PplWare Mobile

Que espaço vai estar disponível no Surface RT?


Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

  1. Helder ferreira says:

    Penso que os ficheiros de recuperação do sistema acabam por ocupar uma fatia enorme num sistema com espaço limitado. A possibilidade de transferir esses ficheiros para um suporte externo seria uma mais valia. E datas de lançamento em Portugal já existem?

  2. Daiquiri says:

    é um sistema operativo a sério, com aplicações a sério e nao um homescreen semi-estatico.
    Aceita SDXD até 64GB e ainda mais o skydrive. A mim parece-me optimo 🙂

    • eduardo says:

      este é o Windows RT, não o outro!
      Por isso aplicações a sério são tão a sério como num iPad, e são menos do que num iPad!

      • Jonas X says:

        Quando se fala em aplicações a sério penso que se refere a ferramentas de produtividade e não a entretenimento…

        • eduardo says:

          :S
          pois… quem trabalha com o iPad deve passar o dia a ver filmes!!! e as empresas que adquirem iPads, compram porque é terapêutico!
          aplicações de produtividade é coisa que não falta para um iPad.

      • Carlos says:

        Na verdade, o Windows RT corre todas as aplicações Windows, desde que sejam recompiladas para ARM. O que acontece é que a Microsoft não deixa nem fazer isso nem instalar nada, a não ser peloo Windows Store.

        No entanto, todas aquelas mini-aplicações que vêm com o Windows (o Snipping Tool e o Problem Step Recorder, por exemplo) não só estão lá como funcionam como sempre.

        • eduardo says:

          Não basta recompilar para criares uma aplicação útil. Para além do problema com interface, tens a questão de performance numa arquitectura totalmente diferente – há muito código que é optimizado para o processador e tentar recompilar esse código num processador que é menos potente não te vai dar bons resultados. O máximo que se poderá esperar é reciclagem de parte do código.

    • Nuno Pinto says:

      Para quem quiser aprender:
      O RT n#ao me agrada muito pois n#ao tem o “Full potencial” da versao Win8, mas mesmo assim, ]e muito superior a qualquer outro do mercado, muito leve, rapido como nunca visto, resistente que ate custa a creditar. Em suma, um excelente produto Microsoft, assim como o Windows 8, a Xbox 360 e o Kinect. Microsoft reapareceu das cinzas para mostrar a razao pela qual ganhou fama.
      Surface vs Outros Tablets = Vitoria
      Win 8 vs Outros OSs = nem tem comparacao
      Xbox + Kinect vs Concorrencia = Nem vale a pena falar para nao envergonhar os aficcionados (distraidos) por outras marcas.
      Sao produtos destes associados a servicos de excelente qualidade que cada vez mais me orgulham de trabalhar onde trabalho. 😉

  3. Fábio says:

    “Parte destes valores advêm também do facto de os discos montados no Surface, apesar do valor indicado, não terem exactamente esse tamanho.”

    ERRADO!!
    O espaço de discos e pens é contabilizado em bits, sendo que:
    1 byte = 8 bits
    1 Kbyte = 1024 bytes
    1 Mbyte = 1024 Kbytes
    1 Gbyte = 1024 Mbytes

    Os fornecedores contam os GB da forma como eu disse, e eles proprios informam na caixa que consideram que 1GB = 1.000.000.000 bytes e portanto é nessa medida que são feitos os discos. Se as pessoas acham que são enganadas ou não, é problema delas, mas todos os discos e pens têm essa informação, caso contrário a empresa estaria a enganar o cliente.

    Assim sendo, um disco de “100” GB, tem 100*1000*1000*1000 bytes, que “transformados” em Gigas dá a módica quantia de:
    100.000.000.000/1024/1024/1024 = 93,13GB. É esse o espaço que será reportado como sendo o tamanho do disco.

