Quantcast
PplWare Mobile

Intel diz que o seu Core i7-1185G7 é até seis vezes mais rápido do que o Apple M1

                                    
                                

Fonte: Tom's Hardware

Autor: Marisa Pinto


  1. José Luís Vieira says:

    “maçãs” em minha casa ou trabalho só para comer, recuso-me a comprar algo de 1 empresa que não respeita e aldraba os seus consumidores… farto de ouvir dizerem “fui á apple e disseram-me que a garantia não cobria” isto e aquilo … eu compro maçãs mas nem que acerta-se no euromilhões compraria apple.

    • Pedro says:

      Ninguém quer saber dos teus ódios de estimação

      • Kaká says:

        Não deixa de ser verdade Apple é engana tolos… Exageram em tudo.. até um I3 de primeira geração dualcore e superior as estes M1 da treta …. Arm e para tablets. Num portátil e andar de cavalo p burro…

    • Aj says:

      será ignorância ou inveja? pode ser os dois. o Microsoft, intel e restantes são todos uns Santos, não olham só ao que interessa, o €€€ $$$$, são todos farinha do mesmo saco. eu ca continuo com o meu macbook pro de 2012, os melhores 8 anos de computador que ja tive. recomendo para que tenha a mente aberta.

    • jonas says:

      yah, e nós a ver com isso….mas seguindo o teu ponto de vista, tambem não deves ter internet, os providers nacionais tambem têm muitas criticas……isto há cada retard

    • David Guerreiro says:

      E pensas que os outros são diferentes? É só veres as queixas da assistência da Samsung ou Huawei em que muitos smartphones têm “humidades”, e a garantia é recusada.
      A garantia da Apple nesse aspeto até é das melhorzinhas, em poucos dias tens outro smartphone ou o teu reparado. Na maioria das outras marcas, penas os 30 dias da lei.

    • WiseCruz says:

      Acho muito bem sentir odio, mas deveria reencaminhar esse ódio todo para a China.

    • Nick says:

      Acertasse, de resto rstou de acordo.

    • Antoninho Pitágoras says:

      Estranho, o velho ouvi dizer, alguém disse que o primo tinha um amigo…
      Por experiência própria é o melhor serviço pós venda com que tuve contacto, mas há muitos mais por exemplo Asus…
      Certamente que a Xiaomi que que não lhe vai dar assistência então se comprar em AliExpress 0 cobertura na Europa, dizem que é um equipamento do mercado asiático

    • Alves says:

      Olha, um Mac qualquer, velho ou novo, corrigia-te logo o “acerta-se” para acertasse.
      O teu calibre é baixo.

  2. Simões says:

    Nenhum fabricante “mente” (intel, apple, etc), apenas dizem a “verdade” como lhes dá mais jeito!

  3. Casca says:

    Vamos Intel! Rebentem com eles!

  4. ALC says:

    Intel a correr atrás do prejuízo, mas, convenhamos que, a Apple também pinta muito a realidade da coisa em seu benefício, logicamente, claro
    Isto só é bom para sacudir o status quo de certas empresas e que faça do consumidor o beneficiado final.

  5. Aj says:

    será ignorância ou inveja? pode ser os dois. o Microsoft, intel e restantes são todos uns Santos, não olham só ao que interessa, o €€€ $$$$, são todos farinha do mesmo saco. eu ca continuo com o meu macbook pro de 2012, os melhores 8 anos de computador que ja tive. recomendo para que tenha a mente aberta.

  6. David Guerreiro says:

    6x mais rápido, e 6x mais aquecimento, 6x mais consumo de energia. Isso do Chrome tem uma explicação simples, falta de otimização do Chrome para os M1. Mas isso vai mudar rapidamente. Ainda há muito software que está a adaptar-se.

  7. yep says:

    A Intel enquanto estiver a competir com os seus CPUs x86 contra CPUs ARM não tem hipótese no mercado mobile/laptop. Quanto aos desktop, ainda se safam porque duvido que alguma vez que ARM consiga substituir a modularidade que a plataforma x86 traz (aliás, é a falta de modularidade que dá bastantes ajudas no desempenho).

  8. Nuno T. says:

    lol!!!
    esta Intel tem cá uma piada! Pega no webxprt 3 mas nem sequer tem a decência de apresentar o benchmark todo, só para evitar mostrar que o M1 obtém melhores resultados!
    Depois muda de máquinas entre testes, usa software beta ou software que ainda que corre em emulação, etc…
    E obviamente que se esquece de mencionar que um dos softwares usa exclusivamente tecnologia da Intel e não usa a tecnologia equivalente no M1…
    Obviamente que haverá coisas em que o processador da Intel é melhor, mas fica atrás em muitas coisas…

    • José Fonseca Amadeu says:

      multi-core será sempre superior em muita coisa, a questão aqui e single core onde a apple colocou-se a anos luz, além disso é SoC e para nem falar no TDP, mesmo que a intel ainda esteja “por cima” em teoria apenas, não vai durar muito.

