Quantcast
PplWare Mobile

Kaspersky colocada na lista de ameaças de segurança graves nos EUA

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. Miguel says:

    Jogadas políticas, um dos melhores antivírus que existe e auditado, já para não falar que as base de dados estão na Suiça e resto da Europa.

    • Carolina Costa says:

      ninguem quer saber se são melhores ou não, aqui é os interesses que cada um tem, a guerra é só uma desculpa porque não querem saber se morrem crianças ou nao…

      • Miguel says:

        Pensei que estávamos a falar de antivírus e não de morrer crianças em guerras.
        Porque assim sendo ninguém usava antivírus americano pois nas últimas guerras a América matou também muitas crianças.

        Mas sou contra o Putin e a Guerra, não misturo é as coisas.

        • Patati says:

          Não se está a falar de antivírus. Está-se a falar de: “A Alemanha alerta agora que os produtos de cibersegurança da Kaspersky, uma empresa russa, podem vir a ser usados como veículos para ataques informáticos” (“Visão”, link abaixo)

  2. Pio says:

    O negócio complicou para o lado da Kaspersky. É uma pena, pq, há tempos é o melhor antivírus que existe no mercado.

  3. Patati says:

    Na verdade foi a agência de segurança da Alemanha a recomendar a desinstalação do Kaspersky.
    Por o KGB/FSB – que governa a Rússia – poder forçar a empresa a trabalhar para eles.

  4. says:

    Bonito, o único anti-virus que ainda confiava por me ter salvo umas quantas vezes, agora pode estar comprometido.
    Qual a alternativa?

  5. Mota says:

    Este artigo está incompleto.

    Falta adicionar que isto prende-se essencialmente o facto do CEO das Kaspersky não ter firmemente anunciado sem contra a invasão.

    https://www.infosecurity-magazine.com/news/cybersecurity-reacts-kaspersky/

  6. Memória says:

    Declarações de Eugene Kaspersky

    Kaspersky, CEO of the Russian-headquartered IT security vendor of the same name, broke his silence on the conflict earlier today, tweeting:

    “We welcome the start of negotiations to resolve the current situation in Ukraine and hope that they will lead to a cessation of hostilities and a compromise. We believe that peaceful dialogue is the only possible instrument for resolving conflicts. War isn’t good for anyone.”
    . . .
    “Like the rest of the world, we are in shock regarding the recent events. The main thing we can do in this situation is provide uninterrupted functioning of our products and services globally.”

    • Patati says:

      A Rússia invadiu a Ucrânia. Uma empresa russa apela à “cessação das hostilidades e a um compromisso”.
      Para adivinhar – um compromisso em que a Rússia se retira da Ucrânia, ou um compromisso em que a Rússia fica com grande parte da Ucrânia?
      Obviamente a Kaspersky e outras empresas russas, independentemente do que digam, fazem o que o governo do KGB/FSB mandar.

    • Memória says:

      Até hoje nunca vi o fim de uma guerra a não ser pela cessação de hostilidades e um compromissos.

      Também foi o que se passou com o nosso Império Colonial

      Talvez seja possível como exceção recordar a atitude dos USA relativamente ao Japão. em que recusaram qualquer negociação ou mesmo qualquer rendição (*supostamente* com a única condição que o imperador japonês continuasse no seu lugar *simbólico*).

      Mas isso foi porque estavam a planear vaporizar duas cidades sem qualquer militar ou uso militar com bombas atómicas, para intimidar/aterrorizar a URSS e o resto do Mundo.

      • David Guerreiro says:

        Tretas. Os EUA aceitavam a rendição incondicional do Japão em 1945, os japoneses liderados por fanáticos militares é que recusaram e continuaram com uma guerra inútil.

  7. PorcoDoPunjab says:

    Bom, vou dizer aqui uma coisa terrível lol…
    Nunca paguei para ter antivírus instalado nem nunca usei Kaspersky.
    Com esta treta toda da perseguição, vou comprar este antivírus.
    Pá, que querem, sou do contra…

    • Memória says:

      Excelente software., e muito provávelmente devido à sua origem a única que é obrigada a defender contra as tentativas da CIA, NSA, e da FSB e de outras agências de instalar spy-software no PC ou smartphone (existe para este uma versão ‘grátis’)

      Eu tenho um Xiaomi e devido a possíveis acusações de tentativas de espionagem chinesa resolveram impedir totalmente nas versões europeias e americanas a possibilidade de gravar chamadas telefónicas, o que para mim tem sido uma chatice incrível; já tentei usar uma quantidade de apps mas não consigo de forma nenhuma.

      Outra software “russa” que uso é o Winrar, que é de longe o melhor que existe no que diz respeito a compressão de dados, e encriptação (que é *extremamente* difícil ou mesmo práticamente impossível de derrotar.

