PplWare Mobile

Aprenda como fazer – Dual Boot: Windows 8 vs Linux


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. Cláudio Catarino says:

    Tutorial muito útil, muitas pessoas não sabem como o fazer e algumas delas não sabem que podem ter 2 SO na mesma máquina!!

    Obrigado pplware 😉

      • Pirio says:

        Boas, eu já tinha instalado Ubunto e tinha opçao de instalar lado a lado com o windows7 e no windows XP não funcionava.

        Obrigado

        • Rui says:

          Pirio,isso muito provavelmente deve-se ao facto de essa opção fazer resize á partição do Windows, e isso pode correr mal devido a problemas com o ntfs(do winXP) 🙂
          Este método é melhor, pois permite que as tuas partições do windows fiquem como estão, assim possibilitando que instales outras distribuições gnu/linux sem teres de te preocupar com as partições do windows.

          Ps: em falta um guia para recuperar o boot, há um programita que tenho vindo a usar (easybcd, acho), que permite alterar o boot menu do windows para comportar o boot do linux, e serve para backup/restauro do mbr, também 🙂

  2. david says:

    quanto ao material necessário, o iso do ubuntu ou outra de outra distribuição(openSUSE) também servem?

    • Rui Teo says:

      Boas david,
      É certo tu conseguires instalar a distro que queres. O que provavelmente terás de fazer é “refazer” e grub. Ou então, e isto ñ tenho a certeza, com o CD do Windows que tenhas possas voltar a reescrever o Boot Menu,pela consola do windows, isto sei que consegues fazer com o Ubuntu, com outra distro n tenho a certeza.

    • Pedro Pinto says:

      Boas David,

      Sim, podes usar qualquer uma, o processo deve ser idêntico

  3. João Ferrinho says:

    Boas

    para terem o freespace vocês arranjaram mesmo um pouco de disco sem partição alguma, por exemplo apagar uma particao e deixar o espaco disponivel sem particao

    Foi isto?

  4. m4x says:

    Entao mas o win8 não tinha qualquer coisa (tinha algo a ver com a BIOS) que não deixava fazer dual-boot?

    • João C. says:

      Não era com BIOS é com UEFI, ao que parece, caso a opção esteja selecionada nas opções da UEFI, só sistemas operativos com uma chave assinada podem arrancar (ou algo do género).

    • Rascas says:

      Sim é o “Secure boot” mas isso só se aplica a computadores novos que vêm de fabrica com o Windows 8.

      • m4x says:

        ok, obrigado pelo esclarecimento

      • marco says:

        Boas, eu tenho um desses novos portáteis que vêm com uefi… quer dizer que não consigo fazer o dual boot? e se conseguir isso não interfere com a garantia?

        CUmprimentos,

        • Mércurie says:

          Dual boot dá pra fazer numa boa. O sistema operacional deve dá suporte a isso por exemplo o ubuntu 12.04.2 e superiores dão suporte, acredito que xubuntu, lubuntu, etc também.
          Outra coisa é que você vai precisar fazer algumas coisas pra funcionar o boot certinho.
          Dá uma olhada nesse tutorial: pplware.sapo.pt/linux/dual-boot-com-windows-8-e-ubuntu-12-10-uefi/

  5. David Mendes says:

    Boas!Não sou de todo um expert em Linux e por causa disso ainda vou tendo as minhas duvidas. Gostava de perguntar até que ponto é ou não necessário e/ou benéfico criar uma partição home na instalação de uma distribuição Linux?

    • Jorjão says:

      Essa partição Home se a criares vais conseguir manter o que nela tiveres quando instalares nova distribuição, digamos que funciona como um disco D em windows onde normalmente o pessoal guarda documentos, fotos, filmes, etc. E ainda mantém as tuas definições relativas a programas instalados que voltas a instalar.
      Espero ter ajudado.
      Abraço.

    • Pedro Pinto says:

      Boas David, não precisas dessa partição para nada. Atenta ao comentário do Jorjão, ele diz tudo.

  6. Miguel says:

    Boas amigos,

    Este tutorial também dá para o windows 7?

    cumps

  7. Sight says:

    Erm…Esqueceram-se apenas da parte mais importante 😛

    http://www.howtogeek.com/116569/htg-explains-how-windows-8s-secure-boot-feature-works-what-it-means-for-linux/

    Se o vosso PC suportar SecureBoot, torna-se um ‘cadinho mais complicado de instalar Linux no sistema.
    Das duas uma, ou desactivam o SecureBoot, ou adicionam o certificado do Linux/GRUB/Distro(não sei qual/se é que há diferença).

