PplWare Mobile

AMD anuncia Ryzen Threadripper 2000: até 32 núcleos e 12 nm


Vítor M.

Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.
Artigo escrito por Ricardo Gomes para o Pplware

Destaques PPLWARE

  1. anonimo says:

    As imagens sao dos chips gráficos “VEGA” e não Threadripper…

  2. arc says:

    E o preço vai ser de?

  3. pedro says:

    dá-lhe forte AMD que a intel merece ….

  4. d4rkw3b says:

    Intel é Intel…
    AMD tenta, mas já vem tarde

    • Bruno Pinto says:

      Antes de mais, friso que tenho preferência pela Intel em comparação à AMD, mas na minha opinião AMD não vem tarde, obrigou é a Intel a dar um passo antecipado… Porque já se suspeitava que a AMD fosse fazer algo semelhante, daí a Intel ter lançado o que lançou para poder cobrir a AMD, que ainda assim não terá sido suficiente pelo que percebi…

    • Ricardo Gomes says:

      Estás muito mal informado…nesta altura a AMD está por cima em tudo e nos próximos 4 anos a diferença será ainda maior. Vamos mas é ver se sai algo de geito da Intel até 2022, já por isso mesmo foram buscar o ex designer da AMD para conceber uma nova arquitectura… até lá a AMD pode com facilidade rapidamente ultrapassar a Intel em nível de vendas também, desde que consigam produzir os CPU’s em quantidade como a Intel tão bem o sabe fazer

    • F says:

      Mais um “especial” que fala do que não sabe. Na verdade em HEDT e Servidor a Intel tem perdido muitas grande empresas (por exemplo a Cisco), e porquê? porque não conseguem acompanhar. Tem CPUs mais caros, a consumir mais e no fim (tirando algumas aplicações especificas) são mais lentos.

      Daí o pessoal dos lados dos servidores estar a mudar. A intel bateu contra a parede, e tal como a AMD, necessitam agora de uma arquitetura nova pois a deles é antiga, e, mesmo a nível de PCs mainstream será ultrapassada e pouco tempo.

      Não quero que nem a Intel nem a AMD desapareçam, quero é que continuem a evoluir 😀

    • Wave says:

      Vem tarde? Desenvolveram processadores melhores, mais eficientes e mais baratos isto so serve como um abre olhos para a líder intel… pensavam que iriam ser sempre os maiores independente do preço. Guess what? Vao deixar de o ser, hoje em dia o consumidor quer uma relação qualidade preço boa, intel nao o faz.
      Eu era muito contra a amd, pois os processadores fabricados nao chegavam aos pés da intel, agora com qualidades semelhantes e preços mais baixos, é facil escolher…

    • ZOrd says:

      Sempre tive amd até ao athlon 64. Depois core2 duo. E ainda mantenho vários core2, i5 e I7 portáteis. Gráficas sempre AMD. Pelo preço fazem mais…. A não ser que tenhas olhos e orçamento para olhar por ti para o frame rate…. Eu acho admirável, uma empresa muito pequena ao lado da Intel, fazerem isto. Eles não pensaram agora… Eles pensaram antes de comprarem a ATI e contratarem quem podiam fazer melhor… Não há melhor exemplo do da intel estar a juntar as Vega com os novos embebbed cpus… E apple…. Portanto, lê… Não te faças de nabo…

    • D4rkInculto says:

      https://www.tomshardware.com/news/intel-28-core-cpu-5ghz,37244.html é por isso que intel vem com uma piada destas para computex

  5. Hefesto,o Grande says:

    O preço deste novo processador vai ser descomunal e,além disso,quem tiver acesso a ele vai ter que necessitar de um monitor 4K para exibir todos os núcleos(cores).Foge !! 🙂

    • blabla says:

      Não foge não, deixa vir! 😀

      • okapi says:

        Uns 5000 euritos para um novo PC devem de chegar.

        • Hefesto,o Grande says:

          Nem tenho eu esses “5000 euritos” nem se calhar o maior rico dá por um PC Desktop com um processador destes.Acho que isto vai ser muito selectivo e quem comprará isto serão muitas poucas pessoas em Portugal,tipo aquele e-gamers,os tipos que têm canais no YouTube,ou até pequenas e médias empresas.É que só o preço deste processador é,por si só,brutal !! Deus me livre,que serão centenas e centenas de euros só na sua aquisição !! Fora o resto que implica e que vem por arrasto,uma nova motherboard,memória RAM,tudo,tudo,tudo.O “okapi” falou muito bem. 🙂

          • F says:

            Este processador vai custar milhares sim, mas em comparação tens os da Intel, MUITO mais caros, com menos cores e a consumir mais 😀

            Isto são CPUs para usos especificos mesmo, por isso é normal que sejam para um nicho muito pequeno

  6. Carlos says:

    Boa tarde , embora se note que finalmente ao fim de quase 5 anos sem que a Intel fizesse um upgrade que ao menos se pudesse apelidar de tal , a AMD veio agitar as águas já o ano passado com os Ryzen , agora a Intel está a todo o custo tentar voltar a tona de água, mas penso que não será desta forma que lá vai .

    A arquitectura X 86 e X64 estão a acusar o peso dos anos, e é preciso urgentemente uma nova arquitectura , mais moderna e sem as vulnerabilidades que se conhecem ( Spectre , etc ) , se repararmos a arquitectura ARM aos poucos e de fininho vai evoluindo , já estamos com uma litografia de 7 nm e o Snapgragon 850 foi construído mesmo para integrar PCs leves ou ultra leves, não me admirava nada que a Qualqomm se viesse também a impor aos poucos em PCs com mais potência de processamento, até porque já se fala em litografias de 1 nm .

    Se todos beneficiarmos fantástico

  7. Chicao 55 says:

    o(s) problema(s) são outros meus senhores – desde muito os nerds e que tais tentam desmerecer os produtos Intel – apesar de tudo a mesma continua lucrando semestre após semestre e, ao que eu saiba, a AMD (provavelmente uma das causas é sua politica de preços) continua com problemas financeiros sérios!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.