Quantcast
PplWare Mobile

Apple terá encomendado mais de 100 milhões de chips A15 Bionic à TSMC

                                    
                                

Fonte: Wccftech

Autor: Marisa Pinto


  1. Tadeu says:

    Quem quer que tenha dito que seria usado no iPad mini 6 vive na no mundo da lua.
    A Apple não fará tal coisa já que há muitos anos que o iPad Air é o único modelo a usar a versão mais recente do SoC Ax, para além da possibilidade de se criar a situação ridícula do iPad mini ser ligeiramente mais rápido, em certas tarefas, do que o iPad Pro que foi lançado há poucos meses.

    • Bruno Silva says:

      Deve estar a confundir Mini com Air… O Mini usa o antigo A12, o Air uso o processador mais recente A14 Bionic… E mesmo com o novo processador A16 não me parece que ficasse mais rápido que o M1 do Pro.

      • Tadeu says:

        Deixei claro que é o Air que usa o SoC mais recente…
        O A15 será mais rápido que o M1 em CERTAS tarefas, naquelas mais dependentes do desempenho dum único núcleo, como o desempenho do Javascript no browser, etc.
        Isso é uma certeza absoluta, já que a diferença entre o A14 e o M1 neste tipo de tarefas é relativamente pequena, e o salto entre gerações de processadores da Apple tem sido sempre superior a esta diferença.

        • qweqwi says:

          Sabes mesmo do que falas, realmente esta gente calada vira poeta

          • Tadeu says:

            és capaz de partilhar um pouco desse teu conhecimento… ou só sabes ser poeta?

          • johny says:

            Só sabes ser poeta, está visto

          • qweqwi says:

            o M1 é muito mais poderoso que o A14 e A15 porque tem muito mais watts de potencia. O iphone por ser muito pequeno tem um A14 capado, e tera um A15 capado. O ipad air tem 30% mais de performance que o iphone com o mesmo chip A14. O M1 sera sempre superior

          • Tadeu says:

            qweqwi, como imaginei…!
            Se em vez de vires com a tua imaginação lesses o que escrevi talvez entendesses um pouco mais, e nem sequer vinhas falar de iPhones. E só para arrumar a questão do iPhone, o A14 não é capado, a frequência do CPU é a mesma, quer seja iPad ou iPhone… a performance nas TAREFAS de 1 NÚCLEO que são as únicas que mencionei, é idêntica no iPhone e no iPad, isso está mais do que medido! O GPU no A14 do iPad é que trabalha a uma maior frequência, mas não falei em GPUs…

            Na comparação entre um iPad Pro e um iPad Air neste tipo de tarefas que mencionei, a diferença também está mais do que medida. O M1 e o A14 usam o mesmo núcleo de CPU, com um pequena diferença de frequência (3,2 vs 3), e no comportamento da cache. Basta olhar para o histórico ao longo dos anos dos diferentes benchmarks para perceber que o salto entre gerações de núcleos de CPU da Apple será mais do que suficiente para a performance do núcleo do A15 ultrapassar o a performance do núcleo do M1, ou seja, será mais do que suficiente para o A15 ter melhor performance que o M1 nas tarefas que mencionei.

          • qweqwi says:

            Tadeu ja deu para perceber que nao mandas uma para a caixa, se queres continuar a ser ignorante e problema teu. o A14 do iphone e inferior ao ipad air com A14, e o A15 sera inferior ao M1. Espera e confirmas nos benchmarks

          • Tadeu says:

            qweqwi, uau, és capaz de mostrar um benchmark do núcleo do A14 que demonstre o que dizes? Não! Os resultados são idênticos em tarefas que usam um núcleo.
            Pega nos resultados do Geekbench 5 dum iPad Air e dum iPad Pro com M1. Diferença cerca de 7-8% em single thread, o que acompanha a diferença de cerca de 7% na frequência de relógio. E qual é que tem sido o ganho no benchmark entre gerações de processadores? Sempre superior a 15%, na última cerca de 20%. O padrão é idêntico noutros benchmarks para tarefas deste género.

        • australopithecus says:

          Então vão lançar um produto com um SoC desatualizado? Dúvido.. O Mini de 5a geração quando saiu tinha o último chip produzido por eles e para os produtos serem competitivos têm de ter a tecnologia de última geração, essa sua teoria é que é de quem vive no mundo da lua lol… Daqui a uns meses vamos ver..

          • Paulo Camarao says:

            O chip e mais rapido em comparação ao iphone anterior mas inferior ao ipad o que e normal sao produtos diferentes. Es mm anormal em nao entender isto

          • Tadeu says:

            australopithecus
            1) O mini 5 saiu muitos meses mais tarde do que o iPad Air com o mesmo processador.
            2) O mini já por diversas vezes não usou um SoC de última geração, ou seja, na realidade usou um SoC “desactualizado”, logo esse argumento não tem sustentação.
            3) Nunca o mini usou uma geração de processadores mais recente do que o iPad Pro, e iPad Pro não vai ser novamente actualizado este ano com outro processador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.