Quantcast
PplWare Mobile

Vivemos numa simulação de computador: Professor admite 50% de probabilidade

                                    
                                

Autor: Ana Sofia


  1. PhotoShot says:

    Se sou uma simulação para quê viver. Não tenho razão de existir a não ser ser controlado por outros?
    Só espero que pessoas com depressão vão vejam este artigo.

    • Miguel says:

      Vais ser apagado do sistema se contínuas com essas ideias.

    • AlexX says:

      Andam há mais de 20 anos dizendo que cada um cria a sua própria realidade. E têm razão.
      Tirares a tua própria vida só fará que repitas tudo de novo. E cada vez a tirarias mais cedo, entrando num ciclo vicioso. Vieste aqui para experenciar a matéria, criar coisas, amar, evoluir o teu espírito. Ou vieste para destruir, odiar, regredir.. Esse é o teu livre arbítrio. Cada qual tem (deve) assumir e carregar sua própria cruz, se pensam que tirar a própria vida lhes dará uma cruz mais leve na próxima, estão muito enganados.

      • carlitos says:

        AlexX, relaxa, não sejas tão rigído, não ganhas pontos assim!

        • AlexX says:

          Mas não fui rígido, muito longe disso. Só quis frisar que o PhotoShot, ou melhor, a sua existência, tem toda a razão de ser. Tal como a de todos. E ser feliz ou infeliz não passam de escolhas pessoais. Escolhas essas que são intransmissíveis.
          Este tema não é novo, Platão escreveu sobre isto. Arthur Schopenhauer escreveu sobre isto. Donde viemos e como chegámos aqui são questões dos filósofos desde sempre, e é muito mais profundo que as explicações sem sentido dadas pela ciência pelo simples motivo que a nossa ligação para com o cosmos é inquestionável. Que a maioria a queira negar e ficar convencida que são um grãozinho de pó no infinito porque tal lhes foi dito…isso também é uma escolha de cada indivíduo e só posso lamentar por quem a toma.

          • Hugo says:

            As afirmações que fazes não têm qualquer fundamento, são apenas teorias.
            Ao menos tem a humildade de deixar o tema aberto a discussão. Tantas certezas só farão com que nunca evoluas.

          • PhotoShot says:

            Não é o meu caso. Mas quem tem depressão não consegue controlar os seus sentimentos negativos, daí necessitar de medicação para ajudar. Eu falei no caso de depressão pois infelizmente à cada vez mais pessoas assim. Tenho alguns amigos e familiares com depressão, e alguns não aceitam ter depreção e realmente se esforçam para contrariar mas há sempre recaídas. A minha capacidade de amar, evoluir no espirito e ser feliz depende muito da vivência de pessoa para pessoa. Entre as quais, doenças, ambiente de guerra, instabilidade política, etc…
            Não podes afirmar que alguém é infeliz porque escolheu.
            Se és vítima de um assalto e acabas numa cadeira de rodas para o resto da vida como vais reagir? Alguns têm a capacidade de não se deixar ir abaixo. Mas isso é tão raro que, quando acontece, vira notícia.
            Percebo o teu ponto de vistamas não concordo.
            cumps

          • AlexX says:

            @Hugo
            Quais afirmações? Todas? E afirmar algo não implica ser uma certeza, devias saber isso. Aberto a trocar ideias e opiniões estou sempre.

            @PhotoShot
            Entendi que não era o teu caso, como deduzo que tenhas entendido que não me referia especificamente a ti.
            Conheci e troquei ideias e impressões com milhares de pessoas ao longo da vida e posso te garantir que um sem-abrigo, vítima de guerra, e ditos “deficientes” são mais felizes, realistas e pés na terra que praticamente todos aqueles que vês sorrindo para as cameras na passadeira vermelha. E se alguém muito próximo de ti desencarnar por qualquer motivo, tu talvez fiques deprimido mas existem culturas no mundo que fazem uma festa, ficam felizes e seguem as suas vidas quando alguém próximo deles desencarna. Não encontras pessoas emocionalmente desiquilibradas em tribos ou meios muito pequenos e longínquos e nesses não existem psicólogos nem psicanalistas. Ou psiquiatras. Essas “anomalias” da psique humana foram literalmente programadas para que acontecessem. Os pais são fulcrais para a estabilidade emocional dum indivíduo. Então a sociedade moderna tratou de destruir esses pilares, normal que rebentos de pais separados, violência doméstica, vítimas de abuso etc tenham problemas muito complexos e difíceis de tratar caso apagar o programa anterior não seja bem sucedido.
            Longe de mim a pretensão em impingir-te o que seja e ainda bem que discordas da minha visão.

