PplWare Mobile

Galaxy Tab, HP Slate, iPad e BlackBerry PlayBook… e agora?


Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

  1. jesus says:

    Meu caro Vitor, permita-me fazer uma correcção no sentido de melhorar o seu artigo. a introdução ao HP Slate,onde se lê:
    «serrar fileiras», deve ler-se «cerrar fileiras». São palavras homófonas, mas o seu sentido é inteiramente diferente.
    Continue com o bom trabalho. Parabéns.

  2. ALL says:

    Sera q este mercado ira obrigar a outra guerra tal como acontece com os smartphones?

    E fica a pergunta no ar, pq raio tem de ser sp a apple a tomar a iniciativa das coisas, p dp andar tudo louco a tentar fazer algo igual ou melhor?

    • Vítor M. says:

      Visão de mercado?

      Não é em tudo, há segmentos que a Apple nitidamente observa, e estrutura um dispositivo para esse segmento mas com uma roupagem Apple, marketing em cima e grande qualidade de hardware.

      Neste segmento foi nitidamente avassalador o domínio. Mas penso que p mercado funciona e sempre funcionou assim. 🙂

    • UKN says:

      É bom que haja concorrência 😉

      Quanto à Apple … os outros andam a dormir … já existiam aparelhómetros destes … mas marketing e abertura ao público nada …

      A Apple chega, manda uns foguetes e as pessoas acordam e como a concorrência tava a dormir … é um sucesso … Os gajos do marketing deles são bons …

      • Ppietra says:

        Que exemplos é que dás de aparelhos idênticos que existiam antes do iPad?

        • Pedro Coelho says:

          Boas

          Dou o exemplo do touch book que sigo desde Junho de 2008 (Foi a primeira apresentação, ainda como protótipo) e que desde Março de 2009 se pode pré-encomendar com o preço de 299 dolares. Tem ainda uma versão que lhe acoplas um teclado e fica tipo um netbook, o preço já vai para os 399 dolares.
          Um dos engenheiros de sistemas na minha empresa já tem um, a venda ainda é a conta-gotas.
          O sistema operativo que trazia era o Gentoo, mas já o substituiu pelo Android e funciona que é uma maravilha, tem um imãn nas traseiras que permite “colar” no firgorifico e as pen USB são colocadas internamente (tem de se abrir a tampa traseira).

          • Ppietra says:

            ok! é sempre bom ter factos.
            Muitas destas pequenas companhias têm muitas dificuldades em colocar os produtos no mercado. Muitas vezes tb sofrem devido ao software.
            Por muito que se acuse a Apple de marketing o facto é que apresenta produtos com bom software, com boa funcionalidade. É isso que agrada às pessoas.

          • Tiago says:

            O que achas do touch book?
            Fica atrás em alguma coisa em relação a outros?

            Vi no site dele e parece bem interessante! Sempre usa o Ubuntu, que é precisamente o que queria…

  3. linux_fan says:

    Estes aparelhos são um telémovel comprido mas sem essa função, utilidade igual a zero…

    • ALL says:

      A sua utilidade n devera variar face ao utilizador, pergunto eu?

    • Vítor M. says:

      Bem pelo contrário, tanto estás enganado e completamente fora da realidade que as maiores empresas de software estão a produzir em força aplicações dedicadas aos tablets.

      Desde a área da medicina à construção civil, estão a aparecer muitas ferramentas para uma portabilidade sem precedentes.

      “Open your eye, the future has arrived” 😉

      Acho que formulaste mal a tua opinião, deverias ter dito “Estes aparelhos são um telémovel comprido mas sem essa função, PARA MIM TÊM UMA utilidade igual a zero…”

      Assim estaria correcto. 🙂

      • Miranda says:

        Concordo completamente…não fazes a ideia como faz falta um gadjet destes quando vais às obras…tenho que andar a imprimir desenhos que nem podem ser muito grandes – vejo-me fo*** para abri-los (tou a falar em tamanhos A0)…nem muito pequenos – não vejo os pormenores…depois um gajo tira notas, faz levantamentos e tem que passar tudo ao PC quando vens po escritorio…
        depois…no meu caso…para a mesma área tenho dezenas de desenhos…é impossivel andar com todos debaixo do braço

      • Ppietra says:

        Sim e não! Os tablet são sem dúvida muito mais que um mero smartphone, mas a forma como a Samsung está a fazer o marketing dá mesmo para dizer que aquilo é um smartphone gigante. Eles fazem questão de salientar que tb funciona como telefone – coisa que acaba por ser um pouco ridícula para este aparelho.

