Quantcast
PplWare Mobile

DJI bloqueia venda de drones na Rússia e Ucrânia para não participarem na guerra

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. David Guerreiro says:

    Como se isso servisse de alguma coisa. Compram nos países ali ao lado…

  2. Patanisca says:

    Mas alguém acredita nisso? A DJI é chinesa e os seus drones são os principais aliados da Ucrânia. O que a DJI fez foi simplesmente impedir os ucranianos de usarem os seus drones.. talvez a pedido da Rússia. Apenas suspendeu de ambos os lados da fronteira para não beliscar a sua imagem no Ocidente (grande responsável das suas vendas).

    • RPG says:

      “os seus drones são os principais aliados da Ucrânia” De morrer a rir esta afirmação LOOL.. Para além disso, a DJI não impediu os Ucranianos de usarem os drones, como diz ali o David, podem comprar noutros países, ou outros países enviarem às dezenas para a Ucrânia. Trata-se simplesmente da marca se querer distanciar de uma guerra, da imagem dos seus aparelhos estar associada a carnificina, banhos de sangue, bombardeamentos, etc, etc. Tão simples quanto isso. Qualquer marca decente o faria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.