PplWare Mobile

Estudantes no Japão podem enviar um robot para a escola nos dias em que estão doentes


Fonte: Daily Mail

Redator

Destaques PPLWARE

  1. SANDOKAN 1513 says:

    Só faltava agora esta.Sinceramente… 😐

  2. Fábio says:

    Se o pessoal aqui no meu trabalho topar envio um no meu lugar e, possivelmente, com o avanço da tecnologia, um dia ele me envie para eu trabalhar no lugar dele.

    • FernandoRJ says:

      Tem um filme do Bruce Willis chamado The Surrogates que aborda exatamente este tema.
      O filme é uma adaptação dos quadrinhos da Top Shelf, de Robert Venditti e Brett Weldele em que as pessoas podem ter avatares robôs e transferir suas mentes para eles, afim de viver mais intensamente.
      Robôs saem às ruas, trabalham e passeiam nos parques, passando todas as informações e sensações para os humanos que ficam em suas residências controlando-os.

  3. nop90 says:

    Assim se vê a diferença de mentalidade e educação dos povos… Por cá inventam-se doenças para não ir à escola ou trabalhar…

  4. Samuel says:

    Skype, Webex, tantas outras formas de se estar presente sem realmente lá se estar fisicamente, mas o real problema está na mentalidade ainda tão atrasada das pessoas e na sua resistência de experimentarem novas realidades, escondendo-se na falácia do “sempre foi assim, porquê mudar”.
    Não é um fenómeno exclusivo dos portugueses, mas que exageram, exageram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.