Quantcast
PplWare Mobile

Rússia vai ter uma estação espacial após desistir da EEI

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


    • Manso says:

      lol é o teu comentário.
      Também és daqueles que acredita no Pai Natal, certo???
      Não têm só o know-how, como a tecnologia e o dinheiro… Ou acreditas mesmo que as tais sanções impostas por uma minoria vai afectar a economia Russa?

      • Luís Costa says:

        Dinheiro? Ahahah o povo quase a passar fome mas o Pudim está contente com as reservas de ouro que tem, pode vender mas não o vai vender ao melhor preço que é vender ao ocidente

        • AlexAlex says:

          Russos a passar fome? Vejo que conhece muito bem o terreno…

          Toda família Russa possui ao menos um apartamento/vivenda e uma “dacha” (casa de campo), onde plantam todo o básico que precisam e ainda vedem o excesso… nem que seja por hobby, faz parte da cultura local…

          Inclusive, pessoas em situação de rua virtualmente não existe na Rússia. Os que estão “a viver” pelas ruas são basicamente gente com problemas de certos tipos que preferem ficar na rua e, mesmo que a casa própria esteja dilapidada, ou qualquer coisa que a torne inabitável o governo da região a troca por outra…

          • Luís Costa says:

            Em Portugal também tens muitos no interior com casa e terreno, vai lá ver as condições de vida deles..

        • Memória says:

          Viver (como eu) noutro país há muito tempo serve também para se ganhar importantes conhecimentos históricos, que até mesmo os nativos mais jovens em geral não têm
          Esta página mostra como foi a fome na Holanda, “o Inverno da Fome”

          https://en-m-wikipedia-org.translate.goog/wiki/Dutch_famine_of_1944%E2%80%931945?_x_tr_sl=en&_x_tr_tl=pt&_x_tr_hl=nl&_x_tr_pto=wapp

      • Test User says:

        Outro que acredita que Pai Natal é Russo.
        No teu mundo fantasia, não há qualquer efeitos.

        Rússia não é auto-suficiente. Podem sobreviver isolados ou parcialmente isolados, mas desenvolvimento não é o mesmo,

        Agora que podiam ser maiores, podiam. Vai depender do tempo e intensidade.
        Fuga dos cérebros começou, pode aumentar. O tempo dirá, agora que não vai ficar tudo na mesma, não vai.

      • Bruno Mota says:

        Minoria? Creio que você faltou às aulas de matemática na escola primária.

        Para além do mais, não é o número total de países no mundo que conta, mas sim os países que exportavam e importavam de e para a Rússia, e os países que têm necessidade ou não das importações russas, o que perfaz um número ínfimo de países, subtraído o número de países que não aplicaram sanções, chega-se a um número que pode ser contado pelos dedos de uma mão.

        • Memória says:

          A matemática neste caso é muito simples:

          Quem tem a China tem tudo, quem não tem a China não tem nada

          • Carlos says:

            A China apoia a Rússia, mas vende para o mundo todo e não vai sacrificar o seu futuro para salvar o Putin. A Huawey, já anunciou que vai começar a alinhar nas sanções.

          • Memória says:

            Qual futuro, LOL

            O futuro do Mundo está na Ásia (sobretudo China, Índia, Japão) e o “mundo ocidental” está em grandes passos e devido entre outras razões a um espantoso suicídio coletivo a cair em completa irrelevância

          • Test User says:

            Não é bem assim.
            Existem quatro blocos : EUA , Europa e Asia e outros
            Começou nova guerra fria, vamos ver como países vão se alinhar.

            Europa não é tão irrelevante, como podes ver
            https://www.visualcapitalist.com/visualizing-the-94-trillion-world-economy-in-one-chart/

          • Memória says:

            Essas cartas que apresentas são irrelevantes, por motivos que vão além do que posso aqui demonstrar, vários financeiros, vários demográficos, vários militares.

            Importante é notar que as “elites” da União Europeia também o sabem e por isso estão agora em completa *histeria e pânico* com a Ucrânia.

            Eu dou mais uns 5 anos até ao colapso da EU e dos USA exceto se os USA resolverem tomar a única solução que (consideram) que ainda têm. que é provocar a III Guerra Mundial (atómica e biológica). já este ano ou nos próximos 2 anos .

