Quantcast
PplWare Mobile

Quase 80% não concorda que os smartphones não tragam carregador na caixa

                                    
                                

Autor: Marisa Pinto


  1. Miguel says:

    Mas acredito que esses 80% concorda em fazer como a Xiaomi.
    Tens a opção de adicionar ou não o carregador no momento de compra pelo mesmo preço, mas por defeito não vem.

    • Luis says:

      Desconhecia que a Xiaomi fazia isso, está bem pensado e aqui realmente podem utilizar o argumento ecológico.
      Eu por exemplo compro telemóvel de 2 em 2, ou 3 em 3 anos, logo o carregador já está para lá de ultrapassado/estragado.

      • Luis says:

        A sério? Ultrapassado/estragado?

      • Joao Frango says:

        bem pensado é, mas a forma de carregar que esteve parada muito tempo, tem evoluido bastante. os carregadores antigos sao basicamente “obsoletos” para estes novos topo de gama. para os mais baratos deviam adoptadar esta medida. que normalmente tem tecnologia passada e sao os mais vendidos, melhor para o ambiente. eu confesso ke nao estou preocupado com essa “rapidez” no carregamento. tenho 3 tomadas com carregamento por usb com norma QI e tenho um sem fios a 10W que demora mais tempo que o carregador normal. Mesmo assim meia hora depois ja tenho energia para mais 1 dia. por isso nao vir era igual para mim. pelos vistos 80% das pessoas tem exigencias diferentes.

    • miguel says:

      Não sabia disso se assim for dá ao cliente a escolha e é o mais correcto.

    • V.T. says:

      Isso está previsto para o mercado chinês, penso que para o resto do mundo ainda não se sabe se vai haver essa hipótese.

    • Luis Henrique Silva says:

      Soube disso da xiaomi e sim, ai acho uma boa escolha por parte da xiaomi, embora no eral não concordo com vir smartphone sem carregador….

  2. spyvspyaeon says:

    Isso é no meu ver má prática comercial. Eu não compro um aspiador sem cabo de eletricidade, eu não compro bicicletas sem rodas, eu não compro um maço de tabaco sem cigarros! lol

    Isso sem falar dos que compram um determinado telemóvel e quando compram o carregador (que não é o indicado) e frita… Ah pois, a culpa é do gajo que se meteu nisso…

    • Marcelo says:

      Não, mas as bicicletas boas são vendidas sem pedais. As Tv’s são vendidas sem cabos HDMI, os Phones bluetooth quase nenhum traz adaptador de corrente…. etc etc etc

      • João says:

        Tens alguma razão mas posso te dizer que já me aconteceu comprar uma bicicleta onde me deram os pedais em prol da outra loja que o negou…

      • Luis Henrique Silva says:

        Essa da bicicleta, vá lá que não vá.
        Agora Tv sem cabo HDMI?? Sério? claro que não vem, os outros aparelhos que se ligam à TV por HDMI ou vem ou não vem cabo hdmi, pois a tv não tem de fornecer esses cabos, e vir com cabo de alimentação é uma sorte…….

      • SergioFerreira says:

        Se vais usar phones bluetooth, depreende-se que já tens smartphone e o seu respectivo carregador para o carregar…se o smartphone não trás carregador, nem os phones bluetooth carregas…capiche?!

      • Vai-te catar says:

        Bicicletas boas vendidas sem pedais? Ainda estou para conhecer a primeira. E podes acreditar que conheço muito bem a área.

  3. Pedro Fernandes says:

    E de que vale “não concordar” estas Empresas quando tomam decisões não existe nada a fazer mesmo, aguenta.

    Podemos concluir já pelo o lançamento do novo Samsung S21, Samsung que na altura criticou a Apple 😉

    • Pedro Gonçalves says:

      O valer “não concordar” cabe a nós consumidor final que compramos a produto, se as pessoas não comprarem a ver se eles não voltavam atrás. O poder final cabe a nós apenas, assim como o preço dos telemóveis que é inconcebível um telemóvel valer 1300€ mas as pessoas compram eles querem la saber, o que eles querem é dinheiro e quanto mais gastares mais felizes eles ficam.