    • André Cardoso says:

      Ninguém disse que eramos controlado por outros, desde que sejamos livres de pensar não existe diferença se o conhecimento que adquirimos e as experiências que vivemos são “reais” ou virtuais a realidade também não é muito animadora, somos uns seres microscópicos que habitamos a superficie de uma particula de pó suspensa num espaço infinito a orbitar uma pequinina bola de gás 😀

    • Marcelino says:

      Bom posicionamento. Mas alerto que ha algo a ser pensado ai.
      Considerando a hipotese da simulacao real, estarei eu sendo controlado por um outro ou este suposto personagem que controlo eh meramente uma versao minha em um avatar?
      Em outras palavras, sou controlado por uma outra entidade ou por mim mesmo em versao ultra avancada

  2. luis says:

    Apanhamos um vírus neste momento!!

  3. fernando says:

    baseado em proposicoes de outras proposicoes com embasamento da minha cabeca euaheuhaeuh

  4. atum says:

    A probabilidade de eu ganhar o Euromilhões também é de 50%, ou ganho ou não.

  5. PMT says:

    Recomendo o filme: “The Thirteenth Floor” de 1999.

  6. SANDOKAN 1513 says:

    É evidente que não.Isto já passa do ridículo,tal como a teoria da terra plana.Por favor,poupem-nos a estes delírios !!

  7. Alguém says:

    Hoje em dia somos bombardeados por uma variedade de notícias que não têm qualquer filtro e/ou aviso sobre o seu conteúdo. E a comunicação social em geral não pensa nas consequências que isto pode ter para pessoas que estejam a ler e que estejam em estados depressivos e outros semelhantes.
    Deviam colocar avisos na leitura em certo tipo de notícias para pessoas mais suscetíveis.

    • Vítor M. says:

      Ninguém lê a bula dos medicamentos.

      • Alguém says:

        Comentário perfeitamente desnecessário! Enfim, devia ter um pouco mais de respeito por quem precisa de tomar medicamentos e aquilo que afirmei é que há muita falta de bom senso em quem devia ter mais.

        • Vítor M. says:

          Oi? Foi só uma afirmação que tens razão, que há muita informação que pode ser em demasia e, como tal ninguém a interpreta, lê ou quer saber!!! Um exemplo disso é a bula dos medicamentos, mas o exemplo foi um exemplo crasso do que estás a dizer!!! Tem lá calma, não stresses se não entendeste o que eu queria a dizer. A malta anda mesmo nervosa…

          • ToFerreira says:

            É ao contrário! Há malta que lê demasiado a informação da bula dos medicamentos e depois começa a sentir os efeitos adversos descritos, ou pessoas que têm receio de que estes possam ocorrer e ficam sem saber se devem tomar ou não – se não tomam, não melhoram, se tomam sofrem efeitos adversos – seja qual for a decisão vai ser má para eles, mais uma coisa má na sua vida miseravel onde só ocorrem coisas más. A depressão que foi referida é mais isto.

    • carlitos says:

      Isto é um canal de tecnologia, não é jornal das 8h! Ainda há uns tempos Elon Musk falava do mesmo assunto. As pessoas é que também devem criar os seus filtros e ter um sentido critico por si próprios. Um professor meu dizia: ralhação e vitimização são curtições.

  8. Helder Pinto says:

    Neo… take the red pill…

  9. Spoky says:

    Não duvido, porque sinceramente segundo o Budismo. Reencarnamos em outros corpos, a alma nunca morre. Os nossos sonhos é o nosso passado e presente.

    Por tanto não duvido nada disso.. mas pronto

  10. Fernandes says:

    Numa altura que devido ao confinamento, muita gente anda depressiva e com graves problemas psicológicos, o próprio Pplware deveria ter mais atenção as notícias que publica. Não deixa de ser um site público e com influência. O mesmo seria mesmo a retirada do artigo e terem mais em atenção o momento que passamos.

