Quantcast
PplWare Mobile

Roubar dados de um PC? Agora até com o brilho do ecrã é possível

                                    
                                

Fonte: Arxiv

Autor: Pedro Simões


  1. ze da adega says:

    e a fantasia continua…

  2. SANDOKAN 1513 says:

    Impressionante,basta mudar o brilho do ecrã do monitor.Já ninguém está seguro neste mundo.Por qualquer coisa já nos podem atacar e nós sem sabermos de nada.Completamente vulneráveis aos ataques seja de quem for.Quais antivírus,quais quê.Agora é que eu posso dizer que já vi de tudo. 😐

  3. Gonçalo Santos says:

    Embora estejas a fazer comédia, tens de te lembrar que não há GNR, PSP, Ministério público, Polícia Judiciária, não há casas de meninas, nem BLBs, muito menos Capris cabeleireiros para te acudir. Eu estou a vontade porque não tenho nada a ver com os vídeos que aí tens, tem atenção a isso, não há tribunais e o dinheiro que tu tens nem para um pacote pastilhas elásticas.

    Queres saber a história da humanidade?
    Manda-me um e-mail que eu conto-te.
    Aproveita e vê Jeff Dunham e a investigação feita ao Einstein (Zé brenha BLB), é o Walter. Tenta descobrir quem são os outros.

  4. Rodrigo says:

    Novo método não surgiu. Percebem agora porque é que o Snowden tinha a cabeça e o portátil tapados no Hotel, no documentário do Citizefour? Já ele defendia esse conceito quando fez o documentário.
    Pplware, acho que já é demais o excesso de publicidade que este site tem e que nada tem haver com tecnologia.

  5. Asdrubal says:

    Já é possível roubar dados pela luminosidade do ecrã, é possível gravar som atrás da parede a 100m de distância, é possível ler pensamentos com as ondas cerebrais… mais vale tornar num eremita e ir viver para dentro de uma gruta, sem máquinas… com um capacete de prata na cabeça. 😉

  6. luis borges says:

    Tambem ‘e possivel ler nos labios ‘a distancia atraves de binoculos… Nao resisti 😀

  7. cat says:

    Há um par de anos, saiu um artigo num site de hacking que falava disto. Aliás, falava em fazê-lo através da parede. Portanto, isto já são old old news …

  8. rjSampaio says:

    Em vez de dizer “roubar dados” o termo correcto é exfiltração de dados.

    Neste caso exfiltração de dados de uma máquina previamente comprometida mas que posteriormente não se têm acesso fisicamente para ligar uma drive externa e não têm acesso a rede/internet.

  9. Miguel says:

    Recentemente saiu uma tecnologia que atrás de gases libertados pela pessoa e possível saber o peso e a massa muscular. Por isso nada de novo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.