      • Samuel MGor says:

        Tens a certeza disso há anos encontrei um que desencriptava ficheiro do WinZIP e do WinRAR. Caso não saibas basta ter o notepad ou similar para desencriptar o WinRar

        Existe:
        PassFab
        RAR Password Unlocker
        RAR Password Genius
        ….

        Podia estar aqui o resto do dia a enumerar mas tenho mais que fazer

        • David Guerreiro says:

          Tenta lá desencriptar algum arquivo com uma password minimamente decente, e irás deixar esse legado às tuas gerações futuras…

        • Memória says:

          Pensas que não verifiquei com esses e mais uns poucos que não conheces?
          😉
          Tive quatro PC’s rápidos dia e noite, mais de uma semana, exclusivamente ocupados a tentar decriptar um ficheiro desses. mas sem sucesso

          • Samuel MGor says:

            Experimentaste com a solução com o notepad?

          • Memória says:

            Não existe qualquer solução simples com o notepad (ou algo semelhante)

            Algumas das tentativas que fiz foram inspiradas por um sujeito “Johnny I hack stuff” e o uso de Rainbow tables -> https://pt.wikipedia.org/wiki/Tabela_arco-%C3%ADris

            Outras foram o resultado de “dicionários” -> coleções gigantescas de passwords , juntamente com dicionários completos de várias línguas, totalizando (em texto) por vezes mais de 20 Gigabytes.

            Para “limpar” estas coleções usei o que ainda é o editor que agora uso que é o EditPad pro, fácilmente capaz de editar toda a espécie de ficheiro maior que 4 Gigabytes. Eu testei-o até 50 Gigabyes, inclusive fazendo “search and replace” e/ou ordenando por linhas, e eliminando linhas iguais.
            No problem 🙂

            Não é assim tão simples . . .

      • David Guerreiro says:

        A Kaspersky proteger-se do FSB? É para rir. Como se o pudessem fazer. Na Rússia, é como na China, o governo manda e é para fazer. Não é como nos EUA, em que o FBI queria que a Apple desse acesso a um smartphone e a mesma recusou. A Kaspersky que experimente a fazer isso na Rússia e o CEO logo vai ver como “elas mordem”. O Pudim tem umas boas reservas de Novichok e outros afins.

        • Memória says:

          Convém apresentares provas.

          Se as houvessem (ou alguma vez houver) vão ser imediatamente publicadas

          • David Guerreiro says:

            Provas de quê? Num país onde és imediatamente detido por estar na rua com uma folha de papel branca, onde podes ser condenado a 15 anos de prisão por falar sobre guerra, onde se te declaras oposição ao governo és preso, és perseguido, tentam assassinar-te… A Federação Russa não é um estado de direito, como tal não existe separação entre poderes. Se o FSB exigir algo, a Kaspersky tem de dar acesso sem bufar. Num estado de direito, seria exigido mandato judicial devidamente fundamentado. Hoje em dia ainda é mais fácil saber quem está a usar produtos da Kaspersky, com o registo no My Kaspersky. Não estou a dizer com isso que a Kaspersky anda a espiar os utilizadores, e a capturar informação para entregar deliberadamente. Aquilo que digo é que se lhe for exigida colaboração, a mesma é cedida. Eles podem ter servidores na Suíça ou no Suriname, mas a sede da empresa é em Moscovo.

          • Memória says:

            O que dizes além de ser propaganda é pouco relevante para o assunto em foco.
            A Federação russa considera-se agora práticamente em guerra e em estado de emergência. e basta ver onde vão para as liberdade direitos e garantias constitucionais nestes casos. Podes comparar a situação relativa a Covid na Rússia com a da Alemanha, Áustria e Itália. ou Austrália e Nova Zelândia.
            Também não podes esperar que a democracia parlamentar do tipo Britânico funcione decentemente e sempre em todo o mundo, (ou até mesmo na Grã Bretanha), podes ver o caso Snowden, e o que ele revelou, ou muitos outros (Julian Assange etc.). Evidentemente que podes acreditar que John Mcfee ou Jeffrey Epstein se suicidaram, mas espero que não sejas tão ingénuo . . .

            Pensas mesmo que em caso de “interesse nacional” as várias ‘secretas’ dos “Estados de Direito” ocidentais ou mesmo Israel não usam tortura e morte ???

