PplWare Mobile

Escolhas Pplware 2013


Autor: Maria Inês Coelho


  1. Carlos says:

    Eu tenho um problema com o S4, o ecrã está um pouco torcido, ou seja, o ecrã está “levantado” num certa parte em relação ao corpo, mas como a samsung quer esconder tais problemas, pediu-me para levar à assistência, será que me resolverão o problema?

    • Jonhy says:

      Esse problema já eu tive num samsung SGH-I900. Resolverão da maneira mais fácil, super cola nele. Isso é a qualidade da cola na película touchscreen que está a perder o efeito.

  2. Jose says:

    Que vergonha, a Google é a marca que tem feito mais asneiras ao logo do ano, e é eleita marca do ano aqui, já para não falar do Google+, que nem vale a pena dizer nada.

  3. Carlos says:

    “porque algumas características a colocam num patamar acima: mais poderosa,”

    É, mas se os jogos forem concebidos para o hardware mais fraco, e vão ser porque toda a gente vai continuar a lançar jogos para a PS 3 e para a Xbox 360, não vai fazer muita diferença. Pelo menos não para já.

    O resto é FUD, senão vejamos:

    “não obriga à utilização de uma ligação à Internet”

    A Xbox One também não precisa estar ligada à Internet. Só precisa da ligação à Internet pelas razões óbvias: para se instalar os jogos, para instalar atualizações e para os jogos multiplayer. Exatamente o mesmo que a PS 4. Há uma diferença, em alguns jogos singleplayer, se houver uma ligação à Internet, podem usar os serviços online, por exemplo no caso do Forza 5 para partilhar estilos de condução e melhorar a inteligência dos condutores controlados pela consola.

    “não tem taxas para utilização de jogos usados”

    A não ser que o fabricante do jogo decida cobrar, coisa que a Sony já disse ser possível com a licença nova da PS 4. Curiosamente ninguém reparou nisso…

    E bom, no Steam nem sequer dá para vender os jogos ou sequer dá-los a outra pessoa, e ninguém se queixa disso.

    “não está bloqueada à região”

    Exceto o leitor BlueRay, e os conteúdos que os donos dos direitos decidirem bloquear. Se bem que a Sony tem a vantagem de ser dona de vários produtores e canais de TV e da Universal.
    De resto, os jogos da Xbox One também não têm nenhuma restrição de região.

    “entre outras limitações”

    Como por exemplo?

  4. Ricardo Antunes says:

    A justificação da escolha entre PS4 e X1 é hilariante, eu sei que estamos em Portugal mas por amor de deus

    • diogo says:

      pois.. é preciso não esquecer que a xbox one traz kinect incluido e mais funcionalidades extra consola.

      Contudo concordo que em portugal a ps4 domina.

      O resto da votação parece-me acertada e estou contente por a ver a Motorola a resurgir.

    • Hugo Cura says:

      Basta ires ao Google, pesquisar por “ps4 vs xbox one” e ver os resultados de imagens que tenham tabelas.

      • kekes says:

        É relativo. Mas na questão do preço não se pode dizer nada pois a Xbox tras o Kinet e o equivalente da Playstation faz o valor da mesma subir até preços semelhantes.
        As demais coisas vamos ver no que dá no futuro, pois a 3 era mais potente que a 360 e depois viu-se o que se viu e terminam por ser todas semelhantes.

      • Zukay says:

        Só devem estar a brincar… Outro patamar? ai nossa o pplware a colaborar com a psland.
        Mais, a X1 essa sim esta noutro patamar. Desilusão pura. Não por serem os meus gostos mas pela justificação. Só vos dou estes argumentos.
        Ps4 – Hardware mais poderoso? sim mas nem se nota nos utilizadores comuns.
        X1 – Kinect, a maior revolução dos videojogos.
        Xbox Livre – Pago é verdades mas querem comparar o serviço? Olhem enfim. E mais a PSN vai passar a ser paga. Justificação rota, rota, rotinha. enfim. Desiludiram.

        • HB says:

          A XBOX ONE além de ser menos poderosa que a ps4 é um enorme caixote. Eu se quiser ter um PC na sala compro um a meu gosto e melhor que a XBOX ONE. Não contentes com o enorme caixote que a consola é, ainda assim nem tem fonte de alimentação interna,fonte essa que é mais um tijolo. A PS 4 é melhor em todos os aspectos inclusive no que referi, tamanho. A PS4 é mais pequena que a PS3 slim.

  5. Bruno says:

    Google a dominar. Mas elegerem o Google + parti-me a rir.

