Quantcast
PplWare Mobile

25 mil Android infectados com malware do Google Play

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. Marcio says:

    Depois, as pessoas não querem ser alvo de controlo.
    Como se pode viver num mundo livre, se não sabem viver em liberdade?
    Se não fosse esse controlo, estaríamos pior que o submundo.

  2. Gilberto Pereira says:

    Pois claro. Mas tenho ideia que vai piorar.

  3. Fábio says:

    Boa Tarde.
    De qualquer modo é uma notícia muito interessante. De qualquer modo aproveito para deixar uma pequena pergunta sobre este caso especifico, qual será o melhor programa ou anti-vírus para correr no Android de modo a limpar?
    Obrigado pela vossa atenção.

  4. Pedro Nunes says:

    Sinceramente isto começa-me a preocupar.
    Visto que gosto muito de android, e tenho já lá várias apps compradas.
    A google não tem cuidado nenhum com as stores deles.

    Até mete nojo, a chrome store, desde apps que afirmam ser um jogo e não passar de ser um scamware disfarçado com um nome de jogo famoso, agora isto na play store que já existe muitas apps deste género mesmo.

    Tá bonito está.

    Isto irrita-me porque eles deixam entrar isto para a store sem quase qualquer análise ao código das coisas.
    Epá nem que demorasse 1 semana ao software a ficar online, mas deviam fazer revisão às apps que deixam entrar.

    Isto é inadmissivel

    • Bruno Jesus says:

      Concordo plenamente com o que escreves-te, não gosto do iOS mas pelo menos a Apple analisa as apps antes de as meter na AppStore, caso a Google não se mexa ou vai perder para a Apple ou alguem vai fazer uma playstore alternativa.

      • Pedro Nunes says:

        Pois, sinceramente preciso de trocar o meu X10 Mini Pro e até olhando para o mercado estou a ver um nokia lumia 520 com specs de Dual Core 1.0 Adreno 305, bateria para quase 15h de conversação por apenas 117€ + pontos.
        O unico letdown é ser windows phone 8, mas por amor da santa mesmo com ponto só o S3 Mini por 157€ é que tem specs semelhantes e bateria para 6 horas.

        Com tudo isto começa-me a ser tentação largar o android, por muito que o adore.

        • MigM. says:

          Se calhar depois de testar o WP deixa de ser letdown.
          Se for user fas ferramentas Microsoft, em especial do Outlook não te vais arrepender. A integração transversal está melhor que em Android.

    • Lm says:

      Instala o 360 mobile security

  5. António Pereira says:

    Nunca percebi, não percebo nem nunca irei perceber a piada em desenvolver software maligno para o que quer que seja.

    Será assim tão divertido preocupar os outros? Será assim tão divertido prejudicar quem não conhecemos? A nível de atitude qual a diferença entre isto e agredir alguém sem justificação na rua?

    Será que as pessoas não atingem que se existem inúmeros sistemas de controlo é porque as pessoas não sabem viver em liberdade? (como já aqui foi dito)

    Somos uns autênticos animais, e cada vez mais chego à conclusão que é impossível ter um sistema funcional e livre ao mesmo tempo.

    Não estou ressabiado nem algo assim parecido, apenas não percebo o porquê de prejudicar terceiros e criar um sentimento de desconforto nas pessoas para com a sua vida digital.

  6. MigM. says:

    A Google tem um problema, não aprende com o passado dos outros, em especial, com os erros.
    A empresa que estiver no topo será sempre o alvo preferido de tudo o que é mau na informatica. Foi assim com a Microsoft e poderia ser evitado pela Google se estes fossem mais preocupados com o utilizador e colocassem de lado a ganância e o egocentrismo.
    Isto é apenas o começo.

    • Nunes says:

      Eu creio que aprendeu muito com o passado! Aprendeu que para ganhar tem que vender ilusões e agradar a todos. Para isso implementou políticas de segurança e distribuição que tanta gente acha maravilhosas e sinónimo de liberdade.
      Não se importaram com as consequências e as pessoas tb menosprezaram e até criaram pequenos ódios de estimação em relação a outras plataformas que tentaram ser responsáveis.
      Agora há que colher o que foi semeado!