      • Nuno T. says:

        pois, mas neste caso em concreto nem sequer se pode dizer que o chip da Intel tem uma vantagem inerente em multicore sobre o M1, para algumas coisas será melhor e noutras será o M1.
        O que a Intel fez foi pegar num conjunto muito particular de cenários, muitos deles em que o software para o M1 ainda está em fase de ser optimizado.

    • Kaká says:

      Apple é engana tolos… comprar um portátil Arm e ter uma autêntica carroça de burros… Tem autonomia performance p trabalho pesados é para esquecer…. Abram os olhos só compra esse lixo quem quer portátil para brincar e nem para isso

      • Nuno T. says:

        parece claro que não fazes ideia do que é o M1, nem nunca prestaste atenção ao que se tem constatado em termos de performance nos ditos “trabalhos pesados”

      • Miguel A. says:

        A Apple engana tão bem, que até mete um video 4k num processador ARM a renderizar mais rápido que um Intel da mesma gama. Chiça, assim também eu gostava de ser enganado. Trabalho com macs com i5 e i7 que são umas lesmas ao pé do M1 a renderizar. Mas isso é só para tolos, tu é que sabes muito. Enquanto isso, epá, vou comprar uma carroça de burros, porque já vi que os ferraris da Intel ainda não sabem enganar tão bem. És mesmo boçal….

        • Dr. Vitominas says:

          é engraçado Miguel também trabalho com Macs e recentemente adquiri um M1, os ficheiros (video 4K 60fps) da minha sony a7siii nem abriam de forma fluida num imac i7 quanto mais num i5 macbook com o vlc que o quicktime nem abre sequer, mas por bruxaria negra no M1 dá de forma fluida e tudo direitinho! por isso podes continuar com a mesma carroça de burros e aproveita a palha também!

  9. jorge says:

    O problema da intel perdeu uma grande marca, e em tudo, agora tenta fazer a publicidade, mas duvido que a Apple volte a usar intel nas suas maquinas, mas ainda vai perder mais.

  10. Anónimo says:

    “Intel diz que o seu Core i7-1185G7 é até seis vezes mais rápido do que o Apple M1”
    A gastar bateria, só pode.

  11. Just Me says:

    O melhor processdor é o Ryzen…

    • Alves says:

      Claro!
      Não há Intel, da mesma gama, que bata o Ryzen 5.
      E tenho aqui 2 Asus Zenbook de 14. O que tem o Ryzen 7 3700U, com a mesma RAM (16 GB) limpa o que tem o Core i7-1065G7, a brincar.

    • Miguel A. says:

      Melhor em relação à Intel, porque os processadores da Apple são muito bons. Ando à procura de um bom ultrabook windows na gama de preços do Macbook Air M1 que tenha performance equivalente, e não está facil.

  12. Andy says:

    E gasta 32x mais bateria.

  13. Pedro says:

    Agora andam a berrar de peito cheio que conseguiram um processador melhor que o da Apple.
    Em vez de terem guardado isto para quando a Apple lançasse algo que os enchuvalhasse, deviam era ter lançado processadores de jeito ao contrário do que têm vindo a fazer nos últimos 5 anos…

    • Nuno T. says:

      a questão é que não conseguiram um processador melhor que o da Apple…
      Têm é um processador que corre melhor certas funções em certo software, muito porque boa parte do software que eles escolheram usar ainda não está optimizado para a nova arquitectura ARM em macOS.
      O Office para Mac, então!, é um dos piores exemplos. A Microsoft reutiliza muito do código da versão Windows, o que tem impacto na performance.
      Claro que para o uso diário das pessoas o que interessa é o desempenho nas aplicações que usam, mas também não é sério ignorar que o software ainda está em fase de transição…

  14. Luís Fernandes says:

    Interessante este estudo, já usei o meu macbook pro M1 só em bateria e durou cerca de 14h a trabalhar em audio no Logic com várias coisas usb ligadas a consumir energia….não sei onde foram fazer esses estudos!!!!