  8. Huguia says:

    E se quisermos usar o Bootloader do Windows 8?

  9. Marco Branco says:

    Sim dá para windows 7

  10. Telmo says:

    Logo no início há uma opção que diz: install Xubuntu allongside Windows. Indo por aí poupa-se algum trabalho, digo eu.

  11. Nuno Nunes says:

    É compativel com o windows 7 com a partição EFI e disco em GPT

  12. Silva says:

    Boas noites,
    Este procedimento é muito útil quando não nos importamos de perder algumas funcionalidades de um dos sistemas operativos, neste caso o windows, no qual a funcionalidade de hibernação é perdida.
    Isto acontece porque o bootloader executado não é o do windows que se encontra no MBR do disco e porque a partição marcada como activa passa a ser a do Linux. Quem diz hibernação diz as funcionalidades de ‘fast-boot’ windows 8 e 7. Pela minha experiência, as diferenças de velocidade de carregamento do SO foram abismais.

    Por experiência, recomendaria o uso nativo de um dos SO’s e a respectiva virtualização do outro, mas tudo depende de caso para caso…

    • Pedro Pinto says:

      Hum, vou testar. Deve haver certamente solução…digo eu

      • Marco Rodrigues says:

        Fez-se luz!
        Andei horas e horas e pensar que o meu computador tinha um problema com o windows 7 e já estava a espera do final de semestre para poder resolver à “força bruta”, i.e Formatar.
        O que no fim de contas não iria resolver nada porque depois de restaurar o GRUB iria ficar com o mesmo problema ,visto que na formatação do windows e seu boot nunca reconhece outros sistemas não Microsoft…

        O meu hibernar também deixou de funcionar e nunca percebi como nem porquê, ainda pesquisei, arrisquei mexer no regedit, etc etc etc
        Agora fez-se luz!

        Soluções precisam-se!

    • Rascas says:

      Silva isso que está a dizer não é verdade. Dá para fazer hibernação de kk sistema e o respectivo restauro. Tens de ter em atenção é que por ex. se estiveres no windows e mandares hibernar, depois quando ligares o computador, deves escolher para arrancar novamente o windows, pk se arrancares o linux aí sim vais perder a hibernação que tinhas do windows.

      Quanto ao fast-boot não te sei dizer porque nunca experimentei isso numa maquina com essa funcionalidade. Abc

      • Silva says:

        Rascas,

        Estou a falar por experiência própria, não por suposição.

        Nota que quando procedes à hibernação de um sistema, o arranque do computador não segue os procedimentos de um cold-boot (falo pelo o Windows). Creio que deve ser criado algum mecanismo temporário (MBR talvez) de boot o qual identifica o arranque a partir de hibernação, o que impossibilita a escolha do arranque de um novo sistema operativo. Para fazeres o switch de sistema terás sempre de proceder ao reinicio de todo o sistema.

        O que acontece com o dual-boot (Windows Vista/7/8 e openSuse 11.1/2 12.1/2) é que o arranque passa a estar, por default, a cargo do Grub (v2 se não estou em erro), e os SO Microsoft ficam incapazes de entrarem em hibernação. O sistema tenta hibernar, mas apenas faz um lock ao SO e desliga o ecrã.

        Se por acaso alguém descobrir uma solução para esta situação, seria excelente.

        Eu já tentei “copiar” o Grub para um ficheiro BIN e adicionar uma entrada no bcdedit para carregar esse ficheiro, mas nunca fui muito feliz, pois o openSuse nunca arranca….

        Obg

        • Rascas says:

          O problema aqui é do sistema de hibernação do windows. Só funciona se uns ficheiros de arranque do windows (que ja n me lembro do nome) estiverem numa partição marcada como activa (boot flag no linux). Portanto o teu problema deve ser esse mesmo. Tens de selecionar a partição do windows como activa. Atenção que o windows 7 costuma criar uma partição de 100 mb de contem esses ficheiros de arranque que referi e se tu tiveres essa partição, é essa que tens de marcar como activa.