    • Viajante says:

      Que eu saiba o Samsung Galaxy Tab tem a função de telemóvel, por isso mais uma vez dá-se opiniões sem se conhecer os produtos!

    • Navyseal says:

      A utilidade em unidades hospitalares pode ser da mais variada, desde o pessoal clínico para consultar a ficha do paciente até ao próprio paciente poder usufruir para lazer ou mesmo trabalho.

    • Lourenço says:

      lol…, utilidade 0?!.., lol..

      vindo de alguém q usa linux!… (vazio n é?!…)….

    • viperbruno says:

      Tendo Skype e derivados para que quero eu pagar os balúrdios que as nossas operadoras pedem? 10€ para 500MB, vão levar… pizzas

  4. Tiago S. says:

    A questão mais importante… Para quando o iPad em portugal ? é uma vergonha que até aos dias de hoje este gadget ainda não esteja disponível no nosso País.

  5. Sarev0k says:

    na minha opinião, antes quero um tablet com suporte para windows/linux.

    Para iOS/android mais vale um telemóvel

    • Vítor M. says:

      Sim mas… onde estão?

      Tens sempre os UMPC

    • Ppietra says:

      Não sei se sabes mas quem tem um iPad e estiver interessado em aceder a programas do Windows, Mac ou Linux não tem grandes problemas. Basta ter acesso a um cliente virtual desktop (LogMeIn, Citrix, Parallels, etc) e já está. Não será perfeito, mas acho que será muito mais conveniente do que andarem a tentar adaptar os interfaces desses sistemas para os tablet.

      • Sarev0k says:

        Não tens internet nesse sitio ficas logo atado.

        Eu acho muito interessante um tablet para trabalhar, tanto em ambiente web como “desktop”

        • Ppietra says:

          Como disse não é perfeito, mas quem precisa mesmo muito tem sempre a rede 3G no iPad ou qualquer outro tablet (acho que já há no Android algo idêntico)!
          Não será por conspiração nem marketing que os tablet com Windows não são muito bem aceites, ou levaram a HP a mudar de estratégia. O interface simplesmente não é funcional nestes aparelhos para o consumidor comum.

  6. Ppietra says:

    Algumas correcções ao artigo: a empresa canadiana não é blackberry mas sim RIM; o tablet da RIM só deverá aparecer no final do primeiro trimestre de 2011, de modo que os únicos produtos que estarão disponíveis neste Natal serão da Apple e da Samsung.

    • Ppietra says:

      A HP tb parece já ter indicado que o slate (com Windows7) sempre é para avançar, mas será vocacionado e disponibilizado para o mercado empresarial, embora dê poucos pormenores.

    • Vítor M. says:

      Sim está descrito no texto que a RIM é que é a empresa, mas eu reforço para não haver dúvidas ou confusões.

      Vamos ver, a RIM está empenhada fortemente neste tablet, há algum zumbido de fundo à cerca deste tablet pois se for, como foi veiculado, para aparecer só daqui por um ano, está completamente desactualizado.

      Esperemos que a RIM consiga colocar cá fora ainda este ano… ou no primeiro trimestre.

      Quando a RIM disse que iria colocar um smartphones com multitouch cá fora, também o fez antes da data que a imprensa avançou… vamos ver desta vez se também será assim, visto o BlackBerry OS estar mais maduro (pelo menos no Storm II).

  7. Peter Panton says:

    O produto da RIM sairá até final do presente ano apenas em USA; Europa só para 2011.

  8. Arlindo says:

    O HP Slate promete! Arrasa com a concorrência, e visto que os preços devem ser iguais aos do Ipad é uma solução a considerar. Não podemos esquecer que o Windows 7 é um sistema operativo extraordinário (não que o iOS não o seja, simplesmente é limitado à Apple markt e nunca será tão versátil como o windows). HDMI e USB também é indispensável nos dias actuais. Não percebo o motivo da Apple não ter colocado USB no Ipad, enfim! O aspecto negativo é comum em todos, o Preço!!! É inadmissível pedirem tanto dinheiro por este tipo de tecnologia (processador 1Gb, 30Gb de disco e 512Mb/1Gb ram).
    Ainda assim acho que o Ipad vai vender extraordinariamente bem por cá!

