Quantcast
PplWare Mobile

Poderá a Neuralink vender ‘pensamentos privados’?

                                    
                                

Autor: Rui Jorge


  1. Spoky says:

    E ainda dizem que é tudo teorias da conspiração os tais “Chips” nas Vacinas (não estou a dizer que têm ou não) estou simplesmente a dizer que nada é impossível, há de chegar a uma altura que a verdade será revelada.

    Se fosse tudo fadas, nem sequer existia estas invenções muito menos robots, Chips, Nanochips, controlar a mente por ai fora.

    Isto é só mais uma prova de que SECALHAR nem todas as teorias estão erradas, se calhar há algo a dizer. E haverá sempre, quer queiram ou não.

    Podem negar, podem entrar em negação, e dizer que é tudo teorias e conspirações, no fundo no fundo a verdade irá chegar e a tecnologia também e quando chegar, não há como negar perante milhares de olhos.

    Aqui um MERO EXEMPLO (repito exemplo)
    https://pplware.sapo.pt/informacao/implantes-chips-dao-super-poderes-quase/

    E aqui a introdução de Cybernetics for the Masses
    https://www.youtube.com/watch?v=a-Dv6dDtdcs

    Tem mais? Tem, e não é pouco. E já existem experiências a decorrer e algumas já decorreram basta pesquisar.

    Digam-me, se uma empresa tiver uma formula secreta de “superpoderes”, acham que iam dizer a todo o mundo? Isso seria completamente letal, e ninguem iria estar preparado para isso, é outro e mero exemplo.

    É isto.

  2. Pedro H. says:

    Bem… Toda a nova tecnologia trás ambos coisas boas e coisas más. Naturalmente tal tecnologia terá de ser regulada e irá existir sempre quem se aproveitará dela para fazer lucro legal e ilegal… Já imaginaram a Neuralink nas mãos de um Estado Ditatorial? Mal alguém pense mal do Estado, vai logo preso ou executado… Maravilha, na perspectiva de quem está no Poder.

  3. Paulo Oliveira says:

    O pessoal deve andar mesmo a dormir… É o segredo mais mal gardado do século XXI. Essa tecnologia de “captar” pensamentos já existe há mais de 20 anos… e à distância. Embora de forma indirecta, recorrendo à combinação de vários tipos de sensores, nomeadamente térmicos, raios-x e “Extremely Low Electromagnetic frequency sensoring” ou elf readers. Algoritmos de bases de dados relacionais lêem estes sinais biométricos e “relacionam-nos” com a palavra falada. Quanto mais tempo estiverem a captar sinais biometricos da pessoa ou pessoas dentro do seu raio, mais exacto se torna… asssim quando alguém fala bananas certas areas do cerebro iluminam-se, dão-se ligeiras alterações de temperatura (na ordem dos milikelvin) no cerebro, certos impulsos electricos são transmitidos para os musculos da traqueia, e essa combinação especifica de multiplos pequenos sinais vão construindo uma base de dados que vai crescendo em poucas horas… Depois basta acrescentar-lhe um programa de processamento de texto ou um text to voice bot e voilá: parasitas de elite têem acesso aos pensamentos de quem quiserem, mesmo que esse alguém pense que esteja seguro dentro de 4 paredes… Recomendo a leitura deste livro “How to tame a demon” que aborda o chamado gangstalking patrocinado e financiado por ditos estados civilizados e de direito de primeiro mundo.
    Fica aqui o link para quem gosta de pensar com a sua cabeçinha:
    https://www.goodreads.com/book/show/24286366-how-to-tame-a-demon

    • AP says:

      Não sei porquê mas fico logo de pé atrás quando alguém usa termos como “pensar pela sua cabeça” ou “não sejam ovelhas”

      • Pedro H. says:

