PplWare Mobile

ANACOM: Fatura de comunicações da MEO, NOS e Vodafone tem aumentado


Autor: Pedro Pinto


  1. A. L C. says:

    Deixei de ler na 4° linha:
    “… Apesar da concorrência…”

  2. Rafael Encarnação Cardoso says:

    Novidades?
    aqui não há concorrência, há é amigos que conversam para fazerem todos os mesmo preços.

  3. Palves says:

    Isto é apenas Portugal no seu melhor! Só isso..

  4. Gajo says:

    Por vezes e’ preciso sair do pais para se perceber a realidade.
    Na polonia pago 6e mes por um cartao pre-pago que me oferece chamadas ilimitadas e 40gb dados moveis (que se nao gastar acumulam).
    Chega a ser criminoso os precos que se praticam em portugal por telecomunicacoes.

  5. alguém says:

    Quando me pedem quase mais 40€ para refidelizar com a vodafone, exactamente pelo MESMO pacote de serviços, só me parece surreal. Parece que em 2 anos não evoluimos, regredimos!! Pago cerca de 90€ pelo serviço de 1Gb, TV, telefone e 4 telemóveis. Ligarem-me quase 2 anos depois do primeiro contrato a quererem que eu pague mais para refidelizar, só me parece de doidos…

  6. PGomes says:

    Se a ANACOM fizesse melhor o seu trabalho, provavelmente não teriamos as empresas de telecomunicações a trabalhar como se fosse num cartel.

  7. RM says:

    Os portugueses são ricos!

  8. António Júlio Samorinha says:

    Não percebo. Eu já alguns anos que pago o mesmo no MEO, porém em 2019 aumentaram-me a velocidade da internet de 100 Mbs para 500 Mbs (apesar de nem sempre a ter) e atribuiram-me 5Gbs para cada telemóvel. Como é que podem avaliar se subiu?

    • Hugo Teixeira says:

      Devem usar o número de subscritores por tipo de pacote assinado, depois devem aplicar preços médios aos pacotes, ignorando os casos como o seu em que oferecem algumas “benesses” (mesmo que fictícias por vezes), depois é um somatório.

    • Costa says:

      Em 2017 tinha um tarifário na MEO 24,90€ NET+VOZ+TV, existia também noutras operadoras como a VDF, qual é o tarifário mais barato agora? 29,90€, por isso só usando o tarifário mais barato como exemplo, consegues ver que os preços em 3 anos subiram no minimo 5€

  9. Dc says:

    Que concorrência?
    Uma lança um tarifário/produto/whatever, as outras fazem exactamente a mesma coisa. A dita “concorrência” é quase inexistente.

  10. Crow- says:

    Depende…
    No meu caso, nos últimos 8 anos o custo que tenho tem diminuído e o serviço tem melhorado.
    Cheguei a pagar 72€ na NOS, depois baixei para 63€ e neste momento estou na MEO a pagar 55€. O “segredo” é ir renegociando ou mudar de operador quando a fidelização acaba e não ficar acomodado.

  11. mlopes says:

    a questão é que a concorrência é meramente aparente. neste, como noutros setores, a cartelização pararece-me mais do que evidente.
    portugal é um paraíso de carteis disfarçados, alguns nada subtis.

  12. João M. says:

    é interessante observar que os paises com a subida de preços mais elevada são os mais ricos e prósperos.. Ooops, li mais o gráfico ..
    Andamos sempre em contraponto e depois, como a malta anda de pala nos olhos, vota nos mesmos e faz sempre as mesmas coisas. As coisas só mudam quando se deixar de inclinar para o lado errado.
    Telecomunicações, Energia, transportes, etc… sofrem da falta de fiscalização que as entidades reguladoras deveriam realizar MAS como eles saltam do privado para a regulação e para o governo, nada muda. É como o Centeno mudar para o BAnco de Portugal (regulador da banca) .. é um claro conflito de interesses MAS ninguém liga. O que interessa é distrair a malta..

  13. tito portugal says:

    concorrência? onde?
    Se houvesse concorrência, teríamos mais escolhas e preços. E pelo que eu vejo são todas iguais.

  14. Luis says:

    Depois admiram-se que haja muita procura de IPTV pirata e esse tipo de serviços.

