Quantcast
PplWare Mobile

Conheça todas as novidades apresentadas no Google I/O

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Pinto


  1. str says:

    Android pra mim ta morto, essa politica de abandonarem os utilizadores a sua sorte sem actualizaçoes nao ta com nada. Vou experimentar o WP, android ja teve a sua oportunidade

  2. kaka says:

    Eu tenho meu HTC one X com Android 4.2 exactamente igual ao meu Tablet Asus Tegra 4 com Android 4.4 e mesmo Launcher Asus Zen UI

  3. limat says:

    percebam de uma vez uma coisa. O android é um sistema livre. Não querem ser deixados ao abandono comprem nexus. Agora comprarem samsung e afim e depois vêm dizer que são deixados ao abandono isso não

    • la_marca says:

      Ora nem mais! Tenho um nexus 5 e tenho sempre os updates disponíveis. Aliás, vou já instalar o Android M Preview.

    • 1berto says:

      Primeiro, Android não é livre, não confundir termos, e tu devias perceber que cada dispositivo lançado com acesso à Play Store, é com autorização da Google em que aprovam o hardware, logo se os dispositivos não estão prontos para receber futuros updates, a Google é culpada que aprova esse hardware.

      • miguel says:

        Tu percebes mesmo muito, então a culpa e dos equipamentos? A culpa e das marcas a google torna publico o OS, o resto não e nada com eles. Eu tenho tido sempre todos os updates mas isso sou eu que compro modelos que tem suporte de varias teams!

        • 1berto says:

          Novamente, se existem equipamentos que não têm atualizações, é porque a Google o permite. Qualquer marca pode lançar um sistema baseado em Android, mas para ter acesso à Play Store têm de ter aprovação da Google e ainda pagar à mesma, o problema é que a Google aceita tudo em nome dos lucros, no entanto se o Android tem má fama, a Google é tão culpada como os fabricantes.

  4. Sérgio Oliveira Monteiro says:

    Existem dois “sub tópicos” com Android Pay..quando deveria ser Android Pay e Google Wear 🙂

  5. LP says:

    Nenhum Android Fan se pode queixar de falta de artigos sobre a Google I/O…

  6. Pedro says:

    A google não abandona os utilizadores. As marcas como Sony, Samsung, LG, ASUS, Bq, Wiki, entre outras não actualizam o seu software principalmente os modelos antigos. O objetivo é vender novos equipamentos (topo de gama e novo software). Quem possui um Nexus 5 como é o meu caso recebe o SO novo porque o Nexus pertence à google e mesmo assim tem um tempo de vida. No caso da Apple o ios8 não foi atualizado para o iphone4. Possivelmente o Nexus 5 não vai receber o Android N (2016). Relativamente ao Android M basicamente restringisse a novas funcionalidades. Em termos estéticos não existe grandes alterações.

    • Miguel Silva says:

      Agora diz-me, tens um novo sistema operativo, que loucura. Qual vai ser a grande diferença se o teu telemóvel é um charuto de 300 euros? Vais conseguir ter 4g com, vais conseguir filmar a 4k? Que adianta dizer que tens um sistema operativo mais actualizado, se o teu próprio telemóvel não dá para mais.

      • Carlos says:

        Estas enganado, os nexus proporcionam uma excelente experiência, usar um smartphone não é só tirar fotos.

      • Pedro says:

        O Nexus 5 tem 4 G e filma a 4k através da app L camera. Não é quase 4k mas é quase!
        E por um preço de 300€. As marcas lançam novidades no hardware mas só os flagships é que actualizam vão actualizando software. Os antigos modelos as marcas não actualizam porque não querem!

    • Dumitru says:

      O mesmo paleio de sempre, a google que é a coitada, no wp também já ha várias marcas, e independente do que fores comprar tudo vai ter update, sim mas depois la vão com o paleio que o android é open source e eles não podem fazer nada…entao não era o open source o revolucionário? Sim revolucionário que fica desactualizado

      • Jorge Carvalho says:

        A versão que é usada normalmente não é a Open Source.

        “AOSP (Android Open-Source Project) is the project with the open-source parts of Android. It’s used as a base by anyone who wants to build or customize an Android ROM. Although new Android features are developed in secret inside Google, when a new Android version is released, all the code changes to the open-source parts get merged into AOSP soon afterwards. (“Soon” is a relative term: sometimes it’s not very soon at all.) Conversely, Google receives and incorporates changes submitted to AOSP (such as to fix bugs) from outside, but sometimes with a delay (because they have to create a release branch of the source long before the next release).

        AOSP doesn’t include the closed-source components: mainly, that’s hardware drivers, and Google’s special apps that only ship with certified devices (Google Play, Google Now, etc).

        AOKP is one particular custom-rom project. Like other custom ROMs, it’s based on AOSP, but adds extra features. The maintainers also need to find (possibly closed-source) drivers for all the hardware on a device in order to support that device.

        Generally, most people use the term stock ROM to mean the manufacturer’s ROM that came with their device (possibly including any OTA updates). As t0mm13b points out, this ROM almost certainly wasn’t built from AOSP: the source will be based on AOSP (or Google’s internal sources, if the manufacturer is big enough to have access to them), but it will include any drivers for that device, as well as the manufacturer’s customizations such as Samsung’s TouchWiz or HTC’s Sense.”

        Abc

  7. DSpinola says:

    Ou seja, este Google I/O foi uma Apple Keynote da Google. Muito bem…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.