    Cumprimentos a todos

  9. Luis M says:

    Olá a todos

    Relativamente a tablets tenho acompanhado um pouco as noticias e estou mesmo interessado no Archos internet tablet 10 polegadas. Ja aparece no site oficial, mas para venda ainda não. Parece-me a melhor opção preço qualidade.

    Alguém me pode dar uma opinião mais especializada sobre este tablet (archos)?

    O meu obrigado antecipado.

    • Alexandre says:

      Viva,

      Também estou à espera desse. À partida deve começar a ser comercializado em meados deste mês.

      Tem tudo o que os outros têm excepto ligação à rede móvel, mas com os routers portáteis da Optimus e da Vodafone, problema resolvido!

      Podes encontrar mais informações em:
      http://www.engadget.com/2010/08/31/archos-unleashes-five-five-new-android-froyo-tablets-we-go-h/

      Não sei se será tão bom como parece, mas estou ansioso para experimentar.

      • Luis M says:

        Oi

        De facto o archos parece-me uma excelente opção e com um preço espectacular (300 euros) mas estou um pouco de pé atras porque poucas pessoas estão a falar dele…

        Existe algum defeito que não estou a ver?

        Parece-me uma marca fiavel…

        • Alexandre says:

          Pois, não sei… Até agora os únicos defeitos parecem ser:
          – Falta de conectividade 3G;
          – Já há outras marcas com ecrãs AMOLED, e este parece ser um ecrã capacitivo normal;
          – Não vai ter acesso ao market da google.
          De resto, já vem com algumas aplicações pré-carregadas e outras que queiramos instalar temos que ter o trabalho de arranjar métodos alternativos ao Market.
          Passa filmes em 720p (que é a parte que mais me interessa), áudio, tem boa autonomia, WiFi, saída HDMI, leitor de cartões SD, USB host e slave.
          Estou à espera que comece a ser comercializado e tenho esperança que nessa altura a EnGadget (ou outros sites da especialidade) faça uma “full review”. Estes dispositivos são muito recentes e cada marca tem a sua abordagem. A Apple lançou um brinquedo caro (na minha opinião), a HP, um netbook com outro formato, a Samsung, um telemóvel grande… Este,
          pelo que pude ler até agora, é um “Portable Media Player” com um ecrã decente (que é o que eu quero). É difícil comparar com as outras ofertas porque parece ser um produto virado para outro segmento, e nesse aspecto, pessoalmente não tenho qualquer esperança que venha a substituir o meu portátil.
          De qualquer forma, a marca é uma boa marca. 😉

          • Luis M says:

            Bem, concordo com tudo o que dizes…

            Falta o 3g,(mas existem alternativas) o AMOLED a mim não fazia falta (ser capacitivo sim!!)e o market, não sendo um expert ja li que dá para contornar…

            Ler Hd e ter saida Hdmi é importante assim como a autonomia…

            Vou esperar então pelas reviews que possam aparecer, mas estou confiante até porque ja li boas reviews de outros tablets desta marca.

            Cumpts, obrigado pelo dialogo.

          • Maria Ines says:

            Isso da falta de acesso ao market resolve-se muito facilmente, como aconteceu com o Archos 5. Não te preocupes!!

  10. HyugaTS says:

    Boas,
    Já viram o ExoPC. Tem umas boas características desenhadas com a ajuda da comunidade do forum (http://www.exopc.com/forum/) e já vão nas pré encomendas(no entanto só para membros do forum).No entanto eles vão apenas comercializar o software (Exo UI – layer gráfica em cima do windows) e uma App store. Quanto a datas de vendas, as pré encomendas devem começar a ser despachadas a meio de Outubro e princípios de Novembro. Portugal é o 3º pais no mundo (e o 1º na Europa)a comercializa-lo através da probitas (http://www.probitas.pt/) com o nome MOBI ONE “Powered by ExoPC”. Procurem no youtube os vídeos com os protótipos (feitos por membros da comunidade e o CTO da ExoPC).

    Cumprimentos, HyugaTS

    • Ppietra says:

      O meu comentário é que deveriam alterar o ecrã inicial desse produto! É muito, mas mesmo muito confuso e um pouco assustador. Parece estar inundado de icons. Para encontrar o que se pretende é um pesadelo

      • HyugaTS says:

        Na versão final podes alterar o fundo do ecrã do UI e transparência da grelha. Se mesmo assim ainda for confuso podes sempre desactivar a UI e utilizar o windows 7 directamente. De qualquer maneira as pessoas que o testaram afirmam que é muito intuitivo.