        • Rascas says:

          Então ja conseguiram por a hibernação a funcionar? No windows podem ir a “Gestão de discos” na “Gestão de Computadores” e verem qual das partições está marcada como activa. Caso não seja a do windows (ou a tal de 100 mb) aí está o vosso problema. Têm de marcar como activa a respectiva partição.
          Podem fazer isto tb no linux, utizando um programa como o gparted, selecionando a respectiva partição e activando a flag “boot” (flag, não é o “mout point”!!!).

          Cuidado ao mexerem com estes programas, porque podem dar cabo do disco mto rapidamente se se puserem a inventar. Mais info: http://en.wikipedia.org/wiki/Boot_flag
          Atenção mais uma vez, isto não se aplica a discos com GPT, só MBR!!!

          Abc

          • Marco Rodrigues says:

            Sim experimentei mas nada funcionou… Obrigado à mesma.

          • Rascas says:

            Estranho… Todos os computadores que tenho com mais de um sistema operativo, a hibernação do windows funciona. Lembro-me que há uns tempos atras, num comp de um amigo que tinha windows e ubuntu, a hibernação não dava, fiz-lhe o k te disse em cima e passou a dar. Desactivar e activar outra vez a hibernação no windows pode ajudar. Tens aqui mais info: http://ubuntuforums.org/showthread.php?t=1341694

      • Rascas says:

        Alias esquece a parte de teres de arrancar o windows. Se arrancares o linux, fizeres reboot e arrancares o windows outra vez, ele retoma a sessão.

        • Marco Rodrigues says:

          Tal como o Silva disse: “…os SO Microsoft ficam incapazes de entrarem em hibernação.”

          É exactamente este o comportamento sempre que eu tento hibernar no windows, já se for no Linux a hibernação funciona perfeitamente, podendo eu escolher até em próximos boots o Windows. Quando mais tarde escolho o boot linux ele retoma a sessão, coisa que não acontece no windows, em que quando se selecciona hibernar o pc não se desliga, “apenas faz um lock ao SO e desliga o ecrã.”

  13. Bruno says:

    E para quando o tutorial para instalar windows e linux mas usando o bootloader do windows e não a Grub?
    Muito mais agradável visualmente e no caso do Windows 8 até mais rápido

  14. Joao Oliveira says:

    No meu PC tenho os dois sistemas mas em dois discos, no arranque escolho qual dos discos (SO) quero. Já tive os dois sistemas num disco mas só me deu chatices.

  15. Xano says:

    Boas,

    Não sendo especialista em linux, deixem-me sugeriri outra alternativa para instalar linux (no caso UBUNTU). Provavelmente será uma afronta aos “experts” no linux, mas mesmo assim cá vai…
    Podem utilizar o WUBI, instala-se como um aplicativo/programa windows e permite escolher uma, das várias, versões ubuntu.
    Este método tem a vantagem (a meu ver) que se não gostarem é fácil de reverter o processo, basta desinstalar o WUBI (no windows) e tudo fica com antes.
    Só ocupa o espaço em disco que a distribuição necessita (ou vai necessitando). Não é necessário criar partições. É só instalar e seguir as instruções.

  16. FM says:

    Olá 😉

    Eu tenho dual-boot com o vista@32bit’s para todo o lixo do dia-a-dia, e o win7@64bits para trabalho em edição de imagem…

    Tenho o disco com 4partições, uma com cada SO, outra que configurei para ser comum a ambos os SO’s onde ten os documentos, donwloads e ambiente de trabalho, permitindo assim que tudo isto seja comum a ambos os SO’s…
    E a 4a partição foi deixada precisamente com o propósito de poder instalar outro SO caso assim o pretendesse…

    Questão:
    1-Se instalar o win8 para testar, o boot é actualizado e ficam os 3windows na lista, MAS e se eu depois desinstalar o win8?! Volto a ter o dual-boot win7/vista ou tenho que reparar o boot loader? Se assim for, como?
    2-Se instalar o Xubuntu ou qualquer outra distro, fico com multi-boot assegurado (por aquilo que percebi) pelo GRUB, que é basicamente uma alternativa ao boot loader, certo?
    E se depois remover o Xubuntu?! Volta ao normal, o GRUB fica, também tenho que fazer alguma “reparação marada”?! :p

