Quantcast
PplWare Mobile

Fansmitter: Ventoinhas podem roubar dados de computadores

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. Mendes says:

    Por este andar qualquer dia os vizinhos podem ficar a saber se vou comer bacalhau ou bifes ao
    almoço de acordo com a velocidade do extractor da chaminé. Estou a ficar mesmo preocupado !

  2. ddtc says:

    tudo a comprar coolers passivos ehehe

  3. censo says:

    Isto de pratico deve ter muito pouco. Qual a velocidade de transmissão dos dados?

  4. João Silva says:

    Isto é só para quem tem tempo livre a mais…

  5. Carlos Ferreira says:

    Já que estou ali tão perto com um micro, mais vale pegar nele e levá-lo para casa 🙂 Dá menos trabalho.

  6. Xnelox says:

    Eu uso música “rancho folclórico” de fundo no PC, as cantadeiras tratam de eliminar o som das ventoinhas e assim já não me roubam dados confidências.

  7. Paulo Jorge PM says:

    É apenas uma prova de conceito, na prática se alguém conseguir instalar um vírus para emitir frequências nas ventoinhas então também podia instalar outros vírus mais práticos e que roubam direto pela net. É giro, mas na prática não trás crise nenhuma.

  8. Pedro says:

    Boa tarde,
    Gostaria de deixar aqui uma sugestão se nao poderiam criar um separador com a categoria segurança informatica, e obrigado pelas excelentes noticias nesta área dão muito jeito. continuem o bom trabalho

  9. Rui LUX says:

    eh pahh.. isto já tem anos…

  10. carlos says:

    mas as ventoinhas sendo de fabricantes diferentes e não terão todas diferentes frequências a diferentes rpms?

  11. Marco Castro says:

    Jà agora ponham o led de power a piscar que rdeve ser bem mais fàcil. Não me gozem p.f.

  12. vguerr says:

    O conceito é brutal embora pouco prático para ataques por quem não tenha acesso à máquina mas isso não impede que numa empresa qualquer com centenas de computadores empresariais não exista a possibilidade de alguém instalar o vírus e o microfone só que quem tem acesso à máquina fisicamente de certeza que não se vai dar a esse trabalho porque poderá fazer o mesmo de forma mais simples. No entanto o conceito é brutal.

  13. Miguel says:

    Ponham a tocar quim barreiros nas alturas em todas as salas com computadores que tenham acesso a data sensivel, done.

  14. João Branco says:

    Fácil… Em vez de se ligar as fans a board… Liga se directamente a fonte de alimentação… Quero ver o controlo das fans aí 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.