Quantcast
PplWare Mobile

MOBI.E quer instalar 10 hubs de carregamento de veículos elétricos

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. eu2 says:

    Pensei que queriam instalar 10 mil hubs de carregamento

  2. Jazz says:

    Não percebo como se vai gastar €€ em carregadores de 22 kw… Nem os de 50 são grande coisa. Ridículo…

  3. Jose Abreu says:

    Os carregamentos na rede pública são cobrados a um preço muito alto. Aliás fica mais cara a mobilidade elétrica do que a mobilidade a gasolina. Em regra temos os custos de carregamento por cada 100 km que atingem 5€/100km (15KWh x 0,30€/kWh + 0,50€). Ora um híbrido gasta 3,5€/100km (2,5L/100km x 1,4). Enfim, é o pais que temos.

    • Samuel MG says:

      Por isso é que sai mais barato carregar o automóvel elétrico em casa. Fica entre 10 a 15 euros os 400KM.

    • Jazz says:

      Se vires os preços da Ionity… Um roubo !

    • Hugo Sá says:

      Eu de elétrico gasto 8 euros para ir a Lisboa.
      Num carro a combustão gasto 100.

    • IonFan says:

      Concordo que o preço é um pouco elevado, principalmente nos carregamentos normais. Nos carregamentos rápidos aceito que sejam mais caros porque o equipamento e o fornecimento daquela quantidade de energia são mais dispendiosos.

      Mas reparei que tem ai um erro no calculo. Presumo que esses 2,5L/100km se refiram a um híbrido plug in e, por isso, falta calcular a parcela da electricidade que, caso seja carregada na rede pública, é aos mesmos 0,30€/kWh. Essa médias, normalmente, são conseguidas gastando toda a bateria do híbrido. Eu diria que tinha que adicionar uns 2,5€ para carregar os ~7kWh que costumam equipar esse género de carros.

      Num carro puramente a diesel, os mesmos 100km ficariam a 6,31€ (5l x 1,263€ [média do diesel simples no site “mais gasolina”]). Carregar um EV em minha casa à noite, fica por 1,5€/100km (15kWh x 0,10€).

      Infelizmente é realmente o pais que temos e ainda é muito difícil justificar o preço extra do EV para alguém sem possibilidade de carregar em casa.

      • Jose Abreu says:

        Eu tenho um híbrido plug-in a média combinada é de 1,4 L/100km (cerca de 40.000km/ano). Se for em híbrido puro, sem carregamentos, por exemplo viagens porto – lisboa – porto a média é de 2,5L/100km … 3,5 €/100km …… só compensa carregar em casa

        • IonFan says:

          Tenho que discordar com esses consumos do híbrido puro. No site da Toyota, no caso do Corolla 1.8 Hybrid, por exemplo, têm lá isto: “Consumo Combinado WLTP: 4,9 l/100 km”. E todos sabemos o quão optimistas são essas médias WLTP.

          O problema dos híbridos nas viagens grandes, principalmente em autoestrada onde não há muito espaço para regeneração, é que depois de acabar a bateria, que não demora muitos km, o consumo dispara. Isto acontece porque além de ficarem um carro a gasolina normal, ainda têm que transportar uns 150kg a mais de baterias descarregadas.

          Conheço quem tenha um BMW 330e e a média anda entre os 2 e 2.5l/100km, mas se a sua experiência é 1.4l, é óbvio que acredito.

  4. Hugo Sá says:

    Não esquecer que estas wallbox não são para quem não pode carregar em casa, pois se assim for também não tem sítio onde instalar a wallbox.
    Para já não compressa comprar carro elétrico se não se pode carregar em casa, mas quem tem um carro elétrico sabe que é muito prático carregar em casa.
    Mais do que ir a uma bomba de gasolina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.