  11. Sergio says:

    O matrix representa bem estas teorias, embora com muita ficção.

    Já agora concordo que numa altura destas, a de pressão se acentue e que deva haver um maior cuidado.
    Mas penso que esse cuidado tem de ser no acesso à internet, e não de sites como o Pplware que só estão a fazer o seu trabalho.
    Com tanto gadget e software é pena não se conseguir filtrar o acesso a pessoas que precisam de ajuda.

  12. Mantas says:

    Eles a sair da toca , se tem problemas não hesitem vão ao médico , existem para isso , entretanto como não são open mind e sequer tentam perceber as coisas, problema vosso .

    Não, não sou seguidor de terras planas , analiso as coisas que vão sendo debitadas mundo afora,

  13. Samuel MG says:

    Viu demasiadas vezes o Matrix!! LOL!!

  14. António says:

    Irra! Já nem uma notícia de opinião se pode publicar, gente que vê o noticiário do princípio ao fim, que só lê o CM e vê o CMTV, e não aguentam uma simples notícia hipotética! Que sensíveis…..depressão não, esquizofrenia!

  15. ToFerreira says:

    E o que somos nós nessa simulação, ao certo?

  16. Francisco says:

    Quero a minha moto de luz! \m/…(>.<)…\m/

    Obrigado pelo artigo!

  17. André R. says:

    Como é que chegam a estas conclusões? Encontraram uma ficha elétrica e não sabem de onde vem, e assumiram que somos bits? Já agora dar uma hipótese de 50% não é afirmação, é dúvida …

  18. Há cada gajo says:

    E quando foi o último crash ?

  19. RM says:

    O que será que ele anda a fumar, erva ou algo mais pesado !?
    Acho que ele devia aproveitar melhor o seu tempo, para algo mais construtivo. Que trabalho inútil !!!
    Que ideia mais ridícula. E já se falou nisto aqui no Pplware.

  20. iSheepNot says:

    Enter the Matrix. And Welcome. To the real world.

  21. Hélder says:

    “uma civilização alta e tecnologicamente avançada”? e não têm a treta de um antivirus!

  22. lumia says:

    Se tomares o comprimido azul…a história acaba, acordas na tua cama e acreditas…no que quiseres acreditar.
    Se tomares o comprimido vermelho…ficas no País das Maravilhas…e mostro-te a profundidade da toca do coelho.
    Não te esqueças… só te estou a oferecer a verdade.
    Nada mais.
    Segue-me.

  23. Leo says:

    Vejam a série west world…

  24. Cicrano says:

    Mais tabaco…

  25. Luis Henrique Silva says:

    O Homem anda com teorias descabidas….
    Mas não consegue conceber o que é real mesmo, mas nem vou dizer o que é, vou deixar a Humanidade durante os próximos anos chegar à Verdadeira conclusão, e quando todos conseguirem compreender e aceitar, vai haver muitos a arrepender-se dos erros grosseiros que fez contra si mesmo e contra os outros.
    É apenas uma questão de tempo…….

    • rjSampaio says:

      Quando não declaras nada não tens de te desculpar por estares errado, assim nunca eras, és esperto.

      • Luís Silva says:

        Não, apenas não vale a pena perder tempo com pessoas que não irão entender, porque não estão abertas ainda à realidade, mas uma coisa estranha sempre acontece e que já reparei, no que diz respeito a coisas que não são verdade teorias e etc o pessoal todo acredita mais facilmente do que aquilo que é realmente verdade e com lógica e raciocínio. Por isso deixei de ir mais a fundo, prefiro falar com pessoas que possam entender e mesmo que possam ter pouco conhecimento se interessam e estudam para saber mais. Agora com o resto esquece é o mesmo que tentar convencer uma parede.

    • Bruno S. says:

      Na minha opinião, isto foi um artigo irónico, onde realmente no estudo foram apresentadas teorias que nos deixam pensativos… Mas não quer dizer que sejam assim mesmo.
      Toda a gente pensa, acredita e pratica o que quiser, afinal, não somos perfeitos nem somos iguais.

