PplWare Mobile

HP compra a Palm por 1,2 mil milhões de dólares


Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

  1. bigkax says:

    Pergunto-me se a Hp vai usar o webOS ou um OS baseado nele nos seus slates…
    “O sistema operativo inovador da Palm fornece a plataforma ideal para ampliar a estratégia de mobilidade da HP” será que esta estratégia se limita aos smartphones ou a uma alternativa ao Windows…

    • Alque says:

      A melhor coisa que a Palm tinha era o seu WebOs por isso se a HP for no mínimo inteligente vai usar o WebOS.

      Não tava á espera que a HP fosse comprar a Palm.
      Mas pronto, preparense para ver ainda mais dispositivos parecidos com os da Apple, sim, porque agora a HP faz tudo quase igual á apple.

  2. DeuX says:

    Desde que não venha cheio de “crapware” como os portatéis da HP, quem fica a ganhar é o cliente. Quanto maior a concorrência, mais variadade e melhores preços -> O cliente fica a ganhar. Quanto a ser líder de mercado, acho isso muito dificil, quer a Apple, quer a Google já têm posições firmadas no mundo dos smartphones que não serão “roubados” tão cedo.

    • Street Racer says:

      Mesmo!!! O que MAIS detesto é que a HP traz só CRAPWARE, programinha para aqui, programinha para lá, e sem falar na publicidade que aquilo traz.

    • Vítor M. says:

      Concordo contigo sim, a concorrência é salutar.

      Quanto às posições firmadas nos smartphones por parte da Apple e da Google, não podemos deixar de acrescentar que no mercado empresarial a HP tem muito mais mercado com os seus PDA’a e outros dispositivos móveis.

      Mercado facilmente convertível o que não a deixa nada atrás das marcas que apontaste.

      Quem fica aqui um pouco “balanceada” é a Microsoft que perde um aliado estrategicamente colocado nesse segmento onde o Windows Mobile sempre foi forte.

      Mas os mercados são mesmo assim, quem manda é é o NASDAQ.

  3. Nuno José says:

    A Palm tem outra coisa. O BeOS.

  4. Street Racer says:

    OFFTOPIC

    E o UBUNTU? A que horas é lançado? Ninguém sabe?

  5. Vasco Silva says:

    Será que a próxima compra da HP vai ser a Microsoft?????? Era Interessante:-)

    • Luís Santos says:

      Achas mesmo seu maluco?! Lol… mas era interessante eheh

      • Maluco por que? A HP pode sim comprar a MS.
        Condições ela tem. O fato de o Bill Gates ser ou quase o homem mais rico do mundo não quer dizer que a MS seja a empresa mais cara do mundo.
        Tem diversos analistas que dizem que isso pode acontecer.

        • Vítor M. says:

          Atenção!

          As empresas não podem compram quem e o que querem. Há regras nos mercados que estipulam essas aquisições.

          Por exemplo, a Microsoft nunca poderia comprar a Apple, não é que não tivesse poder financeiro, mas as regras do mercado não permitem.

          A Microsoft não pode comprar o que lhe apetecer, assim vale as leis para as outras empresas.

  6. Pedro says:

    “Esta aquisição vem confirmar o interesse da HP no sector dos smartphones, mercado em crescente ascensão, onde a HP não tinha presença.”

    http://h10010.www1.hp.com/wwpc/pt/pt/ho/WF02a/215348-215348-64929.html

    Só se presença para vocês for sinónimo de quota de mercado. aí compreendo!

    • Vítor M. says:

      Obviamente que se fala em quota de mercado. Não podemos esquecer, como já referi em cima, que ao nível empresarial a HP está fortemente representada com dispositivos do tipo PDA, Palmtop, entre outros. Há também a presença da marca californiana no segmento dos smartphones mas sem quota significativa no actual e crescente mercado “social”.

      Ora é precisamente para aumentar essa quota nesse especifico mercado (além da aposta nos “tablets”) que a HP faz este investimento brutal.

  7. fran says:

    a longo prazo, os grandes em smartphones, vão ser os grandes da tecnologia.

    smartphone é o futuro.

    vejo um futuro dividido entre: Google, Apple, Microsoft e HP

    • Vítor M. says:

      Estás a focalizar apenas o mercado norte-americano e europeu, não te esqueças que na Ásia há marcas muito poderosas e que valem provavelmente mais que algumas apontadas no teu comentário. Depois nunca deves, na minha opinião, marginalizar marcas poderosas, como a Nokia e a Sony… 😉

      • Viper says:

        … sem esquecer a HTC que está neste momento, se não estou em erro, na 4ª posição em termos de cota de mercado dos smartphones, sendo que o grande handicap desta é de facto não ter um sistema operativo próprio, utilizando nos seus terminais o windows ou o android.
        De facto li rumores á uns tempos atrás que a HTC estaria interessada na compra da palm e esta poderia ter sido de facto uma mais valia para a HTC para colmatar o facto de não ter um OS próprio.

      • aver says:

        Bom, as notícias dão o iPhone com 72% de quota de mercado de smartphones no Japão.

        http://bit.ly/aGoqun

  8. jmtdstoc says:

    Fico contente que o WebOS não morra com as dificuldades financeiras que a Palm atravessa actualmente. Espero que a HP internacionalize e dinamize o WebOS porque trata-se de um sistema operativo excelente para smartphones, ao nível do iPhone OS (ou melhor, dependendo das necessidades de cada cliente).
    O Palm Pre foi um produto fantástico!!!

  9. Guilherme says:

    O valor correto é 1.2 bilhões de dolares e não “milhões”. Se algum banco me emprestasse 1.2 milhões de dolares EU teria comprado a Palm e pagaria o banco no dia seguinte. Sonhar não faz mal…

  10. Tiago says:

    Em $, ou seja, na América 1 bilião não é o mesmo que mil milhões …

    • aver says:

      Nos EUA 1 bilião = 1000 milhões
      No Brasil 1 bilhão (é mesmo bilhão, não é bilião) = 1000 milhões
      Em Portugal e na maior parte dos países europeus
      1 bilião = 1.000.000.000.000
      P.S. O bilião PT não serve rigorosamente para nada, em termos práticos.

  11. a Friend® says:

    Resumidamente esta noticia só me faz pensar: HTC virada para o Android, HP virada para o Palm com o uso mais que provavel do WebOS …

    Empresas de grande aliança com a Microsoft, será que o Windows já não é satisfação para os Smartphones e Slates/Tablets? 😉

  12. BrunoG says:

    As acções da Palm subiram só 26% num dia…

    http://www.google.com/finance?q=palm

    • Armando says:

      É bom, mas dadas as perdas anteriores não é muito. Acho que na altura que o Bono (U2) adquiriu parte da empresa, pagou um pouco mais de 8.5$ por acção. Já podem ter uma ideia das perdas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.