  11. CinWeek.net says:

    O Samsung a 750€? Eu encontrei aqui (claro que o tablet não esta em Português) a 150€.

    http://goo.gl/sVuv

    • Ppietra says:

      Não liguem a este link! O produto não tem nada a ver com o GalaxyTab da Samsung.
      É só uma página com uma imitação chinesa. que por acaso diz ter um processador da Samsung.

    • Vítor M. says:

      Deve ser bom esse 🙂 Achas que com um ecrã capacitivo, sensores de movimento, GPS, antena wireless, antena Bluetooth, antena GSM, processador de 1GB… e mais umas quantas pérolas tecnológicas apenas custariam 150 euros 😀 era excelente, de facto, mas… naaaa, nem pensar. Na Amazon Alemanha, como deixo no artigo, custa 750 euros, cá, com o Iva a 23%… deve ir para os 800 euros 😉

      Estes exemplos mostram como o iPad está efectivamente a bom preço, ao contrário do que se andou no inicio a dizer.

      Quem venha atrás que faça melhor!

  12. Rui "ALL" Sousa says:

    Então e já q estamos a falar da concorrência, acham q o iPad 2 ira ser apresentado em Janeiro tal como o seu antecessor? É bom q existência de concorrência em prol de obrigar a Apple a colocar o seu iPad melhor, uma vez q p mim há vaias coisas q o mesmo pode ser melhorado entre elas o retina display e mais RAM.

  13. Nuno José says:

    E agora????

    Fácil, esquecer todos este e esperar pelo Adam da Notion Ink.

  14. joão says:

    Playbook… Sem duvidas.

    • Ppietra says:

      sem por em causa que no papel o Playbook tem o melhor hardware, mas é quase a mesma coisa que dizer que se prefere o iPad2 ao iPad… o produto ainda não existe, e terá provavelmente concorrentes idênticos quando aparecer!
      Será o software que decidirá

  15. Pedro Pinto says:

    Bom resumo !!!
    Assim o pessoal fica com uma ideia de tudo o que anda por aí neste segmento

  16. Filipe says:

    a MS é q podia por cá fora o courier… era o primeiro a compra-lo

  17. Navyseal says:

    Até nem me importava de ter uma coisa destas, contentava-me com acesso à internet, capacidade de ler ebooks em pdf, boa autonomia e portas USB.

    • Vítor M. says:

      Esquece as portas USB 😉

      Com acesso à net, as portas USB não são necessárias. Além disso, a possibilidade de contaminação destes dispositivos com malware fica altamente reduzida.

  18. R3volution says:

    470€ o Ipad?!! Isso está correcto?!

    De qualquer forma, acho os preços extremamente sobre-cotados… depois deste “boom” aí sim, pondero a aquisição de uma coisa destas em detrimento de um netbook.

  19. Frederico Valério says:

    Boas,

    se quiser jogar poker com o software dos sites de poker mais conhecidos, ou seja, se quiser um Tablet que corra executáveis .exe do Windows…

    O HP Slate faz isso?

    Ou deverei esperar um pouco mais pelo Natal, deve sair de outras marcas.

    Quero algo q nao invente muito, apenas que seja touch obviamente, mas que seja preciso (para não me enganar a escolher cartas) e corra o que falei em cima…

    Cumpts e Obrigado

    • Vítor M. says:

      Não me parece. Neste momento o Slate ainda é apresentado nalguns canais com o Windows 7, mas não será. A HP adquiriu a Palm e será o SO da Palme, o WebOS a equipa i Slate. Logo, os executáveis .exe não serão possíveis de serem instalados.

      • Nuno José says:

        E ainda bem, mas para quando os consumidores começam a mandar no mercado e não o contrário? Não boicotar os produtos M$ e os que funcionam em windows é um erro dos consumidores pois só estão a continuar a que a não interoperabilidade co0ntinue e mesmo para os utilizadores M$ isso é mau.

    • Ppietra says:

      Acho que eventualmente terás muitos desses programas com versões em vários tablet. Se há coisa que não vai faltar é pessoas e empresas com ideias novas ou recicladas adaptadas convenientemente para estas plataformas.
      É por isso que tb não faz muito sentido estar a querer enfiar o windows neste formato.

