PplWare Mobile

Rovers japoneses enviaram imagens da superfície do asteroide Ryugu


Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

  1. Oliveira says:

    Palha para incautos, só um tipo muito estúpido acredita nessas fantochadas, é tudo feito em CGI imagens geradas por computador

    • BRUNO COIMBRA says:

      Engraçado negas feitos alcançados e tecnologías desenvolvidas, recorrendo ao uso de outras tecnologías muitas delas com estreitos laços com a exploracao espacial….
      É pena é gente como tu ter acesso a internet e difundir este tipo de comentarios.
      Pplware deviam eliminar estas coisas

      • Vítor M. says:

        É apenas mais um terraplanista, agora é moda. Mas sempre foi assim na decorrer da história, não te lembras nos que dizem que nunca o homem foi à Lua? E como ele diz… para esses… feno.

        Fora isso, muitos ainda acreditam que é o Sol que gira ao redor da Terra. 😉

        • Paulo Pereira says:

          Não sei se o homem já foi á lua ou não, mas até 1972( https://en.wikipedia.org/wiki/Moon_landing ) a tecnologia era muito mais primitiva que hoje. Só sei que menos na ultima década, qualquer telemóvel ( até um smartwatch de hoje) tem mais capacidade de processamento, mais memória, mais compacto, mais capacidade de telecomunicações…sei lá referir o quanto mais é. A falar de tecnologia como posso falar na evolução dos materiais, novos materiais, etc,

          Para referir que acho estranho com os avanços nas ultimas décadas na automação, AI, tamanho dos processadores, WIFI’s, Bluetooth, 2g’s, 3g’s ( não vou ao 4g’s nem ao recente 5g’s), eficiências energéticas, cameras de infravermelhos, carros que autónomos…etc ( …já perceberam onde quero chegar…) e nunca mais se foi á Lua, e não acredito que não há interesse “cientifico” para ir á Lua…

          Não sei…

          • Vítor M. says:

            Paulo, eu “adoro” ler e ouvir os argumentos dos “adeptos da teoria da conspiração, até porque se aprende muito. Mas, em determinada altura, vários argumentos foram desmontados pelos cientistas e realmente as provas são conclusivas. Por exemplo, se o homem nunca foi à Lua, como estão lá “espetados” os Retrorefletores? Como foram lá parar os LRRR? E sim, podem ser visto de cá da Terra, com equipamento de astronomia relativamente “barato”.

            Bom, como referi, gosto muito do tema, e gosto de ouvir os argumentos e contra argumentos, aprende-se imenso.

            Numa resposta a um cientista da NASA sobre porque nunca mais se foi á Lua, ele respondei: para que se vai gastar milhões de dólares se não há nada (atualmente) para ir lá fazer?

            Claro que há interesse científico e muitas coisas ainda são retiradas de missões enviadas para o Espaço, inclusive há dias houve mais uma evidência, quando a Nasa confirmou existência de gelo na Lua… mas não precisaram lá ir.

          • Nuno V says:

            Nunca mais fomos à lua porque não há motivação política para irmos à lua. O próprio presidente dos EUA na altura disse explicitamente que a único motivo para suportar este projecto era para bateram os russos na corrida para a lua.

      • Rocha says:

        Não apaga nada. Já deu para o pessoal aqui do escritório se rir com o comentário e algumas das respostas. XD

      • FESECA says:

        é não lhe ligar. não passa dum troll a pedir que falem com ele. se o pessoal não lhe responder, ele cansa-se e desaparece.

    • Carimbo Tochas says:

      Mais vale ficar calado e parecer estúpido do que abrir a boca e dissipar toda as dúvidas.

    • Ricardo says:

      Se a ignorância desse dinheiro estavas milionário… lol

    • Luis says:

      Troll alert!!!

    • Hugo says:

      Oliveira, estúpido é afirmares com 100% certezas uma coisa que não consegues provar minimamente.

    • joaquimferreiracunha cunha says:

      lamento dizer-lhe que confunde a facilidade de análise com a dificuldade de a observar.
      Para si o planeta, continua a ser quadrado.
      Mais não digo

  2. says:

    Claro que sim, além do mais toda a gente sabe que a terra é chata também…Satélites, idas à lua e tudo mais são pura ficção…Todos sabemos que a terra é chata e que todo o tipo de tecnologia é mágica…Bruxarias e afins…Um bem-haja a esse banho de sabedoria !

  3. Oliveira says:

    Satélites asteroides e terra globo girando a 1600kms hora, só em ficção cientifica e CGI imagens geradas por computador

  4. Manuel says:

    Não acho que seja a brincar. Existem pessoas que sentem necessidade de ser do contra. São formas de autovalorização e de gerar discussões. Agora não me venham é dizer que é possivel gerar imagens por computador… isso é treta, são mas é desenhos pintados, os computadores não existem, toda a gente sabe isso, é tudo aldrabice!

  5. Vitor says:

    Quero perguntar, se um dia estas máquinas ao voltarem virem acopladas de algum vírus incontrolável que afete a humanidade até a sua extinção.

  6. Carlos Almeida says:

    Pena é andarem as esbanjar tantos milhões com essas coisas quando há tanta miséria neste mundo.

    • FESECA says:

      e qual foi o seu contributo hoje para acabar com essa miséria? andar na net a mandar bitaites e com isso usar uma infinidade de recursos que seriam bem mais úteis se usados em algo verdadeiramente importante, pois!!

      • Carlos Almeida says:

        Oh Dr., qual foi essa infinidade de recursos que usei? Por escrever meia dúzia de palavras? Quem trabalha num hospital sabe a que me refiro, pobre ignorancia a sua.