  7. Benchmark do iPhone 5 says:

    “funcionam através do envio de mensagens curtas para números de valor acrescentado”

    Penso que seja envio de SMS para números de valor acrescentado. Em Portugal são números com prefixo 6x

    Nos termos da nova lei, a partir de 17 de Agosto: http://www.advocacia-online.net/mensagens-de-valor-acrescentado-barradas-a-partir-de-agosto/

    – os com prefixo 69 (conteúdo erótico) estão barrados
    – os 68, não estão “desbarrados”, é preciso pedir para barrar

    Por acaso está uma boa trapalhada porque a Optimus (e a TMN ?) está a enviar SMS a perguntar se se quer “desbarrar” o 69 e a Vodafone a perguntar se se quer barrar o 68.

    A minha pergunta é – se eu, em Portugal, tiver barrado todos os SMS de valor acrescentado (todos os 6x), ainda me posso lixar, por exemplo com a app do post, com SMS de valor acrescentado para outros países ? Também há SMS de valor acrescentado internacionais ?

    • Benchmark do iPhone 5 says:


      – os com prefixo 69 (conteúdo erótico) estão barrados
      – os 68 estão predefinidos como “desbarrados”, é preciso pedir para barrar

    • Nunes says:

      não creio que haja qualquer barramento em chamadas internacionais! Mesmo que haja, na maioria dos países não haverá!
      O incentivo continuará sempre lá até que o Android tape a torneira e deixe de aceitar que aplicações de terceiros possam enviar SMS ou fazer chamadas

      • Benchmark do iPhone 5 says:

        Não é chamadas, é SMS de valor acrescentado – em Portugal são os prefixos: 61, 62, 68 e 69 (os principais são os 68 e 69).

        Na verdade é provável que se houver chamadas de valor acrescentado internacionais também haverá SMS de valor acrescentado internacionais. Mas para haver teriam que passar pelo nosso operador telefónico nacional – que é quem nos cobraria para entregar à empresa fora de Portugal. O meu “dedo que adivinha” (só isso, não tenho nenhum elemento concreto em que me basear), diz-me que não haverá SMS (nem chamadas) de valor acrescentado internacionais – ou seja, as que existem teriam que ser feitas através dos operadores nacionais e estar aprovadas pela ANACOM.
        http://www.jn.pt/PaginaInicial/Economia/Interior.aspx?content_id=1259779

  8. DK says:

    Onde é que isto é notícia? O utilizador instala uma app que lhe pede para fazer algo de estúpido, o que o utilizador faz, aceitando permissões para o envio de SMS’s e tudo. O Android dá liberdade aos utilizadores. Não lhes dá inteligência. Se quiserem falsos pontos de QI, então comprem um iPhone em que até proíbem jogos na app store que envolvam atirar o telemóvel ao ar 🙂

    E já agora, “O sistema operativo da Google padece de um problema grave de malware e a cada dia que passa mais se vai percebendo a dimensão do buraco”… mas que raio de frase é esta?!

    • Pedro Nunes says:

      E achas bem este tipo de software ter entrada no market?
      Uma coisa é ires a um site e tirares de lá, outra é ires tirar do market que supostamente devia ser 100% seguro.

      • Rui Martins says:

        E achas bem haver sites scam? Mas apesar disso também os há.

        Não estou a dizer que a google esteja a fazer bem o seu trabalho mas pirataria/malwares/virus irá teres por todo o lado. Inteligência para escolheres o que é bom e o que é mau tb tem que passar por ti. Eu por exemplo desde os meus 8/9 anos que apanhei o meu primeiro virus, desde aí, tenho agora 21 nunca mais apanhei nenhum virus.

        Trata-se também de saber o que deves aceder ou não. Mais uma vez não estou a dizer bem da google. Mas sim acho que tb deveriam começar por analisar as apps antes de entrarem nas stores.

    • Vítor M. says:

      Espera lá. Estás a dizer que os utilizadores android são estúpidos? Desculpa mas só podes falar por ti. Se entendi bem o que estás a dizer, penso que foi isso que disseste.

      Agora, também não percebeste a outra parte, o problema que existe e que está, de alguma forma, a alarmar porque, muitos como tu, preferem olhar para o lado e assobiar 😉 um comportamento petulante e típico.

      Os utilizadores android não são estúpidos (ao contrario do que tu pensas) e merecem respeito, assim como todos os outros e todos devem ser vistos pelas empresas responsáveis pelas plataformas, por essa perspectiva. Por isso a Google deve esforçar-se para defender cada um de nós, utilizadores!

