Quantcast
PplWare Mobile

Streamblock: PJ envolvida na operação de bloqueio da plataforma Mobdro

PUB

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. B@rão Vermelho says:

    O mundo do futebol não se ponha a pau, e lá se vai os milhões à vida.
    Cada vez mais as novas gerações pouco ou nada ligam ao futebol, longe vão os tempos de minha infância e quando éramos confrontados com a celebre pergunta , o que queres ser quando fores grande?
    A grande maioria des nos diria que queria ser jogador de futebol, hoje as resposta são completamente diferentes, as redes sociais vieram criar um novo mundo novos horizontes, e para juntar a festa os desportos virtuais estão a crescer como nunca, juntando a tudo isto, o medo que há actualmente de deixar crianças a brincar na rua.
    O publico alvo da futebolada está a decrescer, ou começam a abrir os jogos para o cativar novos adeptos ao a extinção está próximo

    • robin says:

      Por acaso tem tem razão eu já não ligo ao Futebol a que tempos nem quando é canal aberto já vejo por exemplo estes das competições europeias não vi um .

    • Euéquesei says:

      Nem mais.
      E a somar a isso é a mafia que está instalada no futebol há muitos anos.
      As pessoas fartam-se.
      Eu estou à vontade para dizer isto porque detesto futebol.
      Nem consigo entender o que leva alguém a sair de casa, apanhar longas filas de trânsito, não saber onde vai estacionar o carro, poder envolver-se em rixas que nada têm a ver com desporto e isto tudo umas horas antes do jogo começar.
      Ao sair, é a mesma história.
      Ou seja, para ver um jogo que começa ás 19 sai de casa depois do almoço e chega ás tantas da noite.

      Tiro o meu chapéu a essa gente pela vontade que demonstram.
      A mim teriam que me pagar bem só para fazer esse esforço.

      Mas cada um é como é…

    • Spoky says:

      Isso não é verdade. Hoje em dia os jovens gostam do seu clube.

      A unica coisa que TALVEZ possa ser verdade, é que muitos apesar de amarem o Clube, e gostarem tanto de Futebol, pouco ou nada vão aos Estádios conviver etc.

      Antigamente tinhamos muito mais apoio e gente nos estádios a celebrar, loucos e a viver aquele momento futebolistico.

      Basta ver fotos antigas, querem um exemplo? Boavista! Comparem o antes e depois.

    • Test User says:

      Na RTP Internacional têm um jogo da liga em sinal aberto por semana . Quem tiver parabólica consegue ver. Em Portugal bloqueiam , até no RTP Play são bloqueados.

      Se estão acessíveis na Europa, não deveriam ser acessíveis em Portugal?

  2. Adolfo Dias says:

    Alinea b)
    Que alternativas? 😀

  3. Joao Delgado says:

    A PJ, que resolva é os verdadeiros crimes e deixe a bola acontecer.
    Existem processos por apurar com mais de 5 anos!

    Relativamente a stream e a iptv Sempre ouvi dizer fecha 1 , abrem 10. A internet é LIVRE MENTALIZEM-SE.

  4. Solnado Ribeiro says:

    Recursos judiciais desperdiçados… Tão melhor canalizados seriam para o Caso BES e para a Operação Marquês.

    • Filipe says:

      Se os canalizassem para o apito dourado para resolverem as coisas como deve ser, isso é que era. Até o tal “adn” deixaria de existir. Os guarda-redes agradeciam, pois já foram dois afectados pelo mesmo efeito secundário, embora com resultados diferentes.

  5. jp says:

    era muito mais lucrativo se as subscrições tivessem um valor justo pois aumentavam a quantidade de clientes. Mas não… Os preços são salgados e adeptos como eu que já têm uma fatura alta (somos o país da Europa com a internet e TV mais cara) nao podem pagar. Afinal o futebol é um desporto para ricos, primeiro pq na champions só jogam ricos ou então tem de lá ir o Porto bater neles… depois porque as transmissões são todas a pagar e nem toda a gente vive em Lisboa ou no Porto para assistir ao seu clube favorito.

  6. F. says:

    Já vi aí comentários a falar em tv pirata. Alguém me chamou?

    https://t.me/FragataHd

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.