PplWare Mobile

Vídeo 4K da NASA irá levá-lo a um passeio na Lua de tirar o fôlego


Vítor M.

Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

47 Respostas

  1. papa Joe says:

    Uau…a pensar que saiu daqui..

  2. Hugo Freitas says:

    É agora q vamos ver a bandeira q lá meteram… ah… afinal n aparece. 😐

    • just saying says:

      Se mal se vê o módulo Lunar e o carro ia-se ver a bandeira… Enfim

    • Nuno says:

      E estavas à espera de ver uma bandeira tirada com uma câmara com uma resolução de meio metro por pixel? Os negadores das missões lunares são ridículos, primeiro queriam ver fotografias dos módulos lunares. Agora que têm, querem fotografias das bandeiras.

      • David says:

        Lá luna … A caverna de Platão. Mais coisas neste mundo do que o espectro de luz permite…?

        • Nuno says:

          Posso perguntar o quê que escreveste têm a ver com o assunto? Refuta de alguma forma o que disse ou simplesmente queres fugir ao tema?

          • David says:

            Tem tudo a ver mas tens que ver ,com ,o teu olho aberto,qual a percentagem da realidade visível ? É a grande porta para a verdade.

          • Nuno says:

            Na tua mente pode ter tudo a ver com o assunto, na realidade não têm.

          • David says:

            Não o senhor é que ainda está na caverna, e é tão cheio de si mesmo que não vê para além do simples, realidade é ter inteligência abstrata e ir mais além …mas não consigo entender como a capacidade visual não pode ser algo fundamental…mas cada um vai até onde pode ,na sua realidade…

          • Nuno says:

            Que eu saiba, realidade só há uma, mas não fico admirado que tu penses que a minha realidade é diferente da tua.

          • david says:

            Que eu saiba, realidade só há uma? pois sé tens esse conceito ,presente, é impossível dialogar ,existem níveis diferentes de compreensão da realidade é para isso e preciso uma maior abrangência cientifica que pelo que vejo não tens ,passar bem .

          • Nuno says:

            Tens alguma prova que substancie o que acabaste de afirmar?

          • David says:

            Teoria do caos

          • Nuno says:

            Tu sabes o que é a teoria do caos para além das idiotices propagada pelos media? Ou apenas atiraste a palavra simplesmente para pareceres inteligente. A teoria do caos é uma teoria matemática, em parte alguma sequer relaciona com o que estávamos a falar. Mais uma vez estás a usar palavras que nem sequer percebes.

          • David says:

            Tu és um cromo? . vai viajar e conhecer o mundo.isto já está a ficar triste.

          • Nuno says:

            Já visitei mais de 20 nações, mas obrigado pelo concelho.

      • David says:

        Sabes uma coisa acho que na vida real seríamos amigos . abraço

  3. David says:

    Uma bela montagem ao longo de anos .foi bem montado Hollywood…

  4. David says:

    Sitio de vista privilegiada para o fim do mundo, acesso restricto, apenas pessoas ricas e IA.

  5. Leo Paulo says:

    Voces ainda acreditam que isto é verdade? Bom trabalho hollywood! Mal há provas que algumas vez saimos da nossa atmosfera.

    • Nuno says:

      Lamento mas existem provas que fomos à lua. Primeiro, temos uma confirmação independente contemporânea deste evento, a União Soviética, que tinha todos os motivos para o negar. Estes seguiram a nave até à lua e de volta. Não só isso, mas as missões de Apolo trouxeram centenas de quilos de rochas e amostras do solo da Lua. Se vais dizer que o registo fotográfico foi alterado, recomendo que visites http://www.clavius.org/.