      A parte da frase que não percebeste, eu mando-te um mail com um desenho, depois das férias. 😀

      Abraço.

      • Tavares says:

        Tem piada…a argumentação,que o amigo DK,utiliza para “DEFENDER” o Google e o Android,é precisamente aquela que durante tantos anos tem sido utilizada para “ENTERRAR” o Windows e todos os produtos da Microsoft.Ou alguém pensava que o Google(ou outra empresa qualquer!)era “dona e proprietária” do SO perfeito?? Santa ingenuidade…

      • Pedro says:

        Embora não concorde com a forma que foi dito, devo dizer que na realidade só é afectado por esta situação quem quer. Ao instalarmos uma app é nos perguntado se PERMITIMOS que a mesma mande sms e por ai fora… Basicamente é tudo uma questão de entender o que se está (se é que se está) a ler. Se, ao instalarmos uma app que NÃO É DEDICADA AO ENVIO DE MENSAGENS… NÃO FAZ SENTIDO PERMITIRMOS QUE A MESMA O FAÇA…

    • Cláudio Esperança says:

      “O Android dá liberdade aos utilizadores. Não lhes dá inteligência.” Gosto desta frase e acho que resume bem a questão. Pessoalmente prefiro não ver as minhas liberdades limitadas só porque outros utilizadores não estão tão sensibilizados para esta questão da segurança.

      Tecnicamente falando isto não é uma questão fácil de resolver pela play store, no que diz respeito à questão das mensagens para serviços de valor acrescentado. Este é um serviço fornecido pela operadora que não é controlado pela Google. A possibilidade de enviar SMSs pode ter um uso legítimo para uma aplicação pelo que o barramento desta funcionalidade não é solução.

      Por outro lado, e pelo que percebi do artigo, não são as aplicações da play store que estão infectadas, mas estas solicitam o descarregamento e instalação de apks com estas “funcionalidades adicionais”, que fogem ao controlo da play store. Ora do ponto de vista técnico isto pode ser feito com recurso a webviews que remetem para sites “móveis” cujo o conteúdo pode ser modificado sempre que necessário…

      Resumindo, praticamente todos estes problemas de segurança advêm do facto do Android permitir instalar aplicações sem ser pela Play Store. Enquanto alguns consideram isto um problema de segurança eu considero uma funcionalidade e uma liberdade que já me deu muito jeito (testes com utilizadores, por exemplo). A solução da Apple é muito menos amiga do programador, algo que pode ser interessante num ecosistema fechado com meia dúzia de dispositivos, mas inviável no ambiente android.

      • pmf says:

        Também concordo com a frase “O Android dá liberdade aos utilizadores. Não lhes dá inteligência.”
        E acrescento que se aplica, não só ao Android, como a qualquer outro SO, por mais que se defenda o contrário.
        A pergunta que fica é: Será que os utilizadores se preocupam realmente com a segurança? Ou preferem utilizar “as delicias apresentadas” sem sequer se questionarem se fazem mal ao “colesterol”, porque é sempre mais fácil fazer de “Calimero” e queixarem-se quando a coisa dá para o torto? Depois é só procurar o culpado… que é sempre “alguém” que “me prejudicou”…
        Enfim, mais do mesmo!

  9. dany says:

    UMA VERGONHA ! QUAL O ANTIVIRUS MELHOR FICA A PERGUNTA.

    ISTO MERECE UMA RECLAMAÇAO NO LIVRO DE RECLAMAÇOES;

    ALGUEM TEM DE O FAZER!

    A GOOGLE NAO SE PREOCUPA NADA COM A SEGURANÇA DOS SEUS CLIENTES; SO QUERER E DINHEIRO DOS SAMRTPHONES!

    • Hélder says:

      E muito engraçado e bonito o que dizes.

      Se por um lado a Google deveria ter mais controlo nas aplicações, por outro os utilizadores deviam ter mais controlo no que instalam.

      Se instalam uma aplicação de vídeos pornograficos que por si só querem atenção redobrada, que queiram permissão para ler os contactos, mandar mensagens, e quase ser administrador do sistema não acham estranho? Não deveria ter só permissão para aceder a Internet e descarregar os vídeos?

      Até deve ser por aqui que a Google filtra as aplicações com malware. Pelas permissões.