        Verdade. Eu gostei muito da teoria dali do Sr. Paulo Oliveira, mas o que falha ali é isto: Para captar informação térmica é preciso sensores que interpretem a temperatura de pessoa para pessoa e mesmo com os algoritmos de hoje isso é complicado. Com a tecnologia de há mais 20 anos atrás tais sensores seriam um bocado impossíveis, e mesmo que existissem é extremamente improvável que conseguissem isolar individualmente pessoas. E só a parte dos raios-x existe o mesmo problema, apenas que exposição de longa duração a raios-x não é muito saudável para o indíviduo ( https://www.health.harvard.edu/cancer/radiation-risk-from-medical-imaging ), logo isso é uma tolice pensar que analisando uma população com raios-x não era logo detectado por médicos. A parte dos elf’s, gostaria que me mostrassem um sensor desses, já que seria extremamente sensível para captar tanta informação e saber distinguir isso de ondas de rádio, emissões de sinais de telemóveis… Alguns investigadores sim, dizem que conseguem captar som pela vibração do vidro das janelas e informação pela forma com que o LED do disco se comporta. Pelo meu conhecimento, esta última é um pouco absurda. C

        • Paulo Oliveira says:

          Peço desculpa se alguma parte do meu comentário o levou a pensar que eu me estava a referir `aos sensores térmicos com resolução 640X480 e margens de erro de leituras de temperatura de 5ª Celsius que estão à venda na amazon ou mo alibaba… Não era a esse que me estava a referir… era aos de graduação militar aos que têem resolução capaz de distinguir uma pessoa numa multidão a 5km de distancia pela sua assinatura térmica – que é unica – como uma inpressão digital se tiver um sensor com a resolução e uma leitura de temperatura com margens de erros bem inferiores ao grau milikelvin… aquelas que são montadas nos drones de 50 milhões de euros e cuja tecnologia só é conhecida do grande publico qd já têm melhor. Qt aos sensores raio-x tem aqui um linkezinho esclarecedor:
          https://www.aclu.org/blog/privacy-technology/surveillance-technologies/nypd-says-trust-us-potentially-dangerous-x-ray
          No que tocas aos sensores elf, eles já são usados na industria aeroespacial, militar e na radio astronimia há decadas já… porque cargas de agua e que alguém não haveria de usa-lo em pessoas, isolar a sua assinatura electromagnetica do ruido de fundo – que´e muito, e é um desafio técnico que não impossível, diga-se. Mas tem razão eu nunca vi nenhum, mas isso não quer dizer que eles não existem. A melhor forma de saber é pesquisando. Consultar multiplas fontes desnvolver as nossas capacidades de distinguir factos, de sensacionalismo e fake news. Isso consegue-se cruzando a informação, pesquisando patentes, se alguém patenteou, é porque alguém investigou e desenvolveu – ou roubou… e se patenteou há muito boas chances de andar por aí nas mãos de alguém… Prova disso é o V2k ou a pelo nome alternativo porque é conhecido: A voz de Deus. Pesquise o que isso significa e depois pesquise pela patente e veja quem é o dono… Eu podia mandar-lhe o link, mas creio que o senhor informado como é já deve ter feito a sua pesquisa e tirado as suas conclusões.

      • Paulo Oliveira says:

        Não percebi o que quis dizer com o fica de pé atrás quando alguém usa termos como pensar pela sua cabeça… qd alguém diz isto é suposto ter algum significado implicito, ou subliminar tentando influenciar o comportamento ou a forma de pensar de alguém?
        Não percebi…

    • raphael says:

      Paulo Oliveira,

      Concordo com muitas informações que escreveu nesse comentário, outras desconheço. Você poderia me enviar as fontes? Tenho algumas dúvidas sobre algumas dessas informações. Ou passe algum contato seu, por gentileza.

      • Paulo Oliveira says:

        As fontes estão disponíveis em qualquer pesquisa mais aprofundada no google. Mas especifique quais são as que lhe levantam dúvidas e mande o seu email que eu envio-lhe alguns links. Mas eu não estou aqui para impingir o meu ponto de vista, “criar, ou disseminar teorias da conspiração” a ninguém, só quis salientar que existe muito mais sobre esta questão da privacidade e a realidade do mundo em que vivemos do que aquela que nos é dada a crer pelos mainstream media, pelo que recomendo que faça a sua própria pesquisa e tire as suas conclusões.