    Obrigado desde já pela ajuda 😉

    • rand says:

      1- Infelizmente deves ter que fazer recuperação do boot

      2- Sim e não, se instalares debian (e derivados), mint, ubuntu (e derivados), fedora, opensuse, entre outras distros sim, o boot loader é instalado de raiz e o dual boot faz-se sem problemas mas se usares por exemplo arch ou gentoo durante a instalação do bootloader tens que instalar um “plugin” para ele detectar os outros SOs, se removeres o SO linux apagando a partição do mesmo e o bootloader tiver na mesma partição sim, tens que fazer recuperação do boot ( http://www.sevenforums.com/tutorials/20864-mbr-restore-windows-7-master-boot-record.html ).

  17. Amarelo says:

    Como se procede para fazer upgrade do seven para o 8, tendo já o ubuntu em dual boot com o seven? Não querendo perder o ubuntu claro…

  18. carlos says:

    Não é mais pratico ter dois discos rigidos e instalar cada sistema num? Dá maior liberdade na gestão dos SO e discos.

  19. Burro Tosta says:

    Bem… não consigo fazer boot com o xubuntu pois quando carrego o usb atraves de UEFI ele premite-me a opção de sem instalar ou fazer a instalação sendo que qualquer das duas aparece a imagem do xubuntu a carregar dps muda para a linha de comandos (initramfs) com a informação de “enter “help” for commands…” e se carregar normalmente ele da a imagem do xubuntu e dps da erro (invalid access to Fat(entry 0x….)

    tanto com win 7 ou win 8 ou mesmo sem OS.

  20. cdcs says:

    Se o computador for recente (i.e. tiver vindo de origem com Windows 8) e tiver UEFI e secure boot activados é necessário uma distribuição com um kernel e bootloader assinados digitalmente. Não me parece que a versão actual do Xubuntu suporte isto. O Fedora 18 Beta está com o suporte a secure boot a 99% usando assinaturas da microsoft e próprias.

  21. Eu says:

    Só um aparte:eu uso actualmente o sistema de ficheiro ext4 em todas as minhas instalações de linux,sejam single ou dual-boot,mas desde que li o último boletim semanal do site Distrowatch sobre o ext4 comecei a pensar na possibilidade de erros,se bem que nunca me aconteceu nenhum problema até hoje! -http://distrowatch.com/weekly.php?issue=20121105#qa –

  22. JPedrosa says:

    Post organizado e bem explicado, como sempre do Pedro Pinto.

    Na realidade, está tudo na mesma, o Linux sendo instalado depois do windows, já à muito muito tempo que se dá bem.

    Uma sugestão, fazer um artigo para a situação inversa 😉

  23. sakura says:

    Bom post.
    “Uma sugestão, fazer um artigo para a situação inversa”
    Não sei porque o GRUB (bootloder) não é má de todo “boot all” Cluster s.
    Claro que tem que estar corretamente configurado, em Windows deve usar, chain-loading
    https://help.ubuntu.com/community/Grub2/CustomMenus
    “””Proprietary kernels (such as DOS, Windows NT, and OS/2) are supported via a chain-loading function.”””
    Ou usar o Windows em, boot.ini é só copiar o mbr do Linux par uma diretoria que o dos passa ler de /dev/sdax ext4 para c:\boot2\ …. Ntsf
    dd if=/dev/sdaN of=grub.bin bs=512 count=1 (Master boot record backup and restore).
    http://en.wikipedia.org/wiki/Dd_(Unix)

  24. Arcadiy Kulchinskiy says:

    Bom tutorial. Mas porquê Windows 8 versus ubuntu e não Windows 8 e ubuntu?

  25. Cagamelo Voador says:

    Então e se tiveres o xubuntu instalado e quiseres instalar o windows 8? O bootloader do windows não se vai sobrepor ao GRUB?

    Que eu me lembre, antigamente acontecia isso, por isso é que o Linux era sempre o último a instalar, porque o grub (ou lilo, ou outro bootloader) eram mais versáteis nesse aspeto.

  26. Newbie says:

    Acho um muito bom tutorial, mas contudo temos que ser realistas, já que quem quem usa linux “à séria”, não terá vontade de meter o Windows em paralelo. É necessário reconhecer que até mesmo ferramentas como o libre office já apresentam uma maior compatibilidade com o microsoft office, sendo que a única coisa que falta explorar mais é o factor do entertinimento. Contudo aplaudo a iniciativa do pplware, já que para além de um excelente blog de informática e conteúdos, já tende a funcionar como fantástico repositório de conhecimento informáticos e não só.