    • Pedro says:

      NÃO LÊM AS PERMISSÕES AO INSTALAR AS APLICAÇÕES?! Sabem o que é isso pelo menos?

    • Tavares says:

      A Google esta-se “marimbando” para o dinheiro dos Smartphones. Quer é a “massa” das aplicações e da publicidade…rsrsrs!!

      • Vítor M. says:

        Não é verdade. A Google tem é um problema de “liberdade” a mais e de dificuldade em gerir tantos fabricantes e tantos “pontos” de controlo.

        Fora isso, é uma das empresas que mais sabe de segurança.

        Agora se conseguirá controlar esta epidemia? Vamos ver.

  10. Rui Martins says:

    Não são? Secalhar alguns são… quem é que instala um software/jogo que seja scam? só gente que não tenha olhos na cara lol

    “muitos como tu, preferem olhar para o lado e assobiar” como sempre há sempre meninos que se acham engraçados e pensam que são os melhores, mas com isso posso eu bem 😉

    Não me viste a dizer que este problema se ultrapassava fácilmente olhando para o lado, mas podes ter a certeza que maior parte dos problemas que as pessoas têm são por erro humano e não por problema das máquinas. vai lá comprar uma app toda ranhosa como essas que há na store, depois diz-me o que acontece…

    Não estou a dizer que a google esteja a fazer bem em deixar entrar toda a merda, não devia…mas também digo e volto a dizer, abram os olhos e dêm um bocado de uso ao cérebro antes de instalar qualquer coisa…

    O desenho podes ficar com ele, que eu não tenho problemas de malware no meu telemóvel 😉

    hasta.

    • Pedro Nunes says:

      Sim sim, até porque nunca és apanhado desprevinido na vida, tambem não apanhava um virus no windows à coisa de 4 anos e curiosamente apanhei 1 recentemente.

      Admito que existe por ai pessoas muito descuidadas nas permissões, tambem não tenho virus no meu android até ver nem nunca tive.

      Mas grande parte da culpa disto é da google porque quer queiras quer não, tem a “porta” demasiado aberta, e não me vais dizer agora que a culpa é única e exclusivamente das pessoas quando a google não está a agir nem a fazer nada para limitar este tipo de coisas.

      Na minha opinião o problema está mais na google do que nas pessoas neste preciso momento, porque isto já começa a ser demais.

      Eu tenho android e adoro android, mas assim simplesmente as coisas não resultam.

      Para isso explica-me lá porque é que os iphones tem um número tão reduzido de apps maliciosas? As pessoas que usam Iphones são mais espertas do que as que usam android?

      • Pedro says:

        Sem dúvida que uma solução seria a Google controlar mais os developers e as apps que se lançam… Como developer não me chocava nada ser controlado. Mas tens de concordar que o que permite a proliferação de malware é o descuido da malta… Como disse a trás, se estas a instalar uma app que nada tem a ver com as sms, ou com os contatos e te pede acesso a essas funções não dás…

        • Pedro Nunes says:

          Opa sim, tambem é verdade e não nego isso, mas ainda assim, qualquer pessoa agora compra um smartphone até cachopos de 7 anos, eles decerto que não sabem nada disso.

          A google tem que ter especial atenção que os smartphones são coisas de massas, qualquer pessoa tem 1 e a maior parte das pessoas não é propriamente uma pessoa com preocupação, interesse ou conhecimento das coisas ao nível bleeding edge, mesmo por mais ridiculo que seja que tenha de saber que não pode permitir isto ou aquilo.

          Se uma pessoa instala ali da store em que se for preciso está destacado do top 100 é porque supostamente não há problemas.

          Compreendo e concordo contigo, mas continuo a achar que a google tem de apertar e muito o cerco porque quem fica sempre mal vista será ela.

          Uma pessoa quer um telemóvel não quer preocupações.

  11. Pedro says:

    Convinha esclarecer uma coisa, o problema não é do Android nem da Google, o problema é das pessoas que ao instalar uma aplicação NÃO LÊM AS PERMISSÕES DAS APLICAÇÕES ao instalarmos uma aplicação ela solicita permissões para, por exemplo, enviar sms…
    APRENDAM A LER…

  12. Vitor Afonso says:

    Uma coisa que me intriga é serem as companhias que desenvolvem aplicações de antivirus para android que fazem estas “descobertas maravilhosas. Se são tão boas, porque é que existem paletes das suas aplicações pirateadas? Uma delas é o Dr. Web. Basta procurar pela net…

    Estranho no mínimo… Concordo com os comentários que afirmam que a melhor protecção contra ameaças somos nós mesmos.

