Quantcast
PplWare Mobile

vent2life: Hospitais com ventiladores avariados? O que fazer?

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Rizzo says:

    Em casa deixei os meus avos em frente a uma ventoinha para oxigenar o sangue e se protegerem do virus. Vi a recomendacao no youtube e tem resultado

  2. ToFerreira says:

    Se as pessoas soubessem o número real de ventiladores, os que funcionam, e a quantidade de pessoas habilitadas para lidar com os mesmos, ficavam (mesmo) em casa.

    • ze says:

      As pessoas sabem quantos há.
      São cerca de 1400 total, 1142 no SNS
      Apenas pouco mais de metade estão nos UCI, os restantes estão nos BO.
      Em uso estão 245 Covid e outros tantos em doentes crónicos.
      Ter um ventilador não é nenhuma garantir de sobrevivência, mesmo assim é preferivel a economia não parar e termos algumas mortes programadas como em qualquer guerra (já que tanto gostam de apelidar assim) e essas mortes servirem para não existir regressão economica.
      Só pensam em salvar vidas no agora, não pensam no que isso pode significar para os que cá ficam no futuro. Já há casos relatados de suicidios e muitos de pessoas sem sitio para onde ir viver e outros sem dinheiro para comida, e isto foi só com 2 semanas de paragem…

      • Rizzo says:

        So o benfica deu mais de 1000 mais as outras doaccoes devem ter dado mais de 20mil fora os que ja havia. Querem ar puro vao para a praia que e bem melhor que preso no hospital

        • ze says:

          Pois deu, e já chegaram? Sabes a data em que chegam?
          Dar para preencher headlines é facil, o problema é eles efectivamente chegarem, e mais do que isso, ser possível implementá-los pois pode não haver lugar para eles.
          Pelo menos o CR7 doou camas + ventiladores + monitores, mesmo que demorem a chegar, esses vão ter utilidade mais tarde.
          Volto a dizer, o ventilador não é nenhum seguro de vida. E quanto a mim tem pouca importância face ao que vamos viver nos próximos anos.
          Se tivessem posto um valor na vida humana como se faz nas guerras jamais teriam tomado as decisões que tomaram, um grande erro pelo qual vamos todos pagar.

          • ToFerreira says:

            Se uma dessas vidas perdidas for de alguém que te é querido vais continuar a achar que a economia vale mais? É se for a tua?
            O teu maior erro no entanto é presumir que se não tivessem sido tomadas estas medidas as consequências da doença seriam as mesmas e a economia não se ressentiria da mesma forma. Não há valor superior ao da vida humana e quem não entender isto tem um grave problema de valores. Fala com um psicólogo ou um psiquiatra logo que possível, estou a falar a sério.

          • Rizzo says:

            To Ferreira tudo tem um preco. E so uma questao de numeros. Somos apenas materia organica com musculo e orgaos que vale dinheiro. O resto e pura especulacao so o dinheiro interessa e compra tudo e todos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.