  6. Nuno says:

    Façam um artigo sobre dogecoins

  7. NewJ says:

    Estranho como a Microsoft não está entre as 3 marcas do ano de foi de longe a que mais evoluiu em 2013, ao ponto de ganhar terreno no setor móvel e liderar no S.O.

  8. NewJ says:

    Também gostava que me dissessem em que é que o Android 4.4 é melhor do que WindowsPhone8..

    • Hugo Cura says:

      Que tal começares por dizer em que é que o WP8 é melhor que o Android 4.4? 🙂

      • Nelson says:

        Olha, por exemplo, para começar, não vai abaixo quando recebe muitas SMS classe zero.

        Para continuar, funciona bem, mesmo com 1GB de RAM, ou até menos! Imagine-se! 1GB de RAM!

        Ou pelo facto de ter quase todos os dispositivos no mercado wp8 a correr a última versão…

        Ou por ter uma store, onde a Microsoft testa as aplicações, e identifica as que podem ser danosas para o utilizador (malpare), já que é uma verdadeira loja, não um repositório.

        Ou por ter uma interface constituinte por todo o sistema…

        E pelos programadores terem acesso a excelentes ferramentas de desenvolvimento, incluindo documentação ao mais alto nível e ferramentas de depuração e análise a milhas do que há para android…

        Se isto não bastasse então para que é que existem “RAM boosters” ainda para android?

      • NewJ says:

        Quanto mais utilizo wp8 e Android, mais fico “agarrado” ao WP8, a fluidez do todo o sistema é viciante.. Não falo da velocidade em testes etc, falo na utilização geral.. Como as app estão a aparecer e a serem atualizadas dia a dia, é cada vez mais um s.o. mais eficiente.

        • Nelson says:

          Neste momento é preciso ser-se mesmo totó para ir para android, quando por preços dos telemóveis de terceiro mundo, já se compra um Nokia muito decente, com interface agradável, fluida e estável…

          • Green says:

            Olha lá que versão do Android e que telemóvel usaste para comparares com o WP8?

          • Nelson says:

            Galaxy Nexus

          • ElectroescadaS says:

            Tótó ou não a verdade é que os Tablets na sua maioria trazem o Android de origem. Quando comprei o meu BQ Curie até que eu adoraria que trouxesse Linux de origem, não porque sou fã de Linux mas que poderia entrar nesse mundo numa máquina á parte sem precisar de remover o Windows do meu PC…

      • NewJ says:

        Já tentei dizer, mas hoje está difícil.
        Utilizo diariamente wp8 e Android 4.4, e cada vez mais rico “agarrado” ao wp8, a fluidez em tudo é impressionante, não estou a falar em teste de velocidade etc, falo na fluidez geral do sistema que é viciante até.. Aa apps e as atualizações das mesmas aumentam todos os dias, e cada vez tenho menos necessidade de recorrer ao Android, por algumas apps que me faziam falta.

        • Hugo Cura says:

          Pois eu utilizei o Lumia 1020 durante vários dias e senti-me de “mãos atadas”, faltam imensos recursos a que estou habituado e, para já, está longe de conseguir substituir o Android.

          Desde a forma como lida com emails, a inexistência de um local digno para notificações, o acesso rápido a opções de energia, a organização dos items na lista de definições é miserável.

          A fluidez é fantástica, isso não há dúvida, mas os recursos que estão a correr são mínimos em comparação com o Android.

          As aplicações no geral são mais incompletas, para as que existem, pois há ainda falta de muuuuuitas aplicações de serviços populares e que ainda não surgiram para WP.

          Se está no bom caminho?! Sim está, sem dúvida, mas longe de merecer a escolha 2013, onde o Android foi elegido por nós com um resultado maioritário. Ainda tem muito que penar para chegar ao Android ou iOS.

          • NewJ says:

            São opiniões, algumas coisas de acordo outras não. Eu prefiro wp8 a todos os níveis e acho que Android é que tem muito que evoluir para se tornar tão eficaz e viciante de utilizar como wp8

          • NewJ says:

            São opiniões, algumas coisas de acordo outras não. Eu prefiro wp8 a todos os níveis e acho que Android é que tem muito que evoluir para se tornar tão eficaz e viciante de utilizar como wp8

          • Nelson says:

            O WP ainda não tem central de notficação, mas o Android também ainda não tem notificações nos ícones.

            Sabes o que é que o WP faz (e o iOS também), que o android não faz? É assegurar que esses mesmos serviços continuam a correr, sem falhas.