  27. Glink says:

    Boas vou só expor uma situação que me surgiu, e este tutorial não me parece que esteja a cobrir.

    Eu tinha o windows 8 instalado na maquina do meu irmão, e instalamos o linux mint ao lado, e o windows que até a altura funcionou bem, deixou de funcionar, pura e simplesmente não arrancava… isso ja tinha acontecido no meu pc mas pensei que fosse do hardware não ser compatível, mas como aconteceu num pc em que funcionava bem, não sei… :X

    eu pus o linux no meu(kubuntu 12.10) e o meu mano tem o Mint Maya + windows 7

  28. Simão says:

    Fiz mais ou menos a mesma coisa com Mint.

    Já vinha o 7 no pc e meti o Mint.

    Gostava de saber se alguém sabe de uma ferramente de customizar o grub.
    Antes tive ubuntu e o ubuntotweak fazia isso.
    Podia ter imagem no grub e dava para meter qual dos sistemas iniciava por defeito.

    O mint não tem o tweak.
    Também estou a ver se é uma boa distribuição linix pois tenho tido alguns problemas a aceder à rede, tal como nas actualizações.

  29. Paulo says:

    Boas, excelente artigo. Continuem 🙂 Só tenho uma dúvida. instalar o Xubuntu e usar, por exemplo, o Final Cut, será mais vantajoso e rápido do que utilizar um outro editor semelhante pelo Windows?

  30. Luis Santos says:

    Como utilizador de windows e agora que vou iniciar-me no linux, é sem duvida muito bom, obrigado!

    Agora uma pequena grande duvida, é possivel fazer um “triple”boot? lol ou seja w7, w8 y linux?

    Pergunto porque queria fazer dual com o 7 e 8, mas agora ao iniciar-me com linux, ficava logo com os 3.

    Mais uma vez obrigado.

  31. MArco says:

    Olá! Se depois de fazer o que está no tutorial e depois de testar, quiser regressar a ter só um SO como o Win8? Não é preciso reinstalar tudo? (windows8)
    Cumprimentos

  32. irlm says:

    depois de instalar linux “fedora por ex” eu já vi que a uefi bios tem um reset da chave certificada de fabrica e ela diz que há opçao de desligar ou fazer reset, queria saber o que acontece com este procedimento? posso voltar a instalar o win8 com a mesma chave.

  33. Luiz Carlos says:

    Boa Tarde,

    Tenho no pc win 7 e o ubunto 12, ja utilizo o sistema de dual boot, gostaria de saber se tem como realizar o mesmo procedimento e colocar mais um SO para rodar junto com os que tenho no meu equipamento, de inicio quero apenas experimentar o win 8.

  34. Sérgio Rodrigues says:

    No meu caso, no grub aparecem-me, para além das entradas do ubuntu, aparecem-me duas entradas para o windows 8. Referem-se a duas partições diferentes mas iniciam a mesma ( e única) instalação do Windows 8… Alguma ideia do que se está a passar aqui?

  35. Sérgio Rodrigues says:

    No meu caso, no grub aparecem-me, para além das entradas do ubuntu, duas entradas para o windows 8. Referem-se a duas partições diferentes mas iniciam a mesma ( e única) instalação do Windows 8… Alguma ideia do que se está a passar aqui?

  36. ElectroescadaS says:

    Mas pior do que este tópico descreve fiz eu. Passo a explicar a minha azelhice total:

    Como o PC de casa tava maluco (W7) decidi instalar o Ubuntu. Emperrou na instalação e instalei de novo e resultou. Como não atinava com o Ubuntu instalei depois o Xubuntu. Mas o problema não foi esse.

    O problema poe-se que tenho no meu PC 4 discos +1 emprestado onde no dia anterior andei a copiar para lá todos os documentos, imagens, musicas (no emprestado) etc. Ora eu não sabia que o Ubuntu me ia criar a partição de instalação nesse disco porque eu tinha de ideia que ia instalar no disco C (na Bios está configurado qual o disco de arranque).