    • Frederico Valério says:

      Obrigado pelas respostas desde ja,

      mas isto isto não faz muito sentido, estar a fragmentar o mercado, agora vai haver programas para tudo em especifico que coisa mais ridicula.

      Cada plataforma deveria dar um modo compatibilidade pelo menos, de que serve comprar uma coisa destas se temos de estar agarrados ao software proprio para cada um…

      A meu ver retira a função mais importante e mais esquecida destas tablets que é ser PRÁTICO e Simples.

      Enfim…o mercado evolui mas o consumidor não.
      Sinceramente esta pergunta que vos fiz foi-me feita por várias pessoas que na realidade querem usar isto como um computador, que o é. Não existe resposta para este enigma de mercado…será que alguma marca sonante vai ter esta brilhante simples ideia? Fazer algo para o consumidor realmente…

      Cumpts e Obrigado

      • Ppietra says:

        ??
        De que modo é que isso é diferente de teres versões para Windows, Mac ou Linux!?
        Quando se tenta forçar algo normalmente fica-se com remendos, ou com algo muito imperfeito. Poucos programas de desktop têm uso conveniente nesta plataforma, pois não estão adaptados – forma de interacção e tamanho. Os paradigmas são diferentes.

        • Frederico Valério says:

          Não vamos ser crentes, isto não é nada Mac ou Windows ou Linux. Nem pode ser. Isto é uma pequena gadget que tem de ser feita a medida do que o consumidor deseja e usa.
          O que usam os consumidores diariamente, e em que percentagem?

          Vai-me dizer que não pode usar .exe´s ou software do windows pois não é adaptado, então vai usar o que??????
          É o software no Mundo que se vai adaptar a isto e não o inverso. Realmente então só daqui a 2 anos iremos ter alguma coisa decente.
          Dou um exemplo de fail por estas condições…quando veio o VISTA sem compatibilidade de software´s, e no Fim foi o Vista que perdeu a batalha com EPIC FAIL para a história (embora agora com o SP2 esteja mais estável).

          • Ppietra says:

            Olha para a variedade e qualidade de programas que já existem no iPad, ou mesmo no Android e iPhone. Satisfazem vários nichos de mercado. Para Poker tens dezenas de programas ou mesmo centenas.
            Não se pode é esperar que um aparelho destes seja como um mero computador portátil, e que por artes mágicas o Windows (ou Mac ou Linux) e os seus programas sejam excelentes nesta forma de interacção. É só olhar para a pouca aceitação dos tablet que a Microsoft promoveu.
            Se as coisas não estiverem bem adaptadas para um novo paradigma, as pessoas simplesmente preferem continuar a usar o que já têm e da mesma forma que já fazem, para evitarem dores de cabeça desnecessárias.
            Daí que, por enquanto, para muita gente, um aparelho destes não substitui totalmente um computador.

          • Frederico Valério says:

            Aceito a tua visão das coisas, faz sentido é claro mas o que eu defendo é muito simples…

            Façam as coisas para que seja realmente prático e não complicar à procura de alternativas, apps etc…

            Quem quiser usar essas apps desenvolvidas directamente para o aparelho use, mas quem quer dar extensão ao uso de software que usufruiu e muitas vezes depende, usa diariamente.

            Quando falei em Poker não falei a brincar, estamos a falar de gente que faz dinheiro a jogar, em sites de jogos de poker Mundialmente famosos. Não adianta eu ter 200 alternativas quando eu preciso de usar aquela especificamente…

            O Homem é que tem de mudar ao sabor do vento da tecnologia, não concordo. Chegamos a um ponto de evolução informatica que já se começa a complicar as opções em vez de ajudar e ser prático.

            Pensem nisto, talvez aqui não haja essa abordagem menos Geek (eu próprio me considero com 15 anos de experiência), deveriamos parar para pensar e não defender ideias complexas em detrimento do simples e útil.
            Desculpem se me repeti…

            Apreciei o teu ponto de vista, e gostei de ler, tem fundamento, mas o que e defendo é que haja OPÇÕES e para já não existe e cada vez menos tende a existir. Design e Imagem e esquecemo-nos do essencial.