            Por exemplo, no android, se começares a jogar um jogo que puxe bastante pelo hardware, se receberes uma chamada pelo viber, por exemplo, ele tem o viber desligado, e pode não mostrar a chamada.

            Ou como dizia o outro, que não usava skype, porque “consumia muita memória”, no android, já que no iOS/WP, não consome nem memória, nem CPU, nem bateria.

          • Jose says:

            Conversa de treta, aplicações isto, aplicações aquilo, querem um telemovel ou um avião?

            A conversa de aplicações entre o WP8 e o Android 4.4 é treta, tendo em conta que o WP8 tem um numero elevado de aplicações e todas uteis.

            O Android pode ter mais aplicação, mas 20~30% delas, não funcionam, são instaveis, contêm código malicioso.

            No WP8 todas as aplicações são testadas a fundo, são estaveis, não contêm código malicioso e funcionam sem qualquer problema.

          • Bruno Coimbra says:

            @Hugo Cura

            Gostaria de saber que aplicaçoes tao populares n encontras para wp8 so por curiosidade, é que ter mil aplicaçoes que fazem sons outras tantas a simular o ecran partido outra que faz uns peidinhos…pah dispenso essa tralha na loja do wp8

            A forma como lida com os emails??? n percebo consegues nativamente (sem qualquer aplicaçao de terceiros) associar a tua conta de Gmail, Outlook, Ovi Yahoo, Twitter, Facebook, Linkedln, IBM Notes,Hotmail, conta microsoft (skydrive picassa etc..) e qualquer conta POP IMAP, ele pega nisto tudo e consegue associar os contactos que tens em cada uma dessas contas e juntar toda a informaçao no proprio contacto ou seja se eu carregar no contacto do (exemplo) manel consigo ter ver o telemovel o email as fotos q tem no facebook ultimos tweets que enviou etc etc etc….gostava de ver o android a fazer isto sem aplicaçoes de terceiros…

    • golias17 says:

      A fluidez não é tudo, não trocava o android por nada. Neste momento nada no mercado me faça pensar em deixar o android!

  9. Emannxx says:

    Fiquei surpreendido por não haver praticamente nenhuma “escolha pplware” relativamente aos produtos da Apple, e também por colocarem o Windows 8.1 como sistema operativo (apesar de concordar).

    De resto, excelentes escolhas, no entanto, considero que a escolha do Gmail para a categoria “Email” não foi a melhor. No meu ponto de vista, o Outlook está relativamente superior – tanto a nível de funcionalidade (que recentemente foi bastante melhorada), como a nível de interface – que, sejamos sinceros, é bastante superior à do Gmail 😉

    • Hugo Cura says:

      Por terem sido escolhas, significa que houve votação e está reflectida a opinião da equipa, mas que poderia perfeitamente ter sido diferente.
      Relativamente ao email, foi mesmo referido que o Outlook não ficou eleita a escolha por muito pouco. Embora não use, também concordo que evoluiu bastante nos últimos meses.

      • Emannxx says:

        Exacto, daí a minha surpresa.
        Ainda sobre o email, Outlook está de facto a evoluir imenso, e a crescer a olhos vistos – conheço imensas pessoas que comentam comigo que mudaram para o Outlook, principalmente agora que é possível importar o gmail todo lá para dentro, e é possível notar que os utilizadores na generalidade ficam agradados com a simplicidade e as diversas ferramentas do email.

        Acredito que numa “Escolhas Pplware 2014” acabe mesmo por tomar o lugar eheheh 😉

      • Ricardo Luis says:

        O outlook.com realmente evoluiu bastante. No entanto nao evolui muito numa area de grade interesse como é a area mobile. A app de Android é muito fraca.

        • ElectroescadaS says:

          Uma coisa o Outlook tem de bom a par com o Yahoo que é para mim o facto de poder selecionar o meu correio eletrónico por pastas é excelente. Já o Gmail falha nesse ponto e a meu ver nada abona a favor deste serviço. Ah e quero de volta o Google Talk. Raios parta o Hangout… :mrgreen:

  10. João Rodrigues says:

    Gosta-se muito da Google por estas bandas. Como o Bruno diz, a do Google+ é muito boa.

    Bem, eu estou a tentar fugir do Sr. Google, mas devo confessar que alguns serviços continuam a ser imprescindíveis.

    Os serviços Google de que ainda não fugi: Gmail, Maps e Google Search Engine.

    Os serviços da Microsoft de que ainda não fugi: Office (apesar de já usar mais o LibreOffice).

