Portugal: IA poderá ajudar a resgatar relações amorosas


Destaques PPLWARE

8 Respostas

  1. Hugo Gomes says:

    Palhaçada enfim um telemovel vem salvar isto tudo. O mundo é mesmo triste

    • Hefesto,o Grande says:

      Exactamente.Eu também não percebi bem a lógica disto.Por se utilizar o telemóvel já se evitam discussões ?? Eu nunca vi outra.Só se for para não se ligar patavina ao/à namorado(esposo)/a nas desavenças dos relacionamentos.Realmente usar-se o telemóvel para evitar uma discussão é no mínimo ridículo.Que lugar(??) tem ele numa discussão e qual o seu propósito que impede 2 pessoas de discutirem ?? Eu não percebo,sinceramente.Mas também com estas “modernices” de agora e com estas gerações de agora já nada me espanta,enfim…. 🙂

  2. hsff says:

    A inteligência artificial sem o controlo da pessoas é e será uma forma de subjugação.

  3. Hefesto,o Grande says:

    “Top 10 de cidades portuguesas onde as pessoas já estão a utilizar os smartphones para evitarem discussões:”—»Como ?? Não me digam que agora o “smartphone” é o salvador da pátria. 🙂

  4. Hefesto,o Grande says:

    Bem,mas basta ver a 1ª fotografia deste artigo para se entender que afinal o smartphone ajuda muito num “relacionamento”. Que grande “interesse” têm um pelo outro.Afinal o smartphone ajuda os casais ou distrai-os e perturba-os ?? O que me parece é que pela fotografia o smartphone veio substituir o cigarro.Antigamente depois de “certas coisas” fumava-se um,agora pega-se no smartphone para depois “daquilo” ir ao Facebook e publicar como “aquilo” correu.Pela fotografia é o que dá a antender,eh,eh,eh. 😀 😀 😀

  5. George Orwell says:

    Não faltará muito para que verdadeiros Androides dotados da mais sofisticada IA substituirem o humano em quase tudo, incluindo sexo, tornando numa realidade as novelas de Isaac Asimov e Philip K. Dick. Por enquanto ainda se resume apenas um relatório minoritário.

    No futuro, para o homem médio, julgo que a Androida perfeita terá umas linhas , busto e lábios muito inspirados em Kim Kardashian, mas certamente que haverá muitas outras opções em catálogo para encomendar.

    Entre outras “full specifications” , algumas aqui simplificadas com recurso a um pseudo-código orientado por objectos:

    – Sempre que a Androida ouça a campainha GOTO porta certificar-se que não é o padeiro ( um macho alfa nem por uma Androida pode ser empalitado, o padeiro com ela não faz farinha ) .
    If dono GOTO quarto envergar um ousado “negligé” ELSE receber o pão o tudo o mais em calça de ganga e cinto de castidade.

    – O protocolo para receber o dono é besuntar -lhe a cara de “baton rouge” e arrastá-lo para o quarto despertar-lhe todas as amarras e dizer umas quantas palavras do vernáculo previamente gravadas ao gosto do dono e colocar-se a jeito e nunca denotar pressa ou dor de cabeça (todas as outras dores são aceitáveis e até estimuladas ) e comportar-se na cama não como uma Androida mas sim como uma An-doida..

    – NEXT lembrar o dono do jogo de futebol do dia a constituição provável das equipas e os árbitos nomeados e, sentada no sofá ao lado do dono ir comentando o jogo de acordo com um sofisticado programa de IA que engloba todo o dicionário de futebolês inspirado num mix Gabriel Alves/ Manuel Machado / Jorge Jesus ( com correcção ortográfica ), e dar a conhecer pérolas desta tão evoluída linguagem como “entrámos agora no período de compensações por neutralizações” ou “ um misto defesa à linha e à zona num losango entre o líbero e o pivot acutilante subindo os médios pelas alas” .
    IF equipa do dono perder GOTO buscar o mesmo vernáculo anteriormente usado no quarto e manifestar o desejo que o árbitro sofra todas as mesmas cargas e nos mesmos sítios ELSE conduzir o dono para o quarto para mais uma sessão, desta vez acrescida dum estridente grito “CONSEGUIMOS”, mas no tempo certo, e mesmo que se refira ao Benfica, uma vez que, como todos sabemos, uma das desculpa clássicas é dizer que “chegou-me mesmo agora o Benfica.”

    – NEXT arrastar o dono para a sala de jantar e abrir a tampa do fogão e mostrar o pitéu saído da receita do Chef Olivier retirada do jornal, previamente polvilhada e marinada de afrodisíaco ao gosto do dono GOTO garrafeira e trazer um Chateâu Pinot a estimular mais um pinocada devendo a Androida tomar uma pílula anticoncepcional, já que, se o leitor esteve atento à última sequela do filme “Blade Runner” o Harrison Ford, acertando em cheio no período ovulatório d Androida engravidou esta resultando numa filha. ( Bolas, já nem nas Androidas podemos confiar ! O Ford enganou-se , o IA da Androida do Ford significava “Inseminação Artificial”.

    E já não falo nas vantagens de uma Androida que nunca envelhece, ganha celulite, nem precisa de soutien da batota, nem o vai acusar de assédio.

    Entre outras normas, na EULA da Androida pode ler-se que esta está proibida de inscrever-se em algum movimento feminista ou mudar de sexo sob pena de levar com um update de firmware.

    Ora, o que mais pode o homem médio desejar ?

    Serve isto para, fundamentadamente, dizer que
    ENTRE HOMEM E MULHER, POR FAVOR, NÃO METAM ANDROIDES E IA

    PS: Agora a sério, é Carnaval, ninguém pode levar a mal!

  6. eachtime says:

    Evitar discussões pq se tira melhores selfies e pq se guardam datas no calendário??? AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

    Se a vida fosse assim tão simples….

    • António Fagundes says:

      Na verdade é, o problema é que a maior parte das mulheres é burra e liga efectivamente a essas coisas, assim como ao dia dos namorados e essas tretas.

      Sugestão, arranjem uma mulher inteligente.
      Dica, se a mulher é feminista, não é inteligente.

      Discussões fazem parte de uma relação, se uma relação não tiver discussão então não existe lume, não há nada para ser resgatado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.