    • Bruh says:

      Simples, ganha dinheiro e vai tu resolver essa miséria. Não? Então não mandes palpites…

    • Carimbo Tochas says:

      Yah, na Idade Média é que era demais!

    • Nuno V says:

      Porque conhecimento é importante, e necessário para mantermos a nossa civilização. Mas fica sabendo que o que se gasta com a investigação científica e exploração espacial é uma miséria quando comparado quando o que gastamos com o militarismo. Se calhar deverias de ajustar o foco das tuas preocupações.

  7. Carimbo Tochas says:

    Yah, na Idade Média é que era demais!

  8. Paulo says:

    Não queiram colocar mais tabaco nisso…..

  9. L-N95 says:

    Este comentário é dirigido ao Vítor M. e a todos aqueles que, como ele, acreditam que os americanos foram à Lua…
    Existem declarações cómicas de um tal de Donald Don Pettit, engenheiro químico americano e astronauta da Nasa, um veterano que a partir de 2017, aos 62 anos, é o astronauta no ativo mais antigo da NASA!! As declarações são as seguintes, e estão em inglês para que nada do que ele afirma fique perdido na tradução:

    “I’d go to the moon in a nanosecond. The problem is we don’t have the technology to do that anymore. We used to, but we destroyed that technology and it’s a painful process to build it back again.”

    HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!! Palavras para quê?????

    Podem ver o testemunho do senhor no seguinte video, no minuto 5:44, mas eu aconselho avidamente a verem o vídeo na totalidade: https://www.youtube.com/watch?v=DpPMoIv1lxI

    E o que é que a defesa da Terra ser plana tem a ver com a suposta ida de astronautas à Lua? Eu não acredito no planeta Terra ser plano, e estou cada vez mais convicto de que o homem ainda não foi à lua, pelo menos presencialmente. Vários países já enviaram veículos exploradores não tripulados. Rotular os que defendem de que o homem não foi à lua, de defensores da Terra plana, é apenas uma forma de descredibilizar as suas opiniões, nada mais!!!
    Como é que o módulo lunar e os seus ocupantes sobreviveram à radiação do Cinturão de Van Allen com folhas a alumínio??? O vídeo também explica como, através de outros testemunhos de pessoal da NASA, incluindo outros astronautas, através de uma tecnologia ainda em desenvolvimento!!!!!!!!! HAHAHAHAHAHAHAHAHA

    • Vítor M. says:

      Ó, é fácil truncar frases e dar outro significado. Mas repara, responde lá, tens na Lua os retrorefletores que podes ver que lá estão com os teus olhos, quem os colocou lá?

      Depois outro argumento que gosto de ouvir é sobre, àquela altura, não haver tecnologia para captar tais imagens e mais não sei o quê. Mas como fizeram então para ter aquelas imagens? Havia tecnologia na terra para encenar aquilo tudo com aquele nível de pormenor? É óbvio que não havia e já se desmontou todo o que é teoria da conspiração.

    • Nuno says:

      Correcto Pettit disse “I’d go to the moon in a nanosecond. The problem is we don’t have the technology to do that anymore. We used to, but we destroyed that technology and it’s a painful process to build it back again.” Mas qual foi a parte do “We used to, but we destroyed that technology and it’s a painful process to build it back again.” que tu não percebeste?

      Os ocupantes do módulo de comando (não o módulo lunar) sobreviveram a viajem através dos cinturões de radiação de Van Allen, porque, primeiro, a trajetória tomada não levou os astronautas a passar pelo cinturão interno, e passaram por uma parte estreita do exterior o mais rápido possível para diminuir o contacto. Estás a confundir radiação eletromagnética de alta frequência, como raios gama que precisas de metros de chumbo para a bloquear, com radiação corpuscular, que pode ser bloqueada com tiras muito finas de alumínio. E ninguém disse em parte alguma que a tecnologia para a bloquear tal não existe e se encontra em desenvolvimento. Estás-te a referir ao vídeo sobre Orion, e como é obvio este têm que pensar como vão lidar com os cinturões de Val Allen, não só por causa dos astronautas, mas principalmente por causa do equipamento. A instrumentação e computadores do presente são substancialmente mais suscetível de falhar em caso de serem bombardeado com radiação, do que a tecnologia do passado.

      Porquê recorrer a uma falácia lógica, quando podes recorrer a um combo delas. Resumindo, o teu argumento é uma apanha da cereja, enviesamento de confirmação, incredulidade pessoal, espantalho, mineração de citação, …

      Nós também temos confirmação da ida dos americanos à lua por uma fonte contemporânea independente, os Russos. Estes tinham todos os motivos para negar o acontecimento, mas confirmaram-o. Não só escutaram as transmissões entre a nave e a terra, como seguiram a nave até à lua. Tal como outras nações o fizeram. Bem como durante todas as missões trouxeram mais de 380kg de rochas lunares. Também se deixou três retrorrefletores na Lua durante 3 das 6 missões lunares tripuladas. Também temos fotografias tiradas através do LRO que mostram a zona de aterragem do Apolo 12, 14 e 17, mas deixa-me adivinhar, é tudo CGI.

  10. watila says:

    e capaz do astroide não bater na terra, mas se bater, não destruirá toda a terra por casa do seu tamanho ,sendo assim se talvez venha cair nos oceanos, cidades próximas as praias sofreram tsunami ,se cair em algum continente sera destruição se for imagens criadas os buracos negros são blay bleides

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.