    Para mim uma aplicação essencial a ter é o XPrivacy que pode ser encontrado aqui: https://play.google.com/store/apps/details?id=biz.bokhorst.xprivacy.pro e http://forum.xda-developers.com/showthread.php?t=2320783 ou https://github.com/M66B/XPrivacy#description

  13. Ivan Cantarino says:

    A dificuldade de desenvolver softwate maligno não é tão difícil como pode parecer, apenas umas inserções extra ao código fonte, para resultar nos objetivos pretendidos.

    Esses programadores, a meu pensar, devem agir consoante ‘ordens’, isto porque de vontade própria dar-se ao trabalho de tal só por mero divertimento é-me excluída.

    O utilizador é facilmente atingido porque o alvo está a aceitar as condições para instalar o devido aplicativo no seu dispositivo.

    O preocupante é a falta de cuidado, ou atenção, que a Google está a demonstrar nesta campo e, como o Vítor diz, envolvendo dinheiro, muito dinheiro.

  14. Ed says:

    Alguém já ouviu falar em DROIDWALL????

  15. David says:

    O povo não sabe viver em harmonia, nunca o irá saber…
    Open source tem esses graves problemas, tem coisa muitos boas ter software livre, e ser possivel alterar e manusear ao seu jeito e feitio, mas há o reverse da medalha…
    Um dia alguem ligado à Nokia ou Microsoft disse que o problema/morte do Android seria a custumização. E devo dizer que concord plenamente.

    Android começa a sentir o peso do seu tamanho…

    Quis conquistar o Mundo…o problema passa por se manter…

    Quanto às pessoas, passa por todos terem conhecimento e depois aguardar e ver o que acontece…

  16. CMatomic says:

    “Por ser um sistema mais aberto é também muito mais inseguro, ao invés do iOS e da App Store da Apple ”

    Falso , pura propaganda anti software livre . perpetuada pelos mesmos de sempre , com interesses subtis .

    Uma coisa é o sistema operativo , outra são as aplicações disponíveis no Google Play .

    Executar coisas em root num sistema tipo unix é algo insensato .

    Sim google devia ter mais controlo no seu sayte de aplicações , mas dizer que o sistema é mais inseguro por ser um sistema mais aberto , é pura estupidez e vem de quem não percebe nada de informática .

    • Vítor M. says:

      É verdade, não venhas dizer que é falso que sabes perfeitamente que as regras da Apple são muito mais restritas e isso, embora seja também mais castrador nalguns pontos (e sabemos que sim, que não permite uma maior liberdade de criação), é sem margem para dúvidas mais seguro.

      E não vale a pena vires com estes argumentos e com essa propaganda que não tem nada a ver, os dados estão aí e só não vê quem não quer.

      E estúpido é estares a atirar areia para os olhos das pessoas 😉 só tu e alguns como tu é que acreditam nessa treta e lenga lenga. Informática? Primeiro tens de aprender ética, depois anda conversar.

      • CMatomic says:

        “Por ser um sistema mais aberto é também muito mais inseguro, ao invés do iOS e da App Store da Apple ”

        Isto é uma frase generalizada esta a dizer que todos os sistemas operativos Livres são mais inseguros que os de condigo fechado , isto não é verdade.
        A verdadeira segurança esta de quem utiliza o sistema . , mas a realidade em sistemas operativos livres as falhas são mais depressa corrigidas que nos sistemas de código fechado .

        Mais uma vez digo a Google devia controlar mais as apps no seu syte oficial , controlar não impede o desenvolvimento de software livre , ate o linux kernell é controlado quando se faz alterações , outro qualquer tipo de software importante para o funcionamento de um sistema operativo livre , é sempre controlado por alguém antes de ir para os repositórios oficiais .

        entendes ???

        se existe malware no Google Play é por culpa da google , e não por sistema o operativo seja OpenSource .

        • Vítor M. says:

          É um ponto de vista. Eu já entendo que sendo sistemas operativos Livres há uma tendência maior para serem inseguros. Não que seja “prática” mas que haja quem tenha mais criatividade porque é, supostamente, livre. Embora que o Android tem “dono” e não podem fazer o que querem nele.