          • Memória says:

            De resto a Guerra Fria já acabou, agora estamos já em tempos de Guerra Quente.
            Se quiseres ver como se esteve a desenrolar aconselho a ver p.ex. o artigo de um sujeito que *sabe realmente* do que fala:

            https://www.globalresearch.ca/russia-is-succeeding-wildly-in-its-objectives-scott-ritter-on-the-war-in-ukraine/5775864

            Repara sobretudo nos números e considerações sobre o exército ucraniano, e percebes o *pânico e histeria* da Nato.

            O pior de tudo é a que *parece ser* a nova estratégia da Rússia, acompanhada da mudança das chefias militares. Até agora a Rússia esteve em especial a destruir infraestruturas, e a poupar *relativamente* o exército regular ucraniano, exceto unidades declaradamente nazis.
            A nova liderança, vinda da Síria, está vocacionada habilitada e habituada para o *extermínio* de qualquer oponente.

          • Livros não Queimados says:

            Ó Memória: tu és de onde, ou não queres dizer? Estás vivo e bem falante graças à guerra e destruição doméstica? Vives numa bolha onde asfixias os neurónios que mal tratas com tanta treta?
            Ó Memória: sai da casca Pá!
            Fixa isto que é dos vivos: Quem destrói não conquista. Vai ler antes de queimares os livros.
            https://pt.wikipedia.org/wiki/A_Arte_da_Guerra

          • Memória says:

            E porque perguntaste . . .

            https://www.youtube.com/watch?v=N0McrPJ9dTc
            (Who Says Words with My Mouth)

            Music: Claire De Lune, Débussy

            Todo o dia eu penso nisso,
            então à noite eu digo.
            De onde eu vim,
            e o que eu deveria estar fazendo? não faço ideia.
            Minha alma é de outro lugar, tenho a certeza disso,
            e pretendo terminar lá.
            . . .

      • Jane Doe says:

        Têm, têm… Dinheiro com fatura! Tal como tinham o segundo melhor armamento do mundo, sendo portanto capazes de derrotar a Ucrânia em 2 ou 3 dias… Vê-se! 😀
        O Putin tornou-se numa anedota mundial e descredibilizou a Russia.

      • Carlos says:

        Já estão a afetar é muito e qualquer pessoa que tenha a capacidade de pensar percebe isso.
        O mundo depende muito do petróleo e principalmente do gás russo, mas a Rússia depende do mundo todo para quase tudo.
        Neste momento há fábricas de automóveis, paradas por falta de componentes, aviões parados ou pelo menos proibidos de circular fora do país por falta de peças, etc. etc..
        Estão a voltar a fabricar aviões do século passado…
        Não vai faltar dinheiro para a guerra, mas mesmo assim , mais de metade do dinheiro guardado para a mesma está bloqueado.
        Quase 30% dos batalhões estão neste momento inoperacionais, alguns deles sem comida e abastecimento…
        O povo russo, não vai aceitar voltar ao tempo em que passava fome.

  1. Bruno Mota says:

    Dizer, anunciar, é fácil, mas concretizar será muito mais difícil. A economia russa afunda a cada dia que passa, e a falta de acesso a tecnologia por causa das sanções faz com que este seja um projeto morto á nascença.
    Isto não é mais do que propaganda.

  2. Ti João das farturas says:

    O Pudin coze em banho maria, eternamente.

  3. PJA says:

    É pena que as coisas estejam assim, mas depois do que foi dito era difícil as pessoas trabalharem juntas outra vez.

  4. Ricardo A. says:

    Se o projeto se financiasse sozinho, até podia ser. A ISS já custou mais de 100 mil milhões. O dinheiro não vem com a chuva. Principalmente numa economia tão débil como a russa.

    • Ti João das farturas says:

      Mas o valor da ISS é incalculável. Toda a humanidade beneficia deste programa não militar.

    • Manso says:

      Antes da ISS esteve lá a MIR que serviu bem os interesses dos Americanos e da NATO. Se achas que a economia da Russia é débil, imagina a Portuguesa, onde não produzes nada e compras tudo de fora.

    • Memória says:

      Aconselho a quem quiser ver o estado real da economia portuguesa em especial a agricultura:

      https: //www.publico.pt/2022/03/18/economia/noticia/portugal-longe-metas-autosuficiencia-cereais-1998972

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.