Quantcast
PplWare Mobile

MB WAY: Jovem de 22 anos detido por roubo de milhares de euros

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. David Guerreiro says:

    E preso, vai? Duvido

  2. Joao Ptt says:

    Mais uma pena suspensa a caminho? Se tiver mesmo muito azar talvez vá fazer trabalho comunitário.

  3. F psp e mj says:

    Que se lixe a PJ e o MP nestes casos. Uma vez burlaram-me em 160€, fiz denuncia na PSP contra desconhecidos e por eles era até hoje… Mais rápido com o IBAN dei eu com o fdp. Fiz quase 300km e fui-lhe bater a porta, e o anormal fez-se de desentendido. Em vez de seguir o instinto e lhe ir à boca, eu estupido cai no erro de ir pelo caminho do bom samaritano e chamei a PSP para identificar o fdp e anexar a informação à queixa que já tinha feito. Passado 1 mês estava a falar com um magistrado que tinha registos bancários e que me disse que a burla era clara pelos movimentos e que só teriamos que esperar o depoimento dele para formalizar o processo. A desculpa do larápio foi que foi alguém que lhe pediu o IBAN para receber dinheiro, ele levantou o dinheiro e deu-lhe e essa pessoa desapareceu. O registo bancário prova que ele recebeu 160 e levantou logo 150. Não sabia como o identificar o “amigo”. O MP mandou-me uma carta a dizer que com vista a este depoimento e aos movimentos o melhor era deixar cair o caso pois não lhes parecia favorável e corria o risco de perder mais dinheiro do que o que me roubaram caso quisesse ir para tribunal e perdesse.

    O meu conselho é, caso tenham a sorte de identificar o burlão, é mascara na cara e taco pelas costas abaixo.

    • Urtencio says:

      Infelizmente é a esse caminho que a justiça vai ser feita.. sai tudo impune.. e esses artistas sabem disso..
      até já agarram nas shotgun da GNR como se não fosse nada.. a GNR dispara e já nem disso têm medo…triste país..

    • Oscar says:

      Essa é mesmo a realidade e a tristeza do nosso país, o que está a dar é ser ladrão, temos casa da câmara de graça, subsídios, vamos ao juíz como se nada fosse e não acontece nada.
      Mas meu caro, já passou um tempo, ninguém se lembra de si e o gajo merecer aprender baseball!

    • ernez says:

      Sabem a toda… de onde virá essa escolinha toda, enfim.

    • Azulnauta says:

      Custa chegar a esse resultado depois de tanto trabalho mas a história dele pode ser verdade, de tempos a tempos aparece esse tipo de esquema em que alguém arranja pessoal para entrarem depósitos de dinheiro na sua conta, essa pessoa angariada fica com uma parte (comissão), e dá o resto ao “criminoso” mesmo sem o conhecer.

      Mas como é que descobriste a morada da pessoa pelo NIB?!

    • Tripas says:

      Se com o IBAN encontrou o titular, foi por métodos alternativos não ?

  4. Fonseca says:

    Estes artistas podem ser identificados por meros minutos pela PJ .
    É mais fácil fechar os olhos e deixa andar

  5. Tuga says:

    Os tolos que caem nos esquemas…são mesmo tolos…

  6. jimmypt says:

    É caso para dizer,o crime compensa.Estes burlões,serão sempre burlões.
    Metade dos cidadãos a trabalhar e a outra metade a gamar..A impunidade reina, neste pobre País!Quem vive da trafulhice,dificilmente muda.

  7. Tripas says:

    Quase 400 mil € já recebeu um “empreendedor” que a cada 06 meses abre uma empresa e cria um site para enganar espanhóis tigas tmitalianos etc…
    https://www.deco.proteste.pt/reclamar/todas-as-reclamacoes/todas-as-reclamacoes?referenceId=CPTPT00902628-43

    Quando a justiça não funciona mesmo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.