          No caso da Google ser culpada… é também graças à “liberdade” que oferece dentro do seu ecossistema, ou algo que tenta passar por ecossistema.

    • David says:

      @CMatomic
      Antes de informática do que de Português. Calma…
      Caro CMatomic, ser um sistema aberto é tanto positivo como negativo, dado que ser aberto pode ser usado ou alterado por qualquer pessoa, com boas ou más intenções, estarei certo ou errado?
      Para criticar aquilo que se usa, não é necessário ser entendido na matéria, nem é necessário saber origem, nem como é criada, basta usar, e criticar aquilo que se usa, e como tal não é necessário ser expert para ver o bem ou o mal.
      A guerra entre iOS e Android irá existir sempre, pois há os fanáticos por cada sistema, mas difícil é ser impar nas críticas que se fazem e também apontar os erros ao que mais adoramos, e é ai que muitas batalhas nascem e difícil terminam.
      O iOS tem muita coisa boa, tal como o Android e aparte negativa também existe e largamente, pois quem usa iOS, gostaria de ter algumas das funcionalidades e versatilidades do iOS, e muitos do Android também desejariam algumas coisas do iOS, e quem fala nestas duas fala também no Windows Phone e nas restantes que se encontram em desenvolvimento e outras que podem estar a desaparecer.
      Qualquer um dos sistemas dependem inteiramente das suas lojas de aplicações e como tal, sim é um erro crasso por parte da Google, é necessário criar mecanismos de controlo para que estas situações não aconteçam, mas assim sendo, podem afugentar muitas das apps, que por lá se encontram e que talvez apenas 25% delas sejam efetivamente importantes para a maioria dos utilizadores. Contudo fazem passar a imagem que têm N aplicações mas na realidade quantas são usadas, quantas são necessárias e importantes?(O mesmo no acontece no mundo da maçã).
      O problema da Apple em ser fechado é a fraca evolução, contudo, é mais coeso. Quanto ao Android, apesar de ser open source, demora um ano a ser desenvolvido, e apenas surge nos equipamentos Nexus, dado que as restantes marcas aproveitam o lançamento de novas versões e apresentam novos modelos e deixando para os modelos mais antigos uma longa espera para que sejam atualizados. O exemplo do Samsung Galaxy S2, o S3, o S4, Htc, Sony, etc etc, marcas que podiam marcar diferenças e não o fazem. O S4 que desiludiu meio mundo, pois apresenta N novidades, mas que na realidade não é mais do que um S3 4G chipado, mas falamos constantemente da Apple que pouco ou nada desenvolve, quando vem apresentando Hardware decente tal como o HTC e mesmo a Sony. Apple não evoluiu muito no seu iOS, mas era mais coesa nesse desenvolvimento.
      Possuo um Android, um S4 e estou muito desiludido pois falam-se de muita coisa, mas na realidade, o S3 4G difere de uma virgula e faz todo o trabalho de igual forma.

      Que a Google tem de mudar algo no Sistema isso tem. O projeto Butter? onde anda ele? porque não se reescreve o sistema? porque não se otimiza o sistema? porque continuar com lags? etc etc…

      Jogos? mas querem um telemóvel para jogar? ou para fazer chamadas, net, sms, mails, e profissional? jogar há as consolas, e se jogam não reclamem de baterias…contudo os jogos também podiam ser mais otimizados nesse campo…

      Queremos full HD, mas depois reclamamos bateria.
      Queremos máquinas fotográficas de topo, mas depois não temos nenhum software que tire partido disso, e no S4 nem se fala…o S3 4G tira melhores fotos…
      Queremos um equipamento móvel porque é móvel podemos ir onde queremos, mas com o S4 nem por isso…se tiver tempo bem clarinho e muito sol…para ver o que está no ecrã, é preciso procurar uma sombrinha, pois mal conseguimos ver o que está no ecrã…coisas que há anos se sabe…e o que se fez??? NADA

      Enfim…

      O iOS tem as quantidade e melhor controle de Apps, o Android é mais versátil, o WPhone é mais fluido…

      JUNTEM AS TRES e façam algo de jeito…mas por favor parem de se matar, por serem fanáticos…e critiquem é importante, mas sejam críticos construtivos, e CMAtomic, não é preciso perceber de um determinado assunto para o criticar…mas para falar é preciso ouvir e o que para si é bom para outro alguém pode não ser…por isso devemos ser sempre criativos mas de forma construtiva…

      A galinha dos ovos de ouro na casa do vizinho não me aquece e posso criticar, mas se for na minha casa, vou zelar para que os ovinhos de ouro rendam e vou dizer bem…não interessa dizer mal…desde que a fonte não seque…

      Apenas acho que as marcas não fazem mais pelo utilizador porque o utilizador assim não o quer…

      Mas aguardo ansiosamente pelo UbuntoPhone…alguém que aparenta querer revolucionar um pouco mais o mundo móvel…Será?