            Obrigado com os Melhores Cumprimentos

          • Ppietra says:

            Eu acho que percebo o que queres, mas na minha opinião se queres continuar a usar o programa que tens então continua a usar o teu computador. Se ainda não existe para outra plataforma não há alternativa..
            Eventualmente aparecerá algum tablet novo com Windows, mas pode não ser agradável a experiência com alguns programas.
            Acho, no entanto, que estas a ver as coisas numa má perspectiva. O software esta sempre a evoluir e normalmente com boas razoes. Se assim não fosse ainda estávamos com o DOS. E tb não podes esperar que novas plataformas criem o que tu pedes. São os programadores dos teus programas que têm de fazer esse trabalho, caso contrário perdem para a concorrência.

  20. Pedro says:

    [Comentário removido por ser estúpido!!!]

  21. João says:

    Ficava-me pelo HP Slate.

  22. dc says:

    Os gajos da Samsung andam armados em xulos! Já estava aqui todo contente, de que pelo menos gastava 500€ no máximo num Galaxy Tab, mas por 700€ mais vale comprar um iPhone 3GS usado, e um iPad!

    Com esse preço ninguém compra, nem que eu pegue em 10.000€, vá a Espanha comprar iPads, e vendo aquilo à frente das lojas da Vodafone, só para eles perceberem que com esse preço, ninguém compra Galaxy Tabs!

    É que nem o compro por causa do Android nem do tamanho, e muito menos pela bateria, a única coisa de interessante é mesmo o suporte de video-chamada! Algo que uso bastante, e num Galaxy Tab seria uma experiência melhor do que a treta do Samsung M1.

    E pronto… O Português é desenrascado e desenrasca-se com o iPad!

  23. scheldon202 says:

    “o iPad é, sem sombra de dúvida, um produto revolucionário e mágico.””

    Faltou as aspas de ironia.

    • aver says:

      Leva um certo tempo até se aceitar que um iPad não é um computador e perceber para o que é que serve. Passada essa fase, pode-se dizer sem ironia, que é um produto revolucionário – ou melhor, algumas apps tornam-no num produto revolucionário, como seja:

      – RSS e News: River of News, Flipboard, NPR, MacLife
      – Livros: iBooks, Stanza,Kindle, FreeBooks, Comics
      – Internet e browsers: Perfect Browser, Dropbox, TeamViewer, LogMeIn
      – Redes sociais: IM+, Twitter, Friendly, Skype
      – etc, etc, etc.
      Pode-se dizer, “Ah, mas também há para smartphone”. Haver, há, mas não é a mesma coisa. Os tablets vieram para revolucionar o mundo da comunicação.

      A via tabletes+sistema operativo para smartphone+apps, como o iPad, é uma fórmula de sucesso. A mesma fórmula também deve dar no Android, resolvida que seja a questão da (des)organização entre fabricantes/ modelos/ versões do Android/ marketplaces.

      A única questão aqui é saber se tablets com sistemas operativos de computador (os tablet PC de que antes se falava, com Windows, Linux, etc) também podem ser bem sucedidos.

  24. zp says:

    Mais notícias sobre tablets…há quantos anos se fala sobre tablets, mas no mercado europeu…NADA!… VENHAM ELES!!! Bom artigo para guardar e mais tarde comparar…quando estiverem à venda!

  25. Sketi says:

    Na tabela, tapem os nomes dos produtos, e escolham a melhor opção, sem olhar para a marca, desculpem amantes de maçãs, mas o ipad é o pior. Eu gosto muito da apple, mas não sou fanatico..

    • Lourenço says:

      Eu gosto muito da apple, mas não sou fanatico..

      mas o que é que escolher tablet tem a ver com gostar ou não da maçã?!..

      possuir um portatil Azus…
      um rato e teclado logitec
      um telemovel nokia
      um mp3 zen creative!
      e tablet HP..

      não é a mesma coisa do que ter 1 macintouch um magic mouse, um iphone, um ipod, e um ipad

      mesmo que muitos ainda achem que sim!…

      • Sketi says:

        tipo olha para a tabela e pensa, o ipad nao e absoluto, muito pelo contrario. eu sei que gostas muito, deu para perceber, mas em termos de preço/qualidade o melhor, na minha opinião baseada na tabela disponibilizada, é o hp.

        nao estou a dizer que apple va lançar um ipad que ultrapasse os outros tablets, alias, estou a espera que a maçãzinha fassa isso +.+ xD

        • Ppietra says:

          Dá para perceber todos os argumentos, mas o facto é que o iPad é o único produto actualmente disponibilizado, há já largos meses. Assim é fácil aparecerem produtos novos que no papel parecem melhores.
          Ou talvez não seja assim tão fácil, pois a própria HP decidiu mudar de rumo e já não acha que o slate estivesse à altura do iPad.
          Nisto é o software que acaba por ser importante!