    • Nuno T. says:

      estudos feitos em casa, em que falta informação! Por exemplo em que condições foi o streaming da Netflix, já que o Safari suporta oficialmente Netflix até 4k e o Chrome apenas até 720p.
      O Netflix também é um caso muito particular por causa do DRM que usa

  15. Miguel A. says:

    Um i7 contra um M1? A Intel está mesmo pelas ruas da amargura. É que muita gente se esquece que o M1 é um processador de entrada de gama, quando entrar o M1X e o M2 como está previsto, como é que vai ser? A Intel vai buscar um i9-torradeira para fazer frente? O Macbook Air equivalente da intel na mesma faixa de preço era um i3 ou quanto muito um i5 dual core, é de rir…

    • Bruno M says:

      Estava a pensar nisso mesmo, a Intel está a comparar o seu topo de gama com a nova entrada de gama da Apple. O segmento dos processadores de PCs estava meio parado com o quase monopólio da Intel, e a Apple veio agitar as coisas. Na minha humilde opinião o consumidor só vai ganhar porque tanto a Intel como outros fabricantes vão ter de melhorar o hw e baixar os preços e já se houve falar inclusive de novos a Microsoft também está a fazer o seu próprio chip).

  16. José says:

    Lol. Apple? Que é isso? Uma empresa que vende serviços sobre serviços e mais serviços a preço super super inflacionados em produtos com design top e qualidade e usabilidade zero.obvio que qualquer processador novo vai ser melhor que os m1 se a Intel não continuar a dormir a sombra da bananeira como tem feito, tendo sido papada pela AMD. Mas se acordar, é pode ter acordado com estes m1, vai criar novos processadores que vão acabar com a Apple de novo e vai valtar ao anos 2000 e a Apple vai ter que voltar a usar Intel.. A concorrência é boa ainda bem que existe para acordar a Intel.. Que assim vamos ter computadores Windows com processadores top, ou seja funcionalidade, usabilidade e performance top…PC a sério não maçãs bonitas e ocas e podres.

  17. gr33nbits says:

    Pessoalmente cada vez mais me “viro” para a Apple, seja nos telefones e até no PC, eu que sempre “detestei” a marca, mas gosto de alguns produtos, acredito que já devia ter acordado para a verdade e a política de privacidade da Apple é sem sombra de dúvida muito, mas muito melhor que Facebook, Google, Microsoft, etc., esses sim, só querem data para poder usar e vender seja como for a quem quer que seja.

    Se tivesse dinheiro para um iPhone 12 era assim como tudo o resto, acredito pessoalmente que o ecossistema, Apple é provavelmente o melhor do mundo, a Samsung e Huawei, Xiaomi, etc. tem boas soluções, mas acredito que a Apple é Apple, eu não tenho nenhum produto Apple nem nunca tive, mas cada vez mais me vejo utilizador Apple.

    • Tiago says:

      Vc não tem nenhum produto apple. Mas diz que são os melhor produtos do mundo. Como pode? Isso só confirma que vc está senda enganado pelas propagandas da apple. Ela investe mais em propaganda do que em produtos. Também pensava assim como vc até comprar um produto apple. Me arrependi pro resto da vida. Mas para minha sorte consegui vender o produto e recuperar o dinheiro de volta. O que o pessoal está falando nos comentários acima é tudo verdade. A apple não presta. Pode ter certeza disso. Se vc dependesse apenas dela. Nunca vc teria um celular. Devido ao valor abusivo que eles cobram dia após dia.

      • Luis says:

        Ora aí está um comentário de jeito a seguir ao do José.. Apple não vale nada só vende serviços. Se não tens apple não compres.
        Tambem cai na burrice de comprar em 2015 um macbook pro e em 2016 um iPhone 7 e te garanto. Nunca mais atualmente tenho um Dell com Windows e um Samsung.
        O macbook quimou o cpu, garantia disseram que já não tinha, com a atualização do Catalina comessou a aquecer mais berrou… Pelos vistos pá tão afamada performance a eles levam os cpu ao extremo com refrigeração fraca e dá nisso.. Disseram na fanc onde comprei.. Mas já tinham passado 2 anos e tal… Nada podiam fazer…iphone? Bem bonito, mas depois queres passar um ficheiro por Bluetooth a um Android não dá… Ah e tal há nuvem blAbla, pode ser mas na altura não usava nuvem agora já uso mais.Queria por um tema diferente não dá, queria alguns jogos não havi, queria usar no meu carro altavoz não davabtunha de ser Android.. Fartei-me é voltei para a liberdade do Android e do Windows.. Tive juízo.. Como tudo na vida só não aprende quem. Não erra. É eu aprendi maçãs nunca mais.

