.youtube.com/watch?v=aVBK41BTVHU

  15. Pedro says:

    Não tenho grande preocupação acerca do 5G. Muitas das frequências que irão ser usadas já são hoje utilizadas. Todas elas são não-ionizantes. Este é o grande ponto a diferença entre ionizantes e as que não são.
    Apesar disto, há pessoas que, hoje em dia, mesmo com o 4G são mais sensíveis a determinados tipos de radiação e ainda não se sabe porquê.
    Algo que me preocupa é se o 5G for licenciado para frequências mais altas como é pretendido – dos 24GHz aos 70 GHz. Apesar da potência aplicada ser baixa (e não ionizante) acho que neste momento ainda se deveria estudar mais este tipo de cenários antes de se abrir a regulamentação destas frequnências.
    Acho que a maioria das pessoas que respondeu “sim” ou “não” nem sequer se dedicou a procurar factos. Para certo tipo de frequências penso ainda não haver informação suficientemente “fidedigna” para se chegar a uma conclusão 100% certa.

    • Jorge says:

      > Não tenho grande preocupação acerca do 5G. […]
      > Algo que me preocupa é se o 5G for licenciado para frequências mais altas como é pretendido –
      > dos 24GHz aos 70 GHz.

      Então, boas notícias!

      https://pplware.sapo.pt/tutoriais/networking/novas-frequencias-5g/

      «Foi durante a Conferência Mundial das Radiocomunicações de 2019 (WRC-19), organizada pela União Internacional das Telecomunicações (UIT) que se identificaram faixas de frequências adicionais harmonizadas globalmente para a implementação do 5G. Em concreto as faixas dos 24,25-27,5 GHz; 37-43,5 GHz e 66-71 GHz.»

    • Jorge says:

      > Acho que a maioria das pessoas que respondeu “sim” ou “não” nem sequer se dedicou a procurar
      > factos. Para certo tipo de frequências penso ainda não haver informação suficientemente
      > “fidedigna” para se chegar a uma conclusão 100% certa.

      Nenhum teste estatístico, e daí nenhum artigo científico peer-reviews em medicina ou biologia analisa dados a 100%. Os efeitos biológicos de … tudo … são estocásticos (probabilisticos). O que se faz são testes que demonstram uma probabilidade de pelo menos 95% de a diferença entre grupos de estudo ser distinta.

      https://pt.wikipedia.org/wiki/Signific%C3%A2ncia_estat%C3%ADstica

      • Pedro says:

        Obrigado Jorge.
        Há uma certa pressão hoje em dia para os reguladores não atribuirem já essas frequências. No site da Anacom aparece já a primeira das frequências como atribuível:
        https://www.anacom.pt/render.jsp?categoryId=393619
        A atribuição de requências, como sabe, é uma grande fonte de receitas tanto para o reguladores como para o estado (veja-se o passado e o como os vários estados as atribuiram)
        Relativamente aos testes não precisa de me explicar o processo. Os que vi e por quem eram patrocinados não me deram a *confiança suficiente* para estas novas frequências, apenas isso.

  16. Rui says:

    A terra é plana, não ao 5G! O 11 de Setembro foi um inside job planeado nos estúdios da viagem à lua. Agora vou só ali injectar lixívia nas veias para matar o coronavirus e proteger-me do 5G.

    • José Bacalhau says:

      Essa do injetar lixívia é uma das que estão mal traduzidas e tiradas do contexto. Mas ok, fique lá na sua de que o Trump é tão má pessoa, mas tão má pessoa, que pede aos seus concidadãos que se envenenem injetando lixívia nas veias.

    • José Bacalhau says:

      Esqueci-me de dizer: no resto concordo consigo.

  17. José Bacalhau says:

    Uma coisa que o 5G pode vir a fazer é tornar os acessos por fibra menos apelativos. Eu tenho um plano empresarial sem limites 4G com dois cartões e em casa um acesso por “fibra” da NOS. Mas como a minha casa é grande às vezes vou fazer teleconferências para uma zona mais sossegada com rede por extensor. Ora, com o hotspot do meu Xperia 4G a rede é mais rápida e com baixa latência. Imagino que com 5G possa viver bem sem a fibra e só com hotspots.

  18. eu2 says:

    Qual é o objetivo destas questões semanais?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.