          • Sketi says:

            Não sei, sinceramente acho que a única maneira de realmente saber qual é o melhor é passar dois ou três meses com cada um e depois decidir qual é o melhor.

            Fiquei impressionado com o facto do ipad ser o único a não usufruir de multi-tarefas. E irrita-me o facto de não ter memória espancivel. Uma câmara para video conferencia nao fazia mal nenhum.

            Tal como disse antes esperemos pela nova versão.

  26. Pedro M. Pinto says:

    Na minha opinião uma coisa é certa: sendo melhor ou pior o ipad é aquele que serve de comparação para todos os outros.
    Estou à espera da versão 2 (acho mais racional esperar pela 2ª geração de um produto Apple, tendo em conta a história) e de certeza que vem um cá para casa.
    Uma coisa que o ipad tem de muito bom são as aplicações (a adesão à appstore é enorme – isso pode ver-se pelas aplicações desenvolvidas por empresas portuguesas mesmo sem o ipad estar à venda em PT).
    Por exemplo, falaram no Archos mas sem acesso ao market fica capado à partida.
    Quer queiram quer não o ipad é uma certeza, os outros ainda estamos para ver.
    E não sou fanboy Apple. Apenas deles tenho o ipod touch.

  27. irlm says:

    ainda faltas analisar o toshiba Folio

  28. Miguel Silva says:

    Olá,

    Se quiserem conhecer uma marca europeia visitem http://www.ibd-aut.com/en/home.html .
    Esta empresa tem tablets robustos, para utilização industrial (por exemplo ver desenhos no meio de obras), e outras aplicações (hospitalares, barcos, etc) e recentemente lançaram um pequeno tablet nesta gama que está a ser discutida: Future.Pad 101 MT-C.

    Configuração recomendada: ATOM 455 1.66GHz, W.LAN/ BT/ 3G HSUPA/1.3 Mp/2 USB/1 mini-VGA / microfone/ colunas/ vga/ micro-SD slot/ on-board 1GB RAM / 16GB SSD, com Win7 pré-instalado (suporta ainda Android e Meego (linux ainda não sei), fica por uma valor próximo de 800€+IVA (ainda estou à espera de confirmação).

    Tecnologicamente é interessante, um pouco caro admito, mas tal como foi dito aqui antes, depende da utilização que cada um lhe dá.

    Cumprimentos,
    Miguel Silva

  29. pedro says:

    Que má selecção de vídeos, por exemplo no video do HP Slate e do Samsung galaxy apenas 30 segundos??? Será que estão com medo de mostrar a verdadeira capacidades destes tablets???
    Mas já reparei que este artigo foi feito pelo Vitor M. por isso já era de esperar!!!

    • Ppietra says:

      Mas que ideia mais estúpida! São os videos oficiais das marcas, de produtos que ainda nem estão disponíveis para o público. Talvez fosse melhor espalhares a tua indisposição doutra forma.

  30. Ciro Espítama says:

    Só uma pergunta: Onde se encontram esses IPads a € 470???? Já procurei em tudo que é sítio da Internet e o mais barato que encontrei foi por € 461 o de 16 GB sem 3G (em Inglaterra). Se assim for, não se pode comparar com Galaxy Tab que vem com 3G.

    • a Friend® says:

      Não tem 3G mas é maior, tem mais qualidade, tem um sistema melhor e tem aplicações melhores. E por mais cerca de 90 euros mais já se arranja com 3G integrado, o que acaba por sair novamente mais barato.

  31. Sketi says:

    Os preços estão um bocado mal.. O samsung galaxytab custa 600€, faz tudo o que o ipad faz, tão bem como ele ou até melhor, e tem mais que o ipad.

    O preço do ipad varia muito conforme as funcionalidades integradas(3g, wi fi, memoria etc) o ipad com todas as funcionalidades custa tanto como um samsung galaxy.

    Galaxy tab wins 😉

  32. Paty says:

    Por favor comentem o toshiba folio. obrigada adoro os vossos comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.