  6. Ricardo Carvalho says:

    Engraçado que a zona onde supostamente aparece o módulo lunar e o rover tem muito menos resolução que o resto do video… wonder why…

    • Nuno says:

      A sério? Não têm menos resolução, muito pelo contrário. O módulo lunar é muito pequeno, isso significa que para mostrar a imagem destes significa que não se pode fazer nenhum tipo de redimensionamento à imagem, ao contrário das restantes que os detalhes que estão a ser mostrados são muito grandes e estas têm que ser ser diminuídas. Se quiseres podes ir ver as fotos do LRO originais no site da NASA. Mas, dou-te um exemplo deste mesmo fenómeno que tu podes verificar tu próprio. Tira uma fotografia com uma maquina fotográfica com uma boa resolução, como por exemplo, 22 Mpx. Quando vês a imagem na sua totalidade esta perfeitamente nítida. Mas se vires a imagem de forma a que 1 pixel da imagem ocupe 1 pixel no ecrã, vais ver que afinal a imagem já não parece tão nítida. Antes de dizeres barbaridades, vê se pelo menos tentas perceber o mínimo sobre o assunto que queres refutar.

      • David says:

        Fotos da NASA ? É não é que perderam as imagens da ida a lua ….e esta em…

        • Nuno says:

          Santa ignorância. Os vídeos a que te referes eram as gravações SSTV do que foi transmitido na televisão e apenas foi perdido referente apenas à missão do Apollo 11. A NASA conseguiu reconstruir a maioria da informação usando outras fontes que também gravaram o acontecimento E perderem-se tapes, ou outras formas de suporte de informação, é algo que de vez em quando acontece, principalmente naquela altura em que tudo era registado de forma manual. Como por exemplo quando apareceu o cinema digital e muitos filmes foram convertidos de analógico para digital, mas muitos estúdios repararam que para algum dos seus filmes faltavam os negativos originais de um ou outra cena. Estas cenas tiveram que ser obtidas de outras fontes que não a original. Na industria de áudio aconteceu o mesmo com o advento do CD. E o que acabaste de dizer não têm nada a ver com o assunto. É de mim ou o QI dos teóricos da conspiração é diminuto.

          • David says:

            Como será ter medo de ir mais além ? Alguém que pensa que o QI se refere a qualquer coisa real ,viver na ilusão de uma realidade certinha, que acredita em pai Natal como um velho criado pela Coca-Cola.gostava de te ver fora da caverna um dia … até lá boa vida e prosperidade para si.

          • Nuno says:

            Sim, o QI refere-se a uma coisa real, pois possui uma fiabilidade estatística enorme. Mas como tu acreditas em woo woo, certamente que discordas.

            Mas quem é que disse que vivemos numa realidade certinha? Essa afirmação não veio de mim, isso te garanto.

            Eu vivo numa casa, não numa caverna. /sarcasmo

            E mais uma vez, eu faço uma afirmação e tu desvias sempre a questão sem nunca te focares no que foi dito. Isto é uma assinatura dos desonestos e/ou dos idiotas.

          • david says:

            Olhe desculpe lá mas respeite as pessoas eu não sou wowo o senhor ,Agora dizer que uma coisa é real porque tem fiabilidade estatística e das coisas mais anedotística que já houvi então ,vai dizer que uma coisa e real com outra coisa inventada , eu estudei o QI e estatística e sei que não são realidades …

          • Nuno says:

            Outra coisa comum dos seguidores de woo woo, são especialistas em todas as áreas, mesmo não tendo estudado nada. Mas faz assim, se estudaste estatística e QI, é concluiste que estes não representam a realidade, por favor coloca-me aqui o teu estudo científico que refuta ambos.

            E a palavra anedotística nem sequer existe.

        • David says:

          O Nuno tu , és uma comédia deves ser o maior do teu bairro mas , não estamos a mesmo nível quer de conhecimento quer de humildade por isso . vá ao café que é melhor.passe bem.

          • Nuno says:

            Que não estamos ao mesmo nível de conhecimentos isso é obvio. O mesmo se diz quanto à humildade. Tu não possuis qualquer tipo de conhecimento no assunto que tentas refutar, fazes afirmações sem qualquer tipo de provas e dizes que estas são verdade, e pelos vistos tenho que as tomar como verdade apenas pela tua palavra. Isso não é humildade, é arrogância.

