PplWare Mobile

COVID-19: Amazon contrata mais 100 mil funcionários e aumenta os salários


Fonte: CNBC

Autor: Marisa Pinto


  1. Filipe Bernardes says:

    É por causa destas medidas que a amazon é a amazon. VISÃO ESTRATÉGICA.
    Por estas bandas tentei fazer uma encomenda online no continente.pt e encontrei o site super lento (leia-se não preparado para o mais que expectável aumento de tráfego) e com prazos de entrega a 15 (QUINZE!!!) dias.
    Que oportunidade perdida… Não seria uma boa jogada terem-se preparado para isto? Aumentar a qualidade do site, reforçar a cadeia de distribuição/entregas e transformarem-se numa pequena amazon alimentar portuguesa?
    Porque não aprendemos com os exemplos de outros países? É tão frustrante…
    Sei que algumas lojas/sites nacionais passaram a oferecer portes grátis aos seus clientes, mas chiça esta altura é uma oportunidade de ouro para este tipo de serviços… ACORDEM!!

    • Sergio says:

      É exactamente essa a minha linha de pensamento. Cá, os serviços Online estão a rasgar completamente pelas costuras. Os patrões portugueses só pensam em como meter $ ao bolso, com obrigar colaboradores a tirar férias, penalizar quem fica a laborar remotamente ou “forçar” as pessoas a trabalhar extra sem os recompensar devidamente. Tentei comprar 1 cadeira de escritório pois tou a laborar remotamente e não tenho uma cadeira decente e o prazo de entrega é de 2 semanas, mesmo em lojas nacionais… nessa altura, o panorama poderá ser outro. Lá vou ter que recorrer ao OLX.

  2. André Luz says:

    Alguém sabe dizer se caso seja decretado o estado de emergencia (assim o espero) continuará a haver entregas de encomendas? Nomeadamente provenientes da amazon.es

    • José Carlos da Silva says:

      A informação que tenho lido de diferentes fontes e diferentes transportadoras é que garantem as entregas. Estas são feitas com os devidos cuidados e medidas de segurança: os estafetas deixam as encomendas à porta de casa, e não as entregam em mãos; fazem-no com luvas e máscara; não há assinaturas nem pagamentos que envolvam contacto.

    • David Guerreiro says:

      Penso que não, penso que o serviço dos CTT seja suspenso. Aquilo que deve continuar deve ser o serviço de entrega dos supermercados, refeições ao domicílio. Julgo eu…

  3. nao says:

    então a ordem é ficar em casa e não andarmos por ai. o que é que a amazon faz? contrata mais para colocar a trabalhar todos juntos no armazém. depois ainda tem o desplante de dizer que é para os mais pobres, que nos EUA são os que normalmente tem seguro de saúde não é? só olham ao dinheiro, o que é importante é o dinheiro

    “Muitas pessoas foram afetadas economicamente, pois os empregos nas áreas como recepção e entretenimento público, restaurantes e viagens perdem-se ou são negligenciados no meio desta crise.” aka ppl que trabalha por ordenado mínimo ou la perto.

  4. falcaobranco says:

    Mas revejam a noticia porque a Amazon já cancelou esses contratos e vai fechar portas… apenas as encomendas que estão para ser entregues, vão ser entregues, as novas encomendas não vão sair dos armazens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.