    Já agora: Acho que o Mavericks ou o Saucy Salamander merecem mais a distinção do que o W8.1. Lá porque é melhor que o 8 não quer dizer que seja o O.S. do ano…

    • golias17 says:

      O google plus é uma boa rede social, já para não dizer que a usabilidade é excelente tanto no pc como telemóvel.

      • João Rodrigues says:

        A única razão porque ainda ouvimos falar na Google+ é porque aquilo vem com emplastro agarrado à conta Google.

        Sempre tive Gmail, nunca manifestei interesse para ter perfil no Google+ e aquilo apareceu lá, qual doença venérea… E é preciso tomar umas injecções manhosas (aka tutoriais esquisitos), para nos vermos livre dela sem apagar tudo o resto que está na nossa conta Google.

        Se não fosse assim, o Google+ já tinha aparecido numa dessas listas de serviços Google descontinuados.

        • golias17 says:

          Tens outras opções se não gostas das politicas da google. Eles têm de promover os seus produtos para crescerem e teres serviços gratuitos.

          Não concordas tens muita oferta deixa de reclamar que duvido que pagues para usar esses serviços!

  11. Sergio says:

    Parece-me haver ‘Google’ a mais nas escolhas.

  12. Gabriel Rodrigues says:

    Só não concordo com a escolha das redes sociais que devia ter sido ou o Twitter ou o Facebook.

    • O Facebook tem vindo a perder patamar face à concorrência.
      De todas as redes sociais, o Google+ foi o que mais novidades a nível de funcionalidades apresentou.

      O Facebook está a virar um feed de publicidade (não sou só eu a achar isso), onde em vez de aparecer conteúdo relevante para o utilizador, aparece publicidade patrocinada.

      Para mais, o Facebook tem vindo a perder cada vez mais páginas e grupos / comunidades para o Twitter ou Google+.
      As limitações que o Facebook tem vindo a impor tem levado ao descontentamento dos utilizadores e começarem a usar melhores alternativas.

  13. Gonçalo Silva says:

    Estou totalmente de acordo com estas escolhas. Para mim, neste momento, a Google é a melhor de todas, não só pela quantidade de produtos, como também pela qualidade.
    Já agora comprei um Nexus 7 2013 e espero que seja tão bom como dizem 🙂

    • Nelson says:

      Melhor de todas as espiar os teus dados, e a ser processada pelos governos dos países… Porque as pessoas ordinárias não percebem o negócio da Google…

      • Green says:

        Nelson nem vou comentar esse mito que só a Google vê os nosso emails para nos dar informações que não queremos, ou se calhar às vezes até dão jeito… Mas acho engraçado as pessoa se preocuparem tanto com isso e depois vou aos perfis do facebook dessas mesmas pessoas e vejo lá espetada a sua vida toda

        • Nelson says:

          A diferença é que eu só ponho no fb aquilo que quero que vase.

          E isto: http://tek.sapo.pt/noticias/internet/google_processada_no_reino_unido_por_rastreio_1296339.html

          ?

          • Daniel says:

            Apanha juízo nessa cabeça rapaz…

            Isto do rastreio, espionagem ao cidadão, etc etc etc já acontece à anos, só agora é que começaram a ter cuidado com isso?
            Agora está na moda ter cuidado na internet é? Deixa lá que a Apple não dá informações nenhumas, nem faz o teu perfil consoante as tuas pesquisas, sites visitados ou programas instalados no computador.
            Eles nem sabem onde moras, onde trabalhas, a que horas acordas e que tipo de comida é que comes…

            Não seja ingenuo, e neste caso cego.
            Deves ser daqueles que agora com isto tudo não usa GPS, anda com app todas catitas para “impedir” o rastreio e tudo mais.
            Até irrita…

      • Bruno says:

        Rapaz tu vestes mesmo a camisola da tua equipa. Aconselhava-te a abrires mais os horizontes porque os “haters” nunca trazem nenhum contributo interessante às discussões 😉

  14. André Ribeiro says:

    É a escolha do pplware, não vejo onde está o problema.
    Pessoalmente também prefiro o google+ ao facebook apesar de o facebook ter “mais” conteúdo.
    O que não concordo é a justificação da PS4, é mais barata é certo mas não trás o mesmo que a xbox

  15. Francisco Cabral says:

    Não se pode agradar a todos! Nem toda a gente concorda com a escolha do Pplware. É “apenas” um artigo com as escolhas deles, não é uma imposição ao consumidor, uma vez que se trata de escolhas de produtos e serviços no mercado do consumo.

