Quantcast
PplWare Mobile

Apple processada por violação de patentes de eletrocardiograma no smartwatch

                                    
                                

Autor: Marisa Pinto


  1. Bilbo says:

    Como é possível uma empresa tão inovadora estar constantemente a ser processada por violação de patentes e consequentemente apropriação de tecnologia alheio???
    Sempre assim foi, os outros criam, a Apple compra e/ou rouba.

    • LG says:

      O sistema de patente é ridículo e desatualiado para os dias de hoje. Daí encontram-se sempre “loopholes” para fazer dinheiro. Encontram-se patentes para tudo… Para tudo mesmo: https://patents.google.com/patent/US6293874B1

    • Ricardo says:

      Uma breve pesquisa no google e o difícil foi encontrar uma marca que não tivesse sido multada por violação de patentes, curiosamente a notícia que me aparece com mais resultados é a Samsung a ser condenada a pagar à Apple cerca de 500 milhões de dólares.

    • Luis Silva says:

      Deixa andar, quanto mais alto tentam subir maior vai ser o tombo, acredita…..

    • Abreu says:

      Desde a visita do jobs e seu sócio a Xerox, que apartir daí foi só copy paste!!!

      Já tem muitos anos

    • Alexandre Moura says:

      O que Apple faz mais é apresentar tecnologia que já esta presente em outras marcas como sendo uma inovação própria e nova em todo mundo, mas isso não é propriamente infringir patentes.

      Quanto a Apple vs Samsung a guerra de patentes deles é velha e acaba quase sempre em acordos que ninguém paga nada a ninguém, tirando aquelas mais estupidas que vão desde o formato dos telemóveis ou os ecrãs sem bordas que rapidamente acabam, quando são coisas mais complexas como as patentes não são validas a nível mundial a Apple tem de entrar com processos em vários países e normalmente a Samsung responde com outros processos o que acaba por forçar um acordo entre os dois.

      Embora este não seja o caso a maior parte dos processos a estas empresas são feitas pelos chamados trols das patentes, basicamente são empresas que registaram patentes parecidas com algo que estas empresas lançaram, ou foram ao registo das patentes e encontraram algo minimamente parecido e agora estão tentar reclamar propriedade intelectual.

  2. ahramis says:

    As acções não se “metem”…. Em bom rigor “propõem-se” ou “instauram-se”… Fica a nota.

  3. sujeito says:

    A Apple roubar patentes? Não acredito nisto… Há que levar esta empresa a tribunal e manter o caso aberto durante muitos e longos e obrigar a gastar dinheiro até irem á falência e desistirem do caso… Apple style.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.