          • David says:

            É acreditar em ti meu irmão humano somos todos o mesmo boas, aventura se se feliz e muito amor na vida.

          • Nuno says:

            Lá porque acreditas em ti próprio não te faz correcto. És um caso típico do efeito Dunning-Kruger.

          • David says:

            Um dia .quem sabe vamos a un certo país onde te posso mostrar .algo mais que o factual algo mais, acredita eu aprendi contigo algo .tu podias Aprender comigo acredita, até gostei desta troca de palavras.abracos

          • Nuno says:

            Vais a um certo país mostrar o quê? As leis da natureza são as mesmas em qualquer sítio. Se vais me mostrar um facto qualquer da realidade podes o fazer em qualquer sítio.

        • David says:

          O Nuno desiste aqui o único iludido és tu .

          • Nuno says:

            Se se faz sentir melhor, continua a dizer isso para ti próprio. Entretanto eu prefiro conhecimento factual, que é testável e refutável. Em vez de acreditar em algo sem provas.

      • Ricardo Carvalho says:

        Peço desculpa so responder agora mas estava de viagem. Caro Nuno, por esse(s) comentário(s) arrogante e prepotente ve-se mesmo que deves ser daqueles que come tudo o que lhe metem à frente com o “stamp” oficial à moda dos “Iboys”. Se te deres ao trabalho de pelo menos ver o video postado talvez repares que entre o minuto 4.00 e 4.06 (só como exmplo), e com a mesma escala de 50km, que a imagem a partir daí fica bem mais nítida. Mesmo nas zonas com boa iluminação estao mais nitidas (as sombras normalmente aumentam o constraste dos pormenores, uma coisa que se aprende com as observações com telescopio). Na proxima vez que quiseres insultar alguem começa por perguntar primeiro o porque das observações que fazem pois tu nao sabes que formação eles têm nem que conhecimentos sobre a matéria têm. O teu post faz todo o sentido até à ultima frase em que perdeste toda a credebilidade e como tal, deves ser mais um que vai ao google ler umas coisas e pensa que sabe mais que os outros do alto da sua tosca arrogancia. Boas pesquisas.

  7. Wishmaster says:

    Caramba….Conseguem ver galáxias a milhões de anos-luz de distância e não conseguem captar o carro lunar ou a bandeira que está a 350 mil km? lol

    Força aí para os americanos irem à Lua (pela primeira vez). Ansioso para poder vê-los a esturricar, todos queimadinhos com a radiação. lol Para não falar de outros perigos fatais……..Não é por acaso que os chineses só planeiam ir à Lua só daqui a uns anos… Mas são burrinhos os chineses não é..? Os americanos foram lá há 50 anos e os chineses ainda nada…

  8. dajosova says:

    enfim… como é possível ainda acreditarem que o homem foi à Lua!

    • Nuno says:

      Simples, porque foi.

      • Wishmaster says:

        Então experimenta lá ir tu 🙂 Boa sorte nisso 🙂

        “An official said last year that China aims to land a man on the moon by 2036.”

        • Nuno says:

          Porque razão é que eu tenho que ir à lua para confirmar que fomos lá? Usando a tua lógica espetacular, ninguém até hoje foi ao topo do Monte Evereste porque eu ainda não fui lá.

          E porquê que a China ter como objetivo ir à lua em 2038 refuta o facto de alguém já o ter feito? É a mesma coisa que dizer eu tenho como objetivo ir ao topo do Monte Evereste, logo nunca ninguém foi.

          Somas falácias lógicas atrás de falácias lógicas.

  9. z/OS says:

    Sem querer falar no tema de o Homem foi à Lua ou não?, já alguem questionou porque é que todas as “crateras” na lua são circulares? Até parece que os “asteroides” estavam a fazer pontaria à lua e cairam sempre perpendiculares ao solo. MUITO ESTRANHO… Afinal aquelas “crateras” podem não ser o impacto com corpos espaciais mas uma outra coisa…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.