Quantcast
PplWare Mobile

Novas regras para o uso de drones podem ser problemáticas para alguns proprietários

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. PeterOak says:

    O DJI Mini 2 pesa 249 gramas, tem uma autonomia de 31 minutos e alcance de 10 km. Nos próximos 3 anos este drone vai vender que nem pão!

  2. O bastardo says:

    1) estas regras são para os EUA, na UE já existem outras regras e cada país tem a sua mais específica ainda;

    2) não vejo a relevância para nós, salvo quem for de férias vai precisar de ter um abaixo de 250g

    3) estas medidas apertadas são fruto dos “inteligentes” que teimam em invadir zonas proibidas, o resultado é este…

    • Vítor M. says:

      Por norma estas regras estendem-se a mais países, como aconteceu com o regulamento que foi adotado em Portugal. E sim tens razão, estas medidas são uma resposta aos “inteligentes” que teimam em invadir zonas que não devem.

      • Jaquim says:

        Bom dia Vítor,

        De acordo com o suporte ao cliente da anac, existe uma nova norma europeia digna de notícia a entrar em vigor dia 1 de janeiro e 2021 que poderá afetar drones com peso inferior a 250g.

        “Conclui-se assim, que o peso à descolagem é 249g, devendo o UAS em questão ser considerado um brinquedo à aceção do Regulamento da ANAC n.º 1093/2016, de 14 de dezembro. Por último, note que a partir de 1 de janeiro de 2021 entrará em vigor o Regulamento de Execução (EU) 2019/947, pelo que o UAS em questão poderá eventualmente ser utilizado na subcategoria A1 da categoria aberta face à norma transitória do artigo 22, pelo que será possível voar fora de espaço aéreo controlado até 120m AGL.”

        Obrigado

        • Vítor M. says:

          Bom dia.

          Obrigado pela informação. Tal como referi, estas entidades partilham algumas diretivas e se o peso entra já em vigor, com a evolução dos cenários de utilização, outras regras deverão ser também usadas.

          Obrigado.

  3. Jorge says:

    Qualquer dia temos que tirar o código da aviação, seguido de um exame de condução, para puder sobrevoar os recantos de Portugal.

  4. Luis says:

    Não percebi esta notícia…

    As novas regras significam que, a partir de 2023…
    As novas regras serão publicadas em janeiro de 2021 e entrarão em vigor 60 dias depois.
    em que ficamos? hum?

  5. Luis says:

    A partir de 2022, nos EUA, todos os drones com mais de 250g terão que contar com um sistema de transmissão da localização do drone e do operador.

    A FAA já revelou as alterações à legislação de voo de drones. A partir de 2022 todos os drones com mais de 250g serão obrigados a ter um sistema de transmissão que identifica a localização do drone e do operador, assim como o seu número de identificação, velocidade e altitude; e em 2023 deixará de ser possível voar drones mais antigos, a não ser que sejam equipados com sistema de transmissão idêntico – no entanto, não foram divulgados os requisitos técnicos, para se saber se esta transmissão poderá ser feita usando algo como Bluetooth ou WiFi, ou se haverá requisitos mais apertados a nível de distância de transmissão mínima, etc.

    Portanto, por agora não há qualquer alteração prática, mas os interessados num drone nessa categoria poderão querer assegurar-se que o seu drone estará apto para cumprir a nova legislação, para não se arriscarem a ter um drone que terá que ficar em terra por ser “ilegal”, já que não irão existir exceções para drones antigos ou de voos recreativos apenas para uso pessoal.

    Para não serem apenas más notícias, as novas regras passam a permitir o voo de drones à noite – desde que o drone conte com luzes de sinalização adequadas – e também sobre zonas com pessoas e veículos, mas ficando sujeito ao grau de perigo que o drone apresentar (como ter as hélices protegidas ou expostas, o seu peso, etc.)

  6. jafostes says:

    Acabo de comprar um Fimi A3 e venho ao pplware e tenho esta noticia…

  7. JAFOSTE says:

    Acho muito bem assim apanham os chicos espertos que vão para os aeroportos com eles. Depois os papás ricos pagam a multa. 🙂

  8. Daniel says:

    Mais grave eu acho que vao ser as novas regras europeias …..novas classificações de C0 a a C5 creio e a partir de 2021 tem que vir já inserido a etiqueta no drone…..para quem já tem drones ou mesmo comprou no decorrer de 2020 … A partir de janeiro 2023 já foste …..pelo menos para quem tem mavic 2 ou mavic air 2…. Passam automaticamente para a categoria A3 ( só podem voar a 150 m horizontais tanto de pessoas como locais recreativos ou habitação) por isso minha gente para já não comprem drones enquanto os fabricantes não lancarem modelos com esta etiqueta ‘”C” …..e já vos digo que pelo menos a dji não tem nenhum modelo com nova etiqueta ….o mini 2 não tem mas como pesa menos de 250g em 2023 fica na mesma categoria A1……vamos esperar para ver

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.