    Isto pode ser confirmado se formos (no windows) às propriedades do disco e virmos o item “Capacidade”, que vai ser sempre (aparentemente) superior em bytes do que o valor correspondente em gigas…

    • Fábio says:

      Quando fiz o comentário ainda não estava explicado
      “A explicação para esta diferença reside no facto de que 1GB (em decimal) apenas corresponder a 0.93 GB (em binário). A capacidade de armazenamento é a mesma, apenas é mostrada de forma diferente consoante a forma como é medida, em decimal ou binário.”

      Além disso a frase que fiz quote no post acima, continua a induzir o leitor em erro.

      • A explicação esteve sempre lá desde o início do lançamento do artigo e era explicita.

        E quanto ao texto que citaste é conveniente que metas a frase completa. A parte “Esta questão não é exclusiva do tablet da Microsoft e acontece na maioria dos disco e pen’s USB.” é importante e mostra que o problema dos valores não é exclusivo do Surface.

        O paragrafo seguinte explica o mesmo que tu escreveste.

  4. joao says:

    e o ipad? alguem tem dados dele?

  5. Carlos says:

    Se 1GB = 1024 MB nao percebo porque os fabricantes assumem 1GB a 1000MB… puro engano aos clientes…

    • pixar says:

      Como disse em cima o Fábio, 100 GB na verdade, em binário, correspondem a aprox. 93GB.
      Os comerciantes utilizam a representação que lhes favorece mais em termos comerciais (neste caso os prefixos multiplicadores em decimal). Na verdade eles não estão a mentir, apenas não dizem a verdade toda…

    • lmx says:

      a quantida de de espaço é real, ou seja se o fabricante diz que tem 100GB é suposto ter 100000000000 bytes(em decimal) e defacto eles estão lá.
      No entanto os SO’s reportam o tamanho do disco em multiplos de 1024.
      logo.
      100000000000(1k=1000)bytes = 93132257462(1K=1024)bytes que vai dar os 93.13GB falados acima pelos colegas.

      cmps

      • pixar says:

        Se me permitires complementar o teu comentário, só falta dizer o porquê dos 1024.
        Como todos sabem, os sistemas digitais trabalham com o sistema binário (números com base 2 – o 0 e o 1). Em binário o número de algarismos com todos os algarismos a 1 mais próximo de 1000 é 10, ou seja, 1111111111(2) = 1023 (10). Isto significa que se conseguem 1024 combinações (contando com o zero).
        Também se poderá argumentar que o 10º bit do número tem um peso de 2^10 = 1024.
        Por último, também se poderá dizer que cada sector de um disco rígido possui, tipicamente, 512 bytes, que é metade de 1024.

    • lmx says:

      é mais facil dar um tamanho ao utilizador final redondo do que dar-lhe um numero com não sei quantos algarismos…
      exemplo
      100000000000(1k=1000)bytes = 93132257462(1K=1024)bytes

      já imaginas-te o que era vender o disco como sendo, 93.132257462GB ?

      não é muito melhor vende-lo com 100GB,!? é um numero redondo, na outra opção se o tornares num numero redondo(93GB) estas a denegrir o teu negocio, pois vendes um disco com 93.132257462 GB(1K=1024), e dizes que ele tem apenas 93GB, ou seja não estas a reportar o restante 0.132257462 GB(1K=1024), ou 1.420103684 GB(1K=1000), que também é espaço(1.42 gigas é espaço)…se fores para discos muito maiores cada vez mais erros teria esse sistema…é por isso que a industria e muito bem não alinha na jogada.

      cmps

      cmps

  6. Nuno Rabaca says:

    É pena a Microsoft não conseguir fazer um lançamento global em de uma forma mais rápida.
    Vamos ter que esperar para por as mãos no RT (Windows Store APP’s)e ainda mais no PRO (All Windows APP’s)

  7. Carlos says:

    Como está para chegar? Já está à venda desde dia 26 de outubro, ou eu vajei no tempo e hoje não é 6 de novembro?

  8. Dachau says:

    Se algum dia vir pensar comprar um tablet… só tenho olhos para o Surface

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.