  4. Hugo says:

    Bem-vindos ao mundo do A. Huxley, R. Bradbury e G. Orwell. É uma mistura de Eugenismo tal como o sonhavam os nazis, e de controlo absoluto do ser humano (que o deixará de ser). Nem o Estaline poderia esperar melhor. Assustador…

  5. pedro says:

    spoky, tudo bem ? li com atenção o teu post, e gostei muito, principalmente a parte no inicio onde admites a hipótese das vacinas terem chips.
    É claro a tua opinião, mas talvez, e isto é só uma ideia, antes de começares a por realmente essas hipóteses todas, fala com o teu médico, e diz lhe que a medicação não esta a funcionar.
    Caso o problema não seja dos remédios, tenta toma-los com água em vez de vinho.
    Um abraço

  6. Sardinha Enlatada says:

    Bom a verdade e que cada pais transmite a sua cultura ou ideias atraves dos filmes. Vao dizer que e mentira ? E vemos principalmente nos filmes americanos aqueles filmes de controle de pessoas e de inibicao de sentimentos, isso ve-se muito em filmes americanos. Entao o que se pode concluir disto tudo ? Temos ai o mais recente caso sobre o virus, que tambem vem nos filmes e foi passado para a realidade. Quem diz que essa parte de controlar os humanos tambem nao se pode tornar uma realidade ? Para mim Deus queira que nao, mas tudo e possivel. Nao me venham com teorias da conspiracao que eu nao sei o que e isso.

    • Pedro H. says:

      Pode tornar-se uma realidade ou não. Recordo que no passado a Igreja Católica controlava também as pessoas através da religião. Ainda hoje se pratica o controlo religioso, embora não o vejamos muito disseminado, pelo menos em culturas ocidentais. O que o futuro reserva? Não sei. Mas imagine este cenário. Dá-se uma 3ª Guerra Mundial e o Mundo pede uma solução para acabar de vez com isto. E parte solução é mesmo inibir sentimentos e emoções. Pessoas desesperadas ou que estão em sofrimento muitas vezes aderem a soluções que a curto prazo até podem funcionar, mas a longo prazo começa a fartar… É como estarmos no fundo do poço e recorremos ás drogas para aliviar um pouco dessa dor em vez de irmos ao psicólogo para nos ajudar a ajudar a nós próprios. É uma solução que parece boa ao inicio, mas depois as consequências que trazem são más.

  7. Samuel MG says:

    Muitas teorias algumas assustadoramente perto da realidade!! Na minha opinião: NÃO VÃO POR UM CHIP NA MINHA CABEÇA!!

  8. jaugusto says:

    Qual é o problema um gajo com as redes sociais mostra tudo a toda a gente, basta ver o historico de pesquisas e voilá, já sabem o que andam a pensar, depois levam com uns ads personalizados, não é preciso cá máquinas para ler o pensamento, já existem…

  9. Euéquesei says:

    Resumindo, viram aquele filme do Total Recall, do Schwarzenegger em que se vendiam férias sem sair da máquina e era como se fosse real?
    Pronto, é isso.

    Em relação às vacinas….nao as quero.
    Sou saudável e quero continuar assim.
    Não tenho confiança nenhuma em vacinas desenvolvidas numa fracção de tempo.
    Sabe se lá os sintomas que poderão aparecer no futuro… Ainda pode nascer uma cauda a quem a usou, ou pior, umas astes na cabeça, tipo veado…
    Largueza dessa porcaria.

  10. AlexX says:

    Isto vai é provavelmente abrir mais um nicho no mercado, o contrabando de informação que não é seguro fazer pela rede ou por memórias externas. A criação de muitos Johnny Mnemonics.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.