      • So_true says:

        “The ugly truth is that many of the people who write about the technology business aren’t experts about technology or business, but gadget freaks and fanboys (and girls). They read the technology press, pick the facts they like and ignore the rest. That’s not helpful. In fact, it borders on fraudulent.”

    • Gilberto Pereira says:

      Admiro políticos como tu. Querem é desgraçados para fazer número, mesmo sabendo que o que berram e apregoam é treta.

      Como é sabido e nis últimos tempos tem sido um rodopio de novidades (para alguns), a propagação de malware gera muito dinheiro e a plataforma Android é o ‘Windows’ do passado, com as devidas diferenças.

      Mas tem de haver quem tente tapar o sol com a peneira, tem de haver quem tente enganar a verdade, só porque apostou o pecoço, tal e qual os políticos, na defesa fanática de uma causa.

      Tu és o paradigma desse político desonesto que estás a enganar quem julga ter um sistema seguro. A verdade é que o mundo Android é um filão para quem vive da desgraça alheia, o malware é a praga que vai engordar a seguir os criadores de anti-malware.

      Aponta o que te estou a dizer.

      • CMatomic says:

        “Por ser um sistema mais aberto é também muito mais inseguro, ao invés do iOS e da App Store da Apple ”

        é respondi por causa desta frase não disse que os sistemas operativos não apanhavam malware.

        Dizer que um sistema operativo por ser aberto é mais inseguro , é falso .

        Sistema operativo é uma coisa aplicações outra , se alguém instala aplicações com malware a culpa é de quem instala essas aplicações com agravante de muita gente dar permissões root a essas aplicações .

        • Vítor M. says:

          Repara, estás a passar o problema para outra esfera, para o campo do open source, numa primeira parte do teu comentário. Nesse caso estás a generalizar o Android a um simples sistema open source, o que não é verdade. Esse caminho é complicado de o afirmares, nunca sabes o que está lá dentro 😉 por mais revisto que possa ser o código disponível.

          Quanto a esta frase “se alguém instala aplicações com malware a culpa é de quem instala essas aplicações”… não concordo nada. Quer dizer, eu vou à Play Store, loja oficial, instalo uma app supostamente segura e contamino o meu sistema… a culpa é minha?

          Então onde está o mediador aqui no meio? Por isso a Apple funciona de forma mais cuidada, mais protectora do utilizador. castra em termos de abertura do seu sistema, mas trabalha mais em prol do utilizador e do seu bem estar. É a grande diferença!

  17. Hugo says:

    Lol falem agora mal da Apple …

    • David says:

      Por onde podemos começar! Agora pergunto és capaz de assumir os erros e criticar a Apple?

      Nenhum sistema é bom! E não o são porque não os queremos…
      como já o disse, antes de falar das restantes marcas é preciso olhar ao que utilizamos e saber se somos capazes de os criticar e admitir as verdades…
      Custa? eu sei, mas os defeitos/ erros estão lá…e isto no Android, no iOS, WP8 ou outros que estão a chegar é o mesmo…

      Alimentar guerrinhas de fãs é que é uma treta…pois pagamos 600 euros para um equipamento e ainda fazemos publicidade gratuita…alias ainda pagamos para a fazer…

  18. Tiroliro says:

    Eu já tive a minha dose e chegou. Dar quase 700 euros por um aparelho que nunca funcionou bem, com encravanços sistematicos, 2 avarias em 6 meses, e muito aborrecimentos com backups para ca e para lá, fora o tempo perdido. Agora ainda vem a questão da segurança. Meus amigos, estes brinquedos não passam disso mesmo: brinquedos. Para trabalho, é para esquecer. Da minha parte voltei aos nokias com o velhinho symbian. Um asha barato, robusto, seguro, e melhor do que tudo: é maltratado e não falha! Lá diz o ditado: quanto mais modas mais f*das!