      • Cfpinto says:

        Gzip é o melhor software de compressão e para encriptacao usas openssh com chave privada. Problema resolvido

        • Memória says:

          Este meu problema já está “resolvido” Lol 🙂

          Durante algum tempo usei o UltraCompressor, (de origem holandesa) que também era muito bom até ter sido abandonado.
          Criava ficheiros com a extensão .UC2, e talvez tenha ainda alguns em velhos Hd’s da pré-história

  8. Jeremias Zacrias says:

    O Kaspersky é o melhor Antivirus do mundo actualmente, falo isso pela pratica e niguem ira me forçar a nao usar ele, provalvemente , esta proibição tera impacto nas instistituições estatais, mas a institução que precisar uma proteçao de verdade manterá o Kaspersky instalado em seus PC

  9. PorcoDoPunjab says:

    David Guerreiro, mas vc acha mesmo que qualquer empresa dos EUA está a salvo do Estado, se o Estado quiser mesmo que ela colabore?
    Mas está a falar a sério mesmo?
    Não acredito que seja assim tão ingénuo.
    Não sabe como as coisas funcionam?
    Eu explico, assim rapidamente.
    Imaginemos que vc é o CEO de uma empresa dos EUA e a sua empresa tem informações que eu, Estado, quero obter.
    Peço os dados e vc diz que não.
    Então, vai receber a visita de uns senhores que lhe vão dizer que está a cometer traição contra os EUA ao barrar informação sensível aos serviços de inteligência.
    Depois ameaçam que irão revirar a sua vida toda do avesso até encontrarem um pequeno desvio e é logo acusado de fuga ao fisco, mais isto e aquilo.
    Já para não falar depois que passará a ter contra si todo o peso do governo.
    Depois de ouvir isto e mais outras, vai fazer o quê?
    Se o governo quiser, mas quiser mesmo, não lhe vai pedir nada, vai exigir.
    E vc ou faz o que lhe mandam ou eles arranjam maneira de inventarem uma treta qualquer para o arruinar.
    Simples, não é?

    Acorde.

    • Cfpinto says:

      Oh homem deixa de ver filmes de segunda. Olha aqui um caso só pra te contrariar https://en.m.wikipedia.org/wiki/FBI–Apple_encryption_dispute

      • David Guerreiro says:

        Nem mais, ia mesmo referir esse caso. Se não fosse a Celebrite, o FBI ainda andava às voltas disso.

        • PorcoDoPunjab says:

          Cada um acredita no que quiser.
          Se vc acha que num caso de interesse nacional, algo mesmo importante, os serviços secretos e outros que tais se comportam dentro da legalidade, isso é um problema seu.
          Mais depressa se vê pendurado pelos pés e mãos.
          Ou acha que os acusados de fomentar terrorismo quando eram e são apanhados e levados para os abrigos secretos iam acompanhados dos advogados?
          Nem faz ideia do que lhes faziam.
          Espera aí que já tinham direito a telefonar, advogado e sei lá o quê.
          LOL..

          Não abram a pestana que não é preciso.
          Realmente este mundo está mesmo cheio de ingénuos…

  10. deeppurple says:

    É por estas e por outras que tirei o Kaspersky das empresas e substituí pela solução da ESET.

  11. Aníbal Silva says:

    Há muitos anos que o meu Antivirus é o Kaspersky. A minha peocupação é se, por qualquer razão, ele deixa de ser eficaz e compromete a sua função ou pior alguém pode vir a ter acesso aos meus dados, alguns como podem calcular de grande importância. Não sou especialista em cibersegurança e daí a minha preocupação. Alguém poderá dar uma ajuda? Desde já agradeço.

  12. PorcoDoPunjab says:

    Aníbal, se tem dados importantes que não podem ser revelados, o seu problema maior não é o antivírus, é poder ser apanhado por um qualquer ramsonware e ficar sem eles.
    Mantenha sempre cópias actualizadas num disco rígido desligado do PC, só o liga quando fizer as cópias, óbvio.
    Encripte os dados com um programa forte, tipo pgp ou veracrypt.
    Assim, mesmo que alguém lhes consiga aceder, sem a pass não os abre.

  13. PorcoDoPunjab says:

    No meu caso, tenho vários discos rígidos externos desligados do PC, com os backups.
    Tenho tb backups na Cloud, mas é tudo encriptado com pgp com password forte.

  14. Mike80 says:

    Nada disto me faz desconfiar que a Kaspersky vá deitar a perder anos e anos de investimentos na evolução dos seus produtos bem conhecidos pela sua qualidade por causa duma questão política. A Kaspersky é líder de mercado em muitos países e especialmente no que toca às soluções para servidores…acho graça o utilizador normal ficar preocupado com uma questão destas. A Kaspersky está entre a espada e a parede, por um lado se critica a guerra pode tornar-se alvo do “camarada Puttin”, por outro lado não vai dar o seu apoio à “intervenção militar” porque senão sujeita-se a perder a sua quota de mercado em todo o mundo…estas decisões políticas de acrescentar a empresa à lista de ameaças é completamente infundada porque é baseada em rumores, só no dia em que começarem a surgir provas do que a Alemanha e os EUA nos querem fazer acreditar é que eu vou deixar de usar o Kaspersky nos meus computadores e nos servidores dos meus clientes…para já está tudo a funcionar como sempre funcionou, uma protecção de elevada qualidade a proteger os sistemas como sempre protegeu (e para os desconfiados, invistam em soluções de backups fiáveis e de preferência redundantes). Enfim….

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.