    Asus P5B:
    http://tweakers.net/ext/i/1156145897.jpg

    Ora esta maldita board assumiu o disco que eu não queria formatar e lixou-me em grande estilo. Agora estou agarrado. Resumindo e concluindo voltei a instalar o W7 no disco C.

    Quando reparei no Ubuntu da cagada que fiz, abri o PC desliguei todos os discos menos o C para instalar. Mexi na boa no Ubuntu mas essa cena de instalar programas e correr o Second Life nada aconteceu. Como imaginei que o Ubuntu deve ser demasiado potente então reformatei o C e instalei o Xubuntu mas mesmo assim e sendo mais facil de mexer não consengui fazer grande coisa.

    Foi quando decidi instalar de novo o W7 e só depois de o instalar é que liguei os outros discos todos. Só estou mesmo agarrado é com o disco para onte copiei os meus ficheiros importantes… 🙁

    Linux é fixe mas não me meto noutra igual. Posso instalar noutro PC ou no VirtualBox mas mais que isso para já não (isto foi a semana passada).

    Neste momento com o PC formatado e instalado o W7 de novo e com a ajuda do poderosíssimo GetDataBack Fast consegui ir ao disco emprestado e recuperar TODOS os ficheiros que lá tinha guardado.

    Eu juro-vos que vou de novo malhar no Ubuntu e/ou Xubuntu que me pareceram ser ótimos SO mas no meu PC de casa será sempre o Windows 7 a bombar. Nem que monte outro PC com as peças antigas para “Ubuntar/Xubuntar” aquilo…

    Pronto, podem começar a gozar 😈

  37. Lino Lisboa says:

    Olá a todos. Estou com uma pequena dúvida que talvez me possam ajudar.

    Tenho 2 discos no PC. Um SDD só para Win7 e programas e outro para armazenamento. Gostava de saber se criando uma partição no 2º disco para instalação de uma distribuição Linux e utilizando este método de instalação, apenas com a diferença que no campo “Device for bootloader instalation” eu ponha o GRUB a arrancar nesta mesma partição isto vai fazer com que a gestão de arranque de um ou outro SO passe a ser feita pela prioridade de Boot da BIOS?

    Cumprimentos.

  38. irlm says:

    se eu limpar a partiçao do windows 8 juntamente com o certificado uefi e instalar o linux, e depois querer instalar novamente o windows 8 com Serie Number (certificado), posso faze-lo?

  39. Estrella says:

    Boa Noite, tenho uma laptop que esta com problemas no windows xp e não inicia, eu quero saber se fazendo dual boot com xubuntu vou conseguir acessar nas pastas dos documentos do windows para poder salvar os arquivos como imagenes, musica, etc… e a primeira ves que vou fazer isto mais acho otimo xubuntu, ja estive testando mais só modo de proba…

    Aguardo sua resposta.

    Graciass

  40. Arminda says:

    Pedro Pinto quero tornar-me boa em admin de sistemas operativos e preciso do teu conselho, obrigada.

  41. nmrc says:

    Boas a todos este tutorial e mesmo muito bom e andava a procura de alguma coisa deste género pois estou a pensar fazer dual com o win 7 e a caixa magica a minha duvida e se mais tarde tendo eu a senha original do win 7 e se arranjar uma copia do win 7 da net se consigo formatar o pc e usar a minha senha

  42. Alax Ricard says:

    Amigo este procedimento pode ser feito em maquinas que já vem com o Windows 8 Instalado de fabrica e queria instalar o Ubuntu 13.04?

  43. João says:

    Boa tarde,

    Antes te mais desculpem estar a “recuperar” um tema antigo, mas estou com um problema que ainda não consegui resolver e penso que me podem ajudar.

    Tinha o ubuntu 13.10 instalado na minha máquina, e de seguida instei o windows 8.1.

    Acontece que não me aparece o menu GRUB ao ligar, arrancando logo com o windows, e não queria estar a instalar novamente o ubuntu.

    Alguma ideia de como resolver?

    Obrigado.

  44. Pjunior says:

    Resolvi essa questão colocando dos Hds no meu notebook,
    usei um adaptador no lugar do leitor de CD, depois apenas instalei duas distros!

  45. D, M, says:

    Bom dá sempre jeito. Mas, e um tutorial para fazer dual boot com windows 8, mas usando o arranque do windows? Fica a sugestão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.