Quantcast
PplWare Mobile

Novos AMD Ryzen 4000 e X670 chipset esperados no final de 2020

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. Filipe F. says:

    Tem sido uma surpresa agradável esta ‘nova’ AMD depois dos tempos que esteve desaparecida.
    Para alguns é preciso coragem quererem deixar a INTEL e irem para a AMD, mas acreditem que não se arrependem. Mesmo para gaming, até um Ryzen 3600 já é mais do que bom. Vale a pena a mudança, porque nem tudo se resume a comparar ‘preços’.

    • SANDOKAN 1513 says:

      Concordo em absoluto com o que diz.Infelizmente não tenho dinheiro para comprar um processador da AMD porque senão já o tinha feito.E também porque tinha que comprar uma nova motherboard derivado ao facto de ir ter um socket diferente.Fora também substituir as memórias,ui,nem me fale. 🙁

    • Filipe Rafael says:

      Verdade, eu tinha um Intel Core (já antigo) mudei para AMD conselho de amigo e estou a adorar, é excelente a performance. A Intel já anda a perder terreno para a AMD, e ainda bem.

  2. Sadokist says:

    i5-4440>>>3700x no regrets at all

  3. cat says:

    Mais uma guerrinha AMD vs Intel ? Tenho lá em casas resquícios de guerras passadas que davam para fazer um museu. Já estive de um lado. Já estive do outro. Hoje, não quero saber mas vamos por partes:

    “a empresa conseguiu superar a Intel no total de vendas e conquistou vários recordes com os seus chips.”

    A pergunta imediata que faço a esta afirmação é: Em que mercado ? Em todos ou só no de retalho? Outra óbvia: E quanto ao segmento ? Onde estão os cpu’s de servidor e workstation da AMD. Ou a AMD também vende equivalentes a Xeon’s ?

    Convém esclarecer o leitor este pormenores e, já agora, qual é a origem desta informação.

    “proporcionando uma maior densidade de transístores e consequentemente, uma maior eficiência.”

    Isso seria uma maior densidade – falta dizer – na mesma área. E não é sempre “consequentemente”. Depende se a arquitectura é a mesma ou não. Resta explicar que a “eficiência” – assumo que seja computacional e não energética – está, de facto ligada, à performance por área. Caso assim não fosse, a métrica seria mesmo, poder de processamento.

    “No entanto, esta informação sugere que a AMD necessitará de um novo socket para suportar as novas tecnologias já anunciadas para os próximos anos. ”

    Este foi o grande calcanhar de aquiles da AMD, quando se enterrou a ela própria – algures – em início/meados da década passada. Para mim, a conclusão é simples: Caso consigam manter um chipset e um socket estáveis por mais de 4 anos, volto a comprar AMD. Agora, se cada vez que mudo de cpu, tenho que mudar também a board, não contem comigo.

    “Já a Intel, parece estar a perder a corrida contra a sua rival. Não tem sido capaz de acompanhar o avanço tecnológico da equipa vermelha nos últimos meses.”

    Não, claro que não … O produto do avanço tecnológico da “equipa vermelha” não foi feito nos “últimos meses”. Será, isso sim, o resultado de um roadmap que começou há alguns anos atrás. Quem é que me diz que a Intel, daqui a pouco tempo, anuncia novidades também ? Será que fará tudo numa dúzia de meses ?

    Em tom de conclusão, eu compro com base em duas prioridades. Primeiro, relação preço/performance e segundo, longevidade no caminho de upgrades. A AMD está a mostrar ser boa no primeiro. Agora, terá é que estabilizar no segundo.

  4. cra2sh says:

    Ainda agora mudei de um AMD 2400G para um 3600X, e eu era sempre quem odiava a AMD ehehehe

  5. Xiquinho says:

    Iniciei com Intel, passei para AMD e voltei para Intel somente porque a AMD teve o seu momento de fraqueza. Sou seguidor, ou tento estar informado sobre a evolução da AMD. Fico contente por esta marca ter saido novamente do seu momento menos bom, isto vai trazer maior concorrencia, logo nós como utilizadores finais iremos benificiar seguramente desta “guerra”. Neste momento não penso em mudar, pois tenho um 8700K que está a portar-se bastante bem. No próximo upgrade já vou olhar para AMD, pois acho que tem muito ainda para nos oferecer

  6. Metal says:

    Também sou um dos que está a sair de um i7 2700k para um Ryzen 7 3700X.
    E toda a gente com quem tenho falado deste assunto me tem dado feedback positivo na mudança.
    RIG
    Ryzen 7 3700X
    Board Asus Rog Strix X570-F
    Noctua NH-D15
    32 GB DDR 4 3200Mhz
    RTX2080 TI RoG Strix
    Corsair HX850I platinum
    Agora com a noticia de que podem sair novos processadores em finais de 2020 ou até antes deixa-me apreensivo.
    Estarei a fazer bom investimento na altura mais certa?

  7. Francisco says:

    Considero dizer que tecnologia desvaloriza, por motivos obvios, melhora e eficiência. Vai sempre acontecer de comprei meu celular top de linha, dia seguinte aparece outro na vitrine com mesmo preço e ainda melhor. Em alguma coisa e o seu não dá pra vender e comprar aquele .

  8. JONATHAS says:

    Eu entendo que o usuário tem que ver e analisar a sua necessidade não dá para ficar sempre mudando a cada vez que lançam tecnologias novas só para dizer que meu computador é melhor que o do seu amigo ,desde que sua máquina te atenda por bastante tempo as necessidades só trocaria ou faria um upgrade caso perda da placa ou se ela não vir me atender mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.