    Os votos de um feliz Natal para toda a equipa do Pplware e para os leitores.

  16. Paulo Caetano says:

    Serviços web:
    Produtividade:
    EVERNOTE!

    E mais não digo.

  17. JJ says:

    Só achei estranho a Microsoft não fazer parte das marcas do ano.

    Trocava a Apple pela Microsoft, pelo o simples facto de a Microsoft ter apresentando produtos diferentes/novos ao longo do ano.

  18. golias17 says:

    A motorola é uma companhia a ter em conta estou a gostar muito das apostas deles na área mobile. O moto G e X foram grande produtos.

  19. Shikai says:

    Nas redes sociais trocaria o Google + pelo facebook pela facilidade de uso, no serviço de mail apesar de usar gmail e de quase não utilizar outlook acho que o outlook evoluiu muito mais.

    Nas marcas do ano nunca teria escolhido Motorola mas sim Microsoft… pq muita gente com pouca noção da realidade dá a Microsoft como uma empresa morta ou que tem evoluido pouco mas que esta muito longe disso e apesar de ter “entrado” tarde no bom caminho dos SO Mobile já mostrou que esta para ficar e continua a crescer.

    De resto concordo com todas as escolhas ^^

  20. NewJ says:

    Estando em desacordo com algumas escolhas para a google, concordo com a escolha do nexus5, sem dúvida um belo equipamento merecedor da escolha.

  21. Néné de Leixões says:

    O Néné concorda com todas as escolhas pro Google!

  22. Nelson says:

    Sim senhor, Pplware!

    Estou completamente de acordo!

  23. Daniel says:

    Google a mais. Parece-me evidente.

  24. Filipe Bernardo says:

    No geral estou de acordo com a maioria das escolhas do Pplware. Contudo há pelo menos duas com as quais discordo, designadamente redes sociais e alojamento online.

    O Google+, independentemente da sua qualidade, tem sido uma tentativa cada vez mais frustrada de acumular utilizadores, forçando-os a ter um perfil nesta rede social, através da conta do Google, mesmo que não tenham qualquer interesse em fazer parte dessa rede social. O novo sistema de comentários no Youtube, que foi feito com essa intenção em mente, foi uma verdadeira regressão. Para mim o Google+ é a pior escolha deste lote.

    Quanto ao alojamento, penso que, com todo o propósito e sem desconsiderar o ancestral Dropbox, a escolha deveria ter recaído sobre a nossa Meo Cloud.

    Por fim, admito que tenho preferência pessoal pela Xbox, contudo, mesmo estando de acordo com o 1º lugar à PS4 com mérito pelas características que apresenta, sobretudo quando considerada estritamente como plataforma de videojogos, considero que as justificações dadas relativamente à Xbox One não são, como alguns comentadores já mencionaram acima, as mais acertadas, além de que os 100€ no custo final da Xbox One mais são, na minha perspectiva, bem aplicados no Kinect que vem incluído.

    • Não foi nem está a ser uma tentativa forçada da Google puxar utilizadores para o Google+.
      Desde o inicio que a Google disse que a sua rede social não era concorrente ao Facebook ou a qualquer outra rede social.

      O objectivo do Google+ sempre foi este. Para usarem serviços Google sempre foram obrigados a ter conta Gmail, desta forma, com a introdução do Google+, foram divididos, o que for mais social (Youtube, Google Groups, etc) serão associados ao Google+.

      Para muitos é considerado uma tentativa forçada, para outros é uma rede social com bastante sucesso.
      A verdade é que esta rede social pelos vistos não muito apreciada, está a roubar milhares de utilizadores, páginas e comunidades ao Facebook.

  25. Ricardo says:

    Tirando a situação do google+ em que sistematicamente pergunta se queremos utilizar a sua rede social, penso que evoluiu bastante em termos de funcionalidades. O facebook tornou-se numa rede de publicidade, não faz sentido ter uma página com mais de 100mil seguidores e quando faço uma publicação apenas 20/30 mil desses seguidores receberem a notificação e ter de pagar para assim fazer chegar o post ao resto dos seguidores.
    Em termos de serviço de email o outlook superou em grande o gmail, mas torna-se dificil deixar o gmail visto que a google dispõem de outros serviços, que por sua vez fazem o recheio do bolo.

  26. ElectroescadaS says:

    Um pequeno off topic:

    Acho curioso como é o caso deste tópico onde desapareceu o fundo branco do site e aparece tudo a azul impossibilitando-me de poder continuar a acompanhar as repostas. Na volta deve ser do meu Firefox… :mrgreen:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.