  19. sakura says:

    “”” tambem não apanhava um virus no windows à coisa de 4 anos e curiosamente apanhei 1 recentemente.”””

    + 1 onde ? num site de dominio .tr para Iphone……
    wow.. estava a usar xp, e IE.6 só com HTML and no any script premitido, o certo é que “”Logging at level: ‘5’”” (log event.)
    e instalam um servico no windows……
    culpa ? é da pagina web. e não do so ou app.
    “”Por ser um sistema mais aberto é também muito mais inseguro, ao invés do iOS e da App Store da Apple” lol.
    o unico S.O. seguro hoje é o windows 8.1 pq todos falharam no teste
    a pagina já foi renovida mas é uma bofetada a todos os S.O.s

    fonte: em setembro qundo sair o todo bugado ios. hehe.

  20. Miguel says:

    ultimamente é só campanhas anti-android. desde a outra noticia onde as fontes do malware eram principalmente lojas de aplicações paralelas que o utilizador comum nem sequer ouviu falar até esta noticia onde se fala em 25 mil como se fosse algo significativo nas centenas de milhões de dispositivos android.

    percebe-se bem que as empresas de segurança precisam de vender os seus anti-virus e afins, mas é mais dificil de entender este exagero

  21. So_true says:

    Se bem percebi o que diz no artigo, a infecção não está na Google Play, mas sim em aplicações descarregadas à posteriori;
    por outro lado, a parte da comparação com a Apple, era escusada… de notar ainda os negritos, que não enganam quanto ao autor do artigo.
    Já que foi referida a Apple, esta também não é imaculada, ao contrário do que querem fazer parecer, basta procurar por Charlie Miller.

    • Gilberto Pereira says:

      Que trengo que és. Quer dizer, o problema do Android e do malware para ti resumem-se a cuspir no prato da Apple (que tem sem duvida um método muito mais seguro, embora imperfeito), resume-se a criticares o autor o texto que deu a conhecer uma realidade de um serviço de segurança que assumires a verdade?

      És um triste. És um paradigma de utilizador que sabe a borrada onde está metido e dispara para todos os lados para desviar atenções.

      Isso tem um nome. Começa com C e acaba em DIA.

      Tem um bom DIA.

  22. pmf says:

    Depois de ler a mior parte dos comntários, apensa retenho uma grande frase do DK e acho que todos a deviamos reter e transmitir, sempre com a intenção de alertar positivamente os que conhecemos ou de alguma forma convivemos.

    “O Android dá liberdade aos utilizadores. Não lhes dá inteligência.”

    Talvez fosse atá um pouco mais longe e substituisse o Android por tecnologia.

  23. sakura says:

    bug. corrigido.

    parece que o meu pc de 10 anos de idade usa um “metodo” de acesso ao hardware, “parecido” aos phones.. tor[asm. op code.].
    [obj. instalar PSP virus em mobile devices]
    [web and not S.O. tec.]

  24. Eu creio que a Google deveria criar uma pequena equipa de utilizadores «testers» que deveriam se assegurar da qualidade de cada aplicação. Após essa qualidade ser certificada, o Google Play exibiria um crachá que simbolizava a certificação desta aplicação.

    Caso uma nova aplicação ou atualização de uma aplicação fosse lançada o utilizador poderia fazer o download, correndo os devidos riscos para os quais seria alertado antes de descarregar a aplicação. Se o utilizador «não tester» detetasse uma anomalia na aplicação deveria identificá-la através de uma denuncia que permitira que os «testers» fossem alertados da necessidade de avaliar rapidamente aquela APP. Se os «testers» identificassem alguma anomalia na APP teriam poder para bloqueá-la no Google Play até que esta fosse corrigida e reavaliada. Se no prazo de 15 dias não houvesse notícias do autor da APP esta seria excluída da plataforma.

    Se as APPS fossem verificadas antes do seu lançamento, seria muito lento o lançamento das mesmas.

    Uma APP na sua primeira versão seria sempre uma APP com a indicação Versão Beta.

  25. Cláudio Esperança says:

    Ops, afinal parece que também é possível criar malware na Apple Store para os iDevices: http://www.technologyreview.com/news/518096/remotely-assembled-malware-blows-past-apples-screening-process/. Isto serve apenas para mostrar que nenhum método é infalível e que existirão sempre formas de contornar a segurança se isso compensar…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.