Quantcast
PplWare Mobile

Bitcoin: esquecer a sua palavra-passe pode custar 200 milhões de euros

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. adbu says:

    E que tal fazer uma clonagem do disco e montar as cópias numa vmware, fazendo o recuo para uma snapchot anterior?
    Claro que se não faz ideia da pass pode tentar milhões de passwords sem nunca a descobrir.
    Pode ser que alguém na NSA lhe dê uma ajuda com um dos programas da agencia 😉

    • Bruno says:

      Mas como vai montar se só dá para ter acesso ao conteúdo da pen com a password correcta?

      • poiou says:

        Mais ou menos, só consegue ver o conteúdo com a passou.
        No entanto consegue copiar o conteúdo.
        É sempre possível fazer um copia bit a bit (aka copia forense), e depois “montar a copia” e tentar a password.
        E das duas uma, ou monta a copia com bloqueio de escrita e um ficheiro a fazer de cache, ou vai tentando passwords com copias da cópia.
        Isto são técnicas usadas em informática forense.

  2. Jorge says:

    Já falaram com o Rui Pinto?

  3. Joao Frango says:

    eu contratava uma equipe de hackers a preço de ouro. criava clones e eles ke testassem a possível solucao e a dessem. no final ainda recebiam bonus de ricos pra toda a vida.

  4. Joao Ptt says:

    Precisa é de um(a) bom(a) adivinho(adora).
    Parece-me que as IronKeys eram bem feitas e realmente seguras, se a senha é verdadeiramente complexa e longa poderão nunca conseguir reverter o conteúdo cifrado para legível e compreensível.

    Se fosse à kingston (actual proprietário das IronKey) ficaria preocupado caso alguém conseguisse atacar a IronKey com uma boa senha complexa e longa com outra técnica que não fosse saber a mesma… poder-lhes-ia sair bem mais caro que os 200 milhões de euros em termos de má publicidade já que é direccionado a grandes empresas e estados, apesar de qualquer um as poder comprar.

    • Vítor M. says:

      Era um bom adivinho 🙂 agora disseste tudo. Mas alguém ainda vai fazer o jeito em troca de uns milhões.

      • Joao Ptt says:

        Se houver realmente forma, gostaria de saber, já que até hoje não ouvi falar de problemas de segurança nas IronKey, pelo menos nas certificadas FIPS 140-2 Level 3, embora já tenha lido sobre problemas de segurança em outras marcas.

  5. Mastermind says:

    Mais um prego no caixão das bitcoins…um poço de problemas, para não falar do facto de muitos investidores estarem brevemente com dificuldade em vender as ditas cujas. Daí tanta publicidade e aparente entusiasmo, pois enquanto a roda da compra e venda vai rodando, as criptomoedas vão valorizando, mas o dia chegará em que o preço não corresponderá a qualquer lógica de valores e fica o efeito de pirâmide concluído. Os últimos a comprar vão ser os primeiros perdedores…

    • Bla says:

      Dificuldade em vender? Acho que querias dizer dificuldade em comprar. As exchanges estão com pouquíssimo stock de btc, daí a subida de 400% em 90 dias.
      Acho que devias dar uma entrevista sobre btc, se o Sousa tavares deu sobre Blockchain tens tudo para dar sobre btc.

    • heinz says:

      O preço sempre a aumentar, novas plataformas a adotarem a BTC( como paypal) entre outras coisas não me parece ser sinal de ser um “poço de problemas”
      De meados de 2019 a final de 2020 já tive lucro de perto de 9700€ 🙂 por mim o poço de problemas pode continuar 😀

  6. KodiakShadows says:

    Eu prefiro investir em algo mais real, que em 6 meses já duplicou o meu investimento e não foi na D, Branca.

  7. Sardinha Enlatada says:

    O mundo esta a mudar. As pessoas estao a ficar mais generosas e a dar dinheiro a todos com esta historia das bitttcoins. Alguns perdem outros ganham mas isso sao pormenores. O que interessa sao os casos de sucesso. Nao obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.