Quantcast
PplWare Mobile

CEO da Epic Games acredita que o metaverso pode impulsionar a economia global

                                    
                                

Autor: Ana Sofia


  1. Eu sei lá says:

    A empresa Facebook muda o nome para Meta, que é parte da palavra metaverso – logo, a Facebook é a criadora do metaverso.
    Falso. Os universos virtuais usando avatares são de há muito conhecidos nos jogos.
    Quais vão ser os desenvolvimentos? Há quem diga que depende de a Apple entrar ou não no jogo.

  2. Tony says:

    Bem-vindos a 2009, Second Life

    • Miguel says:

      Acho o mesmo viralizou muito e depois o pessoal perdeu o interesse.
      Mesma treta do 3D todas as TVs tinham, agora já nem fazem TVs nem filmes 3D.

      • Porto says:

        o 3D e um efeito que nunca foi muito imersivo, apenas uma brincadeira. Tanto que a maioria das pessoas prefere ir ao IMAX ver a 2D porque o 3D da dores de cabeca…o que poderia mudar as coisas e a realidade aumentada no cinema com oculos e giroscopio que acompanhava o filme

  3. tomazturbano says:

    Facebook é um lixo e o ceo da epic so está falando bem da iniciativa do facebook, porque a Epic Games pode ganhar muito dinheiro vendendo jogos no metaverso.
    Nada de novo sob o sol

  4. Tonheco says:

    Mas será que têm de ser todos judeus?
    É os das Banca, das famaceuticas, dos laboratórios, das redes sociais e agora também opinadeiros!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.