    • João says:

      Hooo diz lá. Ilumina-nos, a nós Humanidade

  26. Douglas Ferreira says:

    Fico pensando o seguinte: se essa realidade for apenas uma simulação em que não há interação humana (ou seja lá quais forem os seres que a criou), seríamos todos bots; e talvez estejam apenas usando uma forma de inteligência artificial para resolver problemas estatísticos, talvez.
    Mas se for uma forma de jogo, como o que vemos surgir atualmente com os dispositivos de realidade virtual para jogar nos consoles, talvez sejamos agora apenas avatares fazendo o que os jogadores comandam. Mas ainda assim é uma forma de interação entre seres reais.
    Ou talvez seja alguém jogando off line, e todos vocês sejam apenas distrações criadas pelo sistema e eu seja o avatar. Se for isso mesmo, devo admitir, o meu jogador é ruim demais… não consegue nem passar de etapa. Fica o jogo todo na fase da pobreza. Presta atenção aí… pra ganhar o jogo tem que evoluir o pokemon.

  27. José says:

    somos simulações de computador,num qqer jogo ou o que seja,mas no final todos morremos ???? nunca vi um jogo assim….se realmente fosse.os virtuais,a realidade no que ao indivíduo se refere nunca seria tão monótona e repetitiva….haveria imortais, heróis, não tínhamos parado na lua etc etc

  28. André Flores says:

    já o facto de 50/50 diz tudo.

    eu sou 50 rico e 50 pobre

  29. PeterOak says:

    “There is no spoon”

  30. Carpints says:

    Foram buscar a ideia ao TBBT.

  31. omemvenus uprivado says:

    vida no imaginário vários níveis pata superar não passamos de uma ilusão

  32. António Campos says:

    Uma simulação assim tão avançada deveria ser capaz de detectar e evitar a nossa descoberta da mesma… Digo eu com os nervos…

  33. Carlos says:

    Eu não diria bem uma simulação, mas somos parte de um mundo inferior criado por outro superior. A bíblia diz que existem 2 mundos ou 2 “céus”: o mundo espiritual (os céus espirituais) e o mundo físico (os céus físicos). Deus criou primeiro o espiritual e outros seres espirituais nele. “Carne e sangue não podem entrar” nesse mundo, ou seja seres físicos não podem ver, interagir ou entrar diretamente nesse mundo.

    Depois Deus decidiu criar o mundo físico, ou o que nós chamamos de “Universo físico”. Apesar de o Universo ser ridiculamente gigantesco e glorioso, a bíblia diz que o universo físico é “apenas o apoio para os pés” de Deus, e que o trono dele fica nos céus espirituais. Ou seja, o mundo espiritual é ainda maior e mais grandioso que o próprio Universo físico.

    Quando Jesus esteve aqui na Terra ele disse a alguns dicípulos: “Vocês são dos domínios de baixo, mas eu vim dos domínios de cima”, ou seja, ele confirmou que existe um mundo ou uma realidade muito superior à nossa realidade.

  34. Jamaral says:

    Escrevi “motherlode” na carteira e não aconteceu nada.

  35. Andrrea says:

    Se for verdade pensem um bocado… Grandes mentes acabaram por morrer ou ficarem incapacitados ao mesmo acusados de bruxedo antes de conseguirem comprovar coisas enormes…. E se isso aconteceu porque estariam a descobrir algo que pode se pôr o sistema em causa e simplesmente os eliminassem ou foram eleitos para a real vida .. Para alem que a viva passa num piscar de olhos, num momento somo bebés e damos por nós adultos.. E se para quem esta de fora 80 anos nossos forem um curto prazo para eles… Tudo pode ser possível, tal como nós não somos únicos seres vivos no universo nunca se sabe a que ponto de tecnologia estão outros… Nunca critiquem quem pensa mais alto pois tal como acreditavam que a terra era plana mais tarde afinal era oval… Mantenham a vossa mente aberta a novas descobertas e teorias nada surge por acaso

  36. João says:

    de todas as probabilidades que podiam dar para gerar discussão foram logo dar a pior… 50% onde nao se tira nenhuma conclusão, nem sim nem não xD

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.