        • Miguel A. says:

          “comentário de jeito a seguir ao do José”???? Vocês não têm noção nenhuma. Andam a brincar aos smartphones e depois queixam-se (não usar cloud em 2016 é apenas triste, passar bluetooth de um telemóvel para o outro, tenho Android há anos e não me lembro de fazer isso) Macbook queimou o CPU? Adivinha, qual é a marca do processador que ele tinha? O problema é a vossa limitação, eu trabalho com Mac, com Windows e com Linux, e sei reconhecer as vantagens e desvantagens de cada um deles. Trabalho em ambiente profissional com Mac, as vantagens superam os custos (temos 15 Mac’s com 12 anos a fazer edição de Vídeo e não custaram assim tanto, se fosse PC já estavam reformados à muito). iPhone tem vantagens, mas é para quem sabe trabalhar com aquilo, se não precisa, óptimo, poupa mais dinheiro, comprar um iPhone pela beleza é apenas estúpido. Eu ainda estou à espera que a Google lance um sistema Android que utilize informação MIDI e processamento áudio em tempo real com baixa latência. Pois é, não tem. Mais uma vez digo, andam a brincar, não andam a trabalhar, logo, não critiquem a marca só porque não fazem uso das potencialidades dela.

          • Joliano says:

            Amigo pelo seu comentário só posso chegar a uma conclusão…Apple é para músicos, editores de vídeo, designers. Ou seja para muito poucas pessoas.A essas poucas pessoas juntam-se os muitos que só usam para ter status e estilo.
            Então se o Mac do Luís queimou, a culpa é do processador? É não dá apple? É que o mesmo processador em PC não queima.. Pois se calhar já passaste da necessidade do uso do Mac para o status e o fanatismo.
            Em 2021 sem ser os novos m1 que vamos ver o queeé que a concorrência cria.. Mac não vale nada nada, nem para esses setores que falas é melhor se montares um computador com Windows com o mesmo valor que gastas num Mac tens muito melhor qualidade, porque escolhes gráfica cpu tudo.. Vai ao YouTube atualiza-te.
            Até 2016 eram bons por isso ficaram com a fam.. Mas a vida segue e não podes viverso do passado as coisas mudam..

          • Miguel A. says:

            Não vou criticar o Mac só porque uma pessoa diz que o processador queima e culpa logo o computador. Não sei em que circunstâncias o pc foi usado, logo não posso concluir. Eu já vi macbook’s em pleno verão ao sol a trabalhar ao lado das mesas de som, ou em cima dos palcos e nunca berrarem. Nos últimos anos os mac’s tem problemas de dissipação por causa dos processadores, por isso é que a Apple tomou a decisão de mudar a plataforma. Estou muito a atualizado, mais do que pensas. O custo do PC não é tudo, tens que incluir outras coisas, software, tempo, índices de rentabilidade, manutenção, etc. Só nos últimos anos é que os pc’s tem tido vantagem no custo em relação aos mac’s, e esse factor mudou completamente com os M1. A percentagem de computadores Mac são 10% mais ou menos, parece-me a mim uma percentagem bem razoável. Até porque conheço muita gente que não tem computador nenhum porque não precisa, o seu uso informático restringe-se ao tablet (ios ou android) e smartphone. Não uso mac por fanatismo, já disse aqui, tenho pc com windows e linux em casa e trabalho com mac no trabalho, mas já tive Mac, deixei de ter na altura que deixou de compensar. Com os novos M1 vou voltar a ter, compensa outra vez. Além disso, a longevidade dos mac’s é algo muito importante em estruturas maiores. Por aqui ainda se edita filmes HD em Core2Duo nos tempos de hoje, vai pensar em fazer isso num pc médio de 2009 e depois diz-me. Apple é para pessoas músicos, designers, produtores, editores, e para os comuns. Inclusivé tenho amigos que precisam de fazer pequenos videos e imagens para os seus trabalhos e a Apple disponibiliza software (imovie, garageband, photos, etc) com uma qualidade difícil de alcançar em software gratuito para windows (e mesmo quando existe, é dificil de trabalhar com ele, tornando inalcançável às pessoas menos instruídas, logo a Apple é uma boa solução também para eles). Comparar um computador a um apple só pelo custo de hardware e menosprezar todo o ecosistema que a Apple oferece é no mínimo, redutor, e também um juízo simplista que fazes das coisas. De que vale ter uma mega máquina pc, se depois, não se tira proveito porque o ecosistema não ajuda? Se para ti é suficiente, acho bem. Agora não queiras chamar os outros de burros, só porque não têm a mínima obrigação de funcionar com o computador da mesma forma que tu. Ainda hoje vi um video no youtube: Um Macbook Pro M1 (modelo base 8gb de ram) a dar uma coça num PC fixo (Ryzen 7 3700x com 16gb de ram e GTX 1060 6gb), custaram mais ou menos o mesmo, a renderizar 4K, com software igual, projecto de video igual. Repito, um Portatil Mac VS um Fixo AMD, que CUSTOU o MESMO. Se isso é para status e brincar como dizes, então não sei…

  18. João Agostinho says:

    Hardware montado á medida, com AMD e Linux=Fim dos problemas, simples!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.