    • Hugo says:

      O que acabas de dizer não faz sentido absolutamente nenhum. Existem bons argumentos a favor da pirataria, mas dizer que os serviços são caros equivale ao teu patrão/clientes chegarem ao pé de ti e dizerem: Vamos-te pagar menos, porque não precisas de tanto para viver”.

      • Luis says:

        Faz sentido sim, quem recorre a serviços ilegais de certeza que a principal razão é porque são mais baratos do que o que as operadoras oficiais oferecem.

        • Hugo says:

          Errado. Não há certeza nenhuma se quem recorre a pirataria contrataria o serviço caso fosse mais barato.
          Aliás… a grande maioria dos utilizadores, caso tivesse de pagar, seria mais selectivo no que consome.
          Conclusão: o conteúdo “sacado” é exponenciado pelo facto de ser totalmente gratuito. Se for preciso as pessoas sacam e nem nunca chegam a ouvir, ver ou jogar.

        • Crow- says:

          Desculpa, mas isso é a mesma coisa que comprar um telemóvel ou um carro roubado porque não queres pagar o preço dele novo.
          Ter a SportTV, ElevenSports, BenficaTV e companhia não é um bem de primeira necessidade que justifique aderir a um serviço ilegal.

  15. Miguel Xavier says:

    O mais grave é que além de pagarmos, não nos dão o que está contratado.!!!!!

    • Crow- says:

      Se não dão rescinde o contrato e muda de operador. Eu tenho exatamente aquilo que pago.

      • Joao Ptt says:

        Isso é fácil de falar, mas é hiper difícil de conseguir em alguns casos, se não for impossível… do ponto de vista do pobre, claro! Se tiver dinheiro ou paga a indemnização ou mete os advogados se existir alguma artimanha legal… mas terá quase sempre de pagar de uma maneira ou de outra… que as operadoras não estão numa de facilitar desistências mesmo quando reconhecem que a pessoa tem razão!

  16. Zé da quinta says:

    Então devemos dar os parabéns à ANACOM e à Autoridade da Concorrência pelos excelentes serviços prestados aos portugueses…

    • Crow- says:

      A ANACOM é provavelmente o organismo mais inútil em Portugal.

    • Joao Ptt says:

      Só com denúncias explícitas e alguém a dar a cara, gravações/ documentos… de preferência que vá para a comunicação social para não se perder nas gavetas, de resto boa sorte para que algo aconteça.
      A única esperança é intervenção directa e activa do parlamento e do governo em simultâneo e de forma musculada… não existe descontentamento generalizado e expresso por toda a comunicação social, por isso nada vai acontecer.

  17. Someonesome says:

    Façam como eu:
    Internet – Nos Wifi Fon com credenciais de um familiar
    TV – Não vejo (arranjas na net)
    Telemóvel – Norteshopping, WTF 3 meses por 10 euros (se tens mais da idade limite pede a um familiar)

  18. Joselito says:

    Onde está a internet open-source?, tudo de graça!

  19. Rafael Sousa says:

    É perfeitamente normal. Tem de dar os milhoes aos clubes de futebol. É o cancro de Portugal…

  20. Maria De Fátima Macieira Monteiro says:

    São todos uns chulos só pensão no bolso deles.
    O Zé Povinho que se lixe.

  21. J says:

    Depois contratasse ex-governantes, como o ex-Ministro Pedro Mota Soares, para lançar notícias a dizer o contrário (fake news com carimbo político). Brevemente, haverá notícias a refutar tudo. Esquece-se é que há a realidade: Há 4 anos, com o MEO, antes pagava 29€, e hoje pago 35€ (fibra com 3 serviços e box). E não, não consegui preço mais baixo.

  22. Bms says:

    Infelizmente onde moro não há opções é só ADSL não há mais nada melhor, temos o 4G neste caso da NOS que é a que tem melhor Cobertura mas a partir das 18h passa de 30Mb para 10 ou menos porque algumas pessoas tentaram ir para 4G por causa da velocidade mas como só há 1 antena e tem pouca velocidade nela ficou logo sobcarregada, isto porque não há concorrência que seja superior à ADSL só interesses

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.