    • Luis Henrique Silva says:

      Até pode ser que a Samsung faça o mesmo que a xiaomi, se o fizer, ganha alguns pontos…

  4. Joao Ptt says:

    Se os carregadores já fossem todos com o mesmo padrão, ex: “USB-C” aos anos aqui na União Europeia, até faria sentido ser algo opcional que deveria estar incluído no preço mas que poderia ser adicionado durante a encomenda, para evitar mais coisas desnecessárias.

    Aproveitem e acabem também com os plásticos desnecessários dentro das caixas a envolver as coisas… tanta “preocupação” com o ambiente e continuam a mandar plástico desnecessário com fartura. O plástico externo ainda poderei compreender para manter a humidade e sujidade mais longe do interior, mas dentro da embalagem já não faz mais sentido ambientalmente falando.

    • rjSampaio says:

      fazme lembrar a intro para o Astetix,
      “todos usam usbc, bem todos não, uma pequena vila continua irredutível ao usbc”

      Pessoalmente tenho a anos um único transformador multiporta que suporta varios protocolos de carregamento rápido.

      Os ultimos 3 telefones quase nunca uso o carregador oficial, ou vai para uma gaveta, ou para outro local tipo escritório.

    • Luis Henrique Silva says:

      De certa parte concordo contigo, mas temos dois problemas, primeiro é que vai demorar muito deixar de se usar usb-a, porque ainda existe por ai equipamentos assim.
      Segundo, cada vez há mais equipamentos com carga de carregamento diferentes, e mais rápidas, e que muitas vezes para encontrar um carregador de outra marca com xW de carregamento não é fácil, eu tenho esse exemplo, tive um redmi note 5 que já tinha carregamento rápido, mas o carregador original não era da potência necessária, andei à procura encontrei um suposto qualcom mas não é original…..
      Eu prefiro que venham com os carregadores adequados do que andar a arranjar um que pode não ser bem adequado e fazer borrada…. por isso…..

  5. ItsMeMikey says:

    É normal, normalmente aomelhor carregador para os telemóveis que compra é o que o acompanha.
    Dizer que temos muitos em casa nem sempre é verdade.
    Como consumidor posso estar a aproveitar a compra de um novo telemóvel porque o meu actual já esta muito desactualizado e nem o carregador já é o original. A construtora não pode assumir nada e garantir que na caixa venha tudo que o consumidor vá necessitar para garantir o completo e bom funcionamento mínimo do dispositivo.

    O que a Apple fez foi nada mais que um money grab e não tem nada a haver com a consciência ambiental!
    Há uma foto na Net que mostra isso mesmo a quantidade de material que vai para o lixo em termos de papel das embalagens na compra adicional do carregador que funcional melhor com o telefone actual e headphone é altamente criminosa! por tanto a Apple não se importa com o ambiente mas sim com o bolso.

  6. David Guerreiro says:

    O problema é que o carregador original é quase sempre superior ao que se vende no mercado, de marcas terceiras. E para os casos de tecnologias de carregamento rápido proprietárias, como o WarCharge ou SuperVOOC, é preciso mesmo um carregador original para aproveitar essa capacidade. No caso de smartphones de topo em que já se paga uma verdadeira fortuna, é impensável não trazer um cabo e um carregador. Ainda aceito que num smartphone de 100€ venha sem o carregador, por contenção de custos, mas qualquer smartphone acima de 200€ deveria incluir o cabo e o carregador.
    Há muita gente que troca de smartphone, porque vende o anterior e compra um novo, e vai vender o outro com o carregador e cabo.

    • Hermano Faria says:

      No caso do Iphone 12, trás cabo só nao trás a entrada para a tomada…Agora podiam reduzir os plásticos que trazem? Podiam, por exemplo tenho 4 autocolantes da apple que nao me servem para nada xD
      Vivo bem sem a entrada na tomada? sim carrego ou no computador ou numa entrada de tomada que já tenho aqui com carregamento rápido. O iphone carrega rápido e sem problemas. Já o uso desde o meu iphone anterior e esteve sempre a funcionar bem…

  7. x says:

    Seres humanos que não conseguem viver com um pouco de desconforto no seu consumismo.

    • Vitor says:

      Como é que chamas “desconforto” à utilização de um telemóvel…sem carga na bateria?! E como carregas a bateria sem carregador? E como vendo um telemóvel para comprar um novo sem entregar o respetivo carregador ao novo dono? E porque as autoridades autorizam as marcas a vender um produto incompleto (falta o carregador da bateria) ANTES de “obrigarem” TODOS os fabricantes a utilizarem o mesmo tipo de carregadores? Será por uma questão de falta de tempo para legislar…ou por desconforto?

      • Hermano Faria says:

        No caso do Iphone, trás cabo para ligares do iphone a uma entrada que ligue a tomada (tipo-c), só nao vem mesmo a entrada na tomada…
        Eu já comprei telemóveis em segunda mão em que nao me deram carregador nenhum e ainda estou vivo…
        Produto incompleto? ou fomos todos habituados a que venha um carregador na caixa, porque se achas incompleto pede também pelicula e capa protetora….
        A tecnologia evolui e cada vez mais depressa, parece e que nao conseguimos acompanhar mais a sua evolução…

        • SergioFerreira says:

          A falta de película ou capa torna o funcionamento do aparelho impossível??? Que raio de lógica é essa??

          Compraste tlms sem carregador porque queres…uma venda a sério de um smartphone vem com todos os acessórios de origem. Eu, pessoalmente, já duvidava do tratamento que o antigo dono teria dado ao smartphone se nem os acessórios básicos inclui aquando a sua venda em segunda mão.

          Faz muitíssimo mais sentido quereres oferecer a um familiar ou vender o teu smartphone antigo, em prol de comprares um novo… é efectivamente mais “ecológico” do que o deixares a apodrecer na caixa. Se o vendes ou ofereces, logicamente deves incluir um acessório básico como o carregador.

          Parece-me que não se trata tanto de “não conseguirmos acompanhar a evolução das tecnologias”, como se trata de tu te deixares levar por qualquer balela que te enfiem na cabeça.

  8. Marco says:

    Compra um topo de gama com carregamento rápido e usa o carregador normal que tem em casa ,e auriculares deve ser obrigatório .

  9. jorge says:

    Quantos mais carregadores vierem com os telefones mais lixo vai ter que ser reciclado, e mais poluiçao se vai fazer.

    • costa says:

      vais carregar o telemovel a bater palmas?

    • falcaobranco says:

      A poluição nao está em fazer carregadores mas sim telemoveis novos praticamente todos os meses… mandar bitaites é do melhor qd nao se sabe uma das muitas razões para o aquecimento global…inclusivé isso dos telemoveis já se falou aqui no pplware…

  10. V.T. says:

    É uma politica que as marcas estão a adoptar, porque a Apple teve a coragem de o fazer e os seus clientes não tiveram “tomates” para dizer não à empresa.
    Neste caso a Samsung foi atrás, mas não da pegada ecológica, o que elas querem todas é aumentarem os lucros e acho que se a Samsung tivesse mantido o carregador dentro da caixa teria ganho bem mais do que o retirando!
    Aqui a Samsung esteve muito mal… ponto!

    • Vítor M. says:

      Estás a tentar contornar a questão. Mais vale aceitares e sofres menos. Porque não há dúvida que são questões económicas que motivam as empresas (mesmo que sejam também ambientais, do ponto de vista deles). Foi apenas triste por parte da Samsung e Xiaomi “gozarem” com a Apple e depois, lá foram atrás deles, novamente. Tu, ficas sempre mal porque achas que a Apple faz as coisas só porque sim. Vais sempre levar com a bisca que atiraste para o ar 😀 sempre. É impressionante 😀

  11. Bazinga says:

    desculpas esfarrapadas das marcas alegando ecologia para depois cobrarem um preco sibre inflaccionado por um carregador… e sempre que usarem o carregador errado com a amperagem errada estão a levar eternidades a